Blog do Romilson Cuiabá, 22 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

EMBATE

Henry e Riva agora encaram Julier

 Fernando Ordakowski

Juiz Julier Sebastião enfrenta ira dos deputados Pedro Henry e José Riva, que vêem judicialização do processo eleitoral

Postar um novo comentário

Comentários (65)

  • ELTON | Domingo, 30 de Maio de 2010, 15h24
    0
    0

    COMO DIZ O MEU IRMÃO: ESSES DOIS (RIVA E HENRY) SÃO DOIS "BRINCANTES".

  • FIRMINO FIGUEIREDO | Sexta-Feira, 28 de Maio de 2010, 13h57
    0
    0

    LENDO ESSES COMENTARIOS DE GENTE SEM CARATER DEFENDENDO ESSA DUPLA DE CELERADOS PEDRO HENRY E ZÉ RIVA,ENTENDEMOS PORQUE ELES ESTÃO NO PODER. ESSE POVECO MERECE REPRESENTANTES DESSA LAIA NO LEGISLATIVO,POVO SEM CIDADANIA E SEM MORAL É QUE DESMORALIZA OS PODERES.

  • José carlos | Sexta-Feira, 28 de Maio de 2010, 07h46
    0
    0

    Romilson, sei o tanto que a imprensa lutou na época do militarismo para ter o direito de falar , e exprimir tudu aquilo que ela achava bom para o brasil e tudo que achava ruim para esse pais, no entanto gostaria de expressar que estou vomitando todos os dias quando vejo o nome de todos os envolvidos nessa sujeira de corrupção que virou uma praga dentro do meu estado. Vejo que muitos desses corruptos se quer lutou ou criticou contra o militarismo nesse pais, são pessoas oportunista que não tem vontade politica nem mesmo empresrial para melhorar este estado, pessoas que teram a sua história, o seu nome derretido como o sal encima de uma lesma , a sua descendencia infelizmente pagara pelos seus pecados , não tera nome , descendencia e nem historia pois a sua arvore foi quebrada e digo mais , não passara dessa cabeça.

INVESTIGAÇÃO

Vou enfrentar essas inverdades com a cabeça erguida, diz Teis

   O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Waldir Teis, assegura, em nota de repúdio a matéria divulgada no blog, que desconhece as pessoas que supostamente teriam travado diálogo mencionando o seu nome. "Desconheço qualquer processo que envolva o meu nome e que esteja tramitando no Superior Tribunal de Justiça". Ele se mostra revoltado com a referência feita por Heleno César e Edvaldo da Silva, em conversa gravada em junho de 2007, seis meses antes de ser empossado no cargo vitalício, de que estava precisando de R$ 5 milhões para comprar a vaga.

Postar um novo comentário

Comentários (20)

  • raquel | Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 11h45
    0
    0

    Nós brasileiros muitas vezes temos razões para ficarmos descrentes de tudo, achando que êste país não tem jeito...No caso dos TCEs é público e notório que as vagas de conselheiros são negociadas.Todo mundo sabe disso. Minha tártara vó nos tempos de antanho já falava sobre isso.O motivo principal da descrença é que para mudar essa vergonha nacional da corrupção nós dependemos da boa vontade de políticos como Henry, Riva e outros mantidos nos cargos por liminares negociadas por pessoas influentes junto do poder judiciário.Todos sabem que políticos desse naipe não vão querer fazer leis para moralizar o poder judiciário, os TCEs, a gestão pública no Senado, na Câmara Federal, nas Assembléias Legislativas e nas Câmaras Municipais!!!!!!!

  • Roberto Ruas | Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 10h13
    0
    0

    Esse ex- vassalo do Blairo poderia ao menos ter a dignidade de não negar , e assumir como um homem de fibra que fez ue outros já fizeram. E a imprensa tinha que investigar tambem essa denuncia da tal professora de musica que ele contratou ou comprou a vaga. Esses tribunais de faz de contas precisam urgente serem enquadrados nos concursos públicos. MP cade voces?????

  • marcos | Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 10h01
    0
    0

    senhores parlamentares em brasilia tem que modificar a lei de ingresso nos tribunais de contas, seja uma situação dessa certa ou não, fazer concursos ser conselheiro quem tem competencia....

REPERCUSSÃO

Loremberg avalia que Wilson e Mendes devem chegar ao interior

    O analista político Loremberg Alves avalia que nas pesquisas de intenção de votos no interior favorece muito mais o pré-candidato ao governo Silval Barbosa (PMDB) e lança uma advertência os outros dois concorrentes. Para ele, é preciso que o empresário Mauro Mendes (PSB) e o ex-prefeito de Cuiabá Wilson Santos (PSDB) se movimentem para para não ficar atrás do peemedebista. A análise é feita sobre as duas últimas pesquisas realizadas pelo instituto Mark em Tangará da Serra e Cáceres.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • marcos | Quarta-Feira, 26 de Maio de 2010, 20h06
    0
    0

    Na verdade a campanha comeca pra valer com o horario na TV E RADIO,neste momento os eleitores ainda nao estao pensando serio em politica,estao pensando na copa,por isso a coisa comeca a acontecer depois de julho .

INVESTIGAÇÃO

Ex-presidente do Detran afirma que denúncia não tem cabimento


Ex-presidente do Detran Moisés Sachetti diz que Edvaldo, que atuou no órgão, não tem credibilidade e nega esquema

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • GILBERTO | Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 21h44
    0
    0

    Ô Cesar Barros , me fala o que esse pessoal da butina fez além das dívidas de R$240.000.000 das máquinas superfaturadas ? O Fethab, a ferronorte, Ponte sergio Mota , atualização dos salários, negociação das dívidas, usina do manso, parque mãe bonifácio , hospitais regionais e os bons incetivos fiscais foi de quem ? DANTE, claro.

  • Cesar de Barros | Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 17h06
    0
    0

    Engraçado alguns depoimentos. Estas pessoas tem memória curta mesmo. O que era este estado é o que é hoje. O governo de Blairo Maggi revolucionou este estado em menos d eoito ano e o SIlval vai dar continuidade a este avanço e nas mudanças que estão ocorrendo e só cego que não vê. É claro que teve falhas, erros, mas tivemos muito mais acertos. Temos que ser justo com este governo que fez muito, ou a turma do PSBD fez mais? Mato Grosos vive um ótimo momento e para que continue assim, precisamos eleger o SIlvar e isso vai acontecer, as pesqeuisa estão ai e não mentirosas, aceitem ou não algumas pessoas.

  • João Moessa | Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 13h58
    0
    0

    Sr. Arthur Desde quando falar a verdade é loucura. Pelo seu comentário é possível tirar três deduções primeira o Senhor não me conhece nenhum pouquinho, segunda o Senhor não conhece nada do DETRAN/MT e terceira pior acho que não conhece nada do serviço público. Com relação aos valores de diárias de estão nas prestações de contas no TCE é só conferir, de 2002 a 2006 está em uma denúncia que apresentei ao MPE em 2007 é só consultar também. Com relação a prisão do diretor que citei se o Senhor não for marciano deve conhecer, este processo tenho cópia, não o todo mas boa parte se quiser ver está à disposição. O Senhor pode não concordar com minhas ações tem todo direito, no entanto ainda que o Senhor e outras pessoas me julguem como louco PROCURO RETRIBUIR CADA CENTAVO QUE A POPULAÇÃO ME PAGA mostrando os desmandos e as falcatruas que tomo conhecimento, ainda que os resultados sejam pífios face à nossa legislação e das autoridades com poderes de apurar e punir aqueles praticam atos contra os interesses da população. Sempre digo que temos as autoridades e os serviços públicos que merecemos, me parece que o Senhor está satisfeito com este estado de coisa, pode ter a certesa que eu não estou, faço a minha parte sem se preocupar com o que os outros fazem ou deixam de fazer e sem querer ofendê-lo sem preocupar com o julgamento que fazem das minhas ações.

CAOS

Com atendimento tumultuado, reforma será inaugurada na 2ª

   A reforma do Hospital e Pronto-Socorro de Cuiabá, denominada pelo ex-prefeito Wilson Santos (PSDB) como a maior já realizada na história, deve ser inaugurada na segunda (31), mas sem a garantia de melhoria considerável no atendimento à população. Em entrevista à imprensa nesta quarta (26), convocada para falar sobre o relatório divulgado no Conselho Regional de Medicina do Estado e que trata das condições precárias da unidade de saúde, o secretário-adjunto de Assistência e ex-diretor do Pronto-Socorro, Euze Carvalho, explicou que as reclamações da entidade são antigas. Segundo Euze, os problemas evidenciados pelo CRM vão ser resolvidos gradativamente. "Na saúde é difícil contarmos com um cronograma, mas são problemas que pretendemos resolver tão logo inauguremos a parte superior da unidade".

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Carlos Gouvea | Quinta-Feira, 27 de Maio de 2010, 12h22
    0
    0

    Caro Antonio Carlos Cuiabano, a coisa não é bem assim...Durante mais de dois anos o Ex-Prefeito Wilson Santos esteve no Ministério da Saúde tentando liberar os recursos federais do Programa Qualisus para a reforma do Pronto Socorro de Cuiabá. Um recurso bastante razoavel que daria para fazer uma reforma que mudaria a situação da saúde em Cuiabá. O recurso estava empenhado, pronto para a liberação. Acontece que: o terreno onde está edificado o Pronto Socorro Municipal foi desapropriado pelo governo do estado, não pela prefeitura. O governo do estado até hoje não pagou o valor da desapropriação aos legítimos proprietários. Deu calote, a ação está no Supremo Tribunal Federal. O Procurador-Chefe do Ministério da Saúde vetou a liberação dos recursos pois o terreno não estava matriculado no nome da prefeitura de Cuiabá, como preceitua IN 001/93. Portanto a culpa da situação da saúde em Cuiabá é do governo do estado, sim! O governo do estado desapropiou e não pagou, o governo federal disponibilizou o recurso para a reforma, o prefeito tentou desesperadamente liberar o recurso e não conseguiu, pois o governo do estado não havia pago o terreno. De quem é a culpa? Graças a Deus e a Wilson Santos o Pronto Socorro será reinaugurado, se dependesse do governo do estado...Meu irmão Antonio Carlos, se você é realmente Cuiabano, abra os olhos, reflita sobre o que relatei e faça o seu juízo. Pelo andar da carruagem, o apelido Pinóquio passa longe do príncipe, mas se encaixa como uma luva no rei.

  • Antoniuo Carlos Cuiabano | Quarta-Feira, 26 de Maio de 2010, 19h46
    0
    0

    Meu Deus!!!! esse Pronto socorro de Cuiabá já foi inalgurado duas veses pelo Wilson Pinoquio.... Que pouca vergonha... ainda quer ser governador!!! dá licença pinoquio.

Judiciário

Magistrado nega culpa e diz que grampo é conversa de advogado

    O desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha nega ter qualquer participação em esquemas de venda de sentenças no Tribunal de Justiça. Ele foi citado em interceptações telefônicas feitas pela Polícia Federal e teria ligação com Ivone Reis Siqueira, presa durante a Operação Asafe, e acusada de intermediar venda de decisões junto a juízes e desembargadores. "Eu fui citado, mas e daí? Onde está o crime nisso? Essa gravação não passa de conversa de advogados", reagiu o magistrado.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • josé antonio caetano cabral | Quarta-Feira, 26 de Maio de 2010, 21h46
    0
    0

    tulio fontes é cabo eleitoral de ws. porque não é de antero

  • Carlos Cesar | Quarta-Feira, 26 de Maio de 2010, 18h49
    0
    0

    É Dr. Carlos Alberto, agora não conhece ninguém né?. Pois bem Doutor V.Exa, mais que ninguém deveria saber que o crime não compensa. Os senhores desembargadores, achavam que eram intocáveis e que tudo de errado que fazem, somente Deus os castigariam né?. Pois bem nome desembargador, prfepare-se para receber seu salário em casa, poque dessa, vc não escapará, a casa caiu mesmo.

  • Orlandir Cavalcante | Quarta-Feira, 26 de Maio de 2010, 18h39
    0
    0

    A República está em crise. O modelo republicano só salvará em terras brasileiras se o pilar chamado Democracia continuar a balizar as relações da nossa sociedade. Assisti agora pouco no Youtube o Pedro Henry, sim ele mesmo!!!!! o Pedro Henry!!!! indignado com a posição da Justiça e do MP Federal!!!! Onde chegamos? As elites politicas e economicas estão se sentindo ameaçadas!!!! isso é otimo!!! mas ao mesmo tempo perigoso.... Neste momento de acirramento dos animos, só nos resta torcer para que o POVO esteja realmente com as rédeas do poder politico neste pais... por isso as eleições presidenciais deste ano é um momento crucial... vamos pensar bem em quem votar.....