Blog do Romilson Cuiabá, 06 de Junho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RETROSPECTIVA

Renúncia de Emanuel e retorno de Pinheiro à presidência marcam 2013

  Fotos: Rodinei Crescêncio -- João Emanuel (PSD) foi obrigado a renunciar à presidência, garantido o retorno de Júlio Pinheiro (PTB) Em 2013,  João Emanuel (PSD) foi do céu ao inferno. Em 1º de janeiro, graças a forte articulação, inclusive, do sogro José Riva (PSD), ele conseguiu ser eleito presidente da Câmara, numa disputa acirrada com Adilson Levante (PSB). Depois, começou a cometer uma sucessão de erros e lambanças que tornaram a sua permanência no posto insustentável, o obrigando a renunciar – após sofrer forte desgaste da imagem, brigar com a maioria dos outros 24 vereadores e, de quebra, ainda se envolver em escândalo de desvio de recursos.

  Graças às confusões protagonizadas por ele e demais vereadores, o discurso de renovação dos eleitos em 2012 foi por água a baixo logo no primeiro ano do mandato. A situação ficou “controlada” até o final de agosto, quando a briga interna, antes latente, escancarou. Em 28 de agosto, o então grupo dos 16 afastou João Emanuel em sessão realizada às escuras e sem som. Contra ele,  pesavam as acusações de prevaricação e quebra de decoro parlamentar.

  Em 13 de setembro, João Emanuel deu a volta por cima e retornou ao cargo por força de liminar. A partir daí,  tentou reconstruir a sua relação com os demais vereadores, mas já era tarde demais. Em 24 de outubro – quando as coisas aparentemente estavam no lugar – o social-democrata foi surpreendido por nova investida dos parlamentares, desta vez por um grupo de 17 vereadores. Eles exigiram que ele saísse do posto ou fizesse uma gestão compartilhada, temiam a existência de um “rombo” que inviabilizasse até o pagamento de salários. João Emanuel aceitou e, logo em seguida, se descobriu uma dívida de quase 5 milhões.

  Com os ânimos mais calmos, os vereadores deram início a uma operação “paz e amor”, buscando retomar os trabalhos legislativos e deixar de lado as rusgas, o problema é que em 28 de novembro o Gaeco deflagrou a Operação Aprendiz justamente contra João Emanuel, acusado de desviar recursos da Câmara para pagar contas de campanha.A data foi o auge do inferno astral de João Emanuel que, no mesmo dia, foi afastado do cargo pela Justiça. Depois, se viu isolado graças a uma gravação do Gaeco em que aparece chamando os vereadores de artistas e insinua que todos recebem propina.

  A situação dele ficou insustentável, por isso, em 3 de dezembro,  renuncia ao cargo de presidente, dando início ao retorno de Júlio Pinheiro (PTB) ao comando do Legislativo. Matreiro e bem articulado, o petebista  costurou sua vitória e desbancou Chico 2000 (PR), em 5 de dezembro, que também sonhava comandar a Câmara. Teve 15 votos, contra 3 do republicano e foram registradas 7 abstenções. O primeiro vice-presidente Onofre Júnior (PSB) bem que tentou ser conduzido ao posto por meio de decisão judicial, com base no Regimento Interno, mas não obteve êxito. Enquanto Júlio comemora, a tendência é que 2014 não seja um bom ano para João Emanuel. Ele terá ainda pela frente um processo, na Comissão de Ética, que pode culminar na cassação do mandato.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Lorival Fernandes | Quinta-Feira, 02 de Janeiro de 2014, 08h26
    0
    0

    2013 com certeza foi o pior ano legislativo dos últimos tempos. A Casa dos Horrores fez jus ao nome.

  • marcos dial | Quinta-Feira, 02 de Janeiro de 2014, 08h19
    0
    0

    O pior ainda está por vir, acreditem se quizer! Júlio Pinheiro esta preparando uma mudança no regimento interno para se reeleger, claro que para isso conta com alguns de seus pares, tais como Toninho de Souza, Clovito... SOCOROOOOOOOO!!!

  • Hewerton | Quarta-Feira, 01 de Janeiro de 2014, 19h08
    0
    0

    Não houve renúncia ao cargo de agente político. Este deverá ser feito por osmose, depois da condenação penal. Normalmente o legislativo utiliza a comissão de ética apenas para enfeite. Legisladores improbos continuam suas atividades normalmente contando com a conivência oficial dos parlamentos.

RUMO À APOSENTADORIA

Ex-deputado vai "arrastado" pra sala

Por 05/06/2020, 20h:02 - Atualizado: 07h atrás

ellene lima 680

Aos 65 anos e já cansadão, Eliene Lima, que voltou à sala de aula após quase 30 anos de vida pública, estava indo arrastado para o IFMT, onde é lotado como professor de matemática, até antes da pandemia. 

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Juca | Sexta-Feira, 05 de Junho de 2020, 21h42
    5
    0

    Esse tem histórico de m...

  • Mário Figueiredo | Sexta-Feira, 05 de Junho de 2020, 21h31
    5
    0

    He Mato Grosso....mais um que se deu bem!!!!

  • José Eduardo | Sexta-Feira, 05 de Junho de 2020, 20h16
    5
    1

    Outro mestre da demagogia.

MORTE PREMATURA

1º exame em Adriano dá negativo para Covid-19

Por 05/06/2020, 12h:42 - Atualizado: 05/06/2020, 12h:45

adriano silva 680

O exame feito em Cáceres em Adriano Silva, que faleceu na última quarta (4), deu negativo para Covid-19.

Postar um novo comentário

PRECAUÇÃO

Governador deixa residência para fazer exame e nega viagem para SP

Por 05/06/2020, 11h:52 - Atualizado: 05/06/2020, 12h:26

mauro mendes 680

O governador Mauro Mendes, por meio da Secretaria de Comunicação, assegura que continua em casa e desmente a informação de que teria viajado a São Paulo, nesta madrugada, para continuar tratamento contra coronavírus no hospital Sírio-Libanês.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Mauro | Sexta-Feira, 05 de Junho de 2020, 21h39
    3
    1

    Num momento de dificuldades pelo qual todos nós estamos passando na minha opinião faz-se necessário todo órgão de impressa ter cuidado e checar primeiro a informação antes de divulgá-la, sob pena de produzir e publicar algo inverídico o que de nada contribui no momento atual

  • Eve | Sexta-Feira, 05 de Junho de 2020, 17h16
    22
    3

    Vocês publicaram que ele tinha viajado para Sao Paulo se tratar no Sírio. Qual é a noticia verdadeira ? Ou voces espalham FAKES NEWS?

  • fabinn | Sexta-Feira, 05 de Junho de 2020, 14h39
    30
    2

    Isso ai governador, não lhe desejo mal, porém, peço que mostre a qualidade dos hospitais públicos em Cuiabá. Por favor, não pensem errado sobre minha opinião, mas será que o governador iria para o Metropolitano? Santa Casa? Mostre que confia no serviço desses hospitais sr governador. Por favor, eu peço perdão pela fala, não desejo mal de ninguém, não estou usando a doença do governador, só uma curiosidade minha. Desejo melhoras ao nosso chefe de estado.

PROCESSO ELEITORAL

Mesmo sob pandemia, reitor da UFMT já convoca Colégio Eleitoral

Por 04/06/2020, 20h:43 - Atualizado: 04/06/2020, 20h:48

evandro ufmt 680

Mesmo com as atividades da UFMT suspensas por causa da pandemia, o reitor Evandro Soares da Silva, que já se movimenta pela recondução ao cargo, convocou reunião do Colégio Eleitoral Especial.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Antonio Carlos jaudy | Sexta-Feira, 05 de Junho de 2020, 09h47
    5
    1

    Quero saber quem disse que ele é candidato único? Quero saber se consulta a instituição se faz através de uma Live? Se esse pleito não tiver transparência, justiça e legalidade será motivo de demanda jurídica e responsabilização dos que não cumprirem os ditames legais. A professora Danieli Backes é também candidata e está muito bem cotada quero ver se o nome dela não irá constar da lista tríplice.

  • DANIELI BACKES | Sexta-Feira, 05 de Junho de 2020, 09h34
    3
    3

    Antônio, quem é você que fala em nome da UFMT? De onde parte sua informação de que os pre-candidatos retiraram sua candidatura? E esse consenso, foi construído como? Quando a comunidade interna da UFMT foi consultada a respeito?

  • DANIELI BACKES | Sexta-Feira, 05 de Junho de 2020, 09h30
    3
    1

    Antônio, esse consenso foi construído como? Quando a comunidade interna da UFMT foi consultada a respeito?

ANTES E DEPOIS

Prefeito de Cáceres agora elogia Adriano; pura falsidade assista

Por 04/06/2020, 15h:46 - Atualizado: 04/06/2020, 16h:43

francis maris 680

O prefeito de Cáceres Francis Maris, que desde a campanha de 2016 vinha fazendo ataques e denúncias contra Adriano Silva, gravou um vídeo, classificando o ex-adversário político de "líder", de "filho ilustre de Cáceres", para quem prestou grande serviço, seja junto à comunidade acadêmica, como professor e reitor da Unemat, seja pelos trabalhos prestados na região.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Claudomiro | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 19h00
    11
    2

    Politicamente nunca fui fã dos dois como politico, mas inoportuno e falso e esse comentário do rdnews.

  • O cara | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 17h04
    17
    1

    Adversário político não é inimigo pessoal. Cada comentário.

DESENVOLVIMENTO

Um pool de novas indústrias em Primavera; 7 anunciam fábricas

Por 04/06/2020, 12h:09 - Atualizado: 04/06/2020, 20h:57

primavera do leste vista a�rea 680

No ranking de quinta economia do Estado e com quase 100 mil habitantes, Primavera do Leste está recebendo sete novas indústrias, mesmo em meio à pandemia da Covid-19, agravada com crises sanitária e econômica em praticamente todo o mundo.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Reginaldo | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 22h03
    3
    0

    A posição geográfica, sócio econômica e malha viária já conta muito como grandes atrativo, mas isso não tira o mérito da administração local. Parabéns.

  • Francisco Assis roo | Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 13h17
    15
    1

    é isso mesmo Léo busca emprego e renda para essa cidade bonita e pugante que vc está tendo a oportunidade de administrar não fica nessa só de fazer praça e coisa e tal igual um prefeito que eu conheço na nossa região

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2553