Blog do Romilson Cuiabá, 18 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Rumo a 2010

Mendes é principal adversário de Wilson em Cuiabá

    O tucano Wilson Santos venceria hoje todos os possíveis adversários na briga pela cadeira de governador junto aos eleitores de Cuiabá, com exceção do empresário Mauro Mendes (PSB), com quem aparece tecnicamente empatado se o pleito fosse realizado com três concorrentes, incluindo o democrata Jayme Campos. Nesse caso, o prefeito da Capital e o presidente da Federação das Indústrias teriam 35%, enquanto o senador ficaria com 8,6% - confira detalhes no quadro 01. Os dados estão na pesquisa do instituto Mark, que realizou o trabalho de campo nos dias 26 e 27 deste mês em Cuiabá. Foram ouvidos 1.021 eleitores. A margem de erro é de 3,1% para mais ou para menos.



   Num segundo cenário, sem o nome de Mendes e com o vice-governador Silval Barbosa (PMDB), Wilson continua liderando com 34,8%, enquanto o peemedebista aparece com 23,9% das intenções de voto. Jayme fica com 12,2% (cenário 2). Já numa eventual disputa entre Wilson, Mauro e Silval, o tucano chegaria a 35,2%, ao passo que Mendes conquistaria 29,9% e, o peemedebista, 15% (cenário 3).

   Caso Wilson e Mauro fossem ao segundo turno, a exemplo do que aconteceu no ano passado quando os dois protagonizaram um duro embate nas urnas pela Prefeitura de Cuiabá, estariam tecnicamente empatados hoje. Wilson detém 36,8% e, Mendes, 36,2% (cenário 6). Na possibilidade do tucano e o vice-governador se enfrentarem nas urnas, Wilson venceria em Cuiabá com 36,9% contra 28,1% atribuídos ao peemedebista (quadro 7). Já se o embate num eventual segundo turno fosse entre Wilson e Jayme, o prefeito cuiabano venceria com ampla vantagem: 40,6% a 16,2% (cenário 8).

   Se o confronto fosse entre Silval e Jayme, o peemdebista conquistaria o Paiaguás se dependesse exclusivamente do eleitorado cuiabano. Chegaria a 32,9%, enquanto o democrata ficaria com 21,4% (cenário 10). Sem o nome de Wilson, Mauro Mendes venceria todos os outros possíveis concorrentes. Contra Silval, o placar ficaria 34,4% a 28,5%. Já num embate com Jayme, o socialista teria 42%, enquanto o senador "abocanharia" 17%.

Postar um novo comentário

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Bloco centro-esquerda terá pesquisa como critério por nome ao Senado

Por 17/02/2020, 22h:42 - Atualizado: 17/02/2020, 23h:02

bloco patio max 680

Reunião nesta 2ª com representantes partidários, como Pátio, Barranco, Max, Lúcia, Gisela, Paola, Miranda e Aluízio

Isolados ou em grupos, autorizados ou não por seus partidos, militantes estão intensificando as reuniões em busca de alianças e definição de candidaturas à eleição fora de época, para o Senado, em 26 de abril.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Rodrigo | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 08h23
    0
    3

    Parabéns a esse bloco,onde existe vários nomes de qualidade como abicalil,gisela e principalmente o max que tem o meu voto. Poderia ser um o representante e outros 2 suplentes.

  • Rodrigo | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 08h23
    0
    3

    Parabéns a esse bloco,onde existe vários nomes de qualidade como abicalil,gisela e principalmente o max que tem o meu voto. Poderia ser um o representante e outros 2 suplentes.

  • Mariano Silva | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 08h08
    4
    1

    O mais engraçado disso e ver o Max como Centro esquerda. Kkkk rico, produtor rural, empresário. O que virou os partidos politicos? Tem que mudar essa legislação, acabar com vínculo partidário obrigatório para candidatura. Só palhaçada.

GUERRA POR AUDIÊNCIA

TV Vila Real dá o troco e busca novo apresentador por R$ 80 mil

Por 17/02/2020, 20h:05 - Atualizado: 17/02/2020, 22h:14

alexandre mota 680

Alexandre Mota se torna o apresentador mais bem pago da televisão mato-grossense. A Vila Real de Cuiabá, afiliada da Record, o contratou por R$ 80 mil mensais, além de ajuda de custos, para apresentar o tradicional programa policial Cadeia Neles!.

Postar um novo comentário

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Abicalil vai mesmo encarar Senado

Por 17/02/2020, 15h:55 - Atualizado: 17/02/2020, 16h:01

carlos abicalil 680

O PT vai mesmo lançar o ex-federal Carlos Abicalil à suplementar ao Senado marcada para 26 de abril. Seu nome será oficializado no próximo dia 28.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Jovenil campos (do glória) | Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 06h39
    3
    1

    " esse daí não ganha nem pra porteiro de cemitério, que diga-se de passagem é uma profissão digna"

  • jj | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 17h09
    9
    3

    ave maria!

  • elias | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 16h37
    8
    15

    Melhor nome

PESO PRESIDENCIAL

Bolsonaro chega de carreta na BR-163 e sob aplausos veja

Por 17/02/2020, 10h:16 - Atualizado: 17/02/2020, 10h:28

bolsonaro 163 680

Não é à toa que os principais pré-candidatos ao Senado brigam pelo apoio de Jair Bolsonaro. Quem o atrair para o palanque, transformando-o no principal cabo eleitoral na suplementar de abril, terá dado passo importante à vitória.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • elias | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 16h38
    6
    14

    Oportunista...inaugurando obra de outros governos...

  • Tcha | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 13h42
    9
    9

    Levando claque , qualquer ganha aplauso.

  • alexandre | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 12h53
    15
    10

    Porque que o lula não fez ?

Câmara de Cuiabá

Abílio aposta últimas fichas no relatório da CCJ e tenta se salvar

Por 17/02/2020, 10h:05 - Atualizado: 17/02/2020, 16h:46

Rodinei Crescêncio

abilio_junior

Com a corda no pescoço, o vereador Abílio Júnior aposta suas últimas fichas no parecer da Comissão de Constituição e Justiça. Lá, entende ter dois aliados, na batalha para não ser cassado, Kero Kero (PSL)  e  Lilo Pinheiro (PDT).

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • kamila Araújo | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 14h46
    12
    5

    Abilio, que decepção, perdi meu voto...decepção geral, moleque, uma criança mimada, agora volta de novo pro Grande Templo e receber aquele salario grande que recebia. e pior ne paga com nossos dizimos,

  • eleitor cuiabano | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 14h25
    5
    2

    Juca do guaraná????que tiveram rusgas esses dias??? Adilson levante que é irmão de Oséas Machado...??? vixxi...Apela por AQUELE lá de cima bem melhor.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Contra tese de Lúdio, majoritário petista tenta levar Abicalil à disputa

Por 16/02/2020, 18h:01 - Atualizado: 17/02/2020, 11h:50

carlos abicalil 680

Em resolução política assinada hoje, após encontro do diretório estadual, o PT decidiu por candidatura ao Senado e a tendência é que seja o ex-federal Carlos Abicalil.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Alberto | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 13h02
    1
    0

    Alberto, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Reginaldo Pinheiro | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 12h25
    4
    8

    Vai perder porque é do PT. Candidato bom para Mato Grosso é candidato comprometido com o movimento " MUDA SENADO". O que é bom para Wellington, para os Campos e para Abicaliu com certeza não é bom para Mato Grosso. Taques não é o melhor candidato, mas, é melhor que qualquer um desses, se não foi bom governador, mas, foi excelente senador.

  • alexandre | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 08h45
    12
    5

    vai perder de qualquer jeito..

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2492