Blog do Romilson Cuiabá, 18 de Novembro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Quero votar para juiz

Doutora Selma vai à disputa eleitoral pelo PSL de Bolsonaro, que se apresenta com um rompante histericamente machista, racista, fascista e homofóbico

Por 06/04/2018, 00h:00 - Atualizado: 05/04/2018, 23h:58

ceara artigo sexta 400 padrao

Antonio Cavalcante

Creio que já é senso comum que o Brasil vive uma de suas piores crises em seus cinco séculos de existência.

Hoje, mais do que nunca, é fácil de ver a insana corrida dos serviçais, capachos e lacaios da colônia disputando entre eles quem mais agrada aos interesses da Casa Grande e da sanha privatista do império capitalista internacional, em detrimento das necessidades e dos direitos dos brasileiros.

Empresas lucrativas são vendidas a qualquer preço, recursos que seriam destinados à educação de nossas crianças, à saúde de nosso povo, e para aposentadoria dos nossos idosos, são entregues “de grátis” para satisfação dos interesses das elites rentistas e dos países ricos.

Este cenário é propício para o nascimento de “mitos”, heróis sem caráter, e toda espécie de gente aventureira, oportunista e fascista que promete saídas milagrosas para problemas morais, e com muita competência hipnotizam a sociedade, impedindo as pessoas que reflitam livremente sobre o que de fato interessa às suas vidas.

Judiciário reacionário, conservador e autoritário

Ainda por cima temos um Judiciário reacionário, conservador e autoritário. Em quatro anos de perseguição e investigação contra Lula não encontraram sequer um contrato assinado, nenhuma gravação pedindo propina, ou mesmo uma continha em algum paraíso fiscal. Se nada provaram, a sua prisão será meramente política!

A condenação do ex-presidente sem que se apresentasse nenhuma prova para corroborá-la, além das declarações de criminosos confessos, que se beneficiaram do instituto da delação premiada, mostra a verdadeira face desse poder sombrio incrementado de privilégios quase divino.

Quem pôde acompanhar com atenção os debates do julgamento do pedido de habeas corpus do Lula, viu com clareza inequívoca o STF rasgar na cara do povo o que ainda restava da Constituição após o golpe de 2016. Quem trai a Constituição esfacela a Pátria e se rebaixa ao mesmo patamar dos covardes, dos corruptos e dos traidores da nação.

No entanto, pelo histórico do STF, não há nada de novo por parte da “Suprema Corte” em mais esse capítulo de ruptura da ordem democrática. Na realidade, em vez de guardiã da Constituição, ela sempre foi isso que está aí, a “Suprema Guardiã” dos interesses da “Casa Grande”.

A história não mente. Temos inúmeros exemplos da conivência e cumplicidade do Poder Judiciário com os golpes e os golpistas ao longo dos séculos que trataremos em outro texto.

Ainda assim, a onda agora é juiz (e promotor e delegado de polícia) se envolverem em disputas eleitorais, demonstrando com alguma clareza que exerceram o cargo da magistratura com intencionalidade de projeção.

Em 4 anos de perseguição e investigação contra Lula não encontraram sequer um contrato assinado, nenhuma gravação pedindo propina, ou mesmo uma continha em algum paraíso fiscal. Se nada provaram, a sua prisão será meramente política!

Em Cuiabá a simpática doutora Selma vai para a disputa eleitoral pelo PSL, partido do deputado Bolsonaro, que se apresenta com um rompante histericamente machista, racista, fascista e homofóbico. É uma pena, porque deixou uma série de processos sem solução, e cito como exemplo o José Riva, que tinha uma montanha de processos. A juíza Selma julgou uns dois ou três, que poderão ser anulados pelo Tribunal de Justiça (não duvidem disso).

Tem também o caso do tesoureiro do PSDB, aliado de Taques, cuja soltura foi comentada por Selma que entendia que ele seria mais útil solto do que preso. Confesso que até hoje não entendi o comentário.

Sobre o desejo de juízes e promotores de influenciar na política partidária lembro-me da juíza Denise Frossard, do Rio de Janeiro, e de todos os secretários de Segurança daquele Estado, desde a redemocratização. A maioria deles tem origem na “infalível” polícia federal. Outros vieram da polícia estadual e provam que a crise de segurança lá é culpa dos gestores com origem nas fileiras policiais.

Aqui em Mato Grosso, os gestores da segurança também são policiais, em regra (teve promotores de Justiça também), e a situação está um caos, a ponto de um réu com tornozeleira eletrônica (ex-secretário de Segurança Pública de Mato Grosso) abordar o delegado que o investiga. Aliás, mais uma crise nascida com Pedro Taques.

E falando neste, o outrora festejado membro do Ministério Público faz parte dessa “onda”. Ele foi eleito senador e depois (des)governador de Mato Grosso. Trouxe delegados e promotores para gerir uma parcela de seu governo, incluindo a secretaria de Segurança, o Detran, Intermat, Gabinete da Corrupção, Casa Militar e Secretaria de Justiça.

E deu no que deu.

Por essa razão, acho justo que a partir de agora eu possa requerer o direito de votar em juiz de Direito, e depois queremos eleições livres para delegados de polícia e promotores do Ministério Público.

E antes que um desavisado me esculhambe e me mande para a paradisíaca ilha Caribenha que desafia o poderoso Xerife do Mundo (EUA) desde o século passado, saiba que já houve eleição para juiz no Brasil imperial, e ainda existe essa prática em 48 dos 50 estados ianques.

No artigo científico intitulado “Juízes de toga, nobrerza togada: o Judiciário nas primeiras décadas do Império", a pesquisadora Karine Cristine da Silva mostra um retrato da composição da magistratura no período imperial. Teve como objeto a Constituição Imperial de 1824 (25/03/1824), que tratou do tema nos artigos 151 a 164. O primeiro contato da pessoa que procurava a justiça era com o juiz de paz, e estes eram eleitos como os vereadores da cidade.

Já nos Estados Unidos, onde há eleições para juízes, incluindo para ministros de tribunais superiores, há o espaço para a manifestação política dos juízes nas campanhas eleitorais. É natural que o eleitor queira saber como o juiz eleito vai decidir casos que afetam sua vida. Isso encarta a plataforma política do candidato a juiz, igual a qualquer candidato a um cargo eletivo.

De acordo com informações do site Conjur, as eleições para escolha dos membros dos tribunais superiores estaduais, chamados de Suprema Corte, possuem quatro tipos diferentes de processo eleitoral.

Em 7 estados as eleições são partidárias, o candidato a membro do tribunal deve ser filiado a um partido e o nome do partido aparece ao lado de seu nome na cédula eleitoral. A reeleição existe, e se chama “retenção incontestada”, porque não há nome de concorrente na cédula. Em outros 14 estados as eleições são apartidárias, os candidatos não possuem filiação partidária, mas em alguns estados os partidos políticos podem se envolver na escolha dos candidatos e endossá-los.

Então, diante do absurdo envolvimento de atores do sistema de justiça brasileiro com as lides eleitorais e partidárias, nada mais justo que possamos votar neles nos cargos de origem.

Antonio Cavalcante Filho, o Ceará, é sindicalista e escreve neste espaço às sextas-feiras - E-mail: antoniocavalcantefilho@outlook.com

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Evandro | Sábado, 07 de Abril de 2018, 13h42
    3
    1

    esse dito sindicalista é um mero e tão somente defensor do comunismo, uma idéia ultrapassada e derrotada, e defensor de um bandido condenado e agora preso....por essas credenciais o inabilita a ter qualquer credibilidade ao emitir opinião.

  • Evandro | Sábado, 07 de Abril de 2018, 13h41
    1
    1

    esse dito sindicalista é um mero e tão somente defensor do comunismo, uma idéia ultrapassada e derrotada, e defensor de um bandido condenado e agora preso....por essas credenciais o inabilita a ter qualquer credibilidade ao emitir opinião.

  • costa | Sexta-Feira, 06 de Abril de 2018, 14h06
    9
    8

    É extremamente ,engraçado a cara de pau desses lideres de sindicato,ele sabem que estão dizendo e mentira, e não convencem nem a eles mesmos, mas não dão o braço a torcer. de forma alguma, o lularápio foi condenado por Tribunais Superiores,perdeu em todas as instancias, não mas para os cegos que não querem enxergar,todos estão errados.Não adianta essa imbecil estória contada por imbecis Alienados Petistas que não tem nada assinado por ele, e a ocultação de patrimônio o que é, e as provas faladas nas delações o quê é , será que todos estão errados e só o famigerado Lula esta certo,vão procurar o que fazer petista aloprados.

  • marcos | Sexta-Feira, 06 de Abril de 2018, 11h11
    15
    7

    esse senhor é um imbecil, capacho e alienado do PT. Deveria exclamar a liberdade do trabalhador, valorizar quem exerce seu trabalho dignamente e deveria ter o retorno do estado através da educação , segurança . Estes corruptos que tiram isso do povo tem que estar todos na cadeia.

EM VÁRZEA GRANDE

Antigo assessor, Luiz Celso deve ser lançado pelos Campos para prefeito

Por 18/11/2019, 17h:04 - Atualizado: 52min atrás

luiz celso 680

Após testar alguns nomes, inclusive do vice-prefeito José Hazama, os Campos estão praticamente decididos a lançar Luiz Celso (DEM) à sucessão em Várzea Grande, já que a prefeita Lucimar Campos (DEM), no segundo mandato, não pode mais concorrer seguidamente.

Postar um novo comentário

HOSPITAL MUNICIPAL

Prefeito vence boicotes, barreiras política e jurídica e carimba legado

Por 18/11/2019, 12h:26 - Atualizado: 05h atrás

Romilson Dourado

emanuel pinheiro hmc 680

O prefeito da Capital Emanuel Pinheiro posa para fotografia ao lado de diretores e coordenadores do novo HMC

Entusiasta do Hospital Municipal de Cuiabá, que será entregue para funcionamento pleno nesta segunda à noite, numa solenidade bastante concorrida, o prefeito Emanuel Pinheiro carimba esta obra de R$ 200 milhões como principal legado de sua passagem pelo Palácio Alencastro.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Pedrosa Pedreira | Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 15h11
    2
    1

    Parabéns prefeito Emanuel Pinheiro!!!!!Enquanto a oposição late....vc entrega obras de grandes relevâncias à população!!!!Melhor prefeito da história de Cuiabá!!!!E pra oposição.....mostra a CANETA AZUL pra eles!!!!kkkkkkkm

  • Danilo | Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 13h26
    0
    0

    Danilo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

PROCEDIMENTO

Deputado faz implante em Cuiabá e espera ficar cabeludo já em 90 dias

Por 18/11/2019, 08h:30 - Atualizado: 07h atrás

Maurício Barbant

botelho cabelo 680

O presidente da Assembleia, deputado e empresário Eduardo Botelho, anunciou publicamente que iria fazer implante capilar. Até se afastou do cargo por uns dias. E o fez.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • OLHO VIVO | Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 12h59
    3
    1

    Tá SOBRANDO DINHEIRO né seu deputado?Por que não IMPLANTA uma AUDITORIA aí na AL pra eliminar os funcionários FANTASMAS?O bicho aí é CABELUDO né?

NA TELEVISÃO

Pop antecipa estreia e avisa que vai ser líder de audiência no SBT Cuiabá

Por 17/11/2019, 17h:20 - Atualizado: 17/11/2019, 17h:24

pop sbt 680

Everton Pop, que deixou a Cidade Verde após duas décadas para se tornar a maior aposta do SBT Cuiabá, corre para estrear seu programa neste mês, provavelmente no dia 25.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • LUCIMEIRE | Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 11h56
    4
    3

    por causa de 5000,00 deixa a emissora que tava ha 20 anos ??

  • Rogério Campos | Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 05h12
    4
    4

    Boa sorte pop to torsendo por você aqui em casa todos te acistem

  • Helena | Domingo, 17 de Novembro de 2019, 21h59
    7
    22

    Se ele fosse macho mesmo, deveria querer competir com o Resumo do Dia de Roberto França,pela TV Brasil Oeste, canal 8.1 das 20 as 22 horas. Ele ia tomar um pau´de doer na sua cachola de traidor.

PACTO FEDERATIVO

Prefeito endossa PEC pelo fim de municípios pequenos e leva porrete

Por 17/11/2019, 09h:55 - Atualizado: 18/11/2019, 07h:10

francis maris 680

O prefeito e empresário Francis Maris (PSDB), de Cáceres, principal município da região Oeste, mexeu num vespeiro. Mesmo com toda razão técnica, baseado em números, ele passou a levar porrete dos próprios colegas gestores.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Jurandir | Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 11h00
    5
    0

    Gente ...vamos a realidade.. Não.irei citar o município e nem o nome do.prefeitodo questão de ética...vamos lá para os números....o salário de $7mil + $7mil de verba indenizatória...ok ...Não acaba por aí...A diária dele é de $700reais...como precisa viajar muito ...nao.para na cidade ...então...salario total em torno de $25mil....agora pergunto .....isso é justo???...A cidade não tem indústria...Não tem nada...fica nas costas do FPM ...eu concordo com a Pec....estamos cansado de ser sugado por quem nao conseguem produzir impróprios salários de seus servidores .

  • alexandre | Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 09h11
    1
    0

    tem que investir pra virar verba indenizatoria e aumento de salario para prefeitos ? tem que extinguir...

  • joaoderondonopolis | Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 08h56
    3
    4

    Extinguir municípios nada disto. O governo federal tem que investir nestes municípios, já que foi eleito para resolver problemas, mas até agora nada. Um exemplo: se um pequeno município juntar a outro vão ficar os dois inviabilizados. Governo sem noção e os gastos serão ainda maiores.

  • carlos alberto | Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 07h43
    1
    6

    quem e a favor dessa pec. e contra o povo.. deputados faça como fez Bezerra, Rosa neide, Juarez, janaina e outros .. desça do muro e defenda os municipios, nos saberemos agradecer pode ter certeza

  • Dos Santos | Domingo, 17 de Novembro de 2019, 13h49
    9
    14

    Só é a favor da extinção quem não mora nestes municípios. Pensa só no próprio umbigo. A maioria destes municípios ja estão consolidados, essa PEC não é viavel para todos municípios com menos de 5 mil habitantes. As consequências serão desastrosas.

  • celso | Domingo, 17 de Novembro de 2019, 11h41
    12
    7

    O prefeito ruom de serviço sua cidade parece um chiqueiro de porco nao sabe governar nem sua casa larga a prefeitura para o vice e vai embora incompetente

EM CUIABÁ

Ato de entrega do HMC sem Temer, mas com Blairo e a cúpula do MDB

Por 16/11/2019, 22h:06 - Atualizado: 16/11/2019, 22h:13

temer 680

O ex-presidente Michel Temer, que liberou no final do seu mandato R$ 100 milhões, dentro do programa Chave de Ouro, para as obras do Hospital Municipal de Cuiabá, não estará presente na festa de entrega e do funcionamento pleno da unidade, na segunda (18) à noite.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Alex | Domingo, 17 de Novembro de 2019, 11h43
    4
    6

    Está de parabéns ele como gestor! Chega de enxugar gelo, pois tem prefeito que não dá conta de colocar nem gases em duas policlínicas, vivem mandando paciente para as cidades vizinhas cuidarem.

  • Reginaldo Maia | Domingo, 17 de Novembro de 2019, 10h38
    5
    4

    0 primeiro Pronto Socorro de Cuiaba' foi concluido e inaugurado pelo entao Prefeito Gustavo Arruda durante o Governo de Frederico Campos (1979/83) e foi iniciado na gestao do Rodrigues Palma e Gov.Garcia Neto. A ampliaçao para transformar num Hospital foi na gestao de Anildo Barros durante o Governo do Julio Campos (1983/87). Agora o Prefeito Emanuel conclui um novo PS e HMC iniciado na gestao do ex Prefeito e atual Governador Mauro Mendes, todos estao de parabens. Em especial o Presidente TEMER que deu 100 milhoes e o Ex governador Taques que ajudou com 50 milhoes de reais.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2449