Cidades

Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 16h:39 | Atualizado: 16/05/2019, 19h:37

Após confusão no Fórum por causa de pensão, mulher diz que levou soco de PMs

Policiais registraram BO por desacato à autoridade e alegam que a mulher se feriu porque caiu no chão

Reprodução

POLICIAIS_FORUM

Dois dos três policiais que atenderam a ocorrência. PM diz que mulher caiu no chão

Uma mulher, identificada como Camila Carvalho Leite, 34 anos, se envolveu em uma confusão no Fórum de Cuiabá nesta quarta (15). O caso foi registrado como desacato à autoridade, mas a mulher promete registrar BO ainda hoje (16) contra às autoridades policiais. A informação é do advogado Waldir Caldas, que acompanha o caso.

Ele relata, ao , que estava no Fórum, ontem, na 1ª Vara da Família esperando por uma audiência, quando encontrou Camila bastante desesperada, aguardando o início de sua audiência e que, após ela entrar, escutou a moça gritar na sala. “Dizia: meus três filhos estão passando fome. Eu estou com mandato de despejo e você vem me oferecer R$ 200?”, relata o advogado, afirmando que a moça ficou muito nervosa.

Ainda segundo Caldas, ela saiu da sala e o ex-companheiro e a advogada dele (que, segundo o BO, é esposa do homem) teriam deixado o local por outra porta, o que provocou a ira de Camila, que também deixou o local. O advogado relata que foi atrás para ver o que havia ocorrido e, ao chegar do lado de fora do Fórum, foi informado por outra advogada e testemunhas de que a mulher teria sido agredida pelos policiais com um soco na boca. “Estava com a cara ensanguentada”. Diante da situação, o jurista diz que resolveu ajudar a moça. E, de posse da foto da viatura, começou uma via sacra até encontrar a mulher no Cisc Verdão, onde foi lavrado um BO por desacato.

Orientada por Caldas, a moça foi submetida a um exame de corpo e delito e hoje deve registrar ocorrência contra as autoridades policiais. “Pegamos cópia do prontuário e tiramos fotos. Só não fizemos ainda o registro porque eu tive uma audiência em outra cidade”, pontua.

Versão da PM

Reprodução

narrativa_PM

Confira, acima, a narrativa do Boletim de Ocorrência por desacato à autoridade,  que foi registrado pela Polícia Militar

Segundo o Boletim de Ocorrência lavrado pela PM, Camila foi conduzida à Central de Flagrantes por desacato à autoridade. Alegam que a guarnição foi acionada pela equipe do Fórum devido desentendimento entre Camila e uma advogada, mulher do ex-companheiro de Camila.

Ainda segundo a narrativa, a mulher estava exaltada e tentava agredir a jurista, tendo sido dado ordem para que ela se afastasse do veículo, mas que Camila, exaltada, xingava os policiais. “Quero que vocês policias vão para a P que P com a advogada".

Asseguram que foi necessário o uso de força moderada, quando um sargento “segurando pelo braço, puxou-a para longe da advogada”. PMs alegam que Camila tentou se desvencilhar das autoridades e, quando o policial tentou a imobilizar pela 2ª vez, a mulher caiu no chão e machucou a boca, tendo sido encaminhada à Policlínica do Verdão, onde recebeu atendimento, sendo levada depois, sem uso de algemas, para a Central de Flagrantes.

Na delegacia, Camila diz que viveu 5 anos com o ex-companheiro, que lhe ofereceu apenas R$ 200 de pensão. Confessou que deu dois murros no carro da advogada e confirmou que mandou os policiais P que os P. Mas, conforme Camila, quando ela estava se virando, foi surpreendida por um "murro ou tapa na sua boca" e que não resistiu à prisão.

A OAB, em nota, diz que lamenta e repudia qualquer tipo de agressão, “especialmente em razão do exercício profissional. A Ordem se coloca à disposição da advogada e também do outro lado e aguarda a apuração da conduta de todos os envolvidos, tanto no que se refere à mulher, quanto aos policiais militares”.

Às 19h30 - Não há denúncia

Por meio de nota, a Corregedoria da Polícia Militar informa que ainda não recebeu denúncia referente a tal ocorrência, porém já está levantando documentos e solicitando informações junto a Coordenadoria Militar do Tribunal de Justiça para adoção das medidas necessárias à apuração da conduta do policial militar.

Reprodução

doc_camila

Confira, acima, o que disse Camila na Central de Flagrantes e atestado sobre a realização de exame de corpo de delito

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Anotnio | Quinta-Feira, 16 de Maio de 2019, 18h29
    3
    4

    Essa polícia.... já era ruim , faziam oque bem quer ,batia, e etc. Imagina agora que incentivos por parte do governo até para matar ???? Será um verdadeiro caos , a justiça tem que exercer com rigor seu poder nesse caso.

Matéria(s) relacionada(s):

Governo quita toda a folha de junho

O governo estadual concluiu nesta sexta (19) o pagamento de junho dos servidores ativos, inativos e aposentados que ganham acima de R$ 7,5 mil. Para essa quitação foram necessários R$ 61,8 milhões. Com isso, liquidou totalmente a folha de junho dos cerca de 100 mil funcionários públicos, que consomem R$ 472,7 milhões. No dia 10 deste mês, o governo pagou a primeira parcela dos salários de junho, depositando até R$ 5,5...

Emedebista pode ser candidato único

leonardo bortolin curtinha   Eleito na suplementar realizada em 2017, Leonardo Bortolin (foto), de Primavera do Leste, é considerado hoje o prefeito emedebista em MT mais bem avaliado. Na convenção do partido nesta quinta no município, lideranças, como o deputado federal Carlos Bezerra e os estaduais Thiago Silva,...

2 "amarelam" e faltam de propósito

nininho curtinhas   Dois deputados não pisaram os pés na sessão desta quinta propositalmente. "Amarelaram". Ao invés de tomarem posição quanto ao projeto de lei complementar do governo que reinstitui os incentivos fiscais, Nininho (foto) e o delegado Claudinei preferiram não comparecer. Assim como os...

Adevair vai para PTB e quer ser vice

adevair cabral curtinha   O PTB, que hoje não tem um representante entre os 25 vereadores cuiabanos, vai abrigar dois parlamentares, o presidente da Câmara Municipal Misael Galvão, hoje no PSB, e o primeiro-secretário da Mesa, o tucano Adevair Cabral (foto). O curioso é que ambos chegam na legenda petebista...

7 contra reinstituição dos incentivos

valdir barranco curtinha   Como já esperado pelo governador Mauro, apesar da pressão de diversos segmentos, como do comércio, do agronegócio e da indústria, o projeto de lei complementar número 53, que trata da reinstituição dos incentivos fiscais, passou facilmente pelo crivo da Assembleia....

Irmão de ex-senador já sai do governo

wener santos curtinha   Durou apenas seis meses a permanência do ex-prefeito de Nova Marilândia (2013/2016), Wener dos Santos (foto), como secretário-adjunto de Cidades do Estado. Irmão do ex-senador Cidinho Santos, Wener foi exonerado no último dia 2. Pediu para deixar o governo Mauro. O salário não...

MAIS LIDAS

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.