Cidades

Quarta-Feira, 24 de Agosto de 2016, 15h:20 | Atualizado: 24/08/2016, 16h:24

história mato-grossense

Após 15 anos com obras paradas, Governo inaugura Memorial Rondon

Junior Silgueiro/Gcom

memorial1.jpg

Governo estadual inaugura o Memorial Rondon que homenageia Marechal Rondon, historiador de MT

O Governo lançou, nesta quarta (24), a obra em homenagem ao Marechal Rondon que estava parada há 15 anos, em Mimoso, distrito de Santo Antônio de Leverger. Além do lançamento do Complexo Turístico e Histórico de Mimoso, o Memorial Rondon, são lançadas também duas publicações, a abertura de uma exposição permanente e a inauguração de uma estátua em homenagem ao Marechal. Dos Estados Unidos ao Brasil, Rondon é considerado um dos maiores cientistas do mundo.

Sua presença no Museu Americano de História Natural se deve em partes pela excursão Roosevelt-Rondon pela Floresta Amazônica e comemorou 100 anos em 2014. A excursão é considerada como uma das principais expedições científicas do século XX. Na época, foram cartografados mais de 1,5 mil km e descoberto um rio, hoje chamado de Rio Roosevelt.

Para o Brasil, uma de suas maiores contribuições foi ajudar a delimitar o território brasileiro com as investidas cada vez mais a dentro na densa mata, que nenhum outro aventureiro ousou desbravar. Segundo as pesquisas biográficas, Rondon percorreu ou coordenou expedições que demarcaram os mais de 17 mil km do território brasileiro.

Marechal Rondon foi indicado duas vezes a receber o prêmio Nobel, com o aval de Albert Einstein, que teria tido como principal motivação em sua vinda ao Brasil, em 1925, conhecer o Marechal. Cândido Mariano da Silva Rondon morreu aos 93 anos, em 1958.

“Muitos lançam obras e não inauguram obras. Esta obra está parada há muito tempo, e a nossa administração inaugura. No dia 5 de maio do ano passado nós viemos aqui não para inaugurar a obra, mas para lançar o ano Rondon, 150 anos do seu nascimento. Hoje estamos inaugurando esta obra. Isso significa dizer que temos que mostrar ao cidadão do mundo que, nós aqui em Mato Grosso, temos personalidades que precisam ser reverenciadas”, disse o governador Pedro Taques (PSDB) durante o evento.

Com esta obra lançada pela secretaria estadual de Cultura, o governador destaca que os estudantes do Estado e do Brasil conhecerão a história de Marechal Rondon. “Eu quero ressaltar a importância de Rodrigo Piovesan cineasta, das secretarias de Cidades, Turismo, Infraestrutura e de toda a administração que fizeram com que esta obra estivesse pronta. Aliás, a Sinfra vai terminar a pavimentação daqui da rodovia para ligar Rondonópolis até Fátima, somando 80 km que serão uma possibilidade de Rondonópolis passar aqui para que possam conhecer o memorial”.

Publicações

Entre as publicações lançadas nesta quarta está o primeiro volume dos relatórios da produção científica da Comissão Rondon. Parte de um projeto de resgate de 86 relatórios, dos 110 produzidos em décadas de trabalho, a obra disponibiliza ao público os estudos e pesquisas desenvolvidos e comandados por Rondon e que foram publicados entre a primeira década do século XX até a década de 1950.

As publicações originais, raras e de difícil localização, foram encontradas pelos pesquisadores na Universidade Federal de Mato Grosso, Arquivo Público do Estado, Casa Barão de Melgaço, Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça e acervos particulares.

O material digitalizado foi reunido em um livro explicativo, apresentando a trajetória de Cândido Mariano da Silva Rondon, sua capacidade de liderança e preocupação científica e cultural. Neste primeiro relatório, produzido em 1907, mostra-se a criação da Comissão, com suas estratégias e táticas, os trabalhos inaugurais de campo, a rota inicial e os objetivos. A publicação, com conteúdo raro, agora se torna fonte de pesquisas, preservando não só o conteúdo, mas também a grafia e estética da obra original.

A história de Marechal Rondon também será contada em quadrinhos. Produzido pelo Instituto Maurício de Sousa, o gibi As Aventuras de Rondon conta com a participação dos personagens da Turma da Mônica e abordará a história de Rondon de maneira divertida, com uma linguagem simples e de fácil compreensão, contando em capítulos a sua trajetória e diversas facetas.

Gcom

aroeira_construcoes_1.jpg

 Imagem aérea mostra obra concluída após ficar há 15 anos parada. Memoral fica no distrito Mimoso

O kit, que contém a revista e um guia de orientação ao professor, será distribuído aos alunos da 3ª a 5ª série do Ensino Fundamental e aos professores.

Exposição permanente

Somando às celebrações, destaca-se um importante trabalho de resgate documental que foi idealizado e realizado pelo fotógrafo Mario Friedlander e equipe. Obstinado, há anos Friedlander tem desbravado alguns dos caminhos trilhados por Rondon no passado, tendo como base os trabalhos realizados pela Comissão Rondon.

Na ocasião do lançamento do Memorial Rondon, Friedlander repassará ao Estado boa parte das cópias destes documentos visuais que farão parte do acervo permanente do espaço dedicado a perenizar a relevância histórica do mimoseano Candido Mariano da Silva Rondon.

Friedlander já percorreu mais de 25 mil km entre Rondônia, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, viajando de carro, barco, avião e a pé, para recriar em fotografias alguns dos lugares por onde Rondon passou. O resultado é o projeto Paisagens de Rondon que, além das imagens de sua autoria, revela ainda um importante arcabouço de registros iconográficos deixados por Rondon na passagem por estes lugares. 

Já o escultor Frede Fogaça escolheu uma imagem icônica de Rondon para edificar uma escultura em cimento, medindo quatro metros. A peça é iniciativa do próprio artista, que quis reverenciar a imagem de um dos brasileiros mais ilustres da história nacional.

O memorial

Edificado em meio ao Pantanal mato-grossense, o Memorial possui referências indígenas, uma das principais lutas de Rondon que, inclusive, idealizou o Parque Nacional do Xingu. Com cinco mil metros quadrados, abrigará atividades comunitárias e de apoio ao turismo como comercialização de artesanatos, guias turísticos, informações aos visitantes, salas de exposições e também uma biblioteca. O projeto arquitetônico é de José Afonso Botura Portocarrero com coautoria de Paulo Molina.

Cândido Mariano da Silva Rondon, o Marechal Rondon, nasceu no distrito de Mimoso, em 1865. O militar se tornou pioneiro na implantação das primeiras linhas telegráficas em Mato Grosso, após se alistar na escola Superior de Guerra, no Rio de Janeiro, sendo promovido de sargento a marechal ao longo da carreira militar. Além da comunicação, Marechal Rondon é notório ativista pelos direitos indígenas e a implantação da política nacional para estes povos.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • giovan | Quinta-Feira, 25 de Agosto de 2016, 08h56
    1
    0

    Muito bonito , porém uma pena que será abandonado com os anos... toda essa estrutura de madeira, irá apodrecer pois não terá manutenção e a quantidade de turistas será pequena...

  • Francisco Antonio de Almeida | Quinta-Feira, 25 de Agosto de 2016, 07h54
    1
    0

    Parabéns Sr. Governador das auditorias e obras paradas por mais um elefante branco inaugurado, a exemplo da Arena Pantanal, um estádio construído onde não há time de futebol agora V. Excia. conclui esta que seguirá o mesmo caminho deste estádio que só traz desembolso sem retorno. Não sei como sua gestão elege as obras prioritárias para atender a população mato grossense e cuiabana mas é lamentável que entre suas prioridades o VLT permaneça no esquecimento.

Matéria(s) relacionada(s):

Jornalistas lançam 1º Anuário Jurídico

antonielle_curtinhas   O site Ponto na Curva e o Animus Centro Empresarial lançam em maio o primeiro Anuário Jurídico de Mato Grosso. A publicação, que é inédita no Estado, é conduzida pelas jornalistas e advogadas Antonielle Costa (foto) e Débora Pinho. A ideia é dar destaque a...

Ao Senado e com apoio de Bolsonaro

jose medeiros 400 curtinha   Com o apoio garantido por Bolsonaro, José Medeiros dá um passo largo rumo ao Senado, já nesta fase de pré-campanha. Entusiasmado, ele marcou a convenção do Podemos para 12 de março. De um lado, o ex-senador e hoje federal entra no rol dos mais cotados por causa do peso do...

EP, macumba e pedido de desculpa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) admite ter sido infeliz ao usar o termo macumba quando se referiu à atuação e torcida de vereadores da oposição para seu governo não conseguir empréstimo de US$ 115 milhões para fazer investimentos. E citou que um deles teria feito...

Apoio entre opositores é pura falsidade

diego guimaraes 400 curtinha   O tão propagado apoio político recíproco entre os vereadores de oposição em Cuiabá, principalmente em relação ao futuro cassado Abílio Júnior, não é verdadeiro. Todos são concorrentes entre si. Tentam viabilizar suas...

Joaninha se afasta da Câmara de Sinop

joaninha 400 sinop vereador curtinha   O vereador por Sinop Joaninha (MDB), conforme a coluna Curtinhas adiantou, se licenciou do cargo por 60 dias para se recuperar do acidente que sofreu durante manobra na Competição Duelo de Motos, em Atibaia (SP). Enquanto isso, o suplente Mauro Garcia (MDB), ex-secretário de...

Manifestação de apoio deles para ele

elizeu nascimento 400 curtinha   Mesmo com o apoio dos deputados Elizeu Nascimento (foto), Xuxu Dalmolin e Ulysses Moraes que levaram até assessores, em pleno horário de expediente, a manifestação pró-Abílio na Câmara de Cuiabá foi considerada fraca. Investigado por quebra de decoro...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.