Blog do Romilson Cuiabá, 22 de Julho DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RUMO A 2020

Mauro pede tempo a França sobre definição de candidatura a prefeito

Por 17/07/2019, 20h:11 - Atualizado: 17/07/2019, 20h:13

roberto franca 350

 

O ex-prefeito da Capital e ex-deputado Roberto França teve uma longa conversa política com Mauro Mendes, no Palácio Paiaguás. Buscou testá-lo sobre preferência eleitoral.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Alberto | Quinta-Feira, 18 de Julho de 2019, 08h23
    5
    1

    O Roberto França já está fazendo a sua campanha no seu programa. Isso está muito claro e caracteriza propaganda extemporânea.

  • Marlan | Quinta-Feira, 18 de Julho de 2019, 07h30
    4
    3

    O candidato do DEM, pelo que foi desenhado nas últimas eleições, será o Fábio Garcia...se liga R.F.

  • joao | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 21h51
    10
    5

    VAI FAZER PALAVRAS CRUZADAS FRANÇA.

  • Benedito costa | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 21h38
    10
    3

    Ao Mauro Mendes pedir a Roberto França esperar mais um pouco? Ta na cara que ele nao quer colocar o governo do Estado a serviço de França rumo a Prefeitura. Neste caso é encostar em Jayme, Julio, Botelho, sua própria muié e o resto da cambada.

  • Albert carlos | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 20h18
    12
    4

    Tudo merda, Roberto pensa que povo e bobo, não esqueceu as preserpadas dele....... Vem q o bicho vai pegar

ALTOS SALÁRIOS

9 do MPE receberam mais de R$ 80 mil de rendimento apenas em junho

Por 17/07/2019, 14h:34 - Atualizado: 17/07/2019, 14h:46

luiz scallope 680

De 252 membros do Ministério Público Estadual, entre promotores e procuradores, nove receberam acima de R$ 80 mil de rendimentos na folha de junho. A conta bancária destes "engordou" por causa da inclusão de benefícios, como gratificação natalina e férias.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Thales Marino | Quinta-Feira, 18 de Julho de 2019, 08h31
    3
    0

    Tem MPE que deveria nem existir. Essa que é a verdade. Se transferisse para educação o que se gasta no MPE o retorno seria muito melhor. MP deveria se tornar uma secretaria de investigação e mesmo assim, sem esses altos salários que não se justifica. Lembrando que , os pagantes sou eu, você, o velinho que está morrendo no PS, a paciente com câncer no HC, a criança sem aula, pois está de greve e por aí vai.

  • Ricardo | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 18h11
    5
    0

    Graças a Deus o MT tá falido aí eu quero receber esses salários

  • walter liz | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 16h43
    9
    0

    olhem o tanto de penduricalho que inventam, "abono de permanencia" é pracabar, como disse um comentario abaixo, até quando vamos suportar essa desigualdade ?

  • Realista | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 16h29
    12
    0

    Com esse festival de super salários de alguns poucos setores da máquina estatal cai por terra todo e qualquer argumento do governador MM e seus assessores da área econômica que querem fazer os outros acreditarem que há crise financeira no estado. Não cola mais.

  • ELIAS | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 16h25
    12
    1

    ESSES DOUTORES NÃO FICAM ENVERGONHADOS? SACANAGEM PURA COM O POVO BRASILEIRO E MATOGROSSENSE!!!

  • alexandre | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 16h16
    9
    0

    A justiça TJ por exemplo, ninguem está acima da lei...

  • Nilza | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 15h47
    12
    0

    MEU PAI SEMPRE FALAVA QUE ESSES ALTOS SALÁRIOS SÃO CONCENTRAÇÃO DE PODERES.

  • Ggm | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 15h26
    11
    0

    Aí está o motivo dessa corrida para taxar tudo, até o sol. Até quando vai essa desigualdade?

  • renato | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 15h01
    13
    0

    quem tem moral para investigar os promotores???

  • alexandre | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 14h46
    15
    1

    por isso que o dinheiro não dá, super duodecimos...

ESCUTAS NO GAECO

Promotor da "grampolândia" já deveria ter sido afastado do cargo

Por 17/07/2019, 09h:11 - Atualizado: 17/07/2019, 09h:13

marco aurelio 680 promotor

O promotor de Justiça Marco Aurélio de Castro, ex-coordenador do Gaeco, braço investigativo do Ministério Público, já deveria ter sido afastado do cargo. São gravíssimas as denúncias contra ele e outros membros do MPE sobre escutas telefônicas e outras práticas ilegais.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • José | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 12h47
    7
    1

    QUANDO É QUE SERÁ INVESTIGADO O DESGOVERNO PEDRO TAQUES ? O DESGOVERNO PEDRO TAQUES QUEBROU O ESTADO POR CAUSA DOS MAIS DE R$25 BILHÕES DE IRREGULARIDADES EM 2015 A 2018. Até agora não foi apurada a responsabilidade de todos os membros do desgoverno taques quanto aos desvios e fraudes do desgoverno da transformação do estado em caos e roubalheira, cujas irregularidade somadas já ULTRAPASSARAM OS $25 BILHÕES. Só para lembrar aí vai a lista detalhada dos mais de $25 bilhões em irregularidades pendentes de serem apuradas: R$69 milhões em desvios na caravana da transformação; perdão de R$645 milhões em dívida da petrobrás; perdão de R$5 milhões de reais em dívidas da unimed cuiabá; a operação Rêmora por desvio de R$57 milhões na SEDUC; operação Bereré por desvio de R$30 milhões no Detran; operação Grampolândia na segurança pública usada para chantagear adversário; delação de Alan Malouf sobre Brustolin recebendo R$80 mil por fora todo mês; delação de Alan Malouf e Perminio indicando que secretários (Permínio, Brustolin, Julio Modesto e etc) recebendo mensalinho de R$30 mil/mês; mensalinho R$100 milhões por dentro para os deputados; rombo de R$4 bilhões no caixa e desvio de $500 milhões do Fundeb; desvio de R$1,2 milhões no fundo de trabalho escravo; desvio e apropriação de R$300 milhões dos municípios; desvio e apropriação de R$300 milhões dos poderes; aumento de $2 bilhões nos Incentivos Fiscais; aumento de milhares de cargos políticos comissionados, aumentou da folha de pagamento pela contratação de mais de 10.000 pessoas; uso da justiça para proteger seus amigos e secretários conforme disse o cabo Gerson; delação de Alan Malouf tratando de 12 tipos de corrupção entre elas os $10 milhões de caixa 2 administrados por Alan Malouf e Julio Modesto; licitação irregular de 11 bilhões para transporte interestaduais; desvio de R$58 milhões em pontes na SINFRA; $300 milhões em vantagem cobrada de quem recebeu antecipado no decreto do bom pagador; crédito de R$100 milhões para o primo Paulo Taques; maracutaia com a juizá candidata para ferrar o Silval e a família dele; irregularidades de R$3 bilhões no Edital nº 02/2018 da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) sobre rodovias MT 246, MT 343, MT 358 e MT 480. Além disso, apropriação indébita de R$70 milhões descontado dos salários dos servidores públicos para pagar empréstimos consignados, estouro da folha pagando vantagens para apaniguados políticos que receberam salários acima de R$100 mil, contratação irregular de 2000 cabos eleitorais na SEDUC para fazer campanha para o ex-secretário Mahafon, peculato ao gastar R$10 milhões em telefone por secretaria do estado durante a campanha eleitoral para o governo 2018; R$180 milhões em indenizações irregulares pagas em 2018 as empresas supostamente prestadoras de serviços na Secretaria de Estado de Saúde Secretaria. Pedro Taques e Gallo cometeram crime de responsabilidade de R$3,7 bilhões ao deixar restos a pagar para o próximo governo sem a devida provisão de fundos exigida na Lei de Responsabilidade Fiscal.

  • João Carlos | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 12h03
    3
    15

    Vi os PMS falarem, mas não vi um documento comprovando o alegado. Se o jornalista está dizendo que deve ser afastado, presumo que tenho provas ou seria total irresponsabilidade. Se tiver as provas, publique

  • Ana Maria | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 11h33
    17
    0

    Parabéns Romilson, muita coragem jornalística em aprofundar o assunto expondo de maneira clara o que a sociedade espera que seja investigado.

  • Manoel | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 10h33
    28
    0

    Isso é o que o povo espera! Quero ver o MP cortar na própria carne, pois, na carne dos que não são seus pares, eles cortam. E o fazem com gosto.

  • aurelindo | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 09h44
    22
    0

    Excelente opinição, digno de um sério jornalista que és...

SAÚDE EM CUIABÁ

PS será fechado em setembro para abrigar depois o Hospital da Família

Por 16/07/2019, 15h:17 - Atualizado: 16/07/2019, 15h:25

Luiz Alves

pronto socorro 680

O agora velho Pronto-Socorro de Cuiabá, de tantas vidas salvas, de mortes e polêmicas, vai ser fechado em setembro, 29 anos depois de ter sido inaugurado pelo então prefeito Frederico Campos.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Marcelo Amorim | Terça-Feira, 16 de Julho de 2019, 22h29
    4
    5

    Triste... enquanto estiver em reforma....a população vai pra UPA? Se for assim estamos cerrados, pois com o Pronto Socorro aberto ficamos horas e horas para ser atendido, imagine com ele fechado. Lamentável... quem sofre é a população, pois para o novo Hospital só vai quem é escolhido como acontece com o São Benedito

PAUTA BOMBA

Votação do projeto que suspende pesca por 5 anos fica para setembro

Por 16/07/2019, 09h:45 - Atualizado: 16/07/2019, 09h:49

mauren sema 680

A Mesa Diretora da Assembleia, já envolvida com tantas pautas bombas, resolveu empurrar para depois de setembro a discussão da Mensagem 107 do governo que propõe suspender todo tipo de pesca nos rios de Mato Grosso por cinco anos.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • carla | Terça-Feira, 16 de Julho de 2019, 20h51
    1
    1

    Será que o nosso governador está com medo? está recuando nem estudo técnico ele tem para fechar a pesca em nosso estado por 5anos, chega de mimimi Governador sua função é Governar para o povo e não para a Elite, não se cansa em dar o tiro no pé????

ESTILO BOLSONARO

Após "tiro no pé", Bezerra recorre à bancada nacional para obter cargos

Por 15/07/2019, 20h:18 - Atualizado: 15/07/2019, 20h:23

carlos bezerra 680

Aos 78 anos, o deputado mato-grossense Carlos Bezerra resolveu partir para o plano B para conquistar espaço e indicar apadrinhados no Governo Bolsonaro.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Benedito costa | Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 21h33
    0
    0

    Esse só sabe indicar pessoas de seu interesse. Não sabe indicar nada de interesse de Mato Grosso, verdadeiro mala sem alça