Blog do Romilson Cuiabá, 24 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RETROSPECTIVA 2018

Intolerância leva a cenário de homofobia, racismo e machismo nos últimos meses em MT - veja casos

Por 30/12/2018, 13h:34 - Atualizado: 30/12/2018, 13h:38

Retrospectiva 2018

 

Este ano também foi marcado por casos de intolerância, o que fez alguns dos fatos levantarem debates inflamados sobre crimes de injuria racial e racismo, homofobia ou tipos de machismo, como assédio e estupro.

Casos foram apurados pela equipe de reportagem do e, em alguns deles os índices se revelaram ainda maiores, enquanto outras denúncias, se mantiveram com a mesma média de boletins de ocorrência registrados no ano passado.

De acordo com os registros da secretaria de Segurança Pública (Sesp-MT), em um comparativo entre janeiro e outubro, o número de registros de injúria mediante preconceito caiu para 334. Em 2017, o montante foi de 348 ocorrências. Entre as vítimas, algumas procuraram seus direitos, como no caso envolvendo a fotógrafa Mirian Rosa no mês de maio deste ano em Cuiabá.  

Caso de racismo

Mirian Rosa, 32 anos, foi difamada por um rapaz identificado como Rafael, de Várzea Grande, conhecido como Rafael Zé. Ela recebeu um áudio por um grupo de WhatsApp, em que o acusado citava seu nome e a chamava de “criola maldita”, “mucama” e "carvão".

O arquivo foi postado no Facebook da vítima, que em poucas horas foi visualizado mais de 16mil vezes por internautas. O boletim de ocorrência foi registrado na mesma semana, e Rosa conseguiu apoio de militantes, amigos e do Instituto de Mulheres Negras (Imune), que emitiu, na mesma época, uma nota de repúdio contra os ataques racistas sofridos pela fotógrafa.

A Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Várzea Grande indiciou Rafael André Janini nos crimes de injúria qualificada, racismo e ameaça, o inquérito policial foi concluído no dia 20 de junho e encaminhado ao Fórum de Cuiabá.

Facebook

Mirian Rosa

Fotografa Mirian Rosa foi alvo de áudios com comentários racistas e procurou a Polícia Civil

Homofobia

Um dos casos que chamou a atenção da mídia e internautas foi a de um casal homossexual que registrou boletim de ocorrência por injúria e preconceito. O casal sofreu ameaças até dentro da própria casa, sendo pressionados a se mudar do condomínio. Papéis foram deixados em baixo da porta e colados entre os corredores de onde moravam.

As vítimas R.S.B. e A.O.S, seguiram com processo, e o Grupo Estadual de Combate aos Crimes de Homofobia (GECCH) da Sesp acompanhou a ocorrência.  De acordo com os últimos dados liberados pelo GECCH, registros de boletins de ocorrência em Mato Grosso motivados por homofobia haviam aumentado de 39,47% em 2017 se comparado ao ano anterior. A secretaria não disponibilizou os dados deste ano até o fechamento desta matéria.

Assédio

Antes que o ano acabasse, mais uma polêmica abarrotou as redes sociais de menções sobre o assédio, isso porque na mesma data que se mobilizava para combater a discriminação de gênero, dia 25 de novembro, um policial militar de Cuiabá, identificado como Rhodiney Marques, protagonizou cenas de machismo em suas redes sociais.

Em viagem à Indonésia, na Ásia, o policial postou no seu instagram duas fotos em que aparece acompanhado de mulheres asiáticas com frases de abuso. Em uma das publicações, o policial afirma que a expressão “santinha” da jovem que posa ao lado dele indicava que ela “nunca viu um p* preto”, fazendo referência ao seu órgão sexual. A Corregedoria da Polícia Militar prometeu instaurar um procedimento investigatório para apurar a conduta do policial militar.

Em nota, também pontuou que além de reprimir esse tipo de violência, desenvolve ações permanentes de combate à violência doméstica, assédio moral e sexual e outras manifestações que possam ferir o princípio legal da não violência e do respeito à igualdade de direitos entre homens e mulheres, tanto na relação interna quanto com a sociedade em geral.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Viviane Maria | Domingo, 30 de Dezembro de 2018, 14h11
    0
    0

    serio isso tbm nao é flor q se cheire

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Abicalil desiste e, em carta, anuncia Barranco ao Senado veja

Por 24/02/2020, 00h:44 - Atualizado: 07h atrás

valdir barranco 680

Carlos Abicalil recuou da ideia de tentar o Senado e agora defende a candidatura do deputado Valdir Barranco, de quem é assessor parlamentar.

Postar um novo comentário

MESA DA ASSEMBLEIA

Pela 1ª Secretaria, Janaína leva vantagem, mas Max joga pesado

Por 23/02/2020, 21h:01 - Atualizado: 23/02/2020, 21h:09

max russi janaina riva 680

Max Russi (PSB) e Janaína Riva (MDB), longe da convivência pública, travam uma disputa fraticida pela futura Primeira-Secretaria, segundo cargo mais importante da Mesa, por ser quem ordena despesas de um Legislativo que recebe R$ 42,2 milhões mensais de duodécimo (R$ 506,8 milhões anuais).

Postar um novo comentário

ACORDÃO

Gisela no PDT para apoiar Pivetta ao Senado e ser apoiada à prefeita

Por 23/02/2020, 18h:15 - Atualizado: 23/02/2020, 19h:27

gisela simona 680

A suplente de deputada federal Gisela Simona confirmou para Nilson Leitão (PSDB) a intenção de trocar o Pros pelo PDT.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Eliana Roger | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 21h51
    0
    2

    Acorda Gisela, vc só tem um pouco de votos em Cuiabá, e na VG onde voce é conhecida graças ao PROCOM, mais essas duas cidade tem apenas 600.000 eleitores, o equivalente a 25% do eleitorado de Mato Grosso, que é de cerca de 2.300.000 eleitores. Os demais MUnicipios do Interior tem 75% dos votos. Voce não ganha para o Senado nem a paú . A final vai ser o Julio Campos, versus Piveta.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Um cacique descarta apoiar o outro

Por 23/02/2020, 08h:30 - Atualizado: 22/02/2020, 19h:40

Rodinei Crescêncio/Rdnews/arquivo

julio campos 680

Conversando com todos os grupos, inclusive com possíveis adversários nas urnas de 26 de abril para o Senado, Júlio Campos sentou-se à mesa com Carlos Bezerra, que comanda o MDB-MT com mão de ferro.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • João Santos Neto | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 14h21
    3
    1

    Não é verdade, estou acompanhando diariamente uma sua movimentação politica o futuro Senador Julio Campos, e o unico encontro queo Dr Julio teve com o Dep. Bezerra, foi no dia da sua oficialização como candidato na ante-sala do Gabinete do Governador, e cordialmente marcaram uma conversa partidaria para depois do carnaval, tres unicos partidos com quem o pre-candidato do DEM vem conversando sempre é o PP (Nery Geller e Blairo), o PSDB ( Leitão e Avalone),e o PSB do Deputado Max, do MDB apenas tem conversado com o Prefeito Emanuel Pinheiro, que integra o frente pról Baixada Cuiabana. Esta noticia não é verdadeira.

CONVITE

Desconfortável no DEM, Mauro namora novo partido de Bolsonaro

Por 22/02/2020, 15h:00 - Atualizado: 23/02/2020, 09h:12

mauro mendes rodrigo maia 680

Governador Mauro Mendes e o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, que o vem "segurando" no DEM

Mauro Mendes voltou a ser convidado para comandar o Aliança em Mato Grosso. O partido está sendo criado pelo presidente Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Francismar | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 14h26
    6
    2

    Nós da ALIANÇA futuro Partido do Presidente Jair Bolsonaro, quero AVISAR antecipadamente o cidadão Mauro Mendes Ferreira, e sua equipe de Governo (secretário,diretores e assesores dos orgão), que estão VETADOS a ingressar em nossa Legenda, que quer ser limpa, honesta, e de bem como os empresários,servidores publicos e o povo simples de Mato Grosso, pois fiquem em seus partidos atuais, DEM,PSD,MDB,PP,PDT,PSC,PSB, e tambem Nelson Barbudo.

  • Flávio | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 11h47
    3
    2

    A família campo$ tem o DEM como se fosse da sua propriedade, essa é a verdade.

  • pedro vasconcelos | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 07h47
    11
    1

    mauro mendes quer colocar cabresto nos filiados mas nos campos ele caiu do cavalo, mauro não é politico age como se tivesse em uma empresa, e não é bem assim, chegando a politica eleiçoes o bicho pega, ainda mais com os 14% tirados dos servidores ativos inativos... tem que ir atras de quem furtou a previdencia depois do saudoso DANTE, pq foi de pois do governo dante que a previdencia faliu.

LIGAÇÕES DE VIDA

Ex-deputado diz que PSL nasceu doente e que se casou donzelo veja

Por 22/02/2020, 10h:15 - Atualizado: 22/02/2020, 16h:11

victorio galli 680

O ex-federal Victorio Galli, evangélico da Assembleia de Deus, disse que a melhor camisinha para se prevenir de doenças é abster-se do sexo.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • naldo | Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 10h58
    3
    4

    Este é um zero à esquerda.... Quer mídia para sua igreja!

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2496