Cidades

Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 16h:55 | Atualizado: 24/02/2021, 18h:32

CRIME NO ALPHAVILLE

Adolescente que matou Isabele deixa o Pomeri para tratar dente em uma clínica

TV Centro América

Menor caso Isabele - sa�da - tratamento de dente

Adolescente que matou a menor Isabele Guimarães, de 14 anos, saiu do Complexo Pomeri nesta quarta (24) para receber atendimento odontológico em uma clínica particular em Cuiabá. Tratamento teria se iniciado antes da internação no sistema socioeducativo, no dia 19 de janeiro deste ano.

Conforme explicou a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), saída foi feita com escolta e adoção de medidas de segurança. Medida é autorizada nos casos em que o atendimento não pode ser realizado dentro da unidade ou pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“Portanto, o caso da adolescente em questão não é uma exclusividade e já houve situações em que outros adolescentes foram atendidos na rede privado, cujo custo foi assinado pela família”, informaram. Ainda, salientaram que autorização para procedimento acontece mediante avaliação da equipe de saúde do sistema socioeducativo.

 Caso da adolescente em questão não é uma exclusividade e já houve situações em que outros adolescentes foram atendidos na rede privado, cujo custo foi assinado pela família

Diz nota da Sesp

Menor está internada após decisão da juíza Cristiane Padim, da 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá. Adolescente deve ficar reclusa por 3 anos no sistema socioeducativo, conforme previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Sentença, no entanto, é passível de reavaliação.

A jovem responde por ato infracional análogo a homicídio doloso e qualificado. No entendimento da magistrada,  internação tem efeito pedagógico e respoonsabilizador e citou “frieza, hostilidade, desamor e desumanidade” da menor.

O caso

Isabele foi morta no dia 12 de julho de 2020 com um tiro na cabeça. Ela estava no banheiro da casa da família da atiradora no mesmo condomínio onde morava. Polícia Civil apurou que jovem estava no cômodo junto com Isabele com uma arma de fogo apontada para a sua cabeça e atirou a curta distância.

Investigadores concluíram que adolescente tinha consciência dos riscos de apontar a arma para a vítima e, por isso, ao menos assumiu o risco de matá-la. Delegado da Delegacia Especializada do Adolescente, Wagner Bassi, afirmou que jovem tinha conhecimento técnico para manusear uma arma por treinar tiro com o pai.

O Ministério Público Estadual (MPE) acusou a amiga de matar Isabele por ato infracional análogo ao crime de homicídio doloso. No início de setembro pediu a internação provisória dela.

Seis dias depois, a Justiça aceitou o pedido do MPE, ordenou a internação da menina, que não chegou a ficar nem 12 horas em internação porque a Justiça concedeu habeas corpus (HC).

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso manteve a adolescente em liberdade até a conclusão do processo.

No dia 9 de janeiro, a juíza da 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá, Cristiane Padim, decretou a internação da adolescente e sentenciou a 3 anos em unidade para menores infratores, pena máxima para o crime.

Na segunda semana de fevereiro, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou seguimento ao habeas corpus que pedia a liberdade da adolescente.

Essa foi a terceira derrota da defesa da garota na Justiça desde a decisão da magistrada que determinou sua internação por ato infracional. Ela já teve a liberdade negada pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso, no dia 22 de janeiro, e no Superior Tribunal de Justiça (STJ), no dia 26. 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Teka Almeida | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 17h52
    5
    2

    Centro de Ressocialização????!!!! Acredito que pensam que está em uma colônia de férias. Sai como se estivesse com o domínio da situação. Não interessa se é a família que banca o tratamento. A assassina está cumprindo pena e deve seguir as normas de lá. Se tem dentista lá que seja atendida como qualquer outra que ali vive.

  • jj | Quarta-Feira, 24 de Fevereiro de 2021, 17h51
    3
    1

    oé la no pomeri não tem dentista?, já comecou

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...