Cidades

Terça-Feira, 18 de Janeiro de 2011, 09h:27 | Atualizado: 18/01/2011, 10h:09

Cuiabá

Aterro sobrevive até março e Sanecap "improvisa" solução

   Com o aterro sanitário de Cuiabá prestes a atingir sua capacidade máxima, a Sanecap ainda não tem previsão de quando uma solução definitiva para o problema será adotada e improvisa uma medida emergencial. A alternativa que vem sendo estudada é a abertura de mais uma célula ao lado do aterro já existente, mas o projeto ainda depende do licenciamento ambiental expedido pela secretaria estadual de Meio Ambiente (Sema).

   De acordo com o diretor técnico da Sanecap, o engenheiro Jacirio Maia Roque, o licenciamento ainda não foi emitido porque a Estação de Tratamento de Esgosto (ETE) Dom Aquino, onde o chorume será tratado, ainda precisa passar por correções. As adaptações seriam necessárias, porque os técnicos pretendem diluir o líquido proveniente do lixo junto com o esgoto doméstico. Para isso, estudam a possibilidade de construção de tanques próprios para essa manobra.

   Perguntado sobre quando o novo espaço deve ficar pronto, o engenheiro disse que "o prazo é a necessidade da demanda, já que o aterro deve suportar receber mais lixo até março". Esta é a segunda célula emergencial que a Sanecap abre. A primeira foi implantada em meados de 2010 e já está prestes a se esgotar. O aterro atende aos mais de 530 mil habitantes da Capital, que produzem uma média diária de 500 toneladas de lixo.

   O aterro sanitário de Cuiabá conta com uma área de aproximadamente 15 hectares e fica localizado na estrada Balneário Letícia, no Sítio Quilombo, há cerca de 20 quilômetros do aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande. Apesar da Prefeitura de Cuiabá já ter encaminhado à Sema três possíveis locais para construir o novo depósito, que resolverá problema, a localização ainda não foi definida. A previsão, contudo, é que a área escolhida seja ao lado do aterro que já existe.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ana lucia Guimarães | Terça-Feira, 18 de Janeiro de 2011, 12h29
    0
    0

    Esta novela Aterro Sanitário é o retrato da incompetência dos Gestores de Cuiabá e V. Grande.Por ser uma Região Metropolitana estas duas cidades deverão resolver o problema de resíduos sólidos conjuntamente.Há um Decreto determinando que todos os municípios deverão implantar aterros sanitários,licenciados pelos órgáos ambientais até 2011.É a Política Nacional de Residuos Sólidos.

  • RITA | Terça-Feira, 18 de Janeiro de 2011, 12h20
    0
    0

    Se o prazo dependesse realmente da demanda, tudo já estaria pronto, aterro sanitário e todos os serviços de infraestrutura que a cidade precisa.Cada desculpa que vamos dizer a verdade é fazer de idiota o cidadão cuiabano. No minimo estes gestores de serviço publico estão lendo na nossa cara a palavra "I D I O T A S".

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.