Blog do Romilson Cuiabá, 16 de Abril DE 2021 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Rumo a 2010

Wilson é 1º ao governo com 29%; Silval e Jayme dividem 2º

26/12/2009, 16h:44 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

  A nove meses das eleições gerais, o nome do prefeito cuiabano Wilson Santos (PSDB) figura em primeiro lugar na corrida ao Palácio Paiaguás. Em segundo e empatados tecnicamente estão o vice-governador Silval Barbosa (PMDB) e o senador Jayme Campos (DEM). É o que revela pesquisa estimulada do instituto Mark, realizada entre 4 e 8 deste mês em 45 municípios mato-grossenses. Foram ouvidos 1.334 eleitores, o que permite uma margem de erro de 3% para mais ou para menos. Trata-se da primeira amostragem com abrangência em todo o Estado publicada acerca do processo eleitoral de 2010. Até agora, o que alguns institutos divulgaram foram pesquisas feitas por telefone (telemarketing). O nome do emprsário Mauro Mendes, que trocou o PR pelo PSB, vem em quarto lugar, com 8,8% das intenções de voto.

    Nesta pesquisa estimulada, a Mark apresentou uma relação com cinco possíveis concorrentes à sucessão do governador Blairo Maggi. Incluiu o nome do juiz federal Julier Sebastião da Silva porque este admite entrar no páreo. Devido à prerrogativa do cargo de magistrado, ele pode definir partido e candidatura até o início de abril, ou seja, seis meses antes do pleito. Wilson foi vereador por Cuiabá, deputado estadual e federal e exerce o segundo mandato de prefeito da Capital. Os indecisos somam 21,6%. Votariam em branco ou anulariam o voto 3,3%. Mesmo sob desgaste no Palácio Alencastro devido a problemas administrativos, como as obras do PAC e a crise na saúde, o tucano impõe uma vantagem de 11,6 pontos percentuais sobre Silval, que tem apoio de Maggi e vive a expectativa de assumir o Palácio Paiaguás daqui a quatro meses.

   Silval é ex-prefeito de Matupá, foi deputado estadual por dois mandatos e está vice-governador desde janeiro de 2007. É a maior aposta do PMDB na corrida à sucessão estadual. Tem como principal cabo eleitoral o próprio Maggi, líder da chamada turma da botina. Jayme foi prefeito de Várzea Grande por três mandatos e governou Mato Grosso de 91 a 94. Ele fechou um acordo com Santos para, com base no resultado de pesquisas a serem feitas a partir de fevereiro, o nome que melhor pontuar ser o candidato a governador e com o compromisso de quem ficar de fora apoiar o projeto. Apesar de se declarar aliado do Paiaguás, Jayme sinaliza para distanciamento do grupo de Maggi e aproximação de Santos, mesmo se tratando de ex-adversários políticos.

   Mauro Mendes é propagado como candidato de uma terceira via. Presidente da Federação das Indústrias do Estado (Fiemt), ele provocou reviravolta no meio político ao trocar o PR de Maggi pelo PSB. Agora tenta atrair PDT e PPS e outras legendas, com discurso de que construirá projeto alternativo. Com 8,8% das intenções de voto, Mendes se vê 7,5 pontos atrás de Jayme, 9,3% distanciado de Silval e 20,9 do tucano Santos, contra o qual disputou e perdeu no segundo turno à Prefeitura de Cuiabá no ano passado.

   Trabalho de campo

   Dos 1.324 entrevistados durante os cinco dias, 99,3% residem na zona urbana e, 0,7%, na rural. São do sexo masculino 52,2% e, do feminino, 47,8%. Quanto à idade, 5,1% têm entre 16 e 17 anos, enquanto 17,5% possuem entre 18 e 24 e, 25,5% disseram estar na faixa de 25 a 34. Outros 22,1% têm entre 35 e 44, ao passo que 20,2% contam com idade entre 45 e 59. Dos que opinaram, 9,7% estão com mais de 60 anos.

   Sobre o nível de instrução, 9,2% são analfabetos e/ou têm o primário incompleto; 26,5% possuem o primário completo e/ou 1º grau incompleto; 34,7% conta com 1º grau completo e/ou ensino médio por concluir; 24,3% já terminaram o ensino médio e/ou têm o superior incompleto, enquanto 5,2% contam com o terceiro grau concluído. Quanto à renda familiar, 8,6% ganham até um salário mínimo; 64,4% de um a cinco salários; 20,9% registram de cinco a 10 mínimos; 5,2% variam de 10 a 20, enquanto 0,9% ganha mais de 20 salários.


 

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • eleitor frio | Quinta-Feira, 07 de Janeiro de 2010, 16h40
    0
    0

    pesquisas feitas pelo telefone nao apontam para uma realidade exata da vontade eleitoral política da população matogrossense, uma vez que temos ai algumas indagações: como que WS póde estar em primeiro se na capital que é uma das cidades de maior densidade eleitoral ele está desgastado, e no interior ele não é conhecido; Segundo, a mesma coisa vale para Silval Barbosa, que é conhecido apenas no norte do estado, e na pesquisa ele aparece em segundo lugar , sendo lembrado na baixada cuiabana, região onde o mesmo é desconhecido. Pesquisa é uma coisa séria e por isso eu fico de ollho, principalmente quando ela é feita pelo telefone

  • Ivan Deluqui | Quarta-Feira, 30 de Dezembro de 2009, 12h39
    0
    0

    Ate com os ataques progamados deles (PMDB,PR,PT,JULIER SEBASTIÃO,MAURO MENDES), não conseguem abalar a força que esta do lado de WILSON,digo porque, ele tem a DEUS,FAMILIA,AMIGOS SINCEROS e MILITANCIA do seu lado, dando força e apoio, podem vim quente que nós estamos fervendo,WS tem discurso e trabalho prestado como legislador e como executivo para mostrar, e o nosso povo sabe disso e sabera distinguer o que e persiguição e votara no que e bom e melhor para MT e dalhe GALO. Parabens pelo novo formato ROMILSON gostei muito.

  • Donizete F Nascimento | Quarta-Feira, 30 de Dezembro de 2009, 10h34
    0
    0

    Não quero entrar no mérito da questão,mas me parece que o eleitorado "do Sul" é maior.Aliás,Wilson Santos é Paulista... E é assim,graças aos imigrantes, que a grandeza deste Maravilhoso Mato Grosso vem sendo construída.

DUPLO COMANDO

Os Mauro do Palácio Paiaguás

Por 15/04/2021, 21h:12 - Atualizado: 15/04/2021, 21h:12

mauro carvalho mauro mendes 680

Mauro Mendes tem repetido, nas conversas de bastidores, que o Estado passou a ser governado por dois Mauro, ele próprio e o amigo de longa data, o também empresário Mauro Carvalho, secretário-chefe da Casa Civil.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Jose panatoro | Sexta-Feira, 16 de Abril de 2021, 08h29
    6
    0

    Esse MC não faz nada.. fala algum trabalho da Casa Civil? Só serve pra ficar dando entrevista

  • kdc.vargas@yahoo.com.br | Sexta-Feira, 16 de Abril de 2021, 07h16
    13
    1

    Essa mamata vai acabar para os Mauros do Palácio paiaguas

  • João | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2021, 22h58
    12
    0

    Tomara que chegue logo 2022. A população necessita de mudanças URGENTE.

RUMO AO PAIAGUÁS

Wellington é incentivado a disputar governo e faz mistério

Por 15/04/2021, 17h:25 - Atualizado: 15/04/2021, 17h:28

wellington fagundes 680

Alguns líderes que caminham para oposição ao governador Mauro Mendes (DEM) estão incentivando Wellington Fagundes (PL) a concorrer de novo ao Palácio Paiaguás.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Nicasio Silva | Sexta-Feira, 16 de Abril de 2021, 10h54
    0
    1

    Se Wellington for candidato a Governador em 2022, até fortes lideranças do DEM e do MDB que hoje fazem parte das bases de apoio ao Mauro Mendes, rompem com o Governo e apoiam o candidato da oposição. Aguardem

  • Januário | Sexta-Feira, 16 de Abril de 2021, 08h23
    7
    2

    É a grande oportunidade. O cavalo selado está passando a sua frente Senador. A maioria dos setores Público e Privado não aceita mais o MM como Governador.

  • Pexoto | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2021, 23h01
    9
    2

    Agora sim que MT vai crescer. Ganha fácil.

EFEITO-PANDEMIA

Prefeitos em rota de colisão com governador

Por 14/04/2021, 18h:23 - Atualizado: 14/04/2021, 18h:25

ze do patio 680

No jogo de transferência de responsabilidades entre Estado e prefeituras sobre aquilo que acaba empacando nas ações de enfrentamento à Covid-19, mais um prefeito se distancia do Palácio Paiaguás.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Mauro | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2021, 14h16
    2
    1

    Rondonópolis está dando um show na vacinação.

  • Davi | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2021, 11h56
    8
    1

    O governador está naufragando e a CPI do COVID pode ser a pá de cal em seu projeto de reeleição. Não fez nada em lugar nenhum e tratou desrespeitosamente muitos dos que o elegeram.

  • Pedro luis | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2021, 10h04
    3
    6

    Grandes perdas para o governador: Um demagogo que foi eleito com apenas 30% dos votos e outro do Paletó que ganhou com diferença de apenas 2% dos eleitores. realmente o governador perde dois grandes líderes...

RUMO À ASSEMBLEIA

Os 4 pré-candidatos de Mauro a deputado estadual

Por 14/04/2021, 08h:17 - Atualizado: 14/04/2021, 08h:18

Rodinei Crescêncio/Rdnews

alan porto seduc 680

Quatro integrantes do primeiro escalão do Palácio Paiaguás estão se articulando, em privado e sem alarde, para entrar na disputa de deputado estadual, empurrados pelo governador Mauro Mendes.

Postar um novo comentário

Comentários (23)

  • Benedito | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2021, 18h31
    0
    0

    Com Mauro sendo candidato a reeleição, o meu voto será em Julio José de Campos, pois é o unico politico que honra os votos que recebe, e valoriza os seus companheiros. Aqui na Chapada dos Guimarães, é JULIO na cabeça.

  • marcos | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2021, 10h01
    0
    3

    e o afilhado do mauro , fabio garcia ?

  • murilog.1980@bol.com.br | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2021, 07h52
    6
    8

    ENTÃO LANCARAM BUSSIKI NA COVA DO LEÃO TIRARAM ELE DE REELEIÇÃO CERTA PRA VEREADOR PRA ABRIR CAMINHO PRA PANELA DO GOVERNO UM VEREADOR DE QUALIDADE SACRIFICADO E ABANDONADO PELO SEU LIDER E SEU GRUPO DEVERIAM SE ENVERGONHAR MAS BUSSIKI VAI VOLTARÁ PRO PARLAMENTO

AUXÍLIO ADMINISTRATIVO

Empresa vai faturar R$ 5 mi com serviços nas unidades Ganha Tempo

Por 13/04/2021, 19h:08 - Atualizado: 13/04/2021, 19h:09

basilio bezerra 680

O secretário Basilio Bezerra (Planejamento e Gestão) fechou um contrato milionário e sem licitação com a empresa cuiabana Stock King Terceirizações.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Observadora | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2021, 11h25
    4
    0

    Alan Porto não era do PT? Agora no DEM? Oi? Impressionante as andanças que esse povo faz. Tem que perguntar para os professores da rede como estão avaliando as desorientaçôes a respeito do ensino remoto.

ALIANÇA MAJORITÁRIA

Para Janaina, caminho natural do MDB e a reeleição de Mauro

Por 13/04/2021, 16h:10 - Atualizado: 13/04/2021, 16h:13

Jardel da Silva

janaina riva 680

Bem articulada e uma das principais vozes do MDB no Estado, a deputada Janaina Riva considera hoje natural o seu partido apoiar o projeto de reeleição de Mauro Mendes (DEM).

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Mario Márcio | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2021, 08h19
    6
    6

    Se o Mauro Mendes, não for candidato a reeleição, a candidata do DEM a Governador será a ex-Prefeita de Varzea Grande, Lucimar Campos, que dá um surra de votos nessa tal da Janaina RIVA (votê filha de quem que ela é?), Lucimar tem o consenso no Democratas, e terá até o apoio de mais de 10 partidos em Mato Grosso.

  • Deosvaldo | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2021, 08h02
    6
    6

    Nesse assunto devo concordar com a Janaína. Não vejo nenhum nome no MDB a altura de Mauro Mendes para disputar, para disputar o governo em 2022.

  • Rafael | Terça-Feira, 13 de Abril de 2021, 19h50
    8
    5

    Olha ela, não era pra senhorita estar preocupada com o combate a COVID? Esta preocupada com reeleição de quem está fazendo uma péssima gestão... E o povo que se dane ...

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2694