Blog do Romilson Cuiabá, 24 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

Retrospectiva 2015

Governador, vice e lideranças mudam de partido em 2015 e alteram a cena política

Por 31/12/2015, 08h:30 - Atualizado: 31/12/2015, 08h:53

selo retrospectiva 2015

O governador Pedro Taques e o vice Carlos Fávaro mudaram de partidos em 2015. Também foram registradas mudanças no Senado, Câmara Federal e Assembleia.

Em 29 de agosto, Taques assinou a ficha de filiação ao PSDB, após ruptura com o PDT,  na presença de quase três mil pessoas que lotaram o Hotel Fazenda Mato Grosso. O ato político foi prestigiado pelos governadores tucanos Beto Richa (PR), Geraldo Alckmin (SP), Marconi Perillo (GO), Reinaldo Azambuja (MS) e Simão Jatene (PR), além dos senadores José Serra (SP) e Aécio Neves (MG), que é presidente nacional da sigla.

Gilberto Leite/Rdnews

governador_pedro taques_gilberto leite (10).JPG

 Em 29 de agosto, Taques assina ficha no PSDB em ato político prestigiado pelas principais lideranças

No discurso, Taques rejeitou o rótulo de nova estrela do PSDB dizendo que pretende ser apenas um “soldado por um Brasil mais justo e mais ético”. Além disso, elencou os motivos que o fizeram tucano, lembrando a trajetória do partido desde a fundação, logo após o movimento Diretas Já, até a chamada Era FHC, com o Plano Real e a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Taques diz ser um soldado do PSDB, agora é um 45 e conta porquê aderiu

Em 28 de setembro, Fávaro anuncia a saída do PP e assume a presidência estadual do  PSD, trazendo a sigla para base governista.  A troca de comando da sigla, que era dirigida pelo ex-presidente da Assembleia José Riva, tem reflexos na Assembleia.

O deputado estadual Gilmar Fabris, aliado de Riva durante duas décadas, anuncia a adesão à base governista.  Janaína Riva, por sua vez, articula a saída do PSD.

Filha de Riva, Janaína busca aval da Justiça Eleitoral para sair do PSD sem colocar o mandato em risco. Em 03 de dezembro, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) autoriza a saída com base na mudança do programa partidário. A expectativa é que a parlamentar anuncie a adesão ao PMDB no início de 2016.

Gilberto Leite

Valtenir Pereira

 Em 2015, Valtenir Pereira troca de partido pela quarta vez, deixa Pros e oficializa o ingresso no PMB

Em 21 de novembro, o deputado federal Valtenir Pereira anuncia a saída do Pros e adesão ao recém-criado Partido da Mulher Brasileira (PMB) alegando divergências com a direção partidária. Essa é quarto partido no currículo do parlamentar que já registra passagens pelo PT e PSB. 

O senador Blairo Maggi oficializou a filiação ao PMDB no encontro nacional da sigla, realizado em Brasília, em 17 de novembro. No entanto, alegando ambigüidades na legislação, optou por permanecer no PR até obter a segurança jurídica necessária para mudança. A tendência agora é concretizar a troca no inicio de 2016 a partir da janela aprovada pelo Congresso Nacional.

Postar um novo comentário

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Abicalil desiste e, em carta, anuncia Barranco ao Senado veja

Por 24/02/2020, 00h:44 - Atualizado: 07h atrás

valdir barranco 680

Carlos Abicalil recuou da ideia de tentar o Senado e agora defende a candidatura do deputado Valdir Barranco, de quem é assessor parlamentar.

Postar um novo comentário

MESA DA ASSEMBLEIA

Pela 1ª Secretaria, Janaína leva vantagem, mas Max joga pesado

Por 23/02/2020, 21h:01 - Atualizado: 23/02/2020, 21h:09

max russi janaina riva 680

Max Russi (PSB) e Janaína Riva (MDB), longe da convivência pública, travam uma disputa fraticida pela futura Primeira-Secretaria, segundo cargo mais importante da Mesa, por ser quem ordena despesas de um Legislativo que recebe R$ 42,2 milhões mensais de duodécimo (R$ 506,8 milhões anuais).

Postar um novo comentário

ACORDÃO

Gisela no PDT para apoiar Pivetta ao Senado e ser apoiada à prefeita

Por 23/02/2020, 18h:15 - Atualizado: 23/02/2020, 19h:27

gisela simona 680

A suplente de deputada federal Gisela Simona confirmou para Nilson Leitão (PSDB) a intenção de trocar o Pros pelo PDT.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Eliana Roger | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 21h51
    0
    2

    Acorda Gisela, vc só tem um pouco de votos em Cuiabá, e na VG onde voce é conhecida graças ao PROCOM, mais essas duas cidade tem apenas 600.000 eleitores, o equivalente a 25% do eleitorado de Mato Grosso, que é de cerca de 2.300.000 eleitores. Os demais MUnicipios do Interior tem 75% dos votos. Voce não ganha para o Senado nem a paú . A final vai ser o Julio Campos, versus Piveta.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Um cacique descarta apoiar o outro

Por 23/02/2020, 08h:30 - Atualizado: 22/02/2020, 19h:40

Rodinei Crescêncio/Rdnews/arquivo

julio campos 680

Conversando com todos os grupos, inclusive com possíveis adversários nas urnas de 26 de abril para o Senado, Júlio Campos sentou-se à mesa com Carlos Bezerra, que comanda o MDB-MT com mão de ferro.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • João Santos Neto | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 14h21
    3
    1

    Não é verdade, estou acompanhando diariamente uma sua movimentação politica o futuro Senador Julio Campos, e o unico encontro queo Dr Julio teve com o Dep. Bezerra, foi no dia da sua oficialização como candidato na ante-sala do Gabinete do Governador, e cordialmente marcaram uma conversa partidaria para depois do carnaval, tres unicos partidos com quem o pre-candidato do DEM vem conversando sempre é o PP (Nery Geller e Blairo), o PSDB ( Leitão e Avalone),e o PSB do Deputado Max, do MDB apenas tem conversado com o Prefeito Emanuel Pinheiro, que integra o frente pról Baixada Cuiabana. Esta noticia não é verdadeira.

CONVITE

Desconfortável no DEM, Mauro namora novo partido de Bolsonaro

Por 22/02/2020, 15h:00 - Atualizado: 23/02/2020, 09h:12

mauro mendes rodrigo maia 680

Governador Mauro Mendes e o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, que o vem "segurando" no DEM

Mauro Mendes voltou a ser convidado para comandar o Aliança em Mato Grosso. O partido está sendo criado pelo presidente Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Francismar | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 14h26
    6
    2

    Nós da ALIANÇA futuro Partido do Presidente Jair Bolsonaro, quero AVISAR antecipadamente o cidadão Mauro Mendes Ferreira, e sua equipe de Governo (secretário,diretores e assesores dos orgão), que estão VETADOS a ingressar em nossa Legenda, que quer ser limpa, honesta, e de bem como os empresários,servidores publicos e o povo simples de Mato Grosso, pois fiquem em seus partidos atuais, DEM,PSD,MDB,PP,PDT,PSC,PSB, e tambem Nelson Barbudo.

  • Flávio | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 11h47
    3
    2

    A família campo$ tem o DEM como se fosse da sua propriedade, essa é a verdade.

  • pedro vasconcelos | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 07h47
    11
    1

    mauro mendes quer colocar cabresto nos filiados mas nos campos ele caiu do cavalo, mauro não é politico age como se tivesse em uma empresa, e não é bem assim, chegando a politica eleiçoes o bicho pega, ainda mais com os 14% tirados dos servidores ativos inativos... tem que ir atras de quem furtou a previdencia depois do saudoso DANTE, pq foi de pois do governo dante que a previdencia faliu.

LIGAÇÕES DE VIDA

Ex-deputado diz que PSL nasceu doente e que se casou donzelo veja

Por 22/02/2020, 10h:15 - Atualizado: 22/02/2020, 16h:11

victorio galli 680

O ex-federal Victorio Galli, evangélico da Assembleia de Deus, disse que a melhor camisinha para se prevenir de doenças é abster-se do sexo.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • naldo | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 10h58
    3
    4

    Este é um zero à esquerda.... Quer mídia para sua igreja!

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2496