Blog do Romilson Cuiabá, 17 de Julho DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

ENCONTRO E HOMENAGENS

Cúpula do Judiciário em Cuiabá e com 2 condecorações a Toffoli

Por 15/07/2019, 18h:44 - Atualizado: 15/07/2019, 18h:52

dias toffoli 680

Cuiabá vai se transformar na sede do Judiciário nacional, a partir de quinta (18). Começa com uma sessão solene no Tribunal de Justiça, as 11h, da mesma quinta, marcando a entrega da Medalha do Mérito Judiciário Desembargador José de Mesquita para o presidente do Supremo e do CNJ, ministro Dias Toffoli.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Dirceu | Segunda-Feira, 15 de Julho de 2019, 19h18
    8
    1

    Uns abastados bajulando os mais abastados ainda. Deixando de cuidar dos processos q são coisas mais importantes. Revoltante

Réplica do Pantanal em Zurique carrega "de carona" adesivo de Teté

Por 15/07/2019, 15h:01 - Atualizado: 15/07/2019, 15h:09

tete_suica

Acima, no detalhe, é possível ver o número utilizado pela ex-deputada Teté em 2010, quando ela teve 22.964 votos

Um adesivo de campanha da ex-deputada estadual e ex-secretária de Turismo Teté Bezerra (MDB) está eternizado no Zoológico de Zurique, Suíça, que tem uma réplica da Transpantaneira de Mato Grosso - que abriga, entre outras coisas, o que seria a unidade da Polícia Ambiental. Uma turista gravou um vídeo em que mostra os detalhes do local.

Postar um novo comentário

GRAMPOLÂNDIA

Militar denuncia armação do Gaeco pra expor desembargador do TJ-MT

cabo gerson 680

O cabo PM Gerson Luiz Correa Júnior, em juntada de explanação de novos fatos sobre o escândalo dos grampos, junto a 11ª Vara Especializada da Justiça Militar, "detona" membros do Gaeco. Ele busca acordo de delação premiada. 

Postar um novo comentário

CONFUSÃO JURÍDICA

Com estabilidade cassada e agora aposentada pela AL com alto salário

Por 14/07/2019, 19h:19 - Atualizado: 14/07/2019, 19h:26

maria helena 680

Mesmo com a estabilidade como servidora declarada nula pela Justiça, em decisão de primeiro grau, a Assembleia decidiu aposentar, por tempo de contribuição, Maria Helena Ayres Caramello. Na ativa, ela recebia brutos R$ 26,9 mil, incluindo R$ 10,8 mil de vantagens pessoais.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Frank Sabiá | Segunda-Feira, 15 de Julho de 2019, 14h30
    5
    6

    Se Contribuiu, Recolheu o imposto necessário. Portanto é Apenas uma Questão de Justiça. Independente da Exoneração a Lei Atual é "Alva".

  • Telma | Segunda-Feira, 15 de Julho de 2019, 11h57
    3
    1

    Tem gente que aposentou com 45 mil/mensais, é só constatar a céu aberto. Afinal de contas, AL de MT pertence a um Estado rico que esbanja dinheiro e faz isso tranquilamente com a aquiescência dos seus eleitores. Ponto final.

  • Vilson Peres | Segunda-Feira, 15 de Julho de 2019, 10h40
    9
    4

    DEIXO AI UMA DICA PARA MP. SOLICITA A SUSPENSÃO EM CARÁTER LIMINAR APOSENTADORIA , SALARIO NÃO , MAS APOSENTADORIA JA TEM 5 ESTADOS QUE A JUSTIÇA DEU PROVIMENTO FAVORÁVEL ,AMBAS JA RECORRIDAS ATE O NO STJ , E FOI MANTIDO A SUSPENSÃO DA APOSENTADORIAS ATÉ JULGAR OS MÉRITOS, .

  • Vilson Peres | Segunda-Feira, 15 de Julho de 2019, 10h26
    11
    3

    ISTO É UMA VERGONHA, ENQUANTO OS POBRES NÃO CONSEGUE DIGNAMENTE SE APOSENTAR COM UM MISERO SALARIO, VEJA TAMANHO DESTA APOSENTADORIA É O CÚMULO, .

  • alexandre | Segunda-Feira, 15 de Julho de 2019, 09h08
    14
    4

    é a AL..... vergonha. super duodecimos... mega teatro ..

CORPORATIVISMO

3 do MPE citados na grampolândia

Por 14/07/2019, 09h:42 - Atualizado: 14/07/2019, 09h:46

marco aurelio mpe 680

Pelo menos três membros do Ministério Público Estadual são citados como envolvidos no escândalo dos grampos ilegais, aquelas escutas telefônicas criminosas que foram definidas pelo desembargador Orlando Perri como "grampolândia pantaneira".

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • De olho | Domingo, 14 de Julho de 2019, 15h30
    9
    1

    Ele disse que a ex juiza SELMA sabia. Porque não investigam?

  • Davi | Domingo, 14 de Julho de 2019, 13h20
    10
    1

    Se não fosse a coragem do desembargador Orlando Perri o caso teria sido arquivado em relação aos membros do Ministério Público. Pelo menos a sociedade está sendo informada.

  • Egídeo | Domingo, 14 de Julho de 2019, 11h20
    16
    1

    Interessante é que esses nomes surgiram tão logo o assunto veio a baila. O que a sociedade exige é que o caso seja resolvido com transparência e eficiência. Mas não parece que estão conduzindo dessa forma, o que deixa margem para diversas interpretações, inclusive da própria mídia.

SERTANEJO NA LONA

Cantor preso quer manter prestígio

Por 13/07/2019, 19h:53 - Atualizado: 14/07/2019, 09h:46

rafic 680

Se a carreira artística de Rafic Yassine, que se diz cantor sertanejo e influencer digital em Cuiabá, já não estava "decolando", imagine agora com ele na cadeia!

Postar um novo comentário