Cidades

Sábado, 20 de Abril de 2019, 09h:18 | Atualizado: 20/04/2019, 09h:38

BURACOS MT

Com 11 mil curtidas, publicitário joga no Face fotos de crateras no asfalto - fotos

Internauta

Buracos

Buraco no asfalto e carro de auto escola estacionado na esquina, 2 reclamações em 1 foto, no Recanto dos Pássaros

No dia em que o forte temporal atingiu toda Cuiabá, em 3 de abril, o publicitário Wagner Rosati Carvalho, de 38 anos, alertava seus internautas de alagamentos nas avenidas da cidade por meio da sua página Buracos MT no Facebook. No vídeo recebido por um desconhecido, ele repercute a cheia das chuvas deixavam as pessoas ilhadas, na Prainha, Centro da Capital. “Procurem um lugar seguro”, escreveu à época.

Com quase 11 mil curtidas, a página Buracos MT tem se destacado pelas denúncias de crateras nas vias públicas das cidades de Mato Grosso, além de expor casos de infraestrutura precária. Internautas de todo o Estado enviam seus flagrantes para serem expostos na rede social.  Wagner acredita que a página pode ser uma ferramenta de luta para uma sociedade melhor.

Wagner Rosati

Wagner Rossati é publicitário. Ele afirma que as postagens impactam 

A história da página começa em novembro de 2011. Sua primeira publicação foi à foto publicada de uma cratera recebida por uma internauta. O publicitário disse que não se lembra de qual era a rua da imagem. Mas, em menos de 10 dias, a cratera foi fechada com terra após a publicação, conforme mostra a postagem abaixo.

"Lembra do nosso primeiro Buraco postado na estréia da pagina? Coincidentemente ou não a pagina Buracos MT, ele foi fechado", registra a publicação.

Segundo Wagner, as postagens possuem um impacto e chega, inclusive, nas autoridades. Muitas vezes, a própria Prefeitura de Cuiabá responde a página. Mas, recentemente, ele descobriu que o Executivo municipal bloqueou a marcação nas publicações feitas por Wagner. "Às vezes, a Prefeitura não gosta de receber as verdades que publicamos", constata.

A Buracos MT começou somente com a proposta de expor buracos das ruas de Cuiabá e Várzea Grande. "Mas como tempo as pessoas foram também denunciados problemas de infraestrutura e também infrações no trânsito", conta. A página expõe principalmente os motoristas que estacionam em local proibido.

A página é uma mídia independente de ação social desenvolvida pelo publicitário. Ele não tem retorno financeiro nenhum com a atividade. Com nove anos, Wagner expandiu a rede do Facebook e o canal já possui participação no Instagram, Twitter, site e conta inclusive até com um aplicativo próprio. Atualmente, existem alguns colaboradores que ajudam publicar o conteúdo: "são pessoas que se identificam com o projeto e voluntariamente ajudam".

Galeria: BURAQUEIRA E OUTROS RECLAMES

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • INDIGNAÇÃO | Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019, 10h32
    2
    0

    Carro em cima da calçada, moto em cima da calçada, tudo que é errado tem aqui em Cuiabá.

  • Gilston | Segunda-Feira, 22 de Abril de 2019, 07h02
    4
    0

    Fico muito puto, por que todos os gestores tem a mesma fala ao lançar ou inaugurar um asfalto " nunca se fez um asfalto com alta qualidade CBOK pra dura 20 ha 30 anos como o nosso " , só que menos de 6 meses ou um anos já estão cheio de buracos. Recado pro Mauro Mendes e EP que tem este discurso mentiros.

  • marcos | Domingo, 21 de Abril de 2019, 10h20
    6
    0

    Só tenha cuidado com o STF do Prefeito,logo logo ele te proibi de postar mais fotos

  • Wagner Carvalho | Sábado, 20 de Abril de 2019, 11h06
    8
    0

    muito legal a matéria!

  • Laura O'Sullivan | Sábado, 20 de Abril de 2019, 11h03
    9
    0

    Projeto muito legal, parabéns pelo projeto

Matéria(s) relacionada(s):

Câmara adia o parecer sobre denúncia

felipe wellaton curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão, assinou a Resolução número 16, na última terça (21), prorrogando por mais 30 dias o prazo para definir um parecer sobre a representação do servidor público Valmir Molina contra o vereador Felipe Wellaton...

Pacto descumprido à saúde e denúncia

Pedro Taques curtinha   O governador Mauro ingressou com representação junto ao TCE, com pedido de medida cautelar, contra o antecessor Pedro Taques (foto) e o ex-secretário de Saúde Luiz Soares, apontando supostas irregularidades na concessão de R$ 82 milhões do Fundo Estadual de Saúde para...

Ex terá de restituir erário em R$ 11 mil

gisely ex julio pinheiro curtinha   O Tribunal de Contas do Estado manteve, em decisão desta semana, a sanção aplicada à Gisely Carolina Lacerda Pinheiro (foto), viúva do ex-presidente da Câmara de Cuiabá, Júlio Pinheiro, que faleceu em junho de 2016. Julgada à revelia, já que foi...

Xuxu recusa diárias e cala Wilson

xuxu curtinha   Na tribuna da AL, o tucano Wilson Santos tentou ironizar o colega Xuxu Dal Molin (foto), que retornou de missão oficial à Ásia nesta semana, mas acabou se dando mal. Considerando que Xuxu é membro de uma das famílias mais abastadas de Sorriso, Wilson sugeriu que ele poderia ter custeado a viagem e...

TCE já suspende licitação na Câmara

misael galvao curtinha   O TCE determinou que a Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), suspenda de imediato um pregão para contratar empresa para fornecimento de material de informática e de equipamentos de áudio e vídeo. Técnicos de Controle Externo de Contratações...

Janaina, MDB e o Palácio Alencastro

janaina riva curtinha   A presidente interina da Assembleia Janaina Riva não assume publicamente mas, nos bastidores, alimenta a esperança de ser prefeita de Cuiabá. Para que isso ocorra, em 2020, teria que deixar o seu MDB o prefeito Emanuel que, aliás, já está com um pé no PTB. Na cúpula...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.