Blog do Romilson Cuiabá, 23 de Outubro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Rumo a 2010

Maggi lidera para Senado; no PT, Abicalil "sufoca" Serys

   Blairo Maggi é o líder na corrida ao Senado. Pesquisa da Mark feita entre 4 e 8 de dezembro em 45 municípios mato-grossenses aponta que a preferência pelo nome do governador por uma das duas cadeiras que serão abertas no Congresso Nacional varia de 17%, na espontânea, a 29% na estimulada.

   Na amostragem espontânea, os nomes são lembrados pelos eleitores sem auxílio de uma listagem. Nesse caso, 17,5% disseram que hoje votariam em Maggi para senador. Vão estar em jogo no pleito de 2010 as cadeiras hoje ocupadas pela petista Serys Marli e pelo democrata Gilberto Goellner, que virou titular com a morte de Jonas Pinheiro no ano passado. Já Jayme Campos fica senador até 2014.

   Maggi impõe uma frente ampla na espontânea. O segundo colocado é o ex-senador Antero de Barros, com 13,9 pontos percentuais atrás. O tucano figura com 3,6%. Está empatado tecnicamente com o deputado federal Carlos Abicalil (PT), com 2,4% das intenções de voto. Também pontua dentro da margem de empate técnico em segundo lugar o senador Osvaldo Sobrinho (PTB), que substitui Jayme por um período de quatro meses. Sobrinho detém 1,2%.

   O procurador da República Pedro Taques é lembrado espontaneamente por apenas 0,5% do eleitorado mato-grossense, assim como o procurador de Justiça Paulo Prado, ex-chefe do Ministério Público Estadual e hoje coordenador do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco). Prado detém 0,4%. Assim, ele segura a lanterna junto com Taques. Na espontâea, os indecisos somam 68,8%.

   Estimuladas

   Os pesquisadores da Mark apresentaram duas listagens de possíveis candidatos ao Senado. Numa delas, figuram os nomes de Maggi, Antero, Abicalil, Osvaldo Sobrinho, Pedro Taques e Paulo Prado. Nesse cenário, o governador aparece com 29,6%, 17 pontos percentuais sobre o segundo colocado, o ex-senador e adversário histórico Antero e também o deputado Carlos Abicalil (PT). Curiosamente, Maggi e Antero já se enfrentaram nas urnas duas vezes. Tanto em 2002 quanto em 2006, Maggi derrotou o tucano no primeiro turno na disputa para governador. Os demais nomes figuram com percentuais abaixo de 5%.

   No segundo cenário, a simulação inclui a petista Serys Marli no lugar de Abicalil. A dianteira continua com Maggi, com 25,9%, seguido de Antero com 13,9%. Osvaldo Sobrinho que, apesar do ensaio do PTB sobre sua pré-candidatura ao Senado, deve concorrer a deputado federal, aparece com 5,1%, seguido de Serys (4,6%), Taques (3,8%) e Prado (1,7%). Os indecisos chegaram a 40,3%.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Paulo | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 21h35
    0
    0

    O maior senador que o Mato Grosso já teve. Vai lá Antero és um homem exemplar e por isso muitas vezes e injustamente perseguido.

  • augusto cesar o eleitor de olho | Quinta-Feira, 07 de Janeiro de 2010, 16h46
    0
    0

    uma das vagas com certeza, é do hoje governador Blairo Maggi, pelo seu trabalho prestado junto ao estado e ao setor produtivo, a segunda vaga aposto em carlos Abicail, cujo nome sem dúvida alguma é forte a assumir a segunda vaga de senador, em função de seu trabalho na cãmara federal, e do desgaste da senadora SERYS, que me lembro votou contra os aposentados e de Antero que não se elege mais nem para porteiro de cemitério

ESTRUTURA E MUDANÇAS

Seduc corta 55% dos servidores da sede e terá ambiente corporativo

Por 22/10/2019, 22h:49 - Atualizado: 06h atrás

Mayke Toscano

otaviano pivetta 680

O prédio cheio de labirinto, onde funciona hoje a secretaria estadual de Educação, em Cuiabá, empregava até o ano passado, no Governo Taques, nada menos que 1.260 servidores.

Postar um novo comentário

EDUCAÇÃO

R$ 496 mil em ares-condicionados; MT só tem 1/3 de escolas climatizado

Por 22/10/2019, 16h:08 - Atualizado: 22/10/2019, 16h:17

marioneide 680 seduc

A secretaria de Estado de Educação, sob Marioneide Klimaschewsk, fechou um contrato de R$ 496,2 mil com a empresa Wanda Comércio de Móveis e Equipamentos na compra de aparelhos de ares-condicionados. Mas esse investimento está muito aquém do necessário para se conseguir climatizar todas as 15.888 salas de aula, ocupadas por 395 mil alunos.

Postar um novo comentário

ESQUEMÃO NO CEPROMAT

Auditoria já citava rombo milionário sob Dentinho, que foi preso hoje

Por 22/10/2019, 11h:10 - Atualizado: 22/10/2019, 11h:17

dentinho 680

O cerco já vinha se fechando contra o ex-presidente da Câmara de Cuiabá, ex-deputado estadual e ex-presidente do antigo Cepromat (hoje MTI), Wilson Celso Teixeira, o Dentinho, que foi preso nesta terça na operação Quadro Negro, deflagrada pela Delegacia Especializada de Combate à Corrupção.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Otávio | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 15h29
    0
    0

    Não é de hoje que o disse-me-disse corre solto nesse sentido. Pensei que fosse passar batido mas essa. Eta Mato Grosso ainda falta muito para uma boa moralização.

CASO INUSITADO

Apenas 2 vão votar e neles próprios

Por 21/10/2019, 19h:40 - Atualizado: 21/10/2019, 20h:46

guilherme maluf 680

Embora com colegiado formado por sete conselheiros titulares, apenas dois vão votar e, curiosamente, neles próprios. Sob um cenário inédito e inusitado, a eleição para renovar a diretoria do TCE-MT acontece em 5 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • joana | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 10h16
    3
    1

    Simples assim, e ponto final .

  • Seminina | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 22h52
    3
    1

    Caro jornalista, a situação em MT será a mesma o vice acumulará também a corregedoria !

EM CUIABÁ

2 figurões nacionais brigam pela concessão do transporte coletivo

Por 21/10/2019, 15h:47 - Atualizado: 21/10/2019, 16h:54

Assis Marcos Gurgacz 680

Após 20 anos, a Prefeitura de Cuiabá abriu disputa para concessão do transporte coletivo. E, entre as cinco empresas concorrentes, duas têm como donos familiares de figurões nacionais.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luciano | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 18h33
    4
    1

    E você não comenta das empresas do Botey e do Jayme porque?

ALTO PARAGUAI

Pivô da prisão de desembargador, casal ainda segue firme no poder

Por 21/10/2019, 11h:19 - Atualizado: 21/10/2019, 12h:56

diane e alcenor 680

Em Alto Paraguai, o ex-prefeito Alcenor Alves se tornou o prefeito de fato, mas não de direito. Embora a esposa Diane Alves seja a chefe do Executivo, quem dita as regras administrativas é Alcenor, que se envolveu num escândalo em 2010, chegando a ser preso.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Antônio Joaquim do nascimento neto | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 21h06
    0
    0

    Tem um matérial aqui sobre as calamidade de alto paraguai 93443569 chama eu passo pra vc

  • Joadir | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 15h20
    5
    1

    Na VG aconteceu o mesmo e ninguém foi preso. Mas está tudo cristalino.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2438