Blog do Romilson Cuiabá, 19 de Junho DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

corrida eleitoral

Wilson e Bezerra são os que mais concorreram às eleições; Pátio e Júlio também acumulam embates

Por 22/04/2018, 21h:10 - Atualizado: 26/04/2018, 08h:47

Wilson Santos é o político da história de Mato Grosso que mais disputou eleições para cargo eletivo. De 1988, quando conquistou cadeira de vereador pela Capital, até 2014, ano em que assegurou retorno à vaga de deputado estadual, foram 14 disputas, incluindo dois segundos turnos. E ganhou em 10 das 14. O segundo campeão de teste das urnas é Carlos Bezerra, a caminho dos 77 anos, com 12 disputas eleitorais; seguido do hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, com 11, e de Júlio Campos, com 8.

Mário Okamura/Arte/Rdnews

politicos candidatos

Wilson Santos, Carlos Bezerra, Zé do Pátio e Júlio Campos, os cargos e anos nos quais disputaram eleições no Estado

No caso de Wilson, ele já foi vereador, deputado federal, prefeito de Cuiabá, está no terceiro de deputado estadual e neste ano deseja o quarto mandato. Nestas três décadas, amargou derrotas para prefeito e para governador.

Deputado federal pela terceira vez, Carlos Bezerra é tão acostumado a se colocar nos pleitos como candidato que, em muitos casos, mal chegou à metade de um mandato para já tentar garantir outro, como ocorreu em 1998. Naquele ano, o cacique emedebista ainda tinha quatro anos no Senado e se candidatou à reeleição. Sua intenção era, caso reeleito, ceder a vaga ao suplente Elói de Almeida, que o sucederia naquela cadeira pelos quatro anos restantes, enquanto Bezerra prosseguiria por mais oito. Mas foi derrotado.

Bezerra passou pelo comando da Prefeitura de Rondonópolis, pela Assembleia Legislativa, pelo Palácio Paiaguás, Senado e Câmara Federal. E quer mais. Assim como Wilson Santos busca a reeleição de estadual, Bezerra trabalha para garantir mais quatro anos no posto de federal. Se conseguir, baterá os 80 anos exercendo mandato eletivo em Brasília.

Zé do Pátio, projetado na vida pública por Bezerra, atuou mais no Legislativo. Foi vereador por Rondonópolis três vezes e deputado estadual por mais quatro. De três disputas para prefeito, ganhou duas.

De todos os chamados políticos carreiristas que carregam muitas experiências de teste das urnas, Júlio Campos foi o único que saiu e voltou. Depois de exercer mandato de prefeito várzea-grandense, de deputado federal, governador e senador, ele se tornou conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Mas se aposentou depois do cargo vitalício e voltou para o embate eleitoral, sendo derrotado para prefeito, ganhou para deputado federal, mas acabou tendo o mandato cassado. Eis que Júlio será candidato de novo neste ano. Agora ao cargo nunca exercido por ele, o de deputado estadual.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • alexandre | Quinta-Feira, 11 de Outubro de 2018, 14h00
    1
    0

    Bezerra é Haddad, PMDB e temer apoiam haddad.....não votem em PT.

  • JUSTICA | Terça-Feira, 12 de Junho de 2018, 17h39
    2
    2

    TA NA HORA DESSE POVO SUMI DO CENARIO POLITICO DE MT. PELO AMOR DE DEUS MEU POVO MT.

  • Francisco Antonio de Almeida | Terça-Feira, 29 de Maio de 2018, 10h20
    2
    1

    Olha aí amigos eleitores, já está na hora de fazermos valer nosso direito de voto e não reelegermos estes crápulas que a tanto tempo estão no poder e nada fizeram pelo nosso estado.

  • Francisco Antonio de Almeida | Terça-Feira, 29 de Maio de 2018, 10h19
    1
    1

    Olha aí amigos eleitores, já está na hora de fazermos valer nosso direito de voto e não reelegermos estes crápulas que a tanto tempo estão no poder e nada fizeram pelo nosso estado.

  • Emidio de souza proximo senador MT | Quarta-Feira, 02 de Maio de 2018, 17h36
    1
    1

    A 20 anos no mesmo partido PSLMT. o líder comunitário Emídio de Souza, já concorreu 2000,2004,2008,2012,2016,a vereador de Cuiabá,2002,206 deputado federal MT,2010,2014, deputado estadual MT, confesso que sou um vencedor, continuo ficha LIMPA.

  • Edivaldo Augusto | Segunda-Feira, 23 de Abril de 2018, 21h30
    2
    0

    Nunca mais votarei em essa gente falsa originarios do Ministerio Publico e do Judiciario, exemplo Pedro Taques e essa descarada Selma que usou e abusou do seu cargo para aparecer e agora e' candidata a Senador. Ainda tem muitos eleitores ignorantes comprando gato por lebre. To fora...

  • Carlos Nunes | Segunda-Feira, 23 de Abril de 2018, 15h16
    4
    4

    Agora é a hora de cravar o voto na Juíza SELMA, pela sua honestidade, ética e competência, porque que vai representar muito bem Mato Grosso no Congresso Nacional. Tem capacidade de propor novas leis, e alterar várias, pois tem capacidade no assunto...além de fiscalizar o Poder Executivo. Aí, a gente aproveita e RENOVA tudo...NOVO presidente da república, NOVO governador, NOVOS deputados federal e estadual. Tudo novinho, esses novos podem começar a escrever uma nova página na história política do Brasil. Um novo presidente, um novo governador, um novo Congresso Nacional, uma nova Assembleia Legislativa...é uma nova esperança...pra nós, os eleitores, os verdadeiros donos do Poder. Vai dar uma arejada na Política Brasileira.

  • Ricardo | Segunda-Feira, 23 de Abril de 2018, 10h13
    10
    5

    Tá na hora dos quatros irem pra casa esperarem a morte chegar.

  • Chico | Segunda-Feira, 23 de Abril de 2018, 10h05
    8
    0

    Pessoal, já passou da hora não é de virar o disco, é mudar a vitrola. Chega dessas raposas, desses políticos matreiros, todos com idéias velhas e ultrapassadas. Todos, absolutamente todos os nossos deputados agem da mesma forma. Se não tomarmos uma atitude agora e trocar todos os deputados, eleger novos independente se fez "muito" ou não vamos ficar chupando dedo mais 4 anos. Ae marqueteiros, criem uma campanha #TROCATODOSOSPOLITICOS, #NAOREELEJANINGUEM, ou #VOTAEMNOVOSPOLITICOS

  • Vovô | Segunda-Feira, 23 de Abril de 2018, 07h52
    4
    11

    Júlio Campos é um político de verdade, não deixa o companheiro na estrada pedindo carona, tem coragem para enfrentar qualquer cargo político neste estado, se no DEM não tem candidato a governo Dr. Júlio Campos está pronto.

COMUNICAÇÃO

Pérsio "ressuscita" O Estado de MT

Por 19/06/2019, 10h:17 - Atualizado: 24min atrás

persio briante

Pérsio Briante, Tiago, Gean André, Michele e o colunista Hebert Matos mostram a 1ª edição do jornal impresso

Em mais um passo desafiador para os novos tempos, marcados pela velocidade acelerada das mídias eletrônica e sociais, o empresário Pérsio Briante resolve refundar o jornal O Estado de Mato Grosso. O empresso diário, em cores e com 16 páginas, começou a circular ontem. A solenidade que marcou inauguração do moderno parque gráfico, em Cuiabá, foi bastante concorrida.

Postar um novo comentário

EFEITO-GREVE

Sob ordem judicial, governador já bloqueia 30% de repasse do Sintep

Por 18/06/2019, 21h:05 - Atualizado: 18/06/2019, 21h:13

Tchélo Figueiredo

mauro mendes governador 680

 

Cumprindo determinação judicial, o governador Mauro Mendes já mandou a secretaria de Fazenda bloquear 30% do repasse mensal do Sintep, algo em torno de R$ 200 mil.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Hpr | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 09h51
    1
    0

    Hpr, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Hpr | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 09h35
    3
    3

    Esse dinheiro é dinheiro do servidor, descontado da folha do servidor. Se o dinheiro não for repassado ao sindicato, o governo está fazendo é apropriação ilegal do dinheiro do servidor.

  • Hpr | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 09h31
    3
    2

    O sindicato não recebe do governo, recebe de nós servidores. Nós autorizamos o desconto do nosso salário a ser repassado ao sindicato.

  • Maria | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 06h37
    9
    12

    Indecente este senhor! Ilegal e imoral a atitude desesperada do senhor Mauro Mendes. O Sintep é uma entidade sindical. Seus recursos financeiros lhe são conferidos por seus filiados e filiadas por livre vontade. O Estado deve arcar com o dever de fornecer educação aos seus cidadãos e cidadãs com recursos determinados pela lei. Se ele não consegue cumprir leis e pensa que o Estado é simplesmente uma das suas empresas, deve renunciar. Vá administrar as suas empresas, senhor Mauro Mendes! O Estado é outro organismo, bem diferente do que a sua pouca inteligência consegue absorver! Tire as mãos dos recursos do Sintep que não lhe pertencem e nem ao Estado!

  • Iury Lara | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 23h53
    8
    13

    Quanto abuso de poder. Inconcebível a atitude desse governador tirano/autoritário! Não esqueceremos de você Mauro Mendes, nos aguarde nas próximas eleições.

  • aloísio | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 23h12
    10
    3

    Impressiona como nossas relações são permeadas pelo dinheiro. As pessoas, independentemente de posição social conhecem essa realidade e se utilizam desse expediente para tomarem suas decisões, levarem vantagem. Isso até lembra a lei de Gérson: "levar vantagem em tudo...!

  • Citizenship | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 23h03
    7
    12

    Essa determinação de subtrair a arrecadação do sindicato para pagar locomoção de alunos é uma completa loucura. Que lei estabelece subtrair receita sindical por causa de greve? Ou trata-se de multa? Que lei autoriza vincular receita subtraída do sindicato a uma despesa estatal específica? Ou uma multa a uma despesa específica do governo? Juiz pode impor penalidades previstas em lei. Não pode inventar o que a lei não diz. Houve algum acordo? Mas a decisão do sindicato não é manter a greve? Greve no serviço público é permitida por lei, resguardada a prestação de serviço em 30% do serviço regular. O juiz inverteu a lei antes do processo encerrar-se?

  • Todeolho | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 22h36
    11
    11

    Que reposição? Não está descontando os dias parado? Se está, ninguém vai trabalhar de graça! Vai pagar a parte os dias de reposição? Ou vai contratar outro profissionais para repor as aulas?

INAUGURAÇAO DA UFR

Bolsonaro deve visitar Rondonópolis

Por 18/06/2019, 20h:25 - Atualizado: 18/06/2019, 20h:30

Marcos Correa

jair bolsonaro 680

Presidente Jair Bolsonaro, em reunião nesta 3ª com líderes do Governo e do Podemos, entre eles José Medeiros

Depois de Barra do Garças, no Araguaia, Rondonópolis, cidade pólo da região Sul, deve ser a segunda cidade mato-grossense a receber a visita do presidente Jair Bolsonaro.

Postar um novo comentário

PROPAGANDA

Juíza libera 3 informes publicitários

Por 18/06/2019, 19h:00 - Atualizado: 04h atrás

Mayke Toscano

mauro camargo 680

 

Mesmo com orçamento para tal, o governo estadual só está conseguindo liberação da Justiça para fazer campanhas publicitárias em etapas e, assim mesmo, no caso daquelas consideradas emergenciais. Essa limitação trava a gestão do secretário adjunto de Comunicação, jornalista Mauro Camargo.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • daniel | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 06h10
    2
    0

    Pior governador da história de Mato Grosso. Transformou as secretarias em cabide de emprego.

EFEITO-TECNOLÓGICO

Taquígrafas são demitidas da AL-MT

Por 18/06/2019, 11h:36 - Atualizado: 18/06/2019, 11h:39

ze domingos 680

Ex-deputado Zé Domingos, consultor legislativo da Mesa, alega que equipamento de degravação é eficiente

A Assembleia Legislativa exonerou todas as nove taquígrafas, a maioria com mais de 15 anos na atividade que é considerada milenar. E fez retornar à origem outras que estavam em desvios de função. Em tempos de novas tecnologia, elas foram substituídas por um sistema de degravação, que já é utilizado pela TV Assembleia.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Zé Cuiabano | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 18h00
    4
    0

    Isso é mentira não estão economizando nada os valores dos cargos de taquigrafas e revisoras foram divididos em 3 cargos menores para empregar os puxa sacos, alem do mais esse programa que a AL tem no senado tem e é de graça, agora vão investigar quanto está custando para a AL, MP fica de olho!

  • Carlos | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 17h36
    3
    1

    Uma trapalhada atrás da outra. A economia maior seria feita se devolvesse o dinheiro da caixa.... vai vendo

38º FIPE

Prefeitura de Cáceres vai gastar quase R$ 700 mil só com shows

Por 17/06/2019, 23h:30 - Atualizado: 18/06/2019, 07h:31

cesar menotti & fabiano 680

Dupla Cesar Menotti & Fabiano vai se apresentar no dia 10 de julho no FIPE por um cachê de R$ 195 mil

A Prefeitura de Cáceres vai gastar R$ 675 mil somente com seis shows artísticos do 38º Festival Internacional de Pesca Esportiva (FIPE), que acontece na praça de eventos da Sematur, 10 a 14 de julho.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Siminina | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 08h51
    2
    1

    Gostaria que a matéria fosse refeita e colocasse o valor do show do Leo Santana

  • Leocadio | Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 23h44
    4
    0

    Mas nunca que um show do Falamansa vai custar 125 mil e nem o do Alendre 180 mil

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2377