Blog do Romilson Cuiabá, 03 de Dezembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

RUMO ÀS URNAS

Wilson diz que escândalos nacionais não interferem em MT

24/02/2010, 10h:02 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

    O prefeito de Cuiabá Wilson Santos (PSDB) não acredita que os escândalos envolvendo o governador de Brasília José Roberto Arruda prejudiquem a pré-candidatura do governador de São Paulo José Serra à Presidência da República e muito menos no cenário político de Mato Grosso. “Acho que os escândalos têm mais a ver com os indivíduos. Paulo Otávio (vice-governador de Brasília que assumiu o governo por 12 dias no lugar de Arruda) também saiu. Em todos os governos existem escândalos”, ponderou o tucano em entrevista ao programa Cidade Independente da Rádio Cidade, apresentado por Edivaldo Ribeiro nesta quarta (24).

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Orlandir Cavalcante | Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2010, 21h13
    0
    0

    Verdade eterno prefeito da cuiabania.... escandalos nacionais não interferem em MT pois os de MT é que sufoca os nacionais.......

  • arthur | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2010, 16h46
    0
    0

    preparem-se o PINOQUIO vem ai, mentindo (claro) e prometendo etas da vida.

  • ZE DAS COUVES | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2010, 15h56
    0
    0

    BARBOSA AGUARDE E VERAS O MOMENTO ESTA SE APROXIMANDO E NO HORARIO POLITICO O PODER ECONOMICONÃO MANDA

Várzea Grande

Após recesso de 2 meses, Saad e Isabela pedem licença na Câmara

24/02/2010, 09h:39 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

   O vice-presidente da Câmara de Várzea Grande, vereador Fábio Saad (PTC), aproveitou a primeira sessão deste ano no Legislativo municipal, realizada nesta segunda (22), para apresentar um pedido de licença pelos próximos 90 dias. Ele alega que a medida visa beneficiar o suplente Avelino Mamão (PTC). “Meu suplente vai disputar uma vaga na Assembleia Legislativa no pleito deste ano e precisa de uma oportunidade para conhecer a administração pública”. Saad não esconde, porém, seu descontentamento e decepção com a atual administração. “Quando você entra para a vida política, você quer melhorar a situação da cidade em que vive. Meu conhecimento, porém, deve ter sido pouco para beneficiar Várzea Grande”, diz.

Postar um novo comentário

Articulação

Wilson não decidiu ainda se vai renunciar e aguarda pesquisas

24/02/2010, 08h:00 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

  Fernando Ordakowski 

Enquanto o vice Chico Galindo (PTB) espera pela faixa de prefeito, o tucano Wilson Santos posterga decisão e aguarda o resultado de pesquisas para decidir se renuncia mesmo ao mandato para concorrer ao Paiaguás

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Gil | Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2010, 04h22
    0
    0

    Governar Cuiabá. contra tudo e contra todos, não é facil, Governo Federal, Governo do Estado. Aventureiros Abastados sonhando virar politico, Opinião Pública guiada por midia dinheirista, Ações impetradas com fins eleitoreiros para emperrar obras, impossível governar assim. Parabéns Prefeito, pelo salário em dia, pelo término da avenida das Torres, pelo término da Eta tijucal (se deixarem), por conseguir ainda estar governando nossa cidade contra essa " Covardia " que estão fazendo com nós Cuiabanos.

  • kiko | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2010, 19h05
    0
    0

    é xo virxo ñ sai da prefeitura!!!!!!!!! ou então o senhor vai sentir o gostinho de ficar mais 2 anos sem mandato.. ai o psdb do senhor acabar. o seu vice vai acabar te abandonando para poder administrar a cidade. pode ter certeza disso professor..

  • luis medeiros | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2010, 18h08
    0
    0

    WILSON NÃO SERÁ CANDIDATO. E O PRÓPRIO GRUPO DO JAYME É QUEM ANDA LANÇANDO PAPEIS APÓCRIFOS CONTRA O TUCANINHO...WILSON JÁ ERA.....SERÁ JAYME CONTRA SILVAL E PONTO FINAL.

Contraponto

Verinha descumpre acordo e não permite suplente assumir na AL

23/02/2010, 22h:10 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Verinha Araújo, do PT   A ex-deputada Vera Araújo, adjunta de Gestão de Políticas Institucionais de Pessoal da secretaria de Educação do Estado, provocou a maior frustração e constrangimento ao terceiro suplente Flávio Gomes, de Peixoto de Azevedo. Ela havia concordado em abrir mão do direito de reassumir provisoriamente cadeira na Assembleia para Flávio fazer sua estreia. O titular Ademir Brunetto decidiu, então, apresentar pedido de licença. Eis que nesta terça, quando Flávio já estava com seu terno de estreia e com a galeria lotada de convidados especiais, a maioria oriundos de Colíder, para acompanhar a solenidade de sua posse como deputado, Verinha resolve não mais assinar documento de desistência do cargo.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • AYLSON LIMA | Segunda-Feira, 08 de Março de 2010, 13h48
    0
    0

    NAO VA SE FRITAR SOZINHA DEPUTADA ESSE ANO E ANO DE ELEIÇAO .. SEJA MAS HUMANA VC JA TEM CARGO DEIXE PEIXOTO DE AZEVEDO TER UM REPRESENTANTE NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA .... AYLSON LIMA DE CUIABA MT

  • edmilson | Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2010, 00h10
    0
    0

    edmilson, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • PITTER JOHNSON DA SILVA CAMPOS. | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2010, 14h16
    0
    0

    Que feio Verinha.

EDITORIAL

Crime de magistrados é 2º escândalo pós-Leopoldino e envergonha MT

23/02/2010, 20h:49 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

   A decisão do Conselho Nacional de Justiça de mandar para a compulsória prematuramente 10 magistrados, entre eles os desembargadores José Ferreira Leite, ex-presidente do TJ e grã-mestre da Ordem Maçônica do Estado, José Tadeu Cury e o presidente Mariano Travassos, envergonha o Judiciário mato-grossense. Os três desembargadores e sete juízes foram condenados por desvio de cerca de R$ 1,5 milhão do Tribunal para cobrir os prejuízos com a quebra de uma cooperativa criada por maçons. Trata-se do segundo escândalo envolvendo várias autoridades do Judiciário de MT com repercussão nacional. O intrigante é que esse tipo de punição a magistrados envolvidos em atos ilícitos se configura uma promoção, já que continuam recebendo gordos salários para o resto da vida.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Lena Liz | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2010, 10h10
    2
    0

    Lena Liz, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Maciel | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2010, 09h52
    2
    0

    Deveria anular de todos esses Juizites o registro na OAB.

  • roberto | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2010, 09h33
    2
    0

    roberto, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Campo minado

Patrolados por Dilma, Serys e Abicalil viram amigos de infância

23/02/2010, 17h:49 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Serys e Abicalil   A senadora Serys Marly e o deputado federal Carlos Abicalil fumaram o “cachimbo da paz” nesta terça (23). Eles deixaram as diferenças de lado para prestigiar a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, em visita a Cuiabá. Os dois pareciam grandes amigos e não deixaram transparecer em momento algum o "racha" no partido. Os dois disputam a “tapas” internamente a vaga de candidato ao Senado, mas na frente de Dilma ficaram grudados tanto na solenidade do programa Minha Casa, Minha Vida, como na coletiva no Palácio Paiaguas.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • jedae | Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2010, 10h22
    0
    0

    Com as atuações fracas da Serys e Abicalil, pode sair os dois, que serão reprovados. Serys só soube defender com unhas e dentes o Sarney. Ainda quer outros 8 anos? Sai fora minha filha!

  • jose joao | Terça-Feira, 23 de Fevereiro de 2010, 20h31
    0
    0

    Fico olhando essas noticias,como tem Politico puxa-saco. tá danado.