Blog do Romilson Cuiabá, 22 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

PALÁCIO ALENCASTRO

Ussiel nega ter sido pressionado

   O ex-procurador-geral da Prefeitura de Cuiabá, advogado Ussiel Tavares, rebate a afirmação da procuradora Maria Inês Batista - veja aqui, e ressalta que não há qualquer divergência entre os nove procuradores da Capital que assumiram o cargo em 2009 e os profissionais que já atuam há mais tempo. 

   Conforme Ussiel, a sindicância aberta por ele em 27 de março para averiguar questões pertinentes aos benefícios concedidos aos procuradores com altos salários, não teve qualquer intervenção dos novos procuradores. “ Não sofri qualquer pressão por parte dos novos servidores, que aliás são ótimos profissionais”, afirmou.

   Ussiel argumenta que o objetivo da sindicância, além de apurar os fatos, é também de equiparar os salários dos profissionais da Procuradoria. “Há uma grande diferença entre os rendimentos dos novos procuradores, que recebem cerca de R$ 3,6 mil, e dos antigos, que recebem cerca de R$ 17 mil. Devido a esta desvalorização salarial, a prefeitura corre o risco de perder estes novos profissionais, que trabalham 8 horas por dia e são muito bem preparados, para outros concursos que ofereçam uma melhor gratificação salarial” exaltou.

   O ex-procurador-geral, que deixou a prefeitura em 30 de março, avalia que a investigação movida pelo Ministério Público Estadual (MPE) contra 16 procuradores do município, está sendo realizada de forma saudável.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Joaquim | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 18h30
    0
    0

    Senhores Leitores, è profundamente lamentavel toda esta celeuma.Estão todos errados. O MP engana-se, uma vez que arrolou como Réus, pessoas que há anos ja deixaram os quadros da Procuradoria Municipal. O Dr. Ussiel equivoca-se ao desconsiderar os Procuradores que trabalham há anos no Municipio de Cbá e ao pretender que os novos recebem da mesma forma que os antigos, porquanto estes submeteram-se a concurso público diverso daquele realizado pelos antigos Procuradores. Os Procuradores tbem erraram, ao ficar durante anos á espera da Sentença proferida nessa Ação. Se tivessem sido mais diligentes, hoje não estariam sofrendo estas humilhações, pois os valores seriam bem menores, que os dos dias atuais. Os outros servidores municipais e contribuintes ficam presenciando essa guerra, essencialmente de EGOS e picuinhas, qdo mereciam apreciar discussões sobre direitos e deveres de todos os envolvidos. Esse é o resultado da admininstração TUCANA. Viva o PSDB!!!!

  • roque | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 12h42
    0
    0

    A questão neste imbroglio está totalmente estranha. De um lado fala-se que os Procuradores ganham rios de dinheiro, na casa dos trinta paus. O outro lado fala que muito pelo contrário, os salários pagos sao normais, apenas um Procurador tem o salário pago nas alturas. Esta questão é facil sde ser resolvida, quem alega prova. Entao que se mostre os holerites milionários dos Procuradores Municipais e fim de questão. De mais a mais, esta politica de arrasar com os servidores é bem tipica do partido que deteve até bem pouco tempo o Poder Municipal, total desrespeito ao direito adquirido, total desrespeito a pessoa humana, total desrespeito a honra das pessoas, aliado a um completo desconhecimento da máquina pública.........

SANECAP

Galindo autoriza e inadimplentes agora podem parcelar dívidas

   Depois de reunião realizada na Companhia de Saneamento da Capital (Sanecap) no último dia 16, quando anunciou a meta de instalar hidrômetros em todas as casas do município até 2012, o prefeito de Cuiabá, Chico Galindo, assinou um decreto que permite aos inadimplentes o parcelamento da dívida em até 60 vezes.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • João | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 11h08
    0
    0

    Outra vez os que pagam conta em dia são penalizados e os inadimplentes premiados. Será que vale a pena pagar as contas em dia?

  • eu mesmo | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 10h39
    0
    0

    PARABENS PREFEITO NOBRE ATITUDE AJUDANDO AQUELES QUE TEM POUCA CONDIÇÃO

  • Robson Martins Pereira | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 09h51
    0
    0

    Uma decisão acertada essa do prefeito de assinar decreto que permite o parcelamento de débitos na Sanecap. Qualquer um consegue pagar uma dívida, mesmo que alta, parceladamente. Eu, por exemplo, acho bem melhor pagar parcelado do que ficar sem o fornecimento do precioso líquido.

PALÁCIO ALENCASTRO

Procuradores reagem à denúncia e negam receber supersalários

   A procuradora de Cuiabá Maria Inês Batista rebate a informação da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, que alega que a prefeitura estaria pagando aos procuradores da Capital a gratificação por produtividade no valor de R$ 7,7 mil. “Nunca recebemos este valor por produtividade e não temos supersalários, o que recebemos está previsto em lei e nosso salário com o adicional por tempo de serviço gira entre R$ 4 mil e R$ 10 mil”, ressaltou a procuradora.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Anita | Terça-Feira, 08 de Junho de 2010, 15h24
    0
    0

    Gente que absurdo Drª Maria Ignez é uma excelente profissional,eu a conheço, ja trabalhei na PGM e garanto que ela não faz pressão em ninguem, o povo é que fala demais. O que acho interessante é que pelo menos "eles" entraram na justiça para requerem beneficios... não estão "roubando" ninguem. Pensem nisso! Como diz o ditado falam mal, mais falam de mim porque existo.

  • Marcinha | Terça-Feira, 08 de Junho de 2010, 12h06
    0
    0

    Prefeitura de Cuiabá paga supersalários a procuradores, AGORA empobrecida tiram nosso salário? Se vira Prefeito nós precisamos receber nosso salaro, divida de prefeitura é problemas seus. Nós precisamos nos alimentar né? Agora os pobres é quew sofrem É SEMPRE ASSIM A CORDA ARREBENTA DO LADO FRACO os assalariados. SOS justiça

  • Arcanjo | Quinta-Feira, 13 de Maio de 2010, 21h58
    0
    0

    É triste você ver "profissionais" que deveriam estar protegendo o municipio, fazer isso. São pessoas que NÃO tem as mínimas condições de trabalhar como Procurador Municipal. Não sabem escrever, perdem prazo, fazem fofoca, Não trabalham memso, e ainda por cima ficam dando pressão para os novos Procuradores não capricharem na defesa do municipio, para os velhos poderem ganhar salarios astronomicos, eu sei por que trabalhei lá e vi isso acontecer muito. Essa Maria inês é uma que fazia essa pressão. Aí me vem na mídia dar uma de santinha. O que aconteceu até que demorou. eu queria ver o MPE levantar a ficha desses procuradores para descobrir que a maioria era advgado de secretarias e viraram procurador sem concurso. Não fizeram corpo mole no processo em beneficio próprio??? agora guenta...

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Henry "pulveriza" o apoio e dificulta eleição de representante de Cáceres

Henry "pulveriza" apoio e dificulta eleição de representante de Cáceres

 Fernando Ordakowski

Deputado Pedro Henry, pela reeleição, impõe regras que dificultam eleição na AL de representante de Cáceres

Postar um novo comentário

Comentários (45)

  • CURINGA NA MANGA | Sexta-Feira, 14 de Maio de 2010, 21h26
    0
    0

    Meu voto é para o Marcinho Lacerda. Ele é o meu Dep. Estadual.

  • João do Junco | Sexta-Feira, 14 de Maio de 2010, 09h22
    0
    0

    João do Junco, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Vantuir de Oliveira Lima | Quinta-Feira, 13 de Maio de 2010, 22h11
    0
    0

    Cáceres é complicado mesmo. É terra de "João Ninguém". Todos vem aqui e fazem o que querem. Os presidentes de bairros $$$ó negociam. O deputado Português (PP) mantém várias lideranças. O deputado Azambuja (PP) também. O Ezequiel (PP) não ficou atrás e já tem lideranças contratados. Porque Pedro Henry "abriu" Cáceres para esses três da região se ele mesmo pretende ter ainda o Leomar Motta (PP) que é do mesmo partido?. A resposta está nesta matéria do Romilson. Parabens RDNews. Diante disso, o nordestino do Leomar não tem a mínima chance de eleger. É somente para atrapalhar outro que tem chances reais.

Descontração

Biquini Cavadão levanta plateia com Quando Eu Te Encontrar

   Formada na década de 1980, a banda de rock brasileira Biquini Cavadão conquistou um público fiel, que sempre acompanha as apresentações. Os integrantes do grupo são Bruno Gouveia, vocalista oficial, Carlos Coelho na guitara, Miguel Flores no teclado e Álvaro "Birita" Lopes comandando a bateria. Inicialmente, o grupo iria apenas se apresentar em um festival de música do Colégio São Vicente de Paulo, onde a maioria dos integrantes estudava. Mas a apresentação fez tanto sucesso, que eles decidiram levar o trabalho à sério.

Postar um novo comentário

CONCURSO

Com prazo quase esgotado, Estado vai chamar aprovados

   A pouco mais de um mês para o fim do prazo previsto na legislação para que os candidatos que passaram no concurso público do Estado sejam convocados, a Unemat ainda não providenciou a correção das provas. Conforme informações da secretaria estadual de Administração, o prazo para a posse dos aprovados termina em 2 de julho. Com prazo apertado para a divulgação dos selecionados, as instituições responsávéis correm contra o tempo, para conseguir cumprir o prazo.

   A SAD alega que a demora da divulgação dos aprovados se deve aos processos de correção das provas e e avaliação dos candidatos, que são realizados pela Unemat. Conforme o reitor, Taisir Mahmudo Karim, a lista dos selecionados da primeira fase do concurso deve ser divuilgada na próxima semana. Logo em seguida serão publicadas as listas dos selecionados da segunda e terceirta fase. O reitor alega que as provas dissertativas ainda estão sendo corrigidas, mas garante que irão cumprir os prasos previstos. "São 15 mil provas com questões dissertativas, o que exige muita atenção e cuidado dos profissionais que fazem a correção", pontuou.

Postar um novo comentário

Comentários (21)

  • LElele | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 19h18
    0
    0

    Tão estranho o MP ficar quieto durante todo o desenrolar do concurso público, com tantos indícios de fraudes, questões mal formuladas, provas semelhantes elaboradas para cargos diferentes, gabaritos então.... Cadê o MP? FISCAL DA LEI? É no Brasil infelizmente o lado político sempre fala mais alto... As pessoas de bem, sérias, vão ficando para trás.. Vencer neste país com honestidade é complicado.

  • Rodrigo | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 12h38
    0
    0

    A titulo de explicação para quem não sabe o que gera cassasão de mandato não é comtas de campanha reprovadas e sim captção ilicita de recursos financeiros para campanha (caixa 2), e essa situação não é exclusiva de General carneiro, temos Caceres, Diamantino, Poconé, Ribeirão Cascalheira, outros municipios que tiveram seus prefeitos eleitos cassados... falar sem ter conhecimento dos processo e conhecimento juridico é muito fácil pois quem não tem conhecimento imagina uma coisa e sai falando..........

  • SIMONE | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 07h49
    0
    0

    Esta comprovado com muitos erros,está na hora de fazer uma troca dentro da unemat,senhores governantes observão isso dentro dessa unemat só tem demagogo,troca esse povo ai coloca gente com respeito ao ser humano,não sei como vcs não enchergão isso,melhor ditado pior cego aquele que não quer ver.