Blog do Romilson Cuiabá, 24 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RETROSPECTIVA

MP comemora arquivamento da PEC 37; TJ renova Pleno em 2013

 Fotos: Rodinei Crescêncio -- Paulo Prado e Orlando Perri assumiram comando do MP e TJ. Waldir Teis foi eleito noTCE O ano de 2013 se tornou um marco histórico para os Ministérios Públicos de todo país,  que conseguiram, após várias manifestações e apoio popular, derrubar a PEC 37, apelidada da PEC da Mordaça, que retirava dos promotores o poder de investigação, que passaria a ser apenas das polícias Civil e Federal. Em Mato Grosso,  os protestos foram comandados pelo procurador-geral de Justiça Paulo Prado.

  E no mesmo ano em que o MP conseguiu o direito de investigar, o Gaeco deflagrou duas operações contra o chamado crime do colarinho branco. A primeira foi a Operação Assepsia, deflagrada em 9 de março, que investigou um esquema de venda de sentenças para beneficiar uma família de traficantes no Estado. Entre os envolvidos estão o servidor público Clodoaldo Souza Pimentel, o advogado Almar Busnello, o ex-estagiário de direito Marcelo Santana e o então presidente da Câmara de Cuiabá João Emanuel (PSD). Dez pessoas foram denunciadas pelo MP e a Justiça acatou a denúncia os tornando réus em outubro.

  Em 28 de novembro,  o Gaeco desencadeou a Operação Aprendiz e mais uma vez João Emanuel era um dos investigados, mas, desta vez, foi acusado de ser o pivô de um esquema de desvio de recursos da Câmara, tendo sido afastado e, depois, renunciou ao posto de presidente. O MP já denunciou o social-democrata por improbidade administrativa e quer que ele pague R$ 5,5 milhões provenientes de multa e de dano moral social.

  Enquanto o MP focou nas investigações, o Tribunal de Justiça, sob Orlando Perri, renovou a composição do Pleno com a promoção de Gilberto Giraldelli, Sebastião Barbosa Farias, Serly Marcondes Alves, Cleuci Terezinha Chagas e Adilson Polegato ao cargo de desembargador. Eles assumiram o lugar de Manoel Ornellas, José Jurandir de Lima, Gerson Ferreira Paes e José Luiz de Carvalho e José Silvério (aposentado em novembro 2012). Com exceção de Jurandir – aposentado compulsoriamente, os demais deixaram o posto após completarem 70 anos.

  Além da renovação, o ano no TJ foi marcado pela postura mais rígida de Perri em relação a problemas internos. Em agosto, por exemplo, ele declarou “guerra” às remoções ilegais e também foi um dos tribunais que mais avançaram no cumprimento da meta 18 do CNJ, que era apreciar 3.098 ações de improbidade e criminais. Foram apreciados 1.561, ficando pendentes 1.537. Assim foi cumprida 50,39%.

  No TCE, os conselheiros choraram a morte, por falência múltipla dos órgãos, do conselheiro aposentado Ary Leite de Campos, em 14 de outubro. Um mês depois, em 5 de novembro, o Pleno elegeu Waldir Júlio Teis,  por unanimidade, como novo presidente do TCE e comandará o órgão no biênio 2014/2015 . A exemplo do ano passado, o tribunal também se destacou por decisões duras como a reprovação das contas da Prefeitura de Várzea Grande, em 10 de dezembro, em que os ex-prefeitos Tião da Zaeli e Maninho de Barros, ambos PSD, foram condenados a devolver 3 milhões.

Postar um novo comentário

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Abicalil desiste e, em carta, anuncia Barranco ao Senado veja

Por 24/02/2020, 00h:44 - Atualizado: 06h atrás

valdir barranco 680

Carlos Abicalil recuou da ideia de tentar o Senado e agora defende a candidatura do deputado Valdir Barranco, de quem é assessor parlamentar.

Postar um novo comentário

MESA DA ASSEMBLEIA

Pela 1ª Secretaria, Janaína leva vantagem, mas Max joga pesado

Por 23/02/2020, 21h:01 - Atualizado: 23/02/2020, 21h:09

max russi janaina riva 680

Max Russi (PSB) e Janaína Riva (MDB), longe da convivência pública, travam uma disputa fraticida pela futura Primeira-Secretaria, segundo cargo mais importante da Mesa, por ser quem ordena despesas de um Legislativo que recebe R$ 42,2 milhões mensais de duodécimo (R$ 506,8 milhões anuais).

Postar um novo comentário

ACORDÃO

Gisela no PDT para apoiar Pivetta ao Senado e ser apoiada à prefeita

Por 23/02/2020, 18h:15 - Atualizado: 23/02/2020, 19h:27

gisela simona 680

A suplente de deputada federal Gisela Simona confirmou para Nilson Leitão (PSDB) a intenção de trocar o Pros pelo PDT.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Eliana Roger | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 21h51
    0
    2

    Acorda Gisela, vc só tem um pouco de votos em Cuiabá, e na VG onde voce é conhecida graças ao PROCOM, mais essas duas cidade tem apenas 600.000 eleitores, o equivalente a 25% do eleitorado de Mato Grosso, que é de cerca de 2.300.000 eleitores. Os demais MUnicipios do Interior tem 75% dos votos. Voce não ganha para o Senado nem a paú . A final vai ser o Julio Campos, versus Piveta.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Um cacique descarta apoiar o outro

Por 23/02/2020, 08h:30 - Atualizado: 22/02/2020, 19h:40

Rodinei Crescêncio/Rdnews/arquivo

julio campos 680

Conversando com todos os grupos, inclusive com possíveis adversários nas urnas de 26 de abril para o Senado, Júlio Campos sentou-se à mesa com Carlos Bezerra, que comanda o MDB-MT com mão de ferro.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • João Santos Neto | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 14h21
    3
    1

    Não é verdade, estou acompanhando diariamente uma sua movimentação politica o futuro Senador Julio Campos, e o unico encontro queo Dr Julio teve com o Dep. Bezerra, foi no dia da sua oficialização como candidato na ante-sala do Gabinete do Governador, e cordialmente marcaram uma conversa partidaria para depois do carnaval, tres unicos partidos com quem o pre-candidato do DEM vem conversando sempre é o PP (Nery Geller e Blairo), o PSDB ( Leitão e Avalone),e o PSB do Deputado Max, do MDB apenas tem conversado com o Prefeito Emanuel Pinheiro, que integra o frente pról Baixada Cuiabana. Esta noticia não é verdadeira.

CONVITE

Desconfortável no DEM, Mauro namora novo partido de Bolsonaro

Por 22/02/2020, 15h:00 - Atualizado: 23/02/2020, 09h:12

mauro mendes rodrigo maia 680

Governador Mauro Mendes e o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, que o vem "segurando" no DEM

Mauro Mendes voltou a ser convidado para comandar o Aliança em Mato Grosso. O partido está sendo criado pelo presidente Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Francismar | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 14h26
    6
    2

    Nós da ALIANÇA futuro Partido do Presidente Jair Bolsonaro, quero AVISAR antecipadamente o cidadão Mauro Mendes Ferreira, e sua equipe de Governo (secretário,diretores e assesores dos orgão), que estão VETADOS a ingressar em nossa Legenda, que quer ser limpa, honesta, e de bem como os empresários,servidores publicos e o povo simples de Mato Grosso, pois fiquem em seus partidos atuais, DEM,PSD,MDB,PP,PDT,PSC,PSB, e tambem Nelson Barbudo.

  • Flávio | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 11h47
    2
    2

    A família campo$ tem o DEM como se fosse da sua propriedade, essa é a verdade.

  • pedro vasconcelos | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 07h47
    10
    1

    mauro mendes quer colocar cabresto nos filiados mas nos campos ele caiu do cavalo, mauro não é politico age como se tivesse em uma empresa, e não é bem assim, chegando a politica eleiçoes o bicho pega, ainda mais com os 14% tirados dos servidores ativos inativos... tem que ir atras de quem furtou a previdencia depois do saudoso DANTE, pq foi de pois do governo dante que a previdencia faliu.

LIGAÇÕES DE VIDA

Ex-deputado diz que PSL nasceu doente e que se casou donzelo veja

Por 22/02/2020, 10h:15 - Atualizado: 22/02/2020, 16h:11

victorio galli 680

O ex-federal Victorio Galli, evangélico da Assembleia de Deus, disse que a melhor camisinha para se prevenir de doenças é abster-se do sexo.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • naldo | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 10h58
    2
    4

    Este é um zero à esquerda.... Quer mídia para sua igreja!

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2496