Blog do Romilson Cuiabá, 29 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Retrospectiva 2014

2014 marca derrocada da família Campos na política do Estado – confira a trajetória

Por 30/12/2014, 18h:20 - Atualizado: 30/12/2014, 18h:21

Em 2014, diversos “figurões” da política mato-grossense anunciaram estar deixando a vida pública, após décadas ininterruptas no poder. A lista inclui os irmãos Júlio e Jayme Campos (DEM). Neste sentido, as eleições deste ano marcaram o possível fim da “Era Campos”.

Isso porque, pelo menos nos próximos dois anos, a família que ingressou na política com Luiz Coelho Campos  (prefeito de Poxoréu) e Gonçalo Botelho de Campos (prefeito de Várzea Grande), na década de 1940 e em seguida em 1950, foi representada por Júlio Domingos "Fiote" de Campos (prefeito de Várzea Grande), se manterá longe da vida pública.“Seo Fiote” era pai de Júlio e Jayme Campos. Apesar de ser mais novo que Luiz Coelho Campos e Gonçalo Campos,  o ex-prefeito e empresário foi considerado  o patriarca da família. 

Acontece que o deputado federal Júlio Campos chegou a anunciar a aposentadoria durante discurso na Câmara no início deste mês. O democrata é ex-prefeito de Várzea Grande, ex-governador, ex-senador e no terceiro mandato como federal. Em julho deste ano, Júlio foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral por suposta compra de votos nas eleições de 2010. Além disso, o próprio TRE negou provimento ao recurso e o manteve cassado conforme a decisão inicial.

Reprodução

capa-julio-e-jayme-retro-rdnews.jpg

Irmãos Júlio e Jayme Campos (ambos do DEM) deixam vida pública e põem fim à "Era Campo" em MT

Jayme Campos, por sua vez, eleito senador pelo DEM em 2006, era candidato à reeleição na coligação do governador Pedro Taques (PDT). Entretanto, em 21 de julho, logo no início da campanha, anunciou a desistência alegando falta de apoio dos partidos aliados. Apesar da animosidade, Jayme revelou não ter mágoas e apoiou o substituto, o vice-prefeito de Rondonópolis Rogério Salles (PSDB). O tucano abriu mão da eleição para deputado federal considerada certa pelos aliados para ser derrotado por Wellington Fagundes (PR) na disputa pelo Senado.

Jayme também foi prefeito de Várzea Grande por dois mandatos e governador. Agora, existem rumores de que o democrata já articula disputar novamente a prefeitura em 2016. Em 2012, o senador lançou a esposa Lucimar Campos para concorrer ao Executivo várzea-grandense. Contudo, a democrata foi derrotada nas urnas. A última tentativa dos Campos para permanecer no poder foi a candidatura do empresário  Júlio Neto à Assembleia. Filho de Júlio Campos, o rapaz obteve pouco mais de 10 mil e ficou longe de conquistar a cadeira no Parlamento.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Luiz Guimarães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 2014, 20h54
    0
    1

    Podem falar oque quiser , espernear, xingar, e até os adversários beberam veneno de rato,ou ceroilas, mais IGUAL a Julio Campos, e seu irmão Jaime, vai demorar surgir outros na política de Mato Grosso. Até agora apenas duas famílias políticas destacaram no passado do nosso estado, os Muller....com os irmãos FILINTO e JÚLIO, e os Corrêa da Costa,com FERNANDO e Itrio, felizmente todos eles,em especial os Campos fizeram muito pelo desenvolvimento e progresso da terra de Rondon, e sem a roubalheira,e safadeza hoje em vigor por aqui, principalmente com a turma da botina,nesses últimos anos de Blairo e Silval. Obrigado JÚLIO e Jaime,pelo muito que realizaram por MT.

  • pedro vasconcelos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 2014, 07h58
    2
    1

    saindo julio campos e jaime, a nossa salvação na politica de mt , é pedro taques.... melhor do que o blairo maggi e silval barbosa, que não deram espaço para o povo que mora em cuiaba, alias cuiaba e varzea grande, entrou no ostracismo no governo de blairo maggi e silval....Deus me livre . esse povo de volta..... ---acredito eu que jaime possa voltar nas proximas eleiçoes..., depois da era blairo maggi e silval, aprendi que devemos votar em gente nossa, que conhece nossa cultura, nosso povo, e que não viveremos um conto de fadas.

  • Deputado Julio Campos | Terça-Feira, 30 de Dezembro de 2014, 19h36
    1
    2

    ROMILSON DOURADOS: a bem da verdade,solicito publicar este meu comentário: O processo de cassação do meu mandato de Deputado Federal pelo Estado de Mato Grosso, aprovado pelo TRE-MT, encontra-se em grau de recurso no Tribunal Superior Eleitoral-TSE, conforme faculta a Constituição Federal e as Leis do Brasil. Continuo no pleno exercício do meu mandato, até o julgamente final pelo TSE em Brasilia ,que poderá ocorrer no inicio de 2015. O TSE poderá aprovar ou discordar da decisão tomada pelo TRE-MT,sendo que a partir de Janeiro de 2015,encerrar-se-a os 4 anos de mandato,que os eleitores de Mato Grosso,me conferiram em 2010,e que honrei com muito trabalho,seriedade e competência.

EM LUCAS

Após exonerar diretor-geral, reitor enfrenta protesto e faz mea-culpa

Por 28/02/2020, 21h:45 - Atualizado: 07h atrás

willian reitor ifmt 680

Motivado pelo interesse político em um ano de eleição do IFMT, o reitor Willian Silva de Paula resolveu exonerar sem prévio aviso, no último dia 18, o professor João Vicente Neto do cargo de diretor-geral do Campus Avançado de Lucas do Rio Verde. E se deu mal, ficando numa saia-justa.

Postar um novo comentário

EM CUIABÁ

França deixa PV na próxima semana e deve disputar a prefeito pelo Pode

Por 28/02/2020, 17h:30 - Atualizado: 28/02/2020, 17h:33

roberto franca 680

Roberto França se desfilia do PV na próxima semana. E está disposto a concorrer a prefeito, cargo já ocupado por ele por dois mandatos.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • A Fábio | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 19h21
    3
    1

    Inelegível 6 anos Roberto França e Vivaldo Lopes fizeram empréstimos CDC em nome Dos funcionários prefeitura Cuiabá sem falar Q ficou 5 meses folha atrasada ... Retrocesso e craroo....

  • Ivanete | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 18h19
    2
    2

    Esse eu vou e tem meu voto.

REFORÇO JURÍDICO

Eraí Maggi bate duro para Fávaro virar senador antes da suplementar

Por 28/02/2020, 12h:14 - Atualizado: 28/02/2020, 12h:34

erai maggi 680

Eraí Maggi, o rei da soja, segue firme na retaguarda financeira de Carlos Fávaro. Já colocou em ação, sem êxito, três planos na esperança de ver seu afilhado na cadeira de senador.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Fernando | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 16h49
    0
    0

    Fernando, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Gaúcho | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 14h39
    3
    1

    Qual seria o interesse do Rei da Soja??? Só ajudar? Lógico que não, tomara que não se eleja. Com meu voto não.

  • José Ribamar | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 14h27
    1
    0

    O dinheiro compra tudo, menos o poder democrático!

CUIABÁ

Prédio dos Campos alugado pela Gestão, que vê valor de mercado

Por 28/02/2020, 10h:12 - Atualizado: 28/02/2020, 10h:22

Rodinei Crescêncio/Rdnews

controladoria geral cuiaba 680

Alguns vereadores, mesmo ainda sem embasamento técnico e pesquisa de mercado, analisam denunciar ao MPE a locação da nova sede da Controladoria-Geral de Cuiabá. O prédio, localizado na avenida Mato Grosso, pertence à Michelle, uma das filhas do senador Jayme Campos.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Orlando | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 18h17
    0
    0

    Sou avaliador e corretor de imóvel, conheço este prédio antes de ser adquirido pela Sra Michele Campos Miranda, e fui incumbido de fazer a sua avaliação e posso afirma que pela estrutura, tamanho e espaço de estacionamento vale no mínimo 30 mil reais o seu aluguel.

  • Crítico | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 10h55
    0
    0

    Crítico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

EFEITO-SENADO

Leitão terá Doria de cabo eleitoral e tenta arrumar emprego pra Taques

Por 27/02/2020, 22h:22 - Atualizado: 28/02/2020, 06h:13

joao doria 680

Nilson Leitão acionou alguns líderes nacionais do PSDB para reforçar sua pré-candidatura ao Senado e barrar a intenção de Pedro Taques de cruzar seu caminho.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Denner | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 07h58
    4
    1

    Consultor da Sabesp, assim como Antero num recente passado.

  • João | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 07h48
    13
    5

    Tanques é um cara firme e sensato e muito inteligente. Uma homem desses não fica sem emprego, além de bom professor é um excelente advogado. Subiu na vida por méritos e não por politicagem barata

  • José Carlos | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 02h28
    7
    12

    Taques é uma pessoa muito má

TEMOR GERAL

Em Alto Taquari, um monitorado e milhares preocupados

Por 27/02/2020, 20h:49 - Atualizado: 27/02/2020, 20h:59

alto taquari 680

Cravada na divisa de MT com Goiás, a pequena Alto Taquari vê parte de seus cerca de 12 mil moradores mudarem a rotina por causa do monitoramento de um de seus filhos, que pode estar com coronavírus.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Julio | Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020, 06h46
    8
    0

    Tmoro em Alto Taquari e conheço o jovem em questão. Ele so procurou a sec. Saude para saber como proceder caso viesse a ter os sintomas, ja que irculou pela italia. Todo este boato comecou apos a postagem irresponsavel de um cidadao local, que se diz jornalista, eque não checou a fonte e os fatos e publicou como verdade as suas suposicoes. Pela nossa cidade vai tudo muito bem obrigado.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2500