Cidades

Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 20h:14 | Atualizado: 29/09/2020, 11h:13

PLATAFORMA DA SEDUC

65% dos alunos da rede pública estadual ainda não acessaram aulas virtuais -veja

Reprodução

Sala de aula

Dados da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) revelam que 65% dos alunos com contas criadas acessam às aulas da plataforma do Microsoft Teams

Em uso desde agosto, a plataforma da Microsoft Teams voltada para aulas virtuais na rede pública de ensino de Mato Grosso ainda não caiu no gosto dos estudantes. Dados da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) apresentados a diretores em reunião na quarta passada (23) revelam que 65% dos alunos que tiveram contas criadas ainda não acessaram o conteúdo disponível. 

Para se ter uma ideia, na cidade de Indiavaí (a 369 km de Cuiabá) nenhum registro de acesso foi computado até 4 de setembro.

Ao todo, 374.350 contas foram criadas para os estudantes desde o surgimento da plataforma Teams. Desse total, 130.089 estudantes estão ativos e conseguem estudar pela nova ferramenta. Os dados revelam ainda que 244.261 ainda não acessaram aos planos de estudos da Seduc, ou seja, mais da metade das contas criadas não ingressam às atividades no portal da secretaria.

Cuiabá é a cidade com o maior número de contas criadas pela Seduc. Ao todo são 14.233. Em seguida, aparecem Rondonópolis com 9.685 e Sinop com 6.835. De acordo com a análise da secretaria, o acesso dos estudantes tem sido registrado conforme a idade dos alunos, ou seja, os maiores registros foram observados a partir do ensino fundamental ao médio.

Um fato curioso é quanto ao município de Ribeirãozinho (a 544 km da Capital). Lá 89% dos alunos cadastrados participam dos conteúdos disponibilizados pela secretaria, conforme apresentação feita a diretores.

Além de Ribeirãozinho, a adesão dos estudantes à plataforma tem sido maior nos municípios de Torixoreu com 83% e Araguainha 75%. Já as cidades com as menores porcentagens de acesso são Acorizal 2,36%, Porto Estrela com 1,42% e Indiavaí que não teve nenhum acesso até então.

Conforme a apresentação, 3.287 alunos têm ficado em média apenas 6 a 4 horas por semana estudando na plataforma Teams. Pouco mais de 3 mil alunos em torno de 16 a 20 horas e cerca de 2.900 estudantes estudam em média 21 a 25 horas semanais.

O desempenho dos estudantes quanto a essa modalidade tem ficado abaixo do esperado, conforme dados da pesquisa. Muitos alunos não têm internet o que acaba dificultando o acesso à plataforma, além de não terem outras condições necessárias para estudar de modo à distância.

Acesso de professores

A Seduc criou também 21.133 contas para os professores da rede estadual de ensino. Ao todo, 17,269 estão em atividades e 3.864 ainda não tiveram acesso à plataforma. Entre alunos e professores, foram 150.663 contas disponibilizadas pela secretaria de educação. Em média, aproximadamente 86 mil usuários acessam por dia a plataforma digital Aprendizagem Conectada.

Volta às aulas

Outro assunto discutido na reunião de quarta (22), foi sobre a retomada das aulas na rede estadual de ensino de Mato Grosso, que devem ocorrer gradualmente de forma presencial no início do mês de outubro, começando pelo Ensino Médio, o "terceirão". Na ocasião, os profissionais e o Governo debateram planos estratégicos para reabertura das escolas. A data do retorno ainda não foi divulgada pela secretaria.

Entre as ações estudadas estão a distribuição e o uso obrigatório de máscaras, álcool 70% para higienização das mãos, além da desinfecção, quando necessário, das escolas, bem como o distanciamento de no mínimo 1,5 metro entre os alunos.

Assista ao vídeo com as análises apresentadas pela Seduc:

 

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Lopes.Silva | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 15h13
    2
    0

    Não acessaram porque não podem acessar; muitos tem até bons celulares, mas não possuem o pacote de dados ou internet em casa; o Soft Microsoft Teams é muito pesado e trafegar áudio e vídeo consome muito o pacote, pacote dura máximo 2 dias, então sobra apenas o Zap e olha lá. Para governos ruins e omissos com o social como o nosso de MT, é o que podemos esperar.

  • Dra Alice Albuquerque | Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 07h56
    4
    3

    Não caiu no gosto pois crianças são preguiçosas e pais frouxos. Na Rua pedra preta CPA 2, por exemplo, todos finais de tarde têm crianças brincando na rua transmitindo coronavirus sob leniencia de pais irresponsáveis que ficam em casa assistindo Netflix e tomando vinho do Porto.

  • Ana | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 22h47
    5
    0

    Assistam novamente a reunião. Fala -se em planejamento p retorno no fim de outubro ou início de novembro p alunos do terceiro ano do ensino médio, caso seja liberado pelas autoridades da saúde. A reportagem induz ao erro e pode causar pânico e correria nas escolas. Por gentileza, revejam.

  • Eduardo Marques de Holanda | Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020, 20h52
    3
    0

    O Brasil tem uma mania de dar jeitinho em tudo..., desde quando Teams e Plataforma e desde quando Teams e Plataforma Educacional, quem é o gênio?

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...

Magali de fora em General Carneiro

magali vilela 400   A ex-prefeita de General Carneiro, Magali Vilela (foto), que se lançou novamente à disputa ao Executivo, foi barrada pela Justiça. Teve o registro indeferido, já que está inelegível por ter sido condenada à suspensão de seus direitos políticos em...

MAIS LIDAS