Blog do Romilson Cuiabá, 23 de Outubro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Resgate Histórico

Takayama é diplomado, vira deputado e é cassado depois


Itsuo Takayama (PTB) é diplomado em 1990 como suplente de deputado federal, numa solenidade promovida pelo Tribunal Regional Eleitoral no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá. Ele havia concorrido pelo extinto PFL (hoje DEM). Teve 12,6 mil votos e ficou na segunda-suplência. Três anos depois, Takayama assume o posto de deputado com o licenciamento de Joaquim Sucena, que se torna secretário-chefe da Casa Civil do governo Jaime Campos, e de Wilmar Peres de Farias (já falecido), que passa a exercer mandato de prefeito de Barra do Garças. Já no PP, Takayama não fica nove meses no cargo. Em dezembro de 93 é cassado sob acusação de ter recebido dinheiro para migrar para o PSD. Sua trajetória política envergonhou Mato Grosso e o resto do país. Depois de um bom tempo fora da vida pública, Itsuo Takayama se filiou ao PTB e tentou cargos eletivos, mas foi reprovado nas urnas.
Foto: Demóstenes Milhomem

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • calebe | Domingo, 03 de Outubro de 2010, 00h18
    2
    0

    calebe, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Eronildes silva coelho | Quarta-Feira, 26 de Maio de 2010, 11h26
    0
    2

    eu como evangelista homem de DEUS acho q.nao podemos conciliar politica com a nossa vida cristam apalavra ja nos ensina q. primeiro o reino do ceus as demais coisas serao acrecentada asim diz o senhor JESUS CRISTO!!!!!!!!!!!!!!!

  • SANDRO | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 22h49
    2
    0

    tudo nesta vida munda, posso afirma que ele mudou de vida.....

  • P.C Araujo | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 14h27
    0
    2

    Fazem as coisas erradas depois viram protestantes, Esse TAKAYMA...........

  • Raimundo | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 12h53
    1
    1

    Esse Takayama, o ex-deputado, não é o mesmo que anda pregando a palavra de Deus. O Tahayama Pastor, é do Paraná, e inclusive foi eleito há pouco tempo Deputado Estadual.

  • Henrique | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 11h49
    1
    1

    Bom dia

  • Prof. Luis Carlos Ferreira | Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2010, 06h51
    1
    1

    Esse "Senhor" é evangélico da Assembléia de Deus? Se for aquele do qual estou pensando, a nota me surpreende, pois o mesmo tem fama de grande mensageiro da Palavra de Deus... Embora reconheça que nós somos todos passíveis de queda (conforme está escrito: "Quem está de pé, cuide para que não caia").

  • Amado Amador | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 20h04
    2
    0

    Vergonhoso mesmo. Seu argumento na época foi a de que seu ato era correto porque os jogares faziam a mesma coisa, ou seja, os políticos também aceitavam luvas para trocar de time. Na época muitos outros fizeram o mesmo, como o então deputado paranaense Carlos Massa, o Ratinho.

  • Juca Melo | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2010, 17h47
    0
    2

    Takayama era pastor de uma igreja evangélica com muitos membros em Cuiabá. Não sei se ainda continua.

ESTRUTURA E MUDANÇAS

Seduc corta 55% dos servidores da sede e terá ambiente corporativo

Por 22/10/2019, 22h:49 - Atualizado: 22/10/2019, 22h:56

Mayke Toscano

otaviano pivetta 680

O prédio cheio de labirinto, onde funciona hoje a secretaria estadual de Educação, em Cuiabá, empregava até o ano passado, no Governo Taques, nada menos que 1.260 servidores.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Gutemberg Abreu | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 09h24
    3
    0

    Isso precisa ser estendido à todos os setores do estado implantando uma gestão eficiente, moderna e humanizada, hoje o que nos constatamos é que o menos importante é o cidadão que precisa dos serviços do estado. Parabéns ao Vice-governador, que vem da iniciativa privada e sabe bem como funciona uma gestão eficiente onde todos ganham. Na Seduc, segundo informações a maioria já tem direito à aposentadoria mas não pede porque não querem perder os penduricalhos nos salários e apenas batem ponto e ficam esperando o final do expediente.

  • andreia | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 08h40
    4
    0

    Infelismente o povo não contenta com nada tudo é critica, mas pura verdade a seduc cortou muito o efetivo, e esta trabalhando com onumero bem reduzido, parabens Secretaria Martioneide e equipe, Deus dando foça a voces

  • Alberto | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 07h39
    6
    7

    E no prédio da Seduc vai ser o que? A Cooperlucas?

EDUCAÇÃO

R$ 496 mil em ares-condicionados; MT só tem 1/3 de escolas climatizado

Por 22/10/2019, 16h:08 - Atualizado: 22/10/2019, 16h:17

marioneide 680 seduc

A secretaria de Estado de Educação, sob Marioneide Klimaschewsk, fechou um contrato de R$ 496,2 mil com a empresa Wanda Comércio de Móveis e Equipamentos na compra de aparelhos de ares-condicionados. Mas esse investimento está muito aquém do necessário para se conseguir climatizar todas as 15.888 salas de aula, ocupadas por 395 mil alunos.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • andreia | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 08h41
    0
    0

    essa sra. secretaria é competente, força Secretaria, temos que pensar no melhor para nossas escolas

  • Crítico | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 21h00
    4
    0

    Essa SECRETARIA não é do PT.

ESQUEMÃO NO CEPROMAT

Auditoria já citava rombo milionário sob Dentinho, que foi preso hoje

Por 22/10/2019, 11h:10 - Atualizado: 22/10/2019, 11h:17

dentinho 680

O cerco já vinha se fechando contra o ex-presidente da Câmara de Cuiabá, ex-deputado estadual e ex-presidente do antigo Cepromat (hoje MTI), Wilson Celso Teixeira, o Dentinho, que foi preso nesta terça na operação Quadro Negro, deflagrada pela Delegacia Especializada de Combate à Corrupção.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Otávio | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 15h29
    1
    0

    Não é de hoje que o disse-me-disse corre solto nesse sentido. Pensei que fosse passar batido mas essa. Eta Mato Grosso ainda falta muito para uma boa moralização.

CASO INUSITADO

Apenas 2 vão votar e neles próprios

Por 21/10/2019, 19h:40 - Atualizado: 21/10/2019, 20h:46

guilherme maluf 680

Embora com colegiado formado por sete conselheiros titulares, apenas dois vão votar e, curiosamente, neles próprios. Sob um cenário inédito e inusitado, a eleição para renovar a diretoria do TCE-MT acontece em 5 de novembro.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Maicon | Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019, 09h14
    1
    0

    Presta atenção aí, que só vou escrever uma vez: Aos Tribunais de Contas compete a auto organização administrativa, assim como ocorre em relação aos Tribunais Judiciários, na forma prevista nos arts. 73 e 96 da CF. Logo, essa tão acalentada emenda à constituição estadual é inconstitucional. Por outro lado, o próprio RI do TCE-MT estabelece no § 9º do art. 10 que somente Conselheiros poderão votar e ser votados. Essa é a regra que deverá ser observada, por materializar a competência de auto governo prevista no art. 96, I e II da CF. Os Senhores Substitutos, na interinidade, deveriam é ter se preocupado em "aclarar" o Regimento Interno. A questão, portanto, é se o termo "Conselheiro" do aludido § 9º do art. 10 do Regimento Interno, contempla os Substitutos quando em substituição. Pelo que me lembro, ao longo dos últimos anos, quando o voto de 1 interino não tinha peso para definição da eleição da mesa diretora, sempre se permitiu que o substituto do Bosaipo pudesse votar. Vê-se, portanto, o tamanho do abacaxi a ser descascado. Desse modo, dia 05/11 a eleição será com ou sem emoção?

  • joana | Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 10h16
    3
    1

    Simples assim, e ponto final .

  • Seminina | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 22h52
    3
    1

    Caro jornalista, a situação em MT será a mesma o vice acumulará também a corregedoria !

EM CUIABÁ

2 figurões nacionais brigam pela concessão do transporte coletivo

Por 21/10/2019, 15h:47 - Atualizado: 21/10/2019, 16h:54

Assis Marcos Gurgacz 680

Após 20 anos, a Prefeitura de Cuiabá abriu disputa para concessão do transporte coletivo. E, entre as cinco empresas concorrentes, duas têm como donos familiares de figurões nacionais.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luciano | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 18h33
    6
    1

    E você não comenta das empresas do Botey e do Jayme porque?

ALTO PARAGUAI

Pivô da prisão de desembargador, casal ainda segue firme no poder

Por 21/10/2019, 11h:19 - Atualizado: 21/10/2019, 12h:56

diane e alcenor 680

Em Alto Paraguai, o ex-prefeito Alcenor Alves se tornou o prefeito de fato, mas não de direito. Embora a esposa Diane Alves seja a chefe do Executivo, quem dita as regras administrativas é Alcenor, que se envolveu num escândalo em 2010, chegando a ser preso.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Antônio Joaquim do nascimento neto | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 21h06
    0
    0

    Tem um matérial aqui sobre as calamidade de alto paraguai 93443569 chama eu passo pra vc

  • Joadir | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 15h20
    5
    1

    Na VG aconteceu o mesmo e ninguém foi preso. Mas está tudo cristalino.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2438