Blog do Romilson Cuiabá, 30 de Outubro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

COMUNICAÇÃO

IstoÉ relata como Lula se tornou “o cara”

22/05/2010, 08h:40 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

   A revista semanal IstoÉ, que chega às bancas mato-grossenses a partir deste domingo (23), destaca a jogada global do presidente Lula, que o transformou em “o cara” e o fez entrar  em conflito com os EUA ao mediar crise com o Irã. A edição relata a trajetória do presidente brasileiro desde 2009 quando em sessão de fotos descontraída dos presidentes do G-20, o fórum que reúne as 20 maiores economias do planeta, o presidente americano, Barack Obama, abraçou Lula e falou em alto e bom som sobre sua admiração. “Este é o cara.” Pouco mais de um ano depois, Obama viu o presidente brasileiro aparecer realmente como “o cara”, no xadrez das negociações internacionais até então reservadas às grandes potências.

   Depois de quase sete meses de impasse entre o time capitaneado pelos Estados Unidos e o grupo comandado por Mahmoud Ahmadinejad, do Irã, Lula fez a sua mais ousada jogada internacional. Com o apoio da Turquia, desembarcou no Golfo Pérsico para uma inusitada sessão de esforço diplomático.

   A atuação do brasileiro e de seu colega turco, o primeiro-ministro Recep Erdogan, provocou ceticismo e uma ponta de inveja no Ocidente. Afinal, esse protagonismo era tradicionalmente coisa o presidente dos EUA.

   Conforme IstoÉ, esta é a primeira vez que um país emergente intervém de maneira direta em um conflito tão explosivo. Segundo o cientista político Aldo Fornazieri, da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, o Brasil já vinha se projetando como ator mundial relevante, mas jamais tinha participado de forma tão contundente.

Postar um novo comentário

Comentários (19)

  • milton da cruz queiroga | Terça-Feira, 08 de Janeiro de 2013, 20h54
    0
    0

    milton da cruz queiroga, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • milton | Quarta-Feira, 27 de Junho de 2012, 21h58
    0
    0

    milton, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Milton | Quinta-Feira, 21 de Junho de 2012, 05h24
    0
    0

    Milton, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

PALÁCIO PAIAGUÁS

Escândalos desgastam gestão Silval

22/05/2010, 08h:00 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

 Fernando Ordakowski

Ex-governador Blairo Maggi entregou primeiro troféu a Silval Barbosa, que agora começa a receber as "bombas"

Postar um novo comentário

Comentários (30)

  • Carlos | Quarta-Feira, 23 de Junho de 2010, 17h04
    0
    0

    Parabens Governador, de manter o Eder de Moraes no seu secretariado.....esse é sim um homem Humilde e trabalhador....na verdade existem muitos invejosos.......parabens Eder

  • PEDRO RODRIGUES | Domingo, 23 de Maio de 2010, 08h09
    0
    0

    PIOR QUE DEIXAR BOMBAS, É DEIXAR ESTE ESTADO NÚ! I BILHÃO DE REAIS PRÁ QUEM DESCOBRIR. QUAIS AS POLÍTICAS PÚBLICAS DO GOV. MAGGI PARA A EDUCAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA;PASSARAM-SE 7 ANOS E ABSOLUTAMENTE NINGUÉM CONSEGUE VER , SENTIR VESTÍGIO ALGUM DE INICIATIVAS SÉRIAS DO GOVERNO VISANDO O CIDADÃO , PAGADOR DE IMPOSTOS, TEMOS UM DOS PIORES INDICES DE EDUCAÇÃO NO PAÍS,A SAUDE SUCATEADA E MORTA, INÁBIL E CORRUPTA , QUANTO A SEGURANÇÃ, É SÓ CONTAR OS INÚMEROS PRESUNTOS QUE DIA A DIA ESTAMOS ACOSTUMADOS A ENCONTRAR NAS RUAS, VIAS E VIELAS DESTE ESTADO. CABE AO CIDADÃO MATOGROSSENSSE QUE ASSITIU TODOS OS ANOS O GOVERNO MAGGI PRESENTEAR OS AMIGOS COM 1,3 BI DE INCENTIVOS FISCAIS, DECIDIR QUAL CAMINHO TRILHAREMOS EM 2011

  • Juarez do lago | Sábado, 22 de Maio de 2010, 22h53
    0
    0

    Inveja desse povo preguissoso do MT. A TURMA DA BOTINA ROUBA MIAS FAZ.

OPERAÇÃO JURUPARI

Juiz sustenta prisão de Janete com informante e cita Arcanjo

Juiz reforça prisão de Janete a partir de informante e cita Arcanjo

21/05/2010, 23h:15 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

Janete Riva, que está presa   Em seu despacho pela prisão de Janete Riva, mulher do presidente da Assembleia, deputado José Riva (PP), o juiz federal Julier Sebastião da Silva faz menção a suposta ligação da coordenadora da Sala da Mulher com o esquema do ex-policial civil João Arcanjo Ribeiro. Pontua até a existência de um cheque recebido por Janete em 2003 da factoring do "comendador" troca pela Assembleia. “Também não custa registrar que a suplicada, esposa do deputado José Geraldo Riva, recebeu em depósito em sua conta bancária valores desviados da Assembleia Legislativa (R$77,1 mil), mediante operações financeiras realizadas com factorings de João Arcanjo Ribeiro, líder do crime organizado nesta Unidade Federativa”, diz trecho do despacho.

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • PROFESSOR ZECA | Domingo, 23 de Maio de 2010, 22h03
    2
    0

    AINDA BEM QUE O DR. JULIER NÃO É DA TURMA DE JUIZES DA MAÇONARIA, PORQUE SE FOSSE MAÇON ACREDITO QUE NADA DISSO VIRIA A TONA. E POR ISSO SIGO CANTANDO, EU ME ORGULHO DE SER UM CUIABANO.... DE CHAPA E CRUZ CONFEÇO E NÃO ME ENGANO...

  • Nelson Brito | Domingo, 23 de Maio de 2010, 09h05
    1
    1

    Está explicado a origem dos devios da Assembleia e o suposto divórcio do Deputado Riva: "Dona Janete proprietária de 20.000 hectareas de terras produtivas em Juara".Os proventos recebidos na função de Funcionária da Assembleia realmente são abundantes e fes com adquirisse muitos imóveis. Se pesquisarem o que tem em nome de laranjas e amigos, a fortuna é incalculável. Parabens, más a casa ta caindo .

  • TOCO TAQUES - 2010 | Sábado, 22 de Maio de 2010, 10h35
    2
    0

    TOCO TAQUES - 2010, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

OPERAÇÃO JURUPARI

Maggi faz lobby para deputado Savi junto à Sema; veja diálogo

Ex-governador Maggi faz lobby para Savi na Sema; veja diálogo

21/05/2010, 20h:20 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

O ex-adjunto da Sema Afrânio Migliari e o ex-governador Maggi   O servidor da secretaria estadual de Meio Ambiente Afrânio Cesar Migliari, que exercia o cargo de adjunto de Mudanças Climáticas e também de Gestão Ambiental, é apontado nas investigações da Polícia Federal como "elemento de destaque da organização". Ele foi preso nesta sexta na Operação Jurupari, sob uma série de acusações. Afrânio demonstrava intensa relação com o setor madeireiro, principalmente junto ao sindicato dos Madeireiros de Sinop, cidade-pólo do Nortão, e com os titulares dos empreendimentos florestais de forma geral.

Postar um novo comentário

Comentários (26)

  • Milton | Domingo, 11 de Março de 2012, 21h51
    0
    0

    ° _ ° Vejam este depoimento do que está ocorrendo com o cidadão brasileiro que tem o dissabor de cair nas garras do Poder Judiciário corrupto. Vejam como estão agindo nossas autoridades e como conseguem manter escondido estes fatos manipulando inclusive órgãos como ADVOCACIA GERAL DA UNIÃO e a própria POL?CIA que atuam como cúmplices destes atos. ( Estarei postando os vários outros que possuo regularmente ). Durante 29 anos, tive uma empresa em Sao Paulo, infelizmente em 1.999, precisei encerrar a minha empresa por causa da crise. Na ocasiao fiz acordo com varios funcionarios, mas alguns nao aceitaram o acordo e entraram na Justica do Trabalho, (conforme processo em anexo), acontece que a mesma recebeu quase todos os direitos, ficando faltando somente parte das ferias vencida e mais 40% do FGTS, que na ocasiao nao daria nem R$ 2.000,00, fiz a proposta de pagar mensalmente, mas infelizmente nao foi aceito e foi aberto o processo, na qual fui condenado a revelia, pois nem dinheiro para contratar advogado eu tinha na ocasiao, fui para o japao trabalhar para pagar as dividas pendentes, nesse periodo de 8 anos o processo correu a revelia, e o valor foi para o astronomico velor de R$ 195.000,00. A minha casa, unico bem de familia foi a leilao, e apesar de valer aproximadamente R$ 1.800.000,00, foi avaliado pelo perito em R$ 750.000,00, que foi arrematado pelo irrisorio valor de R$ 190.000,00, pela firma, COMERCIAL E SERVICO JVB LTDA. a qual ocorre varias denuncias de irregularidade. Tive que pegar dinheiro emprestado com parentes para contratar um advogado, que na ocasiao foi ao TRT para analisar o processo, surpresa! o processo estava indisponivel no sistema, e por isso o adivogado perdeu o prazo para o recurso, mesmo assim ele entrou com agravo, contestando o leilao, por seu um unico bem de familia, alem processo estar indisponivel para analise. Logicamente foi recusado alegando a perda do prazo. Para a minha surpresa, em final de novembro de 2011, foi emitida uma imissao de posse e a total desocupacao do imovel, no prazo de 10 dias, sobre pena de uso policial se nescessario. O adovogado entrou com recurso alegando que nos tambem tinhamos 50%, e nao seria justo a desocupacao do imovel, a qual foi atendido parcialmente. Acontece que alem de seu um unico bem de familia, que por lei nao poderia ir a leilao, foi arrematdo por irrisorio R$ 190.000,00, pela firma COMERCIAL E SERVICO JBV LTDA, que tem, inumeras denuncias de irregularidade, formacao de quadrilha, com parceria de juizes e desembargadores, para obter lucros, mesmo com a infelicidade e desespero de varias familias, ficam impunes, graca a conivencia de juizes e desembargadores. Que por primcipio deveria de defender e proteger a sociedade, justamente dessas empresa de fachadas, para obter ganhos absurdos, encima de cidadoes que justamente por falta de recurso, acaba sendo julgado culpado, por essa industria de processos viciado e injusto, que se chama TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO. Espero que com essa denuncia, possa colaborar para que no futuro nao aja tanta injustica nesse orgao, que a principio deveria ser a balanca da verdade. °_°

  • ADRIELY | Domingo, 23 de Maio de 2010, 08h38
    0
    0

    O REI MAGGI TODO PODEROSO, FAZ LOBBY PARA AJUDAR O AMIGUINHO, QUE PENA,ISSO É TRAFECO DE INFLUÊNCIA PURA,É POR ISSO QUE SEMPRE VAI MERECER A MOTOSSERRA DE OURO, OS ELEITORES TEM QUE TIRAR ESSES AI TODOS DO PODER, JÁ ANTES QUE SEJA TARDE.

  • Berenice Oliveira | Domingo, 23 de Maio de 2010, 00h11
    0
    0

    REFLEXÃO: "BEM-AVENTURADO O VARÃO QUE NÃO ANDA SEGUNDO O CONSELHO DOS ÍMPIOS, NEM SE DETÉM NO CAMINHO DOS PECADORES, NEM SE ASSENTA NA RODA DOS ESCARNECEDORES. ANTES TEM O SEU PRAZER NA LEI DO SENHOR, E NA SUA LEI MEDIDA DE DIA E DE NOITE". SL (1-1,2).

Eleições 2010

Salles defende fim das emendas

21/05/2010, 18h:03 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

Rogério Salles (PSDB)   O pré-candidato a deputado federal pelo PSDB, Rogério Salles, que em 2002 comandou o Estado durante oito meses em substituição a Dante de Oliveira (já falecido), falou nesta quinta (20) em visita ao RDNews que um de seus principais projetos na Câmara Federal será lutar pelo fim das emendas parlamentares.

  Conforme Salles, esta mudança irá beneficiar os municípios. “Acredito que os recursos devem ser canalizados diretamente às cidades, pois cada gestor sabe qual é a maior necessidade local. Quando um prefeito recebe uma emenda, como um centro comunitário, por exemplo, ele pode até não precisar, mas não vai deixar de receber, se tivesse nas mãos do gestor o valor desta emenda poderia se transformar em uma obra que sua comunidade realmente necessite.”, defende o pré-candidato.

  O tucano também defende que seja feita uma reforma fiscal e ressalta que as emendas se tornaram uma espécie de "moeda de troca" . “É preciso realizar uma reforma fiscal para aumentar o repasse feito pelo Estado e União aos municípios e acabar com essa moeda de troca que se tornou a emenda parlamentar, pois muitas vezes é usada pelo Executivo como meio para ganhar a maioria do Legislativo. Isso independe se é em cenário municipal, estadual ou nacional. A realidade é que a emenda tem muito custo e pouco resultado para a sociedade”, exalta.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Jean M. Van Den Haute | Sábado, 22 de Maio de 2010, 09h52
    0
    0

    As emendas parlamentares alimentam a corrupção e futuras obras inacabadas. No entanto, não adiante aumentar os recursos dos municípios. É preciso capacitar as Prefeituras para elaborar verdadeiros Planos Diretores Participativos que devem definir as reais necessidades da população. A partir daí, se pode constituir projetos sustentáveis com a devida engenharia financeira. É desta forma, que os municípios vão ter acesso á recursos federais e privados adequados, ou seja, que permitem fazer o que deve ser feito e não fazer as coisas por metade. Hoje todos os municípios de mais de 20mil habitantes deveriam ter Plano Diretor, mas, mais de 30% não fizeram o dever de casa e o resto nem tem idéia de o que é uma engenharia financeira, aliás, parece que nem o ex-Governador Blairo Maggi sabia ou queria saber ! ! ! - Jean M. Van Den Haute - Diretor Técnico e Representante da ASSUT-MT no SNDU, Sistema Nacional de Desenvolvimento Urbano.

  • José Curti | Sábado, 22 de Maio de 2010, 01h40
    0
    0

    Esse tal de Helio Luz deve ser um beneficiário direto de emendas. Aliás tem um certo parlamentar rondonopolitano que tem estreita relação com esses falsos líderes comunitários. Ganham todos. Menos o povo

  • PEDRO AUGUSTO | Sexta-Feira, 21 de Maio de 2010, 23h38
    0
    0

    TA CERTO ROGÉRIO SALLES ISSO É A PIOR  QUE EXISTE,OS DEPUTADOS SÓ VOTAM A FAVOR DO GOVERNO COM ESSES INTERESSES,O DEPUTADO FICA NA MÃO DO EXECULTIVO FICA SEM MORAL PARA FISCALIZAR POR ISSO QUE NOSSO ESTADO,POR EXEMPLO ESTA NESSA SITUAÇÃO É UMA VERGONHA HOJE SÓ TEMOS O DEPUTADO GUILERME MALUF QUE FAZ OPOSIÇÃO AO ATUAL GOVERNO,UMA ANDORINHA SÓ NÃO FAZ VERÃO.

SENADO

Mulher perdoa e ama mais do que o homem, afirma Taques

21/05/2010, 17h:01 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

Pedro Taques, em discurso do movimento feminino de sua coligação   O pré-candidato a senador pelo PDT Pedro Taques se sentiu a principal "estrela" do encontro Mato Grosso Muito Mais Mulher, realizado na quinta no Buffet Tereza Bouret, na Capital, com cerca de 300 pessoas, e retribuiu o apoio a seu projeto político enfatizando as lutas e conquistas da ala feminina na sociedade. A ex-deputada estadual Ana Carla Muniz, esposa do deputado Percival Muniz, foi quem conduziu o evento. Ela coordena o movimento, que reune mulheres dos quatro partidos do arco de alianças (PSB, PDT, PPS e PV).

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • MILTON | Quinta-Feira, 01 de Março de 2012, 05h03
    0
    0

    MILTON, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • TOCO TAQUES - 2010 | Sábado, 22 de Maio de 2010, 10h38
    0
    0

    TOCO TAQUES - 2010, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • S U Pedra 90 | Sábado, 22 de Maio de 2010, 07h56
    0
    0

    Tinha quase 10 mulheres por lá.