Blog do Romilson Cuiabá, 05 de Junho DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

TRANSPORTE

Se não fizer licitação, gestão Silval pagará multa de R$ 270 mi

    O governo Silval Barbosa (PMDB) vai ser obrigado a pagar multas multas que superam mais de R$ 270 milhões se não der continuidade aos procedimentos necessários para licitar todas as linhas intermunicipais em Mato Grosso. Nesse caso, seriam cumpridas, de forma retroativa, as punições estabelecidas em pelo menos 10 ações civis públicas, que já se encontram em trânsito julgado. O Estado enfrenta ainda embate jurídico em outros nove processos e também corre o risco de pagar multa de R$ 60 mil diária (R$ 30 mil pela Ager e R$ 30 mil pelo Palácio Paiaguás) pelo descumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta assinado com o Ministério Público em setembro de 2007, que venceu no último dia 31. Até agora, a multa já chegaria a R$ 840 mil, já que seriam cobrados de forma retroativa os 14 dias desde que o prazo expirou. Para evitar as multas milionárias, o governo deve pedir prorrogação do TAC. 

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • ALONSO | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2010, 23h03
    0
    0

    CERTO A GESTÃO É SILVAL, MAS QUEM PAGA A MULTA???? A VERBA É DE QUEM? ORIGINA DE ONDE???? DA POPULAÇÃO DO ESTADO DE MT. ÊTA VOTO ERRADO! ÊTA GOVERNO CARO !

  • luiz paulo | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2010, 17h42
    0
    0

    Será que não esta na hora do RD News ouvir a outra parte? Senao vai dar a impressao que esse importante portal não preza pela imparcialidade.

  • JD | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2010, 16h28
    0
    0

    Se este gov. não resolver logo este embrólio político, provará que não terá competência para governar MT por 4 anos.

Alto Boa Vista

TCE multa prefeito em R$ 1,6 mil

   O prefeito de Alto Boa Vista, Aldecides Milhomem (DEM), vai ter que desembolsar R$ 1,6 mil, conforme determinação do Tribunal de Contas do Estado. Ele foi multado, nesta segunda (12), pelo Pleno do TCE durante sessão presidida pelo vice-presidente Antônio Joaquim, onde foi julgada uma denúncia anônima, que relatava irregularidades em procedimentos licitatórios e pagamentos indevidos. Por unanimidade, os conselheiros votaram a favor da denúncia.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • ondino lima neto | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2010, 14h16
    0
    0

    essa historia do tce condenar prefeitos a pagarem ao fundo do tce me cheira malandragem.

INVESTIGAÇÃO

MPE investiga decreto que privilegia ex-governador com até 6 seguranças

MPE investiga decreto que dá direito a ex-governador ter seguranças

Ex-governador Blairo Maggi   Treze dias após Blairo Maggi deixar o cargo de governador, o procurador-geral de Justiça do Estado Marcelo Ferra decidiu instaurar procedimento para apurar indícios de que a Lei 8.966, aprovada pela Assembleia em agosto de 2008, seria inconstitucional. Ela garante a ex-governadores segurança pessoal e patrimonial pelo Estado. Como Maggi exerceu dois mandatos, tem direito até a seis policiais militares para ficar a sua disposição durante seis anos. O ex-governador, que regulamentou a lei em janeiro deste ano, já usufrui desse privilégio. Se a lei não for derrubada, Maggi, um dos maiores empresários do país, continuará com seguranças bancados pelo Estado até 2016.

Postar um novo comentário

Comentários (49)

  • Sandra Wanessa | Sexta-Feira, 16 de Abril de 2010, 16h36
    0
    0

    Caros Cidadãos todos falam em segurança, em estrutura policial carros 1.0, 1 policial por habitante, etc... o mais importante todos esquecem de pensar EDUCAÇÃO garanto se fosse investido em mais educação em todo o Estado/País esatriamos mais tranquilos não que não precisariamos de segunrança, com certeza sempre terá o patinho feio que resolve viver de crime, mas com EDUCAÇÃO é certeza que as crianaça de todo o brasil pensaria maim em seu futuro promissor, carreira em alguma área profissional e até o própio governador não precisaria de 6 seguranças pq saberia que por ter EDUCAÇÃO ele não seria uma pessoa tão diferente de toda a população pois não olhariam ele como se fosse o DONO DA GRana. e Sim como um cidadão comum que estudou e batalhou para conseguir o que se tem e seria exemplo para que todos agissem da mesma maneira estudar e ir a luta, para não pensar somente em conseguir as "coisas" facil. REFLITA EDUCAÇÂO AOS NOSSO FILHOS É A MELHOR ARMA CONTRA O CRIME. DEUS ABENÇOE TODOS VOCÊS

  • Jedae | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2010, 19h20
    0
    0

    Quem sancionou a lei? Foi o Jedae ou Homem-aranha? Foi o prefeito de Cuiabá. Eu sou o maior beneficiado. Eu e minha familia. A segurança do povão esta maravilhosa. O Silval já voltou com a Rotam. Não era sem tempo. Falta a PRE, a Policia Ambiental e os Policais de Transito!

  • Pedro Augusto | Quinta-Feira, 15 de Abril de 2010, 10h32
    0
    0

    ....caro Blairo Maggi, quero e devo informar a sociedade de Mato Grosso que cerca de 40% das cidades deste Estado Continental, não dispõe se quer de corporação!!! Vc acha justo só o Senhor ter uma corporação de 6 oficiais a sua disposição??? Que tamanho medo que vc tem? até hj nunca precisou disto, porque agora?? e a sociedade como fica?? reflexão ...

Saúde Pública

MPF cobra retorno integral do atendimento no Júlio Muller

   O procurador da República, Gustavo Nogami, ingressou com uma ação civil pública para evitar a nova suspensão dos serviços prestados pelo Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM), em funcionamento sob liminar deste março. Agora o Ministério Público Federal (MPF) pede que sejam tomadas as providências necessárias para o funcionamento integral da unidade.

Postar um novo comentário

EXECUTIVO

Silval lança PAS da Segurança e elenca 2 prioridades da gestão

Silval Barbosa e Diógenes Curado   O governador Silval Barbosa (PMDB) lançou nesta terça (13) o Plano de Ações de Segurança (PAS), voltado para ações com o intuito de eliminar os focos de criminalidade e os riscos de violência. “Vamos para o enfrentamento da criminalidade não só para atender à solicitação da população, bem como às exigências da FIFA para a realização da Copa de 2014”, disse o peemedebista, durante a solenidade, no Palácio Paiaguás.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • MARCOS | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2010, 11h50
    0
    0

    o governo tem que mudar o foco, precisa aumentar o efetivo pois não tem como tres PMs cuidarem de um cidade com 15.000 habitantes, um por dia de serviço. precisa mudar a escala, não ha como exigir muito de um Policial que trabalha em uma jornada de 24 horas de serviço. o governo precisa remunerar melhor o Policial, é só fazer uma pesquisa para ver a disparidade de salarios, até estados como o sergipe paga bem melhor aos policiais militares e por fim instituir a carga horaria aos PMs.

  • carlo silva | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2010, 07h38
    0
    0

    Vai ser dificil uma recuperação dos indices de criminalidade de maneira imediata! Os números não podem ser mudados assim,como no estalar de dedos. O comando da PM (anterior)manipulava descaradamente os números para se segurar, estabeleceram metas operacionais( ainda que pueris!) equivocadamente. As Polícias precisam amadurecer, tratar as suas atribuiçoe com seriedade, e sem ambições pessoais. É dificil, pois mesmo que conduzidos pra outras funções ( administrativas) alguns senhores aindacontinuarão a dar pitacos ! É uma Pena!

TCE

Albano já analisa possibilidade de romper contrato com Creatio

Valter Albano  Foto: Marcos Bergamasco    O presidente do TCE, conselheiro Valter Albano, pode cancelar o contrato com a Oscip Instituto Creatio, com quem o órgão possui um termo de parceria desde fevereiro de 2006, com vigor até janeiro de 2011. Albano aguarda apenas o término das investigações da Justiça Federal para tomar as medidas cabíveis. Ele demonstra preocupação com as acusações da Polícia Federal ao instituto e teme que elas respinguem no órgão. Por enquanto, o Creatio continua prestando serviços normalmente e o TCE garante que durante todos estes quatro anos o instituto cumpriu todas as metas estabelecidas no contrato. No ano passado foram pagos R$ 5,9 milhões para a execução de um leque de serviços terceirizados.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Lúcia Pestre | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2010, 23h20
    0
    0

    A questão dos termos de parceria firmados pelo Poder Público e uma Oscip é o dirvirtuamento de suas funções institucionais. Quando ela substitui o Estado e não atua de forma paralela a ele, como é o seu mister, claramente há uma apoderação de poderes, de tarefas que seus órgãos e agentes devem fazê-los, o que precisa ser feito é a capacitação dos servidores, de carreira e dos cargos de provimento em comissão.

  • LIA | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2010, 07h44
    0
    0

    UM PIRULITO PARA QUEM ADIVINHAR QUEM COMEÇOU COM ESSA ESTÓRIA (SEM AGA MESMO) DE OSCIPs em MATO GROSSO.....QUEM, DE FORMA DIRETA OU INDIRETA, DEU AVAL!!!...ASSINOU EMBAIXO!!.... HEIMM?...

  • BEMER | Quarta-Feira, 14 de Abril de 2010, 07h22
    0
    0

    POLÍCIA FEDERAL, RECEITA FEDERAL, MPF, MPE, PRECISA INVESTIGAR ESSAS EMPRESAS, QUAIS OS SERVIÇOS PRESTADOS POR ELAS ALÉM DOS PRESTADOS AOS ÓRGÃOS QUE ESTÃO VUNCULADOS ATRAVÉS DAS OSCIPS..."EMPRESA" CUMPRINDO CARGA HORÁRIA COMO FUNCIONARIO FOSSE....A SOCIEDADE TÁ DE OLHO.