Blog do Romilson Cuiabá, 30 de Outubro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RUMO ÀS URNAS

Com 154 votos, PT fecha com Silval; Serys esvazia o encontro

23/05/2010, 16h:46 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

  Depois de muita discussão e troca de acusações, o PT aprovou neste domingo apoio à candidatura do governador peemedebista Silval Barbosa, que busca à reeleição. Assim venceu a tese defendida pela Corrente Unidade na Luta. Compareceram ao encontro estadual para definição de candidaturas 244 delegados. Foram 154 votos pela coligação pró-Silval, composta pelo PMDB, PR, PC do B e PRB e agora pelo PT. Votaram pela aliança à candidatura do empresário Mauro Mendes (PSB) 85 delegados. Outros cinco petistas preferiram se abster de votar. O encontro foi realizado no Senai (antiga Fiemtec), no Porto. Terminou por volta de 15h, com presenças de cerca de 300 militantes. 

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Milton | Sábado, 07 de Julho de 2012, 10h23
    0
    0

    Milton, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Milton | Sábado, 07 de Julho de 2012, 10h22
    0
    0

    Milton, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Kello | Segunda-Feira, 24 de Maio de 2010, 10h02
    0
    0

    é por isso que sou PT, mesmo que sou minoria , voto vencido em minhas idéias, mas tenho o direito de expôr a minha opinão dentro do Partido, jamais aceitaria um Partido que os militantes não tem voz e nem vez, jamais aceitaria ser alienado a alguém, refém de suas idéias, por isso sou PT, o PT é muito maior do que os seus filiados, somos a diferença na luta pela justiça e igualdade social neste país, chamado BRASIL.

CONFRONTO

Sob clima tenso, encontro do PT é marcado por troca de acusações

23/05/2010, 13h:10 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

   O encontro estadual do PT para definição de candidaturas e do rumo para as eleições de outubro começou neste domingo sob clima tenso. Cerca de 400 militantes estão no auditório da Fimtec, no Porto, em Cuiabá. O congresso teve início às 10h30. Deve se estender até às 15h.

Postar um novo comentário

OPERAÇÃO JURUPARI

55 com os bens bloqueados; veja lista; Spinelli e filho têm R$ 85 mi

23/05/2010, 10h:38 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

  Cinquenta e cinco pessoas não só foram presas na operação Jurupari, como estão com os bens indisponíveis e sequestrados pela Justiça Federal. O valor do patrimônio dos acusados, calculado para ressarcir os prejuízos ambientais, assustou até mesmo o juiz Julier Sebastião da Silva, que decretou prisão de quase 100 e determinou busca e apreensão em mais de 90 lugares, a maioria em Mato Grosso. Os bens indisponíveis de Afrânio Migliari, ex-adjunto da secretaria estadual de Meio Ambiente e apontado como o principal cabeça do esquema da quadrilha, devem chegar a R$ 403,8 mihões. Quando ele estava na Sema, onde atuava como adjunto, recebia menos de R$ 10 mil mensais. São 55 com bens bloqueados.

Postar um novo comentário

Comentários (24)

  • Milton | Terça-Feira, 03 de Abril de 2012, 00h30
    1
    0

    Milton, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Fernando | Terça-Feira, 25 de Maio de 2010, 22h25
    0
    0

     o que torna o texto dúbio, causando confusão. Não é que as pessoas envolvidas na Operação Jurupari e com os seus bens indisponibilizados judicialmente tenham o patrimônio citado. O valor mencionado a cada um dos envolvidos refere-se ao passivo ambiental causado pelos seus atos, ou seja, é o valor do somatório do prejuízo ambiental que cada qual aprovou ou foi responsável. De qualquer forma, melhor que sejam responsabilizados, se condenados, e que tenham mesmo que devolver aos cofres públicos os danos causados. Mais vergonhoso seria como no caso dos Doutos Desembargadores Estaduais condenados a ganharem aposentadoria compulsória como pena máxima unânime do Supremo. E pensar que tem gente humilde e trabalhadora tentando se aposentar faz tempo, prá receber salário mínimo, sem conseguir.

  • Paulo | Terça-Feira, 25 de Maio de 2010, 15h05
    0
    0

    Prezado Marcos Vinicius, QUEM DISSE QUE ELES POSSUEM ESTE PATRIMÔNIO??? Isto é o prejuízo que causaram aos cofres públicos! Investigue vc!!!

COMUNICAÇÃO

Prisões e cerco a magistrados elevam quantidade de acessos

23/05/2010, 09h:09 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

   Numa ascensão gradativa, o portal e o blog registraram acessos recordes entre segunda (17) e esta sexta (21). Nos cinco dias foram 111.802 visitas por IP de computador ou 331.417 exibições de páginas. Conforme relatório do Google Analytics, os maiores acessos foram registrados na segunda, com 25.794 visitas e, nesta sexta, com 27.724.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Venceslau | Domingo, 23 de Maio de 2010, 22h12
    0
    0

    Devido a iminência das eleições a população está mais atenta aos fatos que se relacionam com os eventuais candidatos e a lisura das eleições, aliás a Justiça Eleitoral nunca foi alvo de tantas denúncias. Já pensou uma eleição comandada pelo atual dirigente do TRE. Quem perder vai cair  nesta Justiça, aí sim nem STF, STJ e CNJ vai saber o que fazer e falar para justificar o resultado geral do pleito eleitoral de Mato Grosso,

  • Vera | Domingo, 23 de Maio de 2010, 20h20
    0
    0

    Romilson, coloco vários apelidos, mas, meu e-mail é o mesmo e verdadeiro. Acreditamos nas suas divulgações, o povo quer gritar mas não tem pra quem. Me mostra quem dará a cara para apanhar contra os deputados estaduais, contra um ex governador, contra um secretario. Não temos OPÇÕES por isso seu BLOG é tão importante, tão valioso e tão visitado como os próprios números mostram, PARABENS.

  • arthur | Domingo, 23 de Maio de 2010, 18h47
    0
    0

    parabens RONILSON, sua imparcialidade garante sua liderança, como o melhor saite/blog sobre o mundo politico e principalmente de MATO GROSSO.

MEIO AMBIENTE

Deputados Savi, Eliene, Riva e Dilceu faziam forte pressão na Sema, diz PF

Deputados Savi, Eliene, Riva e Dilceu exerciam pressão na Sema, diz PF

23/05/2010, 07h:32 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

  Os deputados estaduais Mauro Savi (PR), Dilceu Dal Bosco (DEM) e José Riva (PP) e o federal Eliene Lima (PP) são acusados de agir com troca de favores e com forte influência na secretaria estadual de Meio Ambiente em defesa de madeireiros e fazendeiros para liberação de processo sobre manejo florestal e/ou licenças ambientais. O principal elo deles na pasta era o adjunto Afrânio Cesar Migliari, que está preso junto com outras 70 pessoas, incluindo empresários, engenheiros florestais, advogados, servidores públicos, o ex-secretário de Meio Ambiente Luís Daldegan, assessores diretos do governador Silval Barbosa, a coordenadora da Sala da Mulher da Assembleia Janete Riva e o conselheiro aposentado do TCE Ubiratan Spinelli.

Postar um novo comentário

Comentários (25)

  • Fernanda | Segunda-Feira, 04 de Outubro de 2010, 09h21
    0
    0

    acho rídiculo o site postar anúncios tão ofensivos sendo que não pode-se provar nada em tribunal em anos políticos fica claro a perseguição prega-se um desenvolvimento sustentável que não existe pois se existe os projetos de manejos é óbvio que pra desenvolver terá que ser aprovado !! ridículo mesmo estou indignada pois não podemos acusar sem provas ou melhor sem que podemos provar no tribunal. porque a divida exsterna do Brasil com certeza se vcs analisassem o valor a Amazônia jah não é nossa a muito tempo o que esper do Brasil JUSTIÇA PARA UM MUNDO NOVO o de desenvolver com sustentabilidade e para isso o bon senso da política e da sociedade com projetos de manejos bem elaborados e pra extração existir tem sim que ser aprovados.

  • Ricardo | Segunda-Feira, 24 de Maio de 2010, 08h14
    0
    0

    Ricardo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • MAURIÇÃO | Segunda-Feira, 24 de Maio de 2010, 08h08
    0
    0

    MAURIÇÃO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

MEIO AMBIENTE

Eu tinha pressa na resposta sobre LAU, alega deputado "grampeado"

22/05/2010, 20h:28 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

  Acusado de tráfico de influência junto à secretaria estadual de Meio Ambiente, o deputado federal Eliene Lima (PP), pré-candidato à reeleição, negou qualquer irregularidade e uso do cargo para conseguir liberação de licença ambiental para plantar eucalipto em sua fazenda, em Chapada dos Guimarães. Duas de suas ligações telefônicas para o então adjunto da Sema, Afrânio Cézar Migliari, que está preso, foram monitoradas pela Polícia Federal. Eliene é dono da fazenda Santa Rita e foi  flagrado fazendo pressão para conseguir autorização da atividade de reflorestamento numa região de proteção ambiental.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Olavio José Carvalho Pedrozo | Segunda-Feira, 24 de Maio de 2010, 10h10
    0
    0

    Bom dia, caros ... É uma pena que no Brasil só se lamententa em época de eleição! Pois, já se sabe que o ano só começa depois do carnanal, ou seja, essa é uma fala popular, agora dá pra se imaginar que em época de política a justiça começa a levantar muitas situações cabulosas. Porém, não é só no Brasil, que as pessoas agem como estão sendo citadas, logo, é deprimente como são levantadas a suspeitas. O certo é que muitos que hoje lutam pela justiça, um dia poderá como outros atropelar o processo, como a mídia tem mostrado. É importante ressaltar, que muitos lutam pelo bem comum, ainda que sejam incomum, mas aí do povo faminto se não fossem algumas pessoas que infelizmente cometem atos que os disvirtuam da verdade. Bondade e dignidade caminham juntas, entretanto, vem aí mais um ano político, porém, pergunte aos canditados que defenderam a justiça e que estão aí em busca de votos, como serão suas campanhas? Será que irão receber os votos pelo trabalho realizado em prol da sociedade? Quando terminar a eleição, será que vão ter o mesmo pensamento de hoje quanto ao voto popular? Sou brasileiro, acredito na justiça, lamento as mazelas de todas as camadas da sociedade, mas quando se fala em política não acredito na maioria dos eleitores que votam no quanto pior melhor, ou seja, muitos dizem: Só voto pra quem me pagar X, logo, não culpo somente os políticos pela prevaricação e sim todos aqueles que não zelam pela justiça e depois ficam criticando os outros. Todo cidadão deve ter consciência ética, buscando sempre zelar pelo bem comum. Sabemos que se não fosse tanto dinheiro jogado pelo ralo nosso país seria exemplo em educação, saúde, moradia, assim como em todas as áreas sociais. Portanto, isso tudo é possível, basta cada um ter dignidade.

  • MOSSUETO | Domingo, 23 de Maio de 2010, 16h49
    0
    0

    Engraçado, o cidadão comum, que não tem um mandato de deputado, pode ficar indefinidamente esperando um; dois, tres anos aguaarando a boa vontade da SEMA em liberar a LAU, mas o engraçadinho não, ao inves de procurar o que emperra essa ação e buscar solução para todos, legisla em causa propria, livrando o meu, os tontos que pagam a farra desses pseudos representantes, que se lixem. O eleitor matogrossense tem que banir esses oportunistas da politica matogrossense, nas proximas eleições, o povo tem que tomar consciencia da força que tem e usa-la de forma consciente.

  • Matuto | Domingo, 23 de Maio de 2010, 11h03
    0
    0

    Sr eliene (com minúscula mesmo), em primeiro lugar: Qual a origem do dinheiro para comprar a fazenda? Segundo: Ou o senhor acha que todo munto é burro que não entende nada? Explorar econônicamente, não significa plantar eucalipto, existe enes maneiras de se explorar uma área sem afeta-la. A proibição do plantio de eucalipto se deve ao fato desta espécie ser oriunda de outro bioma (austrália), podendo por em risco a natureza do bioma da sua fazenda comprada com dinheiro não sei da onde... Lá no Carumbé as celas estão cheias de inocentes, pergunte ao Anildo Lima Barros. Julier manda esse também pra lá!