Blog do Romilson Cuiabá, 18 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RETROSPECTIVA 2018

Câmara de Cuiabá tem 2018 marcado por brigas homéricas, criação de 4 CPIs e vitória de Misael

Por 30/12/2018, 08h:22 - Atualizado: 30/12/2018, 13h:43

Retrospectiva 2018

 

O período legislativo de 2018 foi marcado por discussões, oposições ferrenhas e abertura de quatro Comissões Parlamentares de Inquérito (CPI) na Câmara Municipal da Capital. Os 25 vereadores foram aos holofotes em diversas ocasiões, seja pelos embates da oposição ou pela desproporcional defesa ao Executivo pela majoritária situação, que por muitas vezes ridicularizou os vereadores.

Desde 2017, a onda de criação de CPIs vem pautando a rotina do Legislativo. Naquele ano, a mais marcante foi a do Paletó, presidida por Marcelo Bussiki (PSB), para investigar a suposta participação do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) em esquema de corrupção na gestão de Silval Barbosa, por meio de recebimento de propina. A CPI foi suspensa pelo Poder Judiciário e permaneceu nesta condição durante todo o período legislativo de 2018.

Ao longo deste ano, outras quatro CPIs foram instauradas, sendo a dos Filantrópicos presidida por Renivaldo Nascimento (PSDB), Medição Fantasma por Luís Cláudio (PP), Educação por Marcrean Santos (PRTB) e da Saúde por Abílio Júnior (PSC). Apenas a CPI da Saúde foi encerrada, as demais prorrogadas até 2019.

Na disputa por holofotes, Abílio e Renivaldo acabaram se destacando como os mais agressivos nos debates e deboches trocados em tribuna, quase sempre porque Abílio almeja ser o nome mais forte da oposição contra Emanuel, enquanto que o tucano se porta como um dos principais porta-vozes da situação.

A oposição também quis cassar o mandato de Emanuel em razão dos problemas que a saúde pública do município vem enfrentando. Mas a propositura foi vencida pela maioria dos vereadores da situação, sob aplausos de servidores comissionados que lotaram o auditório da Casa, protagonizando uma das cenas mais épicas vividas no contemporâneo do Legislativo municipal.

A Câmara também realizou a eleição de uma Mesa Diretora marcada pela tendência de postura de situação ao Executivo. Misael Galvão (PV) assumirá a presidência na manhã de 1º de janeiro, substituindo Justino Malheiros (PV), que termina seu reinado sem grandes polêmicas, como é de constume entre os últimos nomes que presidiram a Câmara. O novo presidente tem pregado maior transparência e aproximação do Legislativo com a opinião pública, o que deverá ser o principal objetivo tratado na reestruturação aprovada pelos vereadores por meio de resolução que amplia a Secretaria de Comunicação e a Secretaria Geral, além de reduzir o tamanho da estrutura da Presidência.

Gilberto Leite

Misael Galv�o e Justino Malheiros

Justino Malheiros (dir.) e Misael Galvão durante diplomação, em 2015; Misael irá suceder Justino já em 1º de janeiro

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Edson | Domingo, 30 de Dezembro de 2018, 09h14
    0
    0

    O que doí na minha alma são esses erros de concordância do Misael, ele que é jornalista formado na Unic e comete estas incorreções, é deprimente. Desculpe: mas não me representa.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Bloco centro-esquerda terá pesquisa como critério por nome ao Senado

Por 17/02/2020, 22h:42 - Atualizado: 06h atrás

bloco patio max 680

Reunião nesta 2ª com representantes partidários, como Pátio, Barranco, Max, Lúcia, Gisela, Paola, Miranda e Aluízio

Isolados ou em grupos, autorizados ou não por seus partidos, militantes estão intensificando as reuniões em busca de alianças e definição de candidaturas à eleição fora de época, para o Senado, em 26 de abril.

Postar um novo comentário

GUERRA POR AUDIÊNCIA

TV Vila Real dá o troco e busca novo apresentador por R$ 80 mil

Por 17/02/2020, 20h:05 - Atualizado: 07h atrás

alexandre mota 680

Alexandre Mota se torna o apresentador mais bem pago da televisão mato-grossense. A Vila Real de Cuiabá, afiliada da Record, o contratou por R$ 80 mil mensais, além de ajuda de custos, para apresentar o tradicional programa policial Cadeia Neles!.

Postar um novo comentário

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Abicalil vai mesmo encarar Senado

Por 17/02/2020, 15h:55 - Atualizado: 17/02/2020, 16h:01

carlos abicalil 680

O PT vai mesmo lançar o ex-federal Carlos Abicalil à suplementar ao Senado marcada para 26 de abril. Seu nome será oficializado no próximo dia 28.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • jj | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 17h09
    5
    2

    ave maria!

  • elias | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 16h37
    7
    9

    Melhor nome

  • Fernanda | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 16h26
    11
    8

    Essa candidatura já nasce morta.

PESO PRESIDENCIAL

Bolsonaro chega de carreta na BR-163 e sob aplausos veja

Por 17/02/2020, 10h:16 - Atualizado: 17/02/2020, 10h:28

bolsonaro 163 680

Não é à toa que os principais pré-candidatos ao Senado brigam pelo apoio de Jair Bolsonaro. Quem o atrair para o palanque, transformando-o no principal cabo eleitoral na suplementar de abril, terá dado passo importante à vitória.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • elias | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 16h38
    3
    9

    Oportunista...inaugurando obra de outros governos...

  • Tcha | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 13h42
    7
    6

    Levando claque , qualquer ganha aplauso.

  • alexandre | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 12h53
    12
    8

    Porque que o lula não fez ?

Câmara de Cuiabá

Abílio aposta últimas fichas no relatório da CCJ e tenta se salvar

Por 17/02/2020, 10h:05 - Atualizado: 17/02/2020, 16h:46

Rodinei Crescêncio

abilio_junior

Com a corda no pescoço, o vereador Abílio Júnior aposta suas últimas fichas no parecer da Comissão de Constituição e Justiça. Lá, entende ter dois aliados, na batalha para não ser cassado, Kero Kero (PSL)  e  Lilo Pinheiro (PDT).

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • kamila Araújo | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 14h46
    8
    4

    Abilio, que decepção, perdi meu voto...decepção geral, moleque, uma criança mimada, agora volta de novo pro Grande Templo e receber aquele salario grande que recebia. e pior ne paga com nossos dizimos,

  • eleitor cuiabano | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 14h25
    2
    2

    Juca do guaraná????que tiveram rusgas esses dias??? Adilson levante que é irmão de Oséas Machado...??? vixxi...Apela por AQUELE lá de cima bem melhor.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Contra tese de Lúdio, majoritário petista tenta levar Abicalil à disputa

Por 16/02/2020, 18h:01 - Atualizado: 17/02/2020, 11h:50

carlos abicalil 680

Em resolução política assinada hoje, após encontro do diretório estadual, o PT decidiu por candidatura ao Senado e a tendência é que seja o ex-federal Carlos Abicalil.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Alberto | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 13h02
    0
    0

    Alberto, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Reginaldo Pinheiro | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 12h25
    4
    6

    Vai perder porque é do PT. Candidato bom para Mato Grosso é candidato comprometido com o movimento " MUDA SENADO". O que é bom para Wellington, para os Campos e para Abicaliu com certeza não é bom para Mato Grosso. Taques não é o melhor candidato, mas, é melhor que qualquer um desses, se não foi bom governador, mas, foi excelente senador.

  • alexandre | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 08h45
    10
    4

    vai perder de qualquer jeito..

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2492