Blog do Romilson Cuiabá, 04 de Dezembro DE 2020 Rdnews RDTV facebook twitter RSS

4674.png

Política

Poderes

Bastidores

Negócios

Análise

Opinião

COMUNICAÇÃO

Mulheres chegam ao poder e são destaque

30/01/2010, 08h:45 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

   A revista Época que chega às bancas do Estado a partir deste domingo (31) traz como matéria de capa uma reportagem sobre as mulheres e sua relação com o dinheiro. Conforme a publicação, elas chegaram ao poder com alguma violência, por um caminho nada cor-de-rosa e precisaram de duas guerras mundiais para que o século XX reconhecesse o valor de sua força de trabalho. Agora, um número crescente de mulheres pode ou precisa decidir por si só o próprio futuro financeiro. Delas dependem cada vez mais famílias e empresas.

Postar um novo comentário

PALÁCIO PAIAGUÁS

Silval sofre pressão de deputados para exonerar Daldegan da Sema

30/01/2010, 08h:02 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

  Silval Barbosa, que assume a cadeira de governador em 31 de março, começa a sofrer pressão política para mudar o comando do Meio Ambiente, que está sob Luís Henrique Daldegan há quatro anos. Um dos que mais fazem lobby para indicação de cargo numa das mais complexas e problemáticas pastas da máquina estatal é o empresário da região de Barra do Garças e deputado Adalto de Freitas, o Daltinho, do PMDB, mesmo partido de Silval. O parlamentar recebeu uma multa milionária por desmatamento e tenta de todas as formas anulá-la. Tem interesse direto na nomeação de um outro secretário. Seus emissários acham Daldegan um tanto radical nas negociações para perda da multa.

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • Antonio Paulo | Domingo, 31 de Janeiro de 2010, 18h25
    0
    0

    Daldegan conseguiu aprovar todos os projetos de interesse do governador e suas empresas,por isso ele ainda tá aê,é prepotente,arrogante com os pequenos e totalmente subserviente com os "grandes",ñ tá nem aê pro meio ambiente e é capaz de qualquer coisa pra se manter no cargo,Silval, vc até pode ganhar meu voto e de minha família,se tirar este moço da SEMA.

  • Marcelo Miranda | Domingo, 31 de Janeiro de 2010, 08h18
    0
    0

    ESTA PRESSÃO É MUITO NATURAL, POIS QUEREM FERIR OU PUNIR ALGUÉM? BASTA TOCAR LHES NO BOLSO, PARA ELE SE ENCOMODAREM, ARTICULAREM PARA TENTAR AFASTAR O PUNIDOR, KKK. POR OUTRO LADO OS NÚMEROS, AS ESTATÍSTICAS SÃO SUSPEITAS, POIS SÃO SUJEITAS A MANIPULAÇÃO DE ACÔRDO COM CONVENIÊNCIAS. MAS A REALIDADE É QUE O SILVAL NÃO AFASTARÁ O DALDEGAN, POIS (VERDADEIROS OU FALSOS) OS NÚMEROS APRESENTADOS SÃO POSITIVOS DEMONSTRANDO UMA MELHORA. POR OUTRO LADO ENQUANTO A SEMA (DALDEGAN) ESTIVER EM IMPASSE COM OS RECLAMANTES (PUNIDOS E MULTADOS), NÃO ABRIRÁ OS OLHOS PRO SILVAL, NA SITUAÇÃO DA RESERVA DO CRISTALINO. SENDO ASSIM VIDA LONGA PRO DALDEGAN NA SEMA!!! KKK.

  • Ana Lúcia | Sábado, 30 de Janeiro de 2010, 23h03
    0
    0

    O Daldegan é sem dúvida o pior secretário que a SEMA teve em toda sua história. É arrogante , presunçoso, desqualificado, despreparado, desaforado e outros adjetivos negativos mais. Só quem o conhece ou é obrigado a conviver com o mesmo, como os funcionários de carreira da SEMA, sabe de suas atitudes covardes, pois se utiliza do cargo para fazer verdadeiros assédios moral e terrorismo psicológico nos funcionários. Para continuar no cargo é capaz de vender a própria mãe. Daldegan e o moleque do Moacir (secretário adjunto sistêmico), afilhado do conselheiro Alencar, do TCE, criaram redes de esquemas que precisam ser investigados pelo Ministério Público. Ah, o Daldegan gosta muito da empresa Tecnomapas e é preciso investigar essa relação promíscua. Por essas e outras histórias que os funcionários da SEMA estão levantando é que o futuro Governador não poderias ter dúvida em substituí-lo. Silval solte essse cara que sóvai prejudicar a sua campanha..... Ah, Daldegan pare de mandar sua assessoria enviar comentários positivos a seu respeito que isso não cola, já que a sociedade mato-grossense o conhece muiiiiiiiiito bem! Fora Daldegan que você já venceu há muito tempo.

Várzea Grande

Para agradar Zaeli, Murilo estica férias e só volta após o Carnaval

29/01/2010, 21h:08 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Tião da Zaeli, prefeito em exercício   O prefeito de Várzea Grande Murilo Domingos resolveu prorrogar o período de licença por mais 45 dias. Só reassume o cargo após o Carnaval. Ele fez o comunicado nesta sexta ao vice Tião da Zaeli, que está prefeito em exercício, no mesmo dia que venceu os primeiros 45 dias do afastamento. Alegou que precisa descansar mais um pouco e que há questões particulares ainda por resolver. Outro trunfo com a decisão é para agradar Zaeli, que está chateado porque o prefeito não renunciará ao mandato.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Edmar Pinotti | Domingo, 31 de Janeiro de 2010, 21h30
    0
    0

    É bom mesmo, os Paulinhos Paturebas da vida....Paranatinga,N.Brasilandia e escambaús,trabalhar muito para eleger o seo Tião da Zaelli (ou tambem conhecido aqui como Tião Fubá) para deputado estadual em 2010.Por que aqui em Varzea Grande, onde é Vice Prefeito,pela desastrosa gestão que ele e o Murilão Dorminhoco vem praticando, não se elegem siquer para porteiro de cemitério,quanto mais para Assembleia Legislativa ou Camara Federal.Gostaria de convidar esse Paulinho Patureba,para vir visitar os nossos Bairros,que estão acabado,sujos,esburacados, e cheio de mosquito da Dengue.Várzea Grande esta acabada nas mãos dessa dupla de incompetentes: Zaelli e Murilo. Em 2012, Tião não se elegera nem Vereador,quanto mais prefeito.Esqueçam....Murilo e Tião,nunca mais ganharão meu voto,e da minha familia.

  • Paulinho Patureba | Sábado, 30 de Janeiro de 2010, 07h55
    0
    0

    Tião faz o seguinte, se ele não sair pra Deputado, sai vc pra estadual que vc ta eleito...Depois 2012 vc volta como Prefeito. Lenbre-se que aqui em Paranatinga vc tem um Companheiro. certo.

Várzea Grande

Para agradar Zaeli, Murilo estica férias e só volta após o Carnaval

29/01/2010, 21h:08 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

Tião da Zaeli, prefeito em exercício   O prefeito de Várzea Grande Murilo Domingos resolveu prorrogar o período de licença por mais 45 dias. Só reassume o cargo após o Carnaval. Ele fez o comunicado nesta sexta ao vice Tião da Zaeli, que está prefeito em exercício, no mesmo dia que venceu os primeiros 45 dias do afastamento. Alegou que precisa descansar mais um pouco e que há questões particulares ainda por resolver. Outro trunfo com a decisão é para agradar Zaeli, que está chateado porque o prefeito não renunciará ao mandato.

Postar um novo comentário

Descontração

Cazuza pede ideologia para viver

29/01/2010, 16h:16 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

   Agenor de Miranda Araújo Neto ficou conhecido por toda a nação como Cazuza. Apesar de sua passagem relâmpago pelo mundo, em apenas nove anos de carreira, o cantor e compositor deixou 126 canções gravadas, 78 inéditas e 34 para outros intérpretes, como Cássia Eller, Ney Matogrosso, Sandra de Sá e Leoni. Cazuza faleceu em julho de 1990, pouco mais de um ano após ter declarado publicamente ser soropositivo. Já debilitado, o cantor compareceu de cadeira de rodas ao Prêmio Sharp daquele ano, quando recebeu os prêmios de melhor canção para "Brasil" e de melhor álbum para "Ideologia".

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • OI | Terça-Feira, 02 de Fevereiro de 2010, 23h09
    1
    1

    OI, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Gustavo Monteiro | Sábado, 30 de Janeiro de 2010, 12h17
    0
    2

    Cazuza só era bom cantor mesmo, pois era um drogado que traficava drogas e praticava orgias e ainda dizia que os seus heróis morreram de overdose.....ai eu pergunto? um cantor como esse deve ser reverenciado? enquanto pessoas de real valor são esquecidas, indivíduos como esse ainda é lembrado com saudosismo.

  • Gustavo Monteiro | Sábado, 30 de Janeiro de 2010, 12h13
    0
    2

    Cazuza só era bom cantor mesmo, pois era um drogado que traficava, praticava orgias. Mostrou a juventude tudo aquilo que não deve ser........"MEUS HERÓIS MORRERAM DE OVERDOSE"....

Concurso

Comissão tenta pagar servidores

29/01/2010, 11h:08 - Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

   A dois dias de uma nova tentativa de realização do maior concurso público do Estado, a comissão do certame ainda busca contato com 3.964 colaboradores que trabalharam no dia 22 de novembro e não receberam. Uma lista de 38 folhas com todos os nomes e motivos pelo não pagamento foi divulgada nesta sexta (29), no site da secretaria de Estado de Comunicação - veja aqui. A orientação para quem está nesta situação é que entre em contato com a comissão do concurso.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Joaquim | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 15h28
    0
    0

    Ah, e tem mais... uma comprovação de má-fé da UNEMAT e da SAD é que deram preferência para ser fiscal nessa próxima etapa os que optaram por receber. Ora, conheço uma centena de servidor que se inscreveu para ser fiscal do concurso e optou por folga e não por receber (o que traria onus para o estado) e foram preteridos. Um monte de gente mesmo.

  • Ezequiel | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 14h54
    0
    0

    ATENÇÃO AI...PODE ACONTER O CANCELAMENTO NOVAMAMENTE DO CONCURSO....AQUELES VOLUNTÁRIOS QUE AI NÃO RECEBERAM PELO TRABALHO FISCAL DO CANCELAMENTO ANTERIOR....IRÃO BOICOTAR AGORA O CONCURSO....É ESPERAR PRA COMPROVAR..

  • Joaquim | Sexta-Feira, 29 de Janeiro de 2010, 14h46
    0
    0

    Senhor Governador, Senhor Secretario de Administração, Magnífico Reitor, peço, por favor, que liguem no número 3221-0511 (falar com Juliana) na UNEMAT, conforme esta dizendo a relação dos colaboradores que não receberam, e tentem falar. Chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama, chama E NINGUÉM ATENDE. Na verdade essa é mais uma armação dessa patota para que tentemos ligar e por não conseguir falar, tb não receberemos. Daqui uns dias vem o DeusVito na TV e fala: "Olha, tá tudo certo, o negócio é que o povo não quer receber, demos o número e ninguém ligou".