Blog do Romilson Cuiabá, 19 de Junho DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

MARK E RDNEWS

Com 34%, Mendes lidera; Taques e Wellington estão empatados tecnicamente em 2º lugar

Na espontânea, democrata também lidera; tucano tem maior rejeição com 32%

Por 11/09/2018, 14h:13 - Atualizado: 12/09/2018, 09h:31

pesquisa governador 11-9

Pesquisa Mark revela as intenções de voto ao Governo na estimulada, espontânea, rejeição e confrontos de 2º turno

Com 12,9 pontos percentuais de vantagem em relação ao 2º colocado, o candidato ao Governo, empresário Mauro Mendes (DEM) tem 34,7% das intenções de voto entre os eleitores mato-grossenses, revela pesquisa estimulada do instituto Mark e divulgada com exclusividade pelo . Em seguida, Pedro Taques (PSDB) pontua com 21,8%, em um empate técnico com Wellington Fagundes (PR), que aparece com 20,3%. A margem de erro é de 2,5% para mais ou para menos. Nesse cenário, hoje a disputa à cadeira de governador iria para o inédito segundo turno.

A pesquisa Mark foi realizada entre 7 e 11 deste mês, abrangendo 81 municípios. Está registrada na Justiça Eleitoral sob número MT-01860/2018. Ao todo, foram ouvidos 1.086 eleitores. O nível de confiança é de 95%.

O candidato da Rede, Arthur Nogueira, e o do PSOL, Moisés Franz, têm 0,7% das intenções de voto cada um. Os que disseram que não votam em nenhum dos candidatos, mais brancos e nulos somam 5,2%. Não souberam ou não responderam totalizam 16,6%.

Na pesquisa espontânea - situação em que o entrevistado revela nome de preferência sem auxílio da lista dos candidatos -, Mendes aparece também na liderança com 15,1%, enquanto Taques detém 5,3% e, Wellington, 4,8%. Assim como na estimulada, ambos estão empatados nessa modalidade. Os que não sabem ou não responderam somam 56,1% dos entrevistados, enquanto os que preferem anular o voto são 18,7%.

2º turno

municipios pesquisa mark 11-9-2018

Municípios onde os pesquisadores da Mark fizeram o trabalho de campo

No primeiro cenário de segundo Turno entre Mauro e Taques, o democrata vence com 40,6%, enquanto o tucano teria 23,1%. Os que não souberam ou não responderam somam 19,5%, enquanto os que não votariam em nenhum dos dois candidatos somariam 16,8%.

Num eventual confronto entre Wellington e Taques, o republicano venceria com 39,2% dos votos, enquanto o tucano teria 26,3%. Os eleitores que não votariam em nenhum dos candidatos somam 20,1%. E, indecisos, 14,4%.

Caso o confronto fosse entre Mendes e Wellington, o democrata também conquistaria o Palácio Paiaguás com 41,6%. Wellington chegaria a 33,1%. Não votariam em nenhum deles 10,9%. Indecisos chegam a 14,4%.

Rejeição

Perguntados sobre em quem não votariam de jeito nenhum, 32,6% dos entrevistados citaram o nome de Taques. O segundo candidato mais rejeitado é Arthur Nogueira, com 5,8%, empatado tenicamente com Wellington (5,1%). A resistência ao nome de Mendes é de 2,8% e, de Moisés, também 2%. Os que não souberam responder somam 34,8% e, brancos e nulos, 16,9%.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Laurindo | Quinta-Feira, 13 de Setembro de 2018, 16h59
    3
    3

    Sou policial militar como votar em um candidato que demonstrou não ter conhecimento do trabalho policial, que pretende voltar a nossa antiga escala sem descanso algum, policiais desmotivados, com graves problemas psicológicos que desencadeavam em agressividade, que é o Mauro Mendes. Da mesma forma como posso votar em um candidato que não respeita sequer a data do nosso pagamento, criando uma série de problemas, pagamentos de juros. Resumindo, o Wellinton Fagundes é o melhor dos que estão aí.

  • Victor | Quinta-Feira, 13 de Setembro de 2018, 16h56
    2
    3

    Mauro Mendes não se apieda nem de seus funcionários assalariados, como vcs acham que vai tratar a população? Taques péssimo gestor e administração. Welington Fagundes pelo menos tem serviço prestado, tem acesso em Brasília, tem sensibilidade. Voto Welington!

  • Davi | Quinta-Feira, 13 de Setembro de 2018, 16h52
    3
    3

    Taques se coligou aos mesmos corruptos do governo Silval Barbosa, que agora oportunisticamente migraram para o palanque do Mauro Mendes, por isso vou de 22, é Wellington Fagundes!

  • Servidora Jaine | Terça-Feira, 11 de Setembro de 2018, 17h38
    24
    14

    Mauro Mendes é o único que tem capacidade pra governar essa bagunça aqui. Lembro até hoje quando ele assumiu a prefeitura e todo mundo dizia que ele não daria conta de nada, foi lá e fez um monte de coisa na cidade. Eu quero isso pra Mato Grosso, já que agora moro aqui em Sorriso

  • Marc | Terça-Feira, 11 de Setembro de 2018, 16h11
    25
    9

    Quem vai ganhar já sei...quero saber se vai ser no primeiro ou segundo turno, só isso.

  • Eleitor | Terça-Feira, 11 de Setembro de 2018, 16h07
    40
    11

    O PEDRO TAQUES NÃO VAI NEM CHEGAR NO SEGUNDO TURNO SE HOUVER PORQUE COM O CRESCIMENTO DO MAURO MENDES ACHO QUE A FATURA SERÁ LIQUIDADA EM 07.10.2018....PEDRO TAQUES ESTE NUNCA MAIS GANHA NEM PARA PRESIDENTE DE BAIRRO...

  • joaoderondonopolis | Terça-Feira, 11 de Setembro de 2018, 15h50
    35
    9

    Já falei e repito, o segundo turno vai ser entre Mauro Mendes e Wellington Fagundes. Taques já chegou no limite, daqui pra frente Taques só vai despencando nas pesquisas. Tchau Taques pra nunca mais voltar.

  • JORGE LUIZ | Terça-Feira, 11 de Setembro de 2018, 15h48
    23
    6

    ESSA MARIA LEVA LEVA DEVE ESTAR BEBENDO DA MESMA ÁGUA QUE A SEGUNDA TURMA DO STF E DE PEDRINHO MALVADEZA, SÓ PODE, PARA FALAR EM VIRADA, VIRADA NO CURRICULUM DELE ISSO SIM

  • rico | Terça-Feira, 11 de Setembro de 2018, 15h42
    21
    28

    E´mentira Taques não perde eleição e nem pode pois entregar o MT nas mãos de Mauro Mente é brincadeira

  • Saulo | Terça-Feira, 11 de Setembro de 2018, 15h20
    45
    7

    Chora não bebe Taques, tá colhendo o que plantou, vai ser ruim assim pra governar bem longe daqui.Taques nunca mais.

COMUNICAÇÃO

Pérsio "ressuscita" O Estado de MT

Por 19/06/2019, 10h:17 - Atualizado: 47min atrás

persio briante

Pérsio Briante, Tiago, Gean André, Michele e o colunista Hebert Matos mostram a 1ª edição do jornal impresso

Em mais um passo desafiador para os novos tempos, marcados pela velocidade acelerada das mídias eletrônica e sociais, o empresário Pérsio Briante resolve refundar o jornal O Estado de Mato Grosso. O empresso diário, em cores e com 16 páginas, começou a circular ontem. A solenidade que marcou inauguração do moderno parque gráfico, em Cuiabá, foi bastante concorrida.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • André | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 10h51
    0
    0

    Que moral tem esse Governo para bloquear recursos nossos? Um Governo que não cumpre lei tem altoridade para que? É a justiça? Está sendo justa ou defendendo o seu? Lamentável deprimente a Situação em que vemos justiça e Executivo....

  • Pedro Parente | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 10h40
    0
    0

    Que venha ao menos um Jornal de direita no MT. Pois já estamos cassado de jornais esquerdista.

EFEITO-GREVE

Sob ordem judicial, governador já bloqueia 30% de repasse do Sintep

Por 18/06/2019, 21h:05 - Atualizado: 18/06/2019, 21h:13

Tchélo Figueiredo

mauro mendes governador 680

 

Cumprindo determinação judicial, o governador Mauro Mendes já mandou a secretaria de Fazenda bloquear 30% do repasse mensal do Sintep, algo em torno de R$ 200 mil.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Hpr | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 09h51
    1
    0

    Hpr, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Hpr | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 09h35
    3
    5

    Esse dinheiro é dinheiro do servidor, descontado da folha do servidor. Se o dinheiro não for repassado ao sindicato, o governo está fazendo é apropriação ilegal do dinheiro do servidor.

  • Hpr | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 09h31
    3
    4

    O sindicato não recebe do governo, recebe de nós servidores. Nós autorizamos o desconto do nosso salário a ser repassado ao sindicato.

  • Maria | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 06h37
    10
    12

    Indecente este senhor! Ilegal e imoral a atitude desesperada do senhor Mauro Mendes. O Sintep é uma entidade sindical. Seus recursos financeiros lhe são conferidos por seus filiados e filiadas por livre vontade. O Estado deve arcar com o dever de fornecer educação aos seus cidadãos e cidadãs com recursos determinados pela lei. Se ele não consegue cumprir leis e pensa que o Estado é simplesmente uma das suas empresas, deve renunciar. Vá administrar as suas empresas, senhor Mauro Mendes! O Estado é outro organismo, bem diferente do que a sua pouca inteligência consegue absorver! Tire as mãos dos recursos do Sintep que não lhe pertencem e nem ao Estado!

  • Iury Lara | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 23h53
    8
    13

    Quanto abuso de poder. Inconcebível a atitude desse governador tirano/autoritário! Não esqueceremos de você Mauro Mendes, nos aguarde nas próximas eleições.

  • aloísio | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 23h12
    10
    3

    Impressiona como nossas relações são permeadas pelo dinheiro. As pessoas, independentemente de posição social conhecem essa realidade e se utilizam desse expediente para tomarem suas decisões, levarem vantagem. Isso até lembra a lei de Gérson: "levar vantagem em tudo...!

  • Citizenship | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 23h03
    8
    12

    Essa determinação de subtrair a arrecadação do sindicato para pagar locomoção de alunos é uma completa loucura. Que lei estabelece subtrair receita sindical por causa de greve? Ou trata-se de multa? Que lei autoriza vincular receita subtraída do sindicato a uma despesa estatal específica? Ou uma multa a uma despesa específica do governo? Juiz pode impor penalidades previstas em lei. Não pode inventar o que a lei não diz. Houve algum acordo? Mas a decisão do sindicato não é manter a greve? Greve no serviço público é permitida por lei, resguardada a prestação de serviço em 30% do serviço regular. O juiz inverteu a lei antes do processo encerrar-se?

  • Todeolho | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 22h36
    12
    11

    Que reposição? Não está descontando os dias parado? Se está, ninguém vai trabalhar de graça! Vai pagar a parte os dias de reposição? Ou vai contratar outro profissionais para repor as aulas?

INAUGURAÇAO DA UFR

Bolsonaro deve visitar Rondonópolis

Por 18/06/2019, 20h:25 - Atualizado: 18/06/2019, 20h:30

Marcos Correa

jair bolsonaro 680

Presidente Jair Bolsonaro, em reunião nesta 3ª com líderes do Governo e do Podemos, entre eles José Medeiros

Depois de Barra do Garças, no Araguaia, Rondonópolis, cidade pólo da região Sul, deve ser a segunda cidade mato-grossense a receber a visita do presidente Jair Bolsonaro.

Postar um novo comentário

PROPAGANDA

Juíza libera 3 informes publicitários

Por 18/06/2019, 19h:00 - Atualizado: 04h atrás

Mayke Toscano

mauro camargo 680

 

Mesmo com orçamento para tal, o governo estadual só está conseguindo liberação da Justiça para fazer campanhas publicitárias em etapas e, assim mesmo, no caso daquelas consideradas emergenciais. Essa limitação trava a gestão do secretário adjunto de Comunicação, jornalista Mauro Camargo.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • daniel | Quarta-Feira, 19 de Junho de 2019, 06h10
    2
    0

    Pior governador da história de Mato Grosso. Transformou as secretarias em cabide de emprego.

EFEITO-TECNOLÓGICO

Taquígrafas são demitidas da AL-MT

Por 18/06/2019, 11h:36 - Atualizado: 18/06/2019, 11h:39

ze domingos 680

Ex-deputado Zé Domingos, consultor legislativo da Mesa, alega que equipamento de degravação é eficiente

A Assembleia Legislativa exonerou todas as nove taquígrafas, a maioria com mais de 15 anos na atividade que é considerada milenar. E fez retornar à origem outras que estavam em desvios de função. Em tempos de novas tecnologia, elas foram substituídas por um sistema de degravação, que já é utilizado pela TV Assembleia.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Zé Cuiabano | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 18h00
    4
    0

    Isso é mentira não estão economizando nada os valores dos cargos de taquigrafas e revisoras foram divididos em 3 cargos menores para empregar os puxa sacos, alem do mais esse programa que a AL tem no senado tem e é de graça, agora vão investigar quanto está custando para a AL, MP fica de olho!

  • Carlos | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 17h36
    3
    1

    Uma trapalhada atrás da outra. A economia maior seria feita se devolvesse o dinheiro da caixa.... vai vendo

38º FIPE

Prefeitura de Cáceres vai gastar quase R$ 700 mil só com shows

Por 17/06/2019, 23h:30 - Atualizado: 18/06/2019, 07h:31

cesar menotti & fabiano 680

Dupla Cesar Menotti & Fabiano vai se apresentar no dia 10 de julho no FIPE por um cachê de R$ 195 mil

A Prefeitura de Cáceres vai gastar R$ 675 mil somente com seis shows artísticos do 38º Festival Internacional de Pesca Esportiva (FIPE), que acontece na praça de eventos da Sematur, 10 a 14 de julho.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Siminina | Terça-Feira, 18 de Junho de 2019, 08h51
    2
    1

    Gostaria que a matéria fosse refeita e colocasse o valor do show do Leo Santana

  • Leocadio | Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 23h44
    4
    0

    Mas nunca que um show do Falamansa vai custar 125 mil e nem o do Alendre 180 mil

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2378