Blog do Romilson Cuiabá, 29 de Maio DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Retrospectiva 2014

AL obtém renovação de 45,8% na eleição; morte e polêmica marcam atual legislatura

Por 30/12/2014, 16h:57 - Atualizado: 30/12/2014, 17h:37

As eleições deste ano asseguraram renovação de 45,8% na Assembleia. Dos 24 deputados, apenas 13 se reelegeram.  Entretanto, Walter Rabello faleceu antes da posse e será substituído pelo suplente Gilmar Fabris (ambos do PSD). Por conta do falecimento prematuro do social-democrata, somente 23 parlamentares serão empossados e vão eleger a nova Mesa Diretora, em 1º de fevereiro de 2015.

Neste sentido, após os procedimentos administrativos, o próximo presidente do Legislativo fará a convocação de Fabris para assumir a vaga em aberto. Outros nove, que compõem a atual legislatura, por motivos diversos,  não concorreram à reeleição. A lista inclui Alexandre César (PT), Antônio Azambuja (PP), Ezequiel Fonseca (PP) eleito deputado federal, Jota Barreto (PR), José Riva (PSD), João Malheiros (PR), Luciane Bezerra (PSB), Teté Bezerra (PMDB) e Luiz Marinho (PTB).

Entre os 15 parlamentares que tentaram um novo mandato, dois foram reprovados nas urnas. Airton Português (PSD) e Ademir Brunetto (PT) não conseguiram votos suficientes para assegurar as cadeiras. Com o resultado, o PT, que tinha duas vagas com Brunetto e Alexandre César, passa a não ter nenhum representante. O ex-prefeito de Nova Bandeirantes Valdir Barranco (PT), enquadrado como ficha-suja, aguarda decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para "descongelar" os votos sub judice e garantir a bancada petista na Assembleia, ocupando a vaga que hoje pertence a Pery Taborelli (PV).

Mário Okamura

7e50278e50c3f6106f60e050572ef103.jpg

Dos 24 deputados estaduais, somente 13 conseguiram se reeleger neste pleito

Asseguraram mais quatro anos no Legislativo os peemedebistas Romoaldo Júnior e Baiano Filho; os republicanos Mauro Savi, Ondanir Bortolini, o Nininho, Emanuel Pinheiro, Wagner Ramos e Sebastião Rezende; e Walter Rabello, Pedro Satélite e Zé Domingos, todos do PSD. Além de Guilherme Maluf (PSDB), Dilmar Dal Bosco (DEM) e Zeca Viana (PDT). Mauro Savi foi campeão de votos com 55.223 sufrágios.

A menor votação, entre os eleitos e/ou reeleitos foi a do ex-secretário de Governo de Sinop, Silvano Amaral (PMDB), que  obteve 15.310. Entre os estreantes estão Janaína Riva (PSD) e o ex-prefeito Oscar Bezerra (PSB), ambos com base eleitoral em Juara. Taborelli e Wancley Carvalho (ambos do PV), que tinham mandatos de vereador por Várzea Grande e Pontes e Lacerda, respectivamente,  também estreiam na Assembleia.

Outro que assegurou uma vaga é o irmão do deputado estadual Luiz Marinho, o empresário Eduardo Botelho (PSB). Já os ex-prefeitos de Cuiabá e de Rondonópolis Wilson Santos (PSDB) e Zé do Pátio (Solidariedade), respectivamente, retornam ao Parlamento após percalços nas carreiras políticas. Com cinco deputados, o PR terá a maior bancada. Em seguida aparece o PSD, com quatro. PMDB, PSDB e PSB elegeram três parlamentares cada. PDT e PV elegeram dois deputados cada, enquanto DEM e Solidariedade garantiram bancadas de apenas um representante.

Com apenas 25 anos, Janaína não é apenas a única mulher a obter mandato, é a mais jovem parlamentar. O mais velho, com 70 anos, é o ex-prefeito de Tangará da Serra Saturnino Masson (PSDB).

Postar um novo comentário

PÓS-CASSAÇÃO

Ex-senadora agora monta escritório advocatício com 2 ex-assessores

Por 28/05/2020, 21h:55 - Atualizado: 09h atrás

selma arruda 680

Juíza aposentadora e senadora com mandato prematuramente cassado neste ano por crimes eleitorais, Selma Arruda ainda não conseguiu licença da Ordem para atuar como advogada.

Postar um novo comentário

EM RONDONÓPOLIS

Governo Bolsonaro ama índio, diz ministra em MT veja

Por 28/05/2020, 18h:44 - Atualizado: 28/05/2020, 18h:50

damares discurso 680

A ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), com um cocar sobre a cabeça, arrancou aplausos em Rondonópolis nesta quinta ao dizer que estava ali realizando a maior obra do Governo Bolsonaro, que é cuidar de vidas.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Leonildo | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 21h09
    3
    2

    Que mentira!!!! E a boiada acredita....

  • Alberto | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 20h47
    3
    1

    Bolsonaro ama índio? Kkkkkk. Quem foi que disse que a cavalaria americana, ao contrário da nossa, foi competente ao exterminar os índios americanos.

EM RONDONÓPOLIS

Senador é ignorado e deixa ato constrangido

Por 28/05/2020, 13h:01 - Atualizado: 28/05/2020, 13h:09

damares favaro 680

O senador Carlos Fávaro (PSD) passou o maior constrangimento hoje, em Rondonópolis, durante ato de entrega de alimentos e máscaras faciais a povos indígenas com a presença da ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos)

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Cristiano | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 16h08
    7
    21

    Medeiros é o candidato do Bolsonaro ao senado!

  • Lourinil | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 15h56
    14
    32

    Ele estava no lugar errado. Nem senador é só está na cadeira pq fez manobras , o jeitinho para estar lá. O lugar é legalmente da juíza que foi tirada , na proxima eleição Coronel Fernanda a candidata do Presidente

  • Benedita | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 15h33
    12
    37

    Queria uma beira; si fu, o Medeiros veio foi junto com a comitiva; parabéns deputado José Medeiros, nosso futuro senador!

BATALHA JURÍDICA

Pedido de Albano para voltar ao TCE será julgado pelo Supremo na terça

Por 28/05/2020, 12h:28 - Atualizado: 28/05/2020, 12h:31

gilmar mendes 680

A Segunda Turma do Supremo julga na sessão da próxima terça (2 de junho), um agravo regimental do conselheiro Valter Albano, pleiteando retorno ao cargo. O pedido de HC chegou a entrar na pauta ontem, mas a presidente, ministra Cármen Lúcia, não o colocou em julgamento porque a sessão já havia extrapolado o prazo.

Postar um novo comentário

EM RONDONÓPOLIS

2 pré ao Senado disputam espaço em ato com ministra

Por 28/05/2020, 10h:30 - Atualizado: 28/05/2020, 10h:35

fernanda victorio galli 680

Rúbia Fernanda (de blusa rosa) e seu suplente da chapa ao Senado, Victorio Galli, aguardando chegada da ministra

Dois pré-candidatos à suplementar ao Senado, tenente-coronel Rúbia Fernanda (Patriota), e o deputado José Medeiros (Pode), participam do ato nesta manhã, na sede da Conab, em Rondonópolis, com a presença da ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos).

Postar um novo comentário

PREOCUPAÇÃO

Por questão de segurança, Michelle Bolsonaro cancela agenda em MT

Por 28/05/2020, 07h:07 - Atualizado: 28/05/2020, 07h:20

michelle bolsonaro 680

Por recomendação do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), a primeira-dama Michelle Bolsonaro cancelou sua participação no evento de entrega de cestas básicas para comunidades indígenas hoje, em Rondonópolis.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Elias | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 14h31
    6
    1

    Jedae, raça infame é a tua. Vira este disco. Todo mundo vê o que essa corja está fazendo para dedtruir o Brasil. Somente você e sua corja de mau caráter ainda defende estes milicianos. Pior, não tem a capacidade tem postar um comentário sem agredir petistas, disseminando ódio, espalhando peçonha. Gente gomo você são o câncer da sociedade e precisa ser extirpado com urgência.

  • Jedae | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 10h20
    5
    12

    Ver petistas, comunas e toda raça infame chorar, não tem preço. Bolsonaro, só precisa fazer duas coisas. Primeiro: Não deixar haver roubos em todos os níveis. Segundo: Nunca mais deixar o poder cair nas mãos dessa quadrilha, que se intitula progressistas. De quebra, limpar esse STF, repleto de corruptos e vendidos. Nem sei quem é pior. Se é o ex-carregador de malas do mula ou o ex do Temer, enterno vice da anta!!!!!!!!!

  • MOSSUETO | Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020, 09h46
    9
    4

    Ridícula essa justificativa, o nosso País nunca teve esse tipo de ameaças, mas a falta de postura e respeito com os eleitores é que está gerando esse tipo de reação.

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2548