Blog do Romilson Cuiabá, 06 de Dezembro DE 2019 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

ESTADO

"Rei da soja", Eraí diz não medir esforços para eleger Maggi

Eraí Maggi Scheffer   O primo do governador Blairo Maggi (PR), Eraí Maggi Scheffer, garante que vai brigar "com unhas e dentes" para eleger o republicano ao Senado nas eleições deste ano. Deve agir nos bastidores na tentativa de cooptar votos ao primo. Hoje, se vê fora da militância política, mas não deixa de dar "palpites" na intenção de ajudar Maggi rumo a um novo cargo eletivo. "Tudo que eu puder fazer para ajudá-lo a se eleger, eu farei. Vamos abraçar esse projeto", diz Eraí. Hoje, se vê fora da militância política, apesar de atuar forte nos bastidores.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Joao Vasconcelos Junior | Segunda-Feira, 15 de Março de 2010, 18h50
    0
    0

    Talvez o senhor Irai se esquece so de uma coisa nesta sua impolgada declaração que de tudo fara para eleger o Blairo Maggi. Sinceramente acredito que além da "maldição" de nenhum ex-governador ser eleito ao senado, o Blairo hoje tem contra ele a carga tributária que todo comerciante ta doido pra detoná-lo quando sair candidato ao senado. Sinceridade a parte, eu se fosse o Blairo Maggi iria pra casa mesmo e dependurar a chuteira. Mas como eleição é em determinado momento força e poder, quem sabe o "rei da soja", não pegue mesmo pra valer a candidatura dele? Haja "grana"!

  • celso rapa | Domingo, 14 de Março de 2010, 21h09
    0
    0

    Este Sr. é mais um que compila com o primo governador, juntos faturam uma grana com a isenção de 10% ICMS do produto soja, em 8 anos da pra se imaginar o montante, potanto, com certeza apoiará o primo e cia., pra que tudo fique como está.

  • Fabio da Soja | Domingo, 14 de Março de 2010, 13h09
    0
    0

    Claro elegendo maggi ao senado vai continuar saindo asfalto para porta de seus investimentos, se ele nao for eleito quem vai ter interesse em asfaltar as fazendas dos MAGGI ninguem !!

SANEAMENTO

Prefeito não requer aval da Justiça; Exército espera há 4 meses pelo PAC

Prefeito não pede autorização à Justiça; Exército fica no aguardo

  Há quatro meses o 9º Batalhão de Engenharia e Construção (BEC) do Exército Brasileiro aguarda apenas um documento a ser providenciado pelo prefeito da Capital Wilson Santos (PSDB) ou pela Procuradoria-Geral do Município junto à Justiça para poder começar a executar o Lote 1 (ETA Tijucal) das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Desde novembro do ano passado, a prefeitura foi orientada por técnicos da Controladoria-Geral da União, pelo Ministério das Cidades e pelo Exército a requerer junto à Justiça autorização para ser providenciado o destaque orçamentário, que seria a transferência de recursos para o Ministério da Defesa, a quem o 9º BEC é vinculado. Sem essa autorização, o Exército não pode começa a executar os projetos.

Postar um novo comentário

Comentários (19)

  • Bento Porto | Segunda-Feira, 15 de Março de 2010, 12h55
    0
    0

    Tudo como preví no meu comentário. A cidade está prejudicada por denúncia e decisão judicial derrubada em instância superior por não ter sido comprovada efetivamente lesão ao erário público. Empresários execrados, prefeito alijado de suas legítimas prerrogativas de administrar as obras e a população sofrendo pela falta de saneamento. O prefeito foi atraz até do exercito, mas até desenrolar isto a dengue já vitimou muita gente....

  • Elias | Segunda-Feira, 15 de Março de 2010, 08h40
    0
    0

    É brincadeira como o WS ainda tem a pretensão que querer ser governador, ele está com sacanagem. Tem uns que disseram que ele fez muito por Cuiabá. POR FAVOR ME INFORMEM ONDE ISSO ACONTECEU, SERÁ QUE FOI EM MARTE? WS vai tomar um "chá" nessa eleição, o barco dele já tá preparado.

  • ivan nunes | Segunda-Feira, 15 de Março de 2010, 07h45
    0
    0

    ACORDA WS E CHEGA DE FALATÓRIO, DESSE JEITO QUE O SR. QUER GOVERNAR MT? ISSO É BRINCADEIRA!!O POVO DE MT MERECE COISA MELHOR E NÃO ESSE PINÓQUIO...SÓ SABE FALAR BONITO...O POVO ESTA LIGADO...IVAN

  • rjs | Domingo, 14 de Março de 2010, 21h01
    0
    0

    porque só agora esta materia em? o homem oficializou agora guenta galinho, materias plantadas para dar clics. ,pode cancelar o comentario como tantos outros senhor diretor.

  • José Magella | Domingo, 14 de Março de 2010, 20h39
    0
    0

    Letargia e inércia é o que devemos mesmo esperar de uma administração em que Assessores comissionados de um setor tão importante como a Procuradoria Geral do municiapo usam o horário de expediente para desenvolver serviços particulares como é o caso de um assessor que se encontrava passeando em Varzea Grande, terça-feira a tarde. O Dr. Ussiel , atual Procurador Geral do Municipio, é uma pessoa íntegra e dinâmica que poderia e pode melhorar em muito a atuação deste órgão municipal. Pena foi que continuou com a mesma equipe da gestão passada, que diga-se de passagem não é a das melhores. Não estou generalizando. existe dentro da procuradoria do municipio assessores que procuram trabalhar fazendo jus ao seus cargos como é o caso do Dr. Ussiel,Dr. Fernando, D. Risolina a procuradora Sonia. Agora os demais precisam rever os seus conceitos sobre o que é ser funcionario e não apena um recebedor de salário no final do mes. O Dr. deveria ter formado a sua própria equipe e não ter ficado com a do procurador Geral anterior que trousse o vicio da inércia. Não é de hoje que a gente escuta reclamações sobre alguns assessores, que quase não aparecem por lá, que vão resolver problemas particulares em outro municipio, que passeam pelo shoping, tudo isto em horário que deveria estar trabalhando. Ninguem tomou providencias e o resultado são processos e mais processos acumulados em seus gabinetes, desviados , perdidos, etc etc etc. Só espero que guando governador, o Prefeito Wilson escolha com mais critério e zelo quem vai fazer parte da equipe que vai ajudá-lo o governar o Estado. Não leve para lá estas tranqueiras !!!!! como diz o cuiabano. Um grande abraço.

  • Perdo Arantes | Domingo, 14 de Março de 2010, 16h08
    0
    0

    Estava esquecendo. E o pronto socorro de Cuiabá, uma vergonha. agora o problema são os dentista, e ainda que ser governador. Cuiabá não pode ser tratada como meio e sim como exemplo e orgulho. Aquele que se dispõe a administrá-la deve se orgulhar e tratá-la como o cartão de visita do Estado. em sua campanha Wilson Bereré e mentiroso, dizia que era um sonho ser prefeito de Cuiabá, inclusive na última campanha afirmou várias vezes que não seria candidato a governador, pois teria que deixar a prefeitura. Cara de pau e mentiroso. Povão idiota vota nele.

  • Pedro Arantes | Domingo, 14 de Março de 2010, 16h00
    0
    0

    Wilson, além de incompetente e sem palavra, é cara de pau. Pior ainda é o povo, que além de tudo vota nele. O PAC não saiu porque a administração municipal do PSDB do Wilson Santos é corrupta, basta olhar a situação da cidade, suja e cheia de buraco. Em sua campanha prometu resolver os problemas básicos, no entanto, o que ele fez. Gasrtou uma fortuna trocando a iluminação dos postes, quanto que ele ganhou. Com certeza muito dinheiro, que ajudou a cobrir parte do rombo deixado em sua camapnha, do dinheiro tirado do ETA Tijucl. O povo tem que se danar, camabada de idiota que vota nele.

  • augusto | Domingo, 14 de Março de 2010, 14h52
    0
    0

    Tem uma passagem da Biblia que diz assim..."Já o diabo é o pai da mentira veio para rouba mata e destruiras vidas".

  • wilton nunes | Domingo, 14 de Março de 2010, 13h39
    0
    0

    Esse é o Cidadão que quer governar o nosso Estado, nunca vi tanta incompetencia e "Lorota" juntos, ah! dá licença!!!

  • Paulo Henrique | Domingo, 14 de Março de 2010, 12h37
    0
    0

    Claro que não há interesse, se o Exército assumir as obras, não haverá como o pessoal continuar fazendo suas falcatruas, com eles a obra vai sair sem roubos e desvios, o que não é de interesse dos administradores.

EXECUTIVO

Polêmico, Eder promete rebater críticas da oposição em entrevista

Eder Moraes    Defensor intransigente da campanha do vice-governador Silval Barbosa (PMDB) à sucessão de Blairo Maggi (PR), o secretário estadual de Fazenda Eder Mores deve provocar nova polêmica neste domingo (14), no programa Ponto de Vista, apresentado por Onofre Júnior, na TV Rondon (SBT), a partir das 23h. A expectativa é que Eder rebata as críticas da oposição às políticas de incentivos fiscais, além das proferidas pelos empresários devido à série de operações para coibir sonegação e evasão fiscal.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • JAIME DANTE MAGGI | Domingo, 14 de Março de 2010, 23h04
    0
    0

    Jaime entregou para Dante um Estado que sem a menor sombra de dúvidas podia-se dizer era um dos 07(sete) piores para se governar, Dante adotou uma administração orçamentaria - financeira que ficou nacionalmente conhecida como politica de ajuste fiscal e após 08(oito) anos entregou para MAGGI um Estado que seguramente estava no grupo dos 10(dez), 9(nove) ou 8(oito)melhores pra se governar. E agora como o nosso Estado está? Simplesmente estagnado, parado no tempo.

  • milton Ribeiro | Domingo, 14 de Março de 2010, 08h07
    0
    0

    Eder, siga fazendo seu trabalho, Vc. nao é candidato, Vc. é Secretário, está servidor! Vc. comanda uma gama de excelentes servidores, deixe a campanha para os politicos, nao se meta! deixe os holofotes para as estrelas que estao no Palo, por enquanto Vc. está na plateia, aplauda somente, e cumpra com sua obrigação.

  • antonio da silva | Domingo, 14 de Março de 2010, 06h25
    0
    0

    Quem viabilizou a gestao do magi foi o governo do finado dante, deixando o estado dentro da lei de responsabilidade fiscal, com superavit primario e fethab, voces so deram continuidade e distruiram o BID PANTANAL.

  • alexandre amaral | Domingo, 14 de Março de 2010, 01h15
    0
    0

    ja estamos acostumados a ler em varios sites de noticias que "EMPRESARIOS" estao revoltados com o secretario EDER MORAES voces ja pararam pra se perguntarem porque????pois e entao saibam agora e claro que vao estar ele esta cobrando o imposto devido daquels que nao pagam ,esta fechando o cerco paranao deixar ocorrer evasao de divisas fazendo com que o imposto arrecadado chegue no lugar de destino que e investimentos para a populaçao de mato grosso muitos estavam acostumados a dar o famoso jeitinho brasileiro para burlar o fisco estadual mas isso esta acabando caros leitores deste renomado e respeitavel site de noticias pois EDER DE MORAES teve e tem a grande tarefa de coibir esta pratica antiga que se instalava em mato grosso temos visto no decorrer da gestao BLAIRO que muitas coisas e stao vindo por terra a baixo pois o castela de cartas marcadas que havia a qui esta desmoronando e isso e so o inicio vamos aguardar cenas dos proximos capitulos pois a novela eta nao acabou ainda vamos ver oque nos traz o buracos espalhados pela cidade vamos ver quantas crianças ainda tem que morrer de dengue vamos ver ate quando durara a greve dos dentistas de cuiaba etc etc etc etc etc

  • Dr. João Osório | Sábado, 13 de Março de 2010, 23h14
    0
    0

    Esse mosso é bom para cobrar, agora que está preste a perde o emprego, para o grupo do PMDB que esta calado, minguém fala nada, agurdando o dia 01.04.2010, quando SINVAL, assume o governo. O Deputado Bezerra, já falou, que ele precisa e de voto, não conversa fiada ou justificativa de secretário. Esse Eder esta enganado, o PMDB, não vai deixar ser governado por quem não tem voto. Além do mais, o cargo de secretário e POLÍTICO. A secretaria de Fazenda, Infraestrutura e Educação, são as meninas dos olhos do correligionários que irão apoiar a candidatura do SINVAL.

  • João Paulo | Sábado, 13 de Março de 2010, 20h30
    0
    0

    Ehhhh laiê laiâ, heim... Ainda bem que a era da insensibilidade politica, social e ambiental está prestes a chegar ao fim em Mato Grosso... Ainda bem que o tal de Eder Moraes (exemplo vivo disso tudo) vai junto com ela...

  • dudu | Sábado, 13 de Março de 2010, 19h49
    0
    0

    esse cara gosta de aparecer o tempo todo na midia para pegar as boquinha do governo

  • Éber José de Oliveira | Sábado, 13 de Março de 2010, 19h20
    0
    0

    Esse está na dele, ou seja, tentando se manter no poder. Sabe que a única saída é defender os chefes, ou .......

  • Ana Maria Silva | Sábado, 13 de Março de 2010, 18h41
    0
    0

    Este senhor, Éder Moraes, não consegue passar credibilidade em nenhuma de suas falas. O governador Blairo Maggi caiu nessa esparrela e ao que parece, o Silval também vai cair. Encontrem outro interlocutor para falar em nome do governo, alguém que tenha estofo, bagagem e principalmente, histórico administrativo ou político. Esse bate-boca desqualificado em tempo de eleição, traz um ranço de politicagem, com o qual o eleitor não se comove mais. A cada vez que ouço o secretário Éder falar, mê dá uma vontade enorme de votar na oposição!!

  • alexandre amaral | Sábado, 13 de Março de 2010, 18h32
    0
    0

    e wilson chupa essa manga espera ate domingo , la vem bombaaa

COMUNICAÇÃO

Em aniversário, Sina fala do povo Chiquitano

   A revista alternativa Sina comemora nesta semana o seu 3º ano de circulação em Mato Grosso. A matéria de capa é sobre o povo Chiquitano que vive um dilema: ser ou não ser. Localizados na divisa com a Bolívia e apesar do Estado brasileiro reconhecer o povo como indígenas, muitas famílias da etnia negam a identidade por medo de perderem os empregos nas fazendas, ou por sofrerem preconceitos. “Nesses locais, existem várias comunidades de origem chiquitana. Algumas se reconhecem enquanto indígenas, algumas negam a própria identidade, e outras ainda estão divididas”, explica o indigenista José Eduardo Moreira, da Funai.

Postar um novo comentário

COMUNICAÇÃO

Carta Capital atesta a supremacia dos EUA

   Acontecimentos mundiais trazem à tona a superioridade dos Estados Unidos. Conforme a revista Carta Capital que chega ao Estado a partir deste domingo (14), a queda do muro de Berlim e o desmantelamento da União Soviética reforçaram a supremacia mundial dos Estados Unidos, resultaram num mundo quase de um bloco só. A crise econômica de 2009 abalou fortemente esta realidade, se é que não marcou o fim de uma era.

Postar um novo comentário

COMUNICAÇÃO

Julgamento dos Nardoni volta a ser destaque

   O julgamento de Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, acusados de assassinar Isabella Nardoni, de apenas 5 anos, volta a ser destaque nacional dois anos após o crime que chocou o país. A revista IstoÉ traz uma reportagem especial relembrando o caso.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Helena Rezende | Quinta-Feira, 25 de Março de 2010, 15h29
    0
    0

    Uma pergunta: As fitas de video do predio do casal Nardoni mostram a hora exata que ele chegou e estacionou o carro na garagem, junto com a mulher e os filhos. Esta registrado isto no video! Quero saber uma coisa: porque nao fazem uma comparacao das fitas de video, para saber a hora exata que ele subiu ao apartamento com a Isabella, e a hora exata em que ele desceu novamente a garagem para buscar a mulher e os outros dois filhos, que ficaram esperando na garagem. É só comparar esta hora, com a hora em que a menina foi jogada pela janela. Afinal: Alexandre estava no apartamento quando a Isabella caiu? É muito simples saber isto, basta olhar as fitas do circuito interno do predio e ver se na hora que ela caiu, ele ainda estava na garagem!!! Até agora eu nao consigo entender porque nao fizeram esta comparacao. Assim saberiamos se Alexandre estava na garagem ou dentro do apartamento. Tem o video do Alexandre subindo de elevador com a Isabella nos bracos. Evidente que deve ter o video dele descendo novamente para a garagem e subindo outra vez, com a esposa e os dois filhos. É só comparar a hora que isso aconteceu. Porque a policia nao fez isto? Outro fato. a camiseta que o Alexandre vestia no dia do crime, nao acredito que tenha ficado nenhuma marca. Afinal, ele foi no hospital acompanhar a filha, depois foi na delegacia prestar depoimento, usando esta camisa. ou seja, como é possivel que depois de horas e horas, usando a camisa, recebendo abracos dos familiares que estavam com ele no hospital, como é possivel que estas marcas tenham ficado na camiseta??? Se fosse verdade isso, ele ou alguém da familia teria percebido e falado pra ele tirar. Tem muita coisa mal explicada neste caso.

  • Ildefonso | Sábado, 13 de Março de 2010, 12h15
    0
    0

    Tem assuntos diversos nesta reportagem... O segundo assunto é muito interessante.