Blog do Romilson Cuiabá, 26 de Setembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

CHAPADA DOS GUIMARÃES

Dani Carlos abre Festival de Inverno com show gratuito

   A cantora Danni Carlos abre o Festival de Inverno 2010 de Chapada dos Guimarães no próximo sábado (15). O show será gratuito e inicia às 22 horas, na praça central. Fã de Raul Seixas, Danni Carlos começou a compor aos 16 anos, gravou seu primeiro CD em 2003 e acumula 250 músicas de sua autoria. Em 2007 lança seu primeiro disco autoral, produzido por Marcelo Sussekind, com 11 canções próprias.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • fernanda | Sexta-Feira, 14 de Maio de 2010, 17h02
    0
    0

    Gramatica sofrível da Sra. Padilha...

  • Eliane Padilha | Quinta-Feira, 13 de Maio de 2010, 19h58
    0
    0

    EH! DA-LHE D A L T I N H O!!!! O CAMINHO PARA O CRESCIMENTO É POR AI MESMO, QUANDO O MUNICÍPIO TEM UMA RENDA PERCAPTA PEQUENA, ESPLORA-SE O QUE PODE DE UMA CIDADE HISTÓRICA, TURÍSTICA E COM UM CLIMA DE DAR INVEJA A QUALQUER SULISTA, COMO A NOSSA CHAPADA DOS GUIMARAES.....

RUMO ÀS URNAS

Osvaldo vai a federal e exige esposa na 1ª suplência de Antero ao Senado

Osvaldo vai a federal e exige esposa na suplência de Antero ao Senado

 Fernando Ordakowski

Osvaldo Sobrinho, o "rei das aposentadorias", cobra prioridade a seu projeto e quer a mulher em chapa majoritária

Postar um novo comentário

Comentários (26)

  • João Nascimento Brito | Sexta-Feira, 14 de Maio de 2010, 08h28
    0
    0

    João Nascimento Brito, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Lucky Marlon | Sexta-Feira, 14 de Maio de 2010, 07h59
    0
    0

    Olha é vergonhoso a ver tamanha ambição pelo poder. Além de querer se achar a última bolacha do pacote agora quer indicar a esposa a 1ª suplência. Eta nós Matogrossenses precisamos acordar pois sempre os mesmos coronéis é que querem o poder, e ainda acham tão fácil que fazem indicações absursas. ACORDA MEU AMIGO. NOVAS LIDERANÇAS DO ESTADO VAMOS FAZER AS VEZES DA CASA E APARECER SENÃO FICAREMOS DE BARÇOS CRUZADOS TODA VIDA SENDO LIDERADOS E NADA DE LIDERAR.

  • jeferson luis m. santos | Sexta-Feira, 14 de Maio de 2010, 07h52
    0
    0

    Osvaldo Sobrinho vai criar vergonha na cara e ficar na sua, pois ta pensando que a suplencia de senador é algum cargo de sua empresa para ditar as regras, voce vai ver o resultado nas urnas, voces vão desaparecer para sempre na politica, espere no dia 03 de outubro o resultado das urnas.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Daltinho cobra relatório das investigações de sobrepreço

Adalto de Freitas, o Daltinho   Os deputados aprovaram nesta quarta (12) o requerimento apresentado pelo deputado Adalto de Freitas (PMDB), o Daltinho, que cobra o relatório da apuração realizada pela Auditoria Geral do Estado sobre o escândalo do superfaturamento na compra dos equipamentos do “Programa MT 100% Equipado”.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Sandro | Quinta-Feira, 13 de Maio de 2010, 22h36
    0
    0

    Tem gente que gostaria que ocorressem prisões para empatar com o escandalo do psdb quando um monte foi parar no xilindró.... Silval governador

  • silvio bonfim | Quinta-Feira, 13 de Maio de 2010, 13h21
    0
    0

    Correta a atitude do deputado ,esse é o verdadeiro papel do parlamentar legislar e fiscalizar as ações de governo.deveria tbém ter acompanhado isso do inicio ao fim ,mais tá valendo.

  • Fabio Miranda Junior | Quinta-Feira, 13 de Maio de 2010, 08h04
    0
    0

    Engraçado, no caso pacenas quando descobriram, as empresas não tinha nem recebido toda a grana, e já sairam prendendo os emprésarios e os responsáveis pela licitação, agora dos máquinarios já tinham até pago, e avista, mas ninguém foi e nem será preso, seria a força $$ do Blá Blá Blairo...Queria que explicassem, qual é a diferença entre um e outro nos dois casos não são dinheiro público?

CUIABÁ

Biss Filmes e Coisas promete revolucionar mercado regional

Equipe que integra a Biss Filmes e Coisas   Prometendo trazer ideias inéditas e um novo conceito de produção audiovisual para o Estado, será inaugurada nesta quarta (12) a produtora Biss Filmes e Coisas. Idealizada por Marcelo Biss e Bárbara Varela, diretor e produtora executiva, respectivamente, a Biss tem pela frente o desafio de provar à sociedade e ao mercado mato-grossense que é possível se ter uma uma empresa que crie, execute e atue em todo o processo de produção. Para isso, eles contam com uma grande estrutura no bairro Ribeirão do Lipa, em cuiabá.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • artur angelo | Quinta-Feira, 13 de Maio de 2010, 13h06
    0
    0

    Não adianta os caras botarem produtora se nao existem políticas decentes para o setor audiovisual. Produzo vídeos há 17 anos do próprio bolso, e nunca fui pleiteado - nem mesmo gente tarimbada com tantos anos de carreira como eu - em leis de incentivo. Não adianta fazer filmes se nao tem onde exibir e, mesmo que se exiba, cobram valores exorbitantes para tal. Nao adianta produzir se nao tem vitrines, como foi o fim do Tudo Sobre Mulheres e o Guará, só sobrando o Festival de Cuiabá. Em suma, o próximo governo ou cria de fato e direito um mercado regulador audiovisual ou a solução é o aeroporto(ou rodoviária,dependendo do seu bolso).

  • Daniel | Quinta-Feira, 13 de Maio de 2010, 11h03
    0
    0

    Concordo plenamente com a Andressa. Quanta arrogância e pretensão. Tem muita gente que luta pelo audiovisual Matogrossense desde os primórdios. Temos muita produção de qualidade, com poucos recursos e muita raça! Essa trupe começa com o pé esquerdo, desrespeitando Tangará, Bini, Glorinha, Bertoli, etc... Revolução se faz com obras e produções, não com merchandising barato!

  • Edú | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 22h28
    0
    0

    Parabéns e Boa Sorte! Tomara que essa equipe ultrapasse todas as fronteiras inimagináveis e faça de Cuiabá um forte candidato a ser o melhor. Mesmo!

CONCURSO

Unemat declara que vai pagar colaboradores a partir do dia 20

Campus da Unemat em Tangará da Serra   A Unemat informa que está próximo o fim da espera de aproximadamente 3,5 mil pessoas que aguardam o pagamento pelos serviços prestados como colaboradores na realização da primeira e segunda etapa do concurso público do Estado. Nesta quarta (12), a assessoria da instituição de ensino revelou que o pagamento será efetuado a partir do dia 20.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • juca | Sexta-Feira, 14 de Maio de 2010, 10h07
    0
    0

    cadê o Cel. MAIA responsável pelo comando do Concurso? o MP? que também ficaram responsáveis para acompanhar de pertinho o seu desenrolar. SÓ ESPERAMOS QUE ESSE ATRASO NA DIVULGAÇÃO DO RESULTADO SEM JUSTIFICATIVA VENHA SERVIR DE DESCULPA DE FALTA DE TEMPO PARA CONTRATAÇÃO DOS APROVADOS AINDA ESTE ANO. Viu seo MAIA.

  • Mário | Quinta-Feira, 13 de Maio de 2010, 13h38
    0
    0

    Todos estamos estranhando tamanha inércia e ineficiência do MP neste caso do concurso fraudado pela Unemat, bem como no superfaturamento de R$ 36 milhões das máquinas do Governo. O órgão que já foi sinônimo de moralidade esta decepcionando a população matogrossense.

  • Diva Rodrigues | Quarta-Feira, 12 de Maio de 2010, 21h12
    0
    0

    O Alexandre está certo. E o pior de tudo, e que passa desapercebido pela população, são as provas de múltipla escolha com respostas absurdamente subjetivas (só dependem da opinião do sujeito que elaborou a questão), muitas vezes contrárias a correntes consagradas. O que pode significar isso? O que será que se pretende com questões assim? Quem eles querem aprovar, afinal?

RESGATE HISTÓRICO

Garcia Neto discursa em último ano como governador biônico


José Garcia Neto, que faleceu em novembro do ano passado, aos 87 anos, foi o político da transição. Justamente na época em que foi governador, Mato Grosso passou pelo processo de divisão territorial, com surgimento do vizinho Mato Grosso do Sul. Exerceu mandato de prefeito de Cuiabá pela velha UDN (1954) e foi professor da antiga Escola Técnica da Capital. Então filiado à Arena, Garcia exerceu mandato de deputado federal por duas vezes (1966 e 1970). Na imagem acima, registrada em maio de 1978, Garcia Neto (ao centro) discursa, no último ano de seu mandato como governador, numa solenidade para posse do novo secretário de Planejamento de sua gestão. Ele chegou ao comando do Estado sob indicação do presidente da época Ernesto Geisel. Mais tarde, Garcia Neto tenta, por duas vezes, o cargo de senador, mas ficou como suplente nas eleições de 1978 e foi derrotado nas urnas em 1982 por Roberto Campos (PDS), quando pertencia ao PMDB. Na foto, da esquerda para a direita, aparecem também o então chefe da Casa Civil, Archimedes Pereira Lima, o secretário de Planejamento que deixou a pasta para se candidatar ao Senado, Bento Porto, e o chefe do Cerimonial, Jaime de Abreu (ao fundo). Atrás do repórter, está Frederico Campos que, na época, era secretário de Viação e Obras Públicas.
Foto: Acervo Pessoal/Bento Porto

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • gloria amledia | Quinta-Feira, 13 de Maio de 2010, 12h41
    1
    0

    o reporter em questao é o saudoso mauricio oliveira

  • bento Porto | Quinta-Feira, 13 de Maio de 2010, 08h43
    1
    0

    Fui Secretário de Planejamento de Garcia Neto e não procede o comentário acima de que ele foi escolhido por aceitar a divisão. Em 1975 quando a nossa equipe foi elaborar o plano de governo, corria o boato da divisão. Ponderei ao governador que ele deveria consultar ao presidente Giesel. Se o presidente tinha a intenção de dividir o Estado o plano deveria ser elaborado no sentido de prepara-lo para tal, se não teríamos que desconsiderar esta hipótese. Estive na ante-sala do palácio do planalto quando o governador abordou o Presidente e este respondeu:"Garcia não cogito da divisão do Estado de Mato Grosso neste momento. Se for dividi-lo voce será o primeiro a ser informado. Faça o seu plano de governo normalmente."Garcia Neto foi um dos maiores estadistas de Mato Grosso. Não negociaria isto nos termos colocados pelo comentarista para ser governador e nem o Presidente Giesel o escolheria por este critério.

  • josias atdeu falcão cintra | Quinta-Feira, 13 de Maio de 2010, 08h29
    1
    0

    governo que preparou o Estado de Mato Grosso para o futuro, com obras de grandes transformações, homem público de muita visão e montou uma equipe de secretários preparados e determinados o que tinha de melhor, naquela época o governador Garcia Neto percorreo o estado todo de norte a sul e tinha apresença do Gaverno.por isso criou a frase "MATO GROSSO ESTADO SOLUÇÃO", parabéns a todos os secretários do Gaverno que trabalharam e deram contribuições importantes e em especial ao grande secretário Bento Porto pessoa que conheco o seu trabalho e jamais esquecerei.abraço a todos.