Blog do Romilson Cuiabá, 18 de Fevereiro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

MT registra 11 acidentes aéreos e 2.338 nas BRs

Por 31/12/2018, 17h:38 - Atualizado: 01/01/2019, 18h:44

Nas rodovias e vias urbanas de Mato Grosso, foram registrados diversos acidentes ao longo de 2018. Houve ainda registros de desastres aéreos, envolvendo aviões de pequeno porte, em áreas rurais.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram 2.338 acidentes nas rodovias federais do Estado. Deste total, 199 pessoas morreram e 2.298 ficaram feridas.

Nas vias urbanas, a Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) informou que foram 579 mortes no trânsito em todo o Estado. Destas, 108 foram em Cuiabá e 39 em Várzea Grande. Os números correspondem ao período de janeiro e novembro deste ano. Ao todo, segundo a Sesp, foram registrados 6.842 acidentes com lesão corporal.

Em relação aos acidentes aéreos, o Sistema de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Sipaer) registrou 11 acidentes aéreos ao longo de 2018 em Mato Grosso. Destes, três tiveram vítimas fatais.

Acidente em rodovia

O acidente na BR-364 que vitimou o ex-deputado estadual Hermínio Jota Barreto (PR), em 9 de maio, foi um dos casos que mais repercutiram ao longo do ano.

O acidente ocorreu por volta das 18h. O republicano estava na carona de um Jeep Renegade que se envolveu em engavetamento com outros oito veículos na rodovia federal, próximo ao Hotel Rosa dos Ventos, em Jaciara.

O cunhado de Jota Barreto, conhecido como Ita, que dirigia o Jeep Renegade, também morreu no acidente. Os corpos foram retirados das ferragens por volta das 21h e encaminhados ao IML em Rondonópolis.

Dos nove veículos envolvidos, três são carretas carregadas com óleo vegetal e soja, três utilitários e três carro de passeio.

O resgate da Rota do Oeste esteve no local. Jota Barreto e Ita foram retirados sem vida das ferragens. Três vítimas com ferimentos foram resgatadas e encaminhadas para o Hospital Municipal de Jaciara. Outras seis pessoas saíram ilesas.

Em vias urbanas

Nas vias de Cuiabá, um dos casos que marcou o ano foi o acidente da cabeleireira Melinda Cândido, 34 anos, em 1° de outubro. Ela estava em um carro de passeio, na entrada da UFMT, na avenida Fernando Corrêa da Costa, quando se envolveu em uma colisão com um ônibus.

Outras duas pessoas que ficaram no veículo, o filho dela, de 7, e a mãe, 53, teriam sofrido ferimentos leves.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, devido ao impacto da batida, a motorista do carro de passeio ficou presa às ferragens e desmaiou.

Testemunhas informaram que o veículo conduzido pela mulher avançou a preferencial e se chocou com um ônibus coletivo. Para retirar Melinda das ferragens foi necessária a presença de uma equipe do Corpo de Bombeiro, que fez o desencarceramento do veículo para retirar a vítima.

O resgate durou cerca de 1h30. Ela foi encaminhada pelo Samu para o Pronto-Socorro, mas não resistiu.

Acidentes aéreos

Os acidentes aéreos aconteceram no interior do Estado, na região rural de Mato Grosso. Dentre eles, dois chamam a atenção, pois os pilotos sobreviveram por dias na mata.

Um dos casos é o do piloto Maicon Semencio Esteves, de 27 anos. No início de novembro, ele foi encontrado com vida três dias após cair com um avião agrícola que pilotava, em uma área de mata fechada, em Peixoto de Azevedo (a 692 km de Cuiabá).

Ele passou semanas internado e recebeu alta hospitalar no início deste mês. Antes de ser liberado, o rapaz teve de passar por procedimentos cirúrgicos para se restabelecer. Ao ser resgatado, ele estava desidratado e com diversas queimaduras no corpo.

O outro caso é o dos pilotos John Venera e Marcelo Balestrin, tripulantes de um monomotor que caiu em 30 de novembro, nas proximidades da Serra do Mangaval, em Cáceres (a 217 km de Cuiabá). Venera era o piloto e Balestrin estava como passageiro – ele vinha a Cuiabá para pegar uma aeronave que estava em manutenção.

Eles foram resgatados vivos na terça (4), vieram para Cuiabá e passaram por cirurgias. Balestrin recebeu alta hospitalr no início de dezembro. Venera permanece internado, em razão de uma fratura no fêmur, e deverá receber alta somente em janeiro.

Postar um novo comentário

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Bloco centro-esquerda terá pesquisa como critério por nome ao Senado

Por 17/02/2020, 22h:42 - Atualizado: 06h atrás

bloco patio max 680

Reunião nesta 2ª com representantes partidários, como Pátio, Barranco, Max, Lúcia, Gisela, Paola, Miranda e Aluízio

Isolados ou em grupos, autorizados ou não por seus partidos, militantes estão intensificando as reuniões em busca de alianças e definição de candidaturas à eleição fora de época, para o Senado, em 26 de abril.

Postar um novo comentário

GUERRA POR AUDIÊNCIA

TV Vila Real dá o troco e busca novo apresentador por R$ 80 mil

Por 17/02/2020, 20h:05 - Atualizado: 06h atrás

alexandre mota 680

Alexandre Mota se torna o apresentador mais bem pago da televisão mato-grossense. A Vila Real de Cuiabá, afiliada da Record, o contratou por R$ 80 mil mensais, além de ajuda de custos, para apresentar o tradicional programa policial Cadeia Neles!.

Postar um novo comentário

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Abicalil vai mesmo encarar Senado

Por 17/02/2020, 15h:55 - Atualizado: 17/02/2020, 16h:01

carlos abicalil 680

O PT vai mesmo lançar o ex-federal Carlos Abicalil à suplementar ao Senado marcada para 26 de abril. Seu nome será oficializado no próximo dia 28.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • jj | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 17h09
    5
    2

    ave maria!

  • elias | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 16h37
    7
    9

    Melhor nome

  • Fernanda | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 16h26
    11
    8

    Essa candidatura já nasce morta.

PESO PRESIDENCIAL

Bolsonaro chega de carreta na BR-163 e sob aplausos veja

Por 17/02/2020, 10h:16 - Atualizado: 17/02/2020, 10h:28

bolsonaro 163 680

Não é à toa que os principais pré-candidatos ao Senado brigam pelo apoio de Jair Bolsonaro. Quem o atrair para o palanque, transformando-o no principal cabo eleitoral na suplementar de abril, terá dado passo importante à vitória.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • elias | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 16h38
    3
    8

    Oportunista...inaugurando obra de outros governos...

  • Tcha | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 13h42
    7
    6

    Levando claque , qualquer ganha aplauso.

  • alexandre | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 12h53
    12
    8

    Porque que o lula não fez ?

Câmara de Cuiabá

Abílio aposta últimas fichas no relatório da CCJ e tenta se salvar

Por 17/02/2020, 10h:05 - Atualizado: 17/02/2020, 16h:46

Rodinei Crescêncio

abilio_junior

Com a corda no pescoço, o vereador Abílio Júnior aposta suas últimas fichas no parecer da Comissão de Constituição e Justiça. Lá, entende ter dois aliados, na batalha para não ser cassado, Kero Kero (PSL)  e  Lilo Pinheiro (PDT).

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • kamila Araújo | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 14h46
    8
    4

    Abilio, que decepção, perdi meu voto...decepção geral, moleque, uma criança mimada, agora volta de novo pro Grande Templo e receber aquele salario grande que recebia. e pior ne paga com nossos dizimos,

  • eleitor cuiabano | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 14h25
    2
    2

    Juca do guaraná????que tiveram rusgas esses dias??? Adilson levante que é irmão de Oséas Machado...??? vixxi...Apela por AQUELE lá de cima bem melhor.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR

Contra tese de Lúdio, majoritário petista tenta levar Abicalil à disputa

Por 16/02/2020, 18h:01 - Atualizado: 17/02/2020, 11h:50

carlos abicalil 680

Em resolução política assinada hoje, após encontro do diretório estadual, o PT decidiu por candidatura ao Senado e a tendência é que seja o ex-federal Carlos Abicalil.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Alberto | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 13h02
    0
    0

    Alberto, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Reginaldo Pinheiro | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 12h25
    4
    6

    Vai perder porque é do PT. Candidato bom para Mato Grosso é candidato comprometido com o movimento " MUDA SENADO". O que é bom para Wellington, para os Campos e para Abicaliu com certeza não é bom para Mato Grosso. Taques não é o melhor candidato, mas, é melhor que qualquer um desses, se não foi bom governador, mas, foi excelente senador.

  • alexandre | Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 08h45
    10
    4

    vai perder de qualquer jeito..

INíCIO
ANTERIOR
1 de 2492