Cidades

Quarta-Feira, 11 de Setembro de 2019, 16h:27 | Atualizado: 12/09/2019, 07h:01

OPERAÇÃO ELISSON

30 dias após "pente fino", visitas serão retomadas na PCE; celas são reformadas

Após 30 dias da primeira fase da operação na Penitenciária Central do Estado (PCE), visitas de familiares dos presos serão retomadas nesta sexta (13), começando pelos raios 1 e 3. No sábado (14) receberão visitas os presos da ala evangélica e do raio 5 e no domingo (15) os custodiados nos raios 2 e 4.

A partir da retomada das visitas nesta semana, não haverá mais a visitação nas quartas. Durante a semana, a visita será às sextas.

Sispen

reforma_raios

Durante a operação, as celas da Penitenciária Central foram reformadas e novos leitos foram construídos. Visitas não acontecerão mais às quartas-feiras

A direção da unidade informa que a cada mês haverá rotatividade nos dias de visitas nos raios 1, 2, 3 e 4 garantindo que todos os familiares possam ver os presos aos domingos. A cada dia de visita, cerca de 600 visitantes ingressam na penitenciária.

Os presos podem receber até dois visitantes por vez, que devem estar devidamente cadastrados, além de crianças, que também devem ser cadastradas conforme documentação exigida no Manual de Procedimento Operacional Padrão do Sistema Penitenciário.

Operação 

A Operação Operação Agente Elisson Douglas começou em 13 de agosto e ganhou este nome após quatro supostos membros do Comando Vermelho terem executado o agente em Lucas do Rio Verde na noite 30 de junho. Após a morte do agente Elison, uma carta, encontrada por investigadores da Polícia Civil, aponta que supostas agressões a presos teriam sido cometidas por agentes penitenciários e isso motivou a execução do servidor. Além de Elisson, dois outros agentes também estariam na lista da “morte”.

Ações

Rodinei Crescêncio

Movimenta��o na frente da PCE nesta quarta

No começo da operação, familiares fizeram protestos na frente da frente da Penitenciária

Entre as ações realizadas estão revistas e reorganização na Penitenciária Central do Estado, a maior unidade prisional do estado, para faxina, higienização, retirada de materiais em excesso e, posteriormente, a reforma da carceragem da unidade. À época houve muita polêmica e uma facção criminosa chegou ameaçar fazer "salve geral" no Estado em represália a ação.

A operação foi realizada em todos os raios da unidade prisional, com a verificação das condições estruturais da carceragem e a retirada de produtos em desconformidade com o que está definido no Manual de Procedimento Operacional Padrão do Sistema Penitenciário e na Lei de Execuções Penais. Foram retirados materiais como ventiladores, comida, roupas de cama, embalagens, eletrodomésticos e também as ligações internas de energia.

Foram instalados ventiladores nos corredores dos raios e realizada reformas nas celas, com construção de mais leitos na carceragem.“Todos estão fazendo o máximo para termos resultados bem satisfatórios, organizar a maior unidade prisional do Estado e ter um mínimo de convivência salubre, tanto para servidores, quanto para os reeducandos”, frisou o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, acrescentando a necessidade da suspensão temporária das visitas diante da demanda de serviços e do número de reeducandos.

“É uma ação com a colaboração direta e indireta de todas as instituições que trabalham com o Sistema Penitenciário. O resultado positivo será mérito de todos, Governo e sociedade”.

A operação tem acompanhamento de órgãos de controle como a Ordem dos Advogados do Brasil - seccional Mato Grosso, Defensoria Pública, Poder Judiciário, Ministério Público, Conselho Estadual dos Diretos da Pessoa Humana e GMF. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

Lúdio desiste e PT perde com Barranco

ludio cabral 400 curtinha   O deputado Lúdio Cabral (foto) estava se movimentando para tentar convencer o PT a lançá-lo ao Senado, por aclamação, e ainda instigar o diretório estadual a buscar recursos junto à Nacional para a campanha. Mas o tiro saiu pela culatra. O guru do partido no Estado,...

Carta de Abicalil cita traição de Lúdio

carlos abicalil 400 curtinha   Carlos Abicalil (foto), ex-federal e hoje assessor do deputado Valdir Barranco, demonstra até hoje estar "atravessado" com Lúdio Cabral por causa da traição política de 2010. Na época, mesmo o PT o tendo lançado ao Senado, Lúdio, ex-vereador por Cuiabá e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.