Blog do Romilson Cuiabá, 03 de Julho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RESGATE HISTÓRICO

MDB marca época com Lenine, Padre Pombo, Torquato e Lúdio


 Em 1981, época em que o governador de MT era Frederico Campos, lideranças do velho MDB se reúnem para discutir estratégias. Símbolo da esquerda e uma das forças contra o regime militar (64-85), o MDB vivia a transição para o hoje PMDB. Na foto do alto, aparecem Lenine Póvoas e padre Raimundo Pombo, que veio a concorrer ao governo estadual contra Júlio Campos em 1882, numa das eleições mais polêmicas e marcadas por denúncias de fraudes e compra de votos pelo grupo de Júlio, que saiu vitorioso. Está também Lúdio Coelho, que viera a ser senador por MS entre 1995 e 2003, José Armando Barbosa e o coronel Estevão Torquato, que chegou a assumir como prefeito de Cuiabá. Logo atrás aparecem Genilto Nogueira (de barba), o médico Benedito Cesarino (de barba e óculos) e ainda Otto Sampaio, que foi secretário de Segurança Pública no governo Carlos Gomes Bezerra.
Nesta imagem estão padre Pombo (ao centro), que atuou no Patronato Santo Antonio, em Cuiábá, e Wilson Barbosa Martins, que foi o primeiro governador eleito por MS pelo voto popular e prefeito de Campo Grande, onde mora hoje. Wilson tinha amizade pessoal com o então presidente da República Getúlio Vargas. Também estão na fotografia o então deputado Ferreira Neto, o Ferrerinha, e, logo atrás, Genilto Nogueira e seu irmão Gilmar Nogueira. De pé, Ezequiel Roberto (já falecido). Ele era irmão do ex-vice-governador Oswaldo Sobrinho. Ferrerinha, que era de Rondonópolis, foi o primeiro político a se levantar contra Bezerra dentro do PMDB.
Fotos: Demóstenes Milhomem

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Dr.João Manoel Santos | Terça-Feira, 16 de Novembro de 2010, 14h08
    0
    0

    OS SENHORES INFORMAM NO CABEÇALHO QUE: (O portal e o blog não se responsabilizam pelos comentários aqui postados...) ... porém devem se responsabilizar pela matéria edita, principalmente pela revisão das mesmas e da fonte das mesmas e de sua veracidade. Portanto como leitor deste blog informo que esta havendo equívocos nas informações e causando constrangimentos aos familiares . No rodapé da segunda foto onde consta o nome do empresário Sr. Gilmar Nogueira, informo que o mesmo esta mais vivo que vcs na redação deste blog e com muita saúde GRAÇAS A DEUS. Façam a revisão do texto editado, para que possamos continuar dando credibilidade a este site. Obrigado

  • Jardes Félix | Domingo, 14 de Novembro de 2010, 21h49
    0
    0

    Gostava muito de assistir os comícios que o MDB fazia em Cáceres, da época de Carlos Alt & Companhia. Era apenas uma criança, mas já interessava pela política, gostava muito de acompanhar também apuração dos votos e conhecer os nomes dos candidados, isso nos anos 70. Na década seguinte, já havia conpletado 18 anos, tirei meu título de eleitor, bem como todos os outros documentos e deixei meu Mato Grosso e fui morar no Estado de São Paulo em busca de trabalho e estudar, onde votei pela primeira vez em 1982, ajudando eleger o Gov Franco Montoro, votando também para Dep Federal Chico Amaral, Dep Estadual Almino Afonso, Prefeito de Campinas, Magalhães Teixeira, vereador Mato Grosso (representante dos estudantes), Senador Severo Gomes (que morreu no acidente aéreo junto com Ulisses Guimarães), pude assistir a maior manifestação política da américa latina, na Praça da Sé em SP, tendo viajado 100 KM para chegar naquela capital e ver o Palanque das Diretas Já, repleto de políticos e artistas recém anistiados (livres dos processos) das perseguições políticas após revolução de 1964, durante a ditadura militar que perdurou por 20 anos em nosso Brasil. O último presidente militar João Batista Figueiredo, gostava mais do cheiro de cavalos do que de gente. O povo brasileiro lutou muito para ter direito de eleger governadores em 82, que antes era nomeado pelo presidente da republica e logo após sua nomeação, este nomeava os prefeitos nas cidades consideradas área de sugurança nacional, como era o caso de Cáceres. Em 1984 a luta das Diretas Já, de Dante de Oliveira, na época Deputado Federal por Mato Grosso, sua emenda ganhou projeção nacional, mas não foi aprovada pelo congresso nacional e o próximo presidente fora eleito pelo voto indireto, ou seja pelos congressistas, quando da disputa entre Tancredo Neves X Paulo Maluf, elegeu-se o primeiro, que em decorrencia de sua morte, fora empossado o vice José Sarney como presidente do Brasil, sendo que este último sempre teve sua vida junto com aqueles que estiveram no poder (PDS) partido que dava sustentação aos presidentes militares. Em 1982, de São Paulo, assistia com tristeza as notícia do roubo e fraude que foram as eleições em Mato Grosso, com urnas de lonas, que desapareceram e outras tantas que foram jogadas no Rio Coxipó, isso foi até matério nivel nacional, não adiantou nada, o tanto que torci por Padre Pombo, sabia que sua vitória era certa, mas houve muita safadeza e Julio Campos fora eleito, infelizmente. Hoje, o Pe. Pombo, não esta mais em nosso meio, com certeza no reino de Deus, os bons vão sempre primeiro, os ruim continuam em nosso meio, com cara de difundo que esqueceram de deitar, não morre cedo, acredito que para pagar os seus pegados, não tenho e nem quero ter poderes para julgar, mas imagino que seja isso mesmo! Essas coisas ruim, dificilmente melhoram e estão ai, até hoje para nos assombrar. Deus me livre dessas pragas e que Mato Grosso faça no futuro uma verdadeira renovação de seus políticos, acabando de uma vez por todas com essas velhas raposas, que de morto não tem nada, repito, continuam nos assombrar... Deus para nos defender.

  • BETH MACHADO | Sábado, 13 de Novembro de 2010, 23h41
    0
    0

    Concordo que o GENILTO era militante do MDB, PMDB, daí a esquerda, há uma distancia muito grande.

EM CUIABÁ

Rompido com prefeito Emanuel, vice tem toda equipe exonerada

Por 02/07/2020, 17h:45 - Atualizado: 02/07/2020, 18h:01

niuan ribeiro 680

O vice Niuan Ribeiro, que se tornou adversário político do prefeito da Capital Emanuel Pinheiro, ficou sem toda a estrutura de pessoal do gabinete.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Eduardo | Sexta-Feira, 03 de Julho de 2020, 00h12
    3
    3

    Funcionalismo público é um cancer. Uma demissão dessa em massa só prova que essas pessoas nem precisavam estar alí recebendo do nosso dinheiro. Isso que arrebenta nosso país, se a política não fosse gananciosa, a vida todos seria muito melhor.

  • jose luis | Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020, 20h09
    11
    9

    GANANCI DE PODER E ESQUECEU COMPANHERISMO ISSO E RESULTADO DO NOBRE NIUAM ,MUDOU DE PARTIDO E AGORA COHE O RESULTADO,ESTAVA INDO BEM COMO VICE E SE ACHOU QUE TINHA ASAS PROPRIAS PARA DEOLAR NOVOS RUMOS ,SE FERRROU

  • Maria | Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020, 19h55
    15
    12

    Prefeito da humanização? Mandou pessoas embora em meio de uma pandemia. Nao pensa nas pessoas? Isso nao é hora de fazer politica ... pisou na bola neneu do paleto

SEM CRISE

Cartório de Rondonópolis fecha junho com faturamento de R$ 2 mi

Por 02/07/2020, 12h:03 - Atualizado: 02/07/2020, 12h:07

cartorio primeiro oficio de rondonopolis 680

Mesmo com a pandemia, carimbos e assinaturas dos cerca de 250 cartórios extrajudiciais de Mato Grosso seguem engrenados como máquina de fabricar dinheiro. Mantêm alto faturamento.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Chirrão | Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020, 12h42
    6
    2

    NÃO VENDAM SEUS VOTOS.....CORRUPTOS SÓ SOBREVIVEM ASSIM !!

NA PRISÃO

Conselheiro quis preservar o genro e se complicou

Por 01/07/2020, 21h:24 - Atualizado: 01/07/2020, 21h:27

waldri teis 680

Dos cinco conselheiros afastados do TCE-MT desde 2017, o que mais se mostrou fragilizado foi Waldir Teis, preso nesta terça por supostamente tentar ocultar provas. Entrou em processo de depressão. E passou a conviver com outros problemas de saúde, como da próstata. Recentemente ficou cerca de um mês no Paraná, em tratamento.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Joao Luiz | Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020, 19h11
    0
    0

    Joao Luiz, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • O atalaia | Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020, 14h37
    0
    0

    O atalaia, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Márcio | Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020, 12h55
    14
    0

    O que esperar dos conselheiros, indicados por políticos? veja quem está hoje lá e quem é o provável indicado. Os que estão lá, exceto os servidores de carreiras, sabem que honestidade, é um vocabulários que eles não conhecem. Esperar o que deles?

INFRAESTRUTURA

Governador autoriza licitar mais 2 trechos de rodovias e por 30 anos

Por 01/07/2020, 16h:54 - Atualizado: 01/07/2020, 17h:00

Mayke Toscano

mauro mendes 680

O governador Mauro Mendes autorizou ontem a Sinfra a abrir licitação para fazer concessão de mais dois trechos de rodovias estaduais. 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Reginaldo | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 21h18
    17
    0

    A jogada é a seguinte, a empresa vence que a licitação, que fez o estudo de viabilidade econômica, investe economizando o máximo possível, após a construção das praças de pedágio, faturam por um tempo e depois começa a postergar os investimentos que ela se comprometeu no contrato e o governo finge que nada acontece.

  • Amaral antunes | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 19h54
    25
    0

    O povo paga pra fazer. O povo paga pra usar. O governante terceiriza pra faturar e intitula-se gestor. Patifaria

HOMEM DE CONFIANÇA

Blairo triste com prisão de seu ex-secretário

Por 01/07/2020, 16h:10 - Atualizado: 01/07/2020, 21h:42

blairo maggi 680

A prisão hoje pela Polícia Federal de Waldir Julio Teis, investigado na operação Gerion e flagrado em ocultação de documentos, deixou o ex-governador e ex-senador Blairo Maggi extremamente triste, constrangido e preocupado.

Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • Diogo Vargas | Sexta-Feira, 03 de Julho de 2020, 07h56
    0
    0

    Esse galego tem história no estado de Mato Grosso.

  • Luiz Dutra | Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020, 19h18
    14
    2

    Deve estar com dissenteria, febre, e insonia total o sr.Blairo Maggi, pois o Conselheiro Waldir Teis, foi seu Secretpario de Fazenda, e montou todo esquema doBIC BNCO com relação as cartas de creditos, em parceria com Eder moraes. Se o Waldir resolver fazer delação premiada, o Blairo vai para a cadeia. Aguardem....

  • Heráclito | Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020, 17h26
    10
    2

    Blairo triste com....Blairo triste com...Blairo triste com... Blairo triste com...É professor isso é lamentável.

NA RESERVA

Um olho à Câmara, outro no Senado

Por 01/07/2020, 11h:15 - Atualizado: 01/07/2020, 11h:20

gisela simona 680

Quem está empolgada com a possível candidatura de Emanuelzinho (PTB) a prefeito de Várzea Grande é a ex-superintendente do Procon de Mato Grosso, Gisela Simona (Pros).

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Josefina | Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020, 19h25
    0
    1

    É melhor torcer e apoiar o Deputado Emanuelzinho para Prefeito de Varzea Grande, e assumir a sua vaga na Camara dos Deputado, doque ficar sonhando com o Senado Federal, se por acaso o Faváro não conseguir ficar lá até 2027 e houver uma nova eleição suplementar essa vaga não será de Gisela, mais sim do Julio Campos,Piveta,ou o proprio Carlos Faváro, que tem estrutura de partido e financeira para uma disputa majoritaria. Tenho dito..kkkm[

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2564