Cidades

Quinta-Feira, 02 de Abril de 2020, 11h:10 | Atualizado: 02/04/2020, 11h:23

ABAIXO-ASSINADO

Com aulas só a distância, alunos criticam cobrança de mensalidade integral da Unic

Universidade, por nota, lamenta o cenário atual e reitera que não mede esforços para garantir o ensino

uNIC

Estudantes da Unic entraram em contato com o para protestar contra a cobrança de mensalidades por aulas presenciais, sendo que, em meio à pandemia do coronavírus, estão tendo somente ensino a distância, o EAD, após a suspensão das atividades acadêmicas.

Descontentes, criaram um abaixo-assinado pela internet (clique aqui), que já tem mais de 6 mil assinaturas - a meta é bater 7,5 mil. Eles pedem que as mensalidades sejam reduzidas em até 50%, independente de bolsas ou outros descontos. Para eles, a cobrança de valores integrais, como se tivessem aulas presenciais, se mostra “desarrazoado no momento de calamidade pública”.

Muitos dos alunos tiveram sua renda sensivelmente reduzida ou mesmo perderam seus empregos em decorrência da crise instalada. Nada mais lógico, então, que a Unic adote uma postura coerente com a situação apresentada acima e reveja os valores das mensalidades de seus alunos

Trecho do abaixo-assinado

“Muitos dos alunos tiveram sua renda sensivelmente reduzida ou mesmo perderam seus empregos em decorrência da crise instalada. Nada mais lógico, então, que a Unic adote uma postura coerente com a situação apresentada acima e reveja os valores das mensalidades de seus alunos”, traz trecho do texto do abaixo-assinado.

O conversou com dois estudantes que preferiram não se identificar por medo de retaliações ou perseguições, como notas baixas ou até reprovações em disciplinas.

Eles dizem que os estudantes se mostram compreensíveis com o momento de evitar aglomerações e ficar isolados. Entendem que o ensino a distância é uma forma de continuar com a faculdade. Mas eles não acham justo pagar por aulas presenciais que não terão e, por isso, denunciam falta de suporte — e até de compreensão — por parte da Unic.

“O que gostaria que fizessem é que, no mínimo, diminuísse a mensalidade para cobrar somente por aula EAD, que é mais barato. Tá difícil para todo mundo. Tem gente que não vai ter dinheiro para pagar o que tem agora em abril”, disse um dos estudantes que afirma, também, que não vai ter dinheiro para quitar boleto por conta do fechamento do comércio.

Das aulas pela internet, eles também têm reclamações. “Não temos explicações. A gente não sabe de nada. Os coordenadores não respondem alunos. Na secretaria, eles nem falaram nada. A Unic, como sempre, deixando os alunos de lado”.

Outro lado

Por meio de nota, a Unic emitiu o seguinte posicionamento:

Suspendemos as atividades presenciais para contribuir nas ações preventivas à propagação do novo vírus

Nota da Unic

A Unic suspendeu suas atividades presenciais para contribuir nas ações preventivas à propagação do COVID-19. Para manter a qualidade do conteúdo e garantir suporte total aos nossos alunos, as aulas estão sendo ministradas pelos professores de forma remota. Os docentes seguem utilizando a mesma estrutura das aulas presenciais e trabalhando em jornada integral para que não haja qualquer prejuízo ao currículo e calendário escolar, em total consonância com as Portarias nº 343 e 345*, de 17 e 19/03/2020 respectivamente, do Ministério da Educação. Não houve, portanto, qualquer redução de custos para a instituição, pois nossos professores continuam atuando intensivamente na preparação e transmissão das aulas, bem como na elaboração de atividades e exercícios, oferecendo também todo o suporte pedagógico aos alunos.

A instituição esclarece, também, que investimentos adicionais precisaram ser direcionados à plataforma interativa como forma de viabilizar a transmissão das aulas online e os demais recursos oferecidos aos alunos. Por fim, o planejamento financeiro das instituições de ensino particulares, que ocorre antes do início das aulas, segue a regra imposta pela lei nº 9.870/1999 e, uma vez que o valor cobrado mensalmente corresponde a uma parcela do custo total do ano ou semestre letivo em curso, entende-se que as mensalidades escolares não devem sofrer qualquer impacto. A Unic lamenta o cenário atual, mas reitera que não mede esforços para a adoção das melhores práticas educacionais, assim como a manutenção da qualidade do corpo docente e preservação da saúde e segurança de seus alunos e funcionários.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Ariel | Quinta-Feira, 02 de Abril de 2020, 18h01
    0
    0

    A UNIC sem sombras de dúvida pelo que oferece é uma das instituições de ensino mais caras do país.

Irmão de prefeito não deporá à CPI

francisco faiad 400 curtinha   Por meio de seu advogado Francisco Faiad (foto), Marco Polo de Freitas Pinheiro, o Popó, dono do instituto de pesquisa Mark e irmão do prefeito Emanuel Pinheiro, comunicou oficialmente hoje à CPI do Paletó, da Câmara da Capital, que não irá prestar depoimento nesta...

Nome reserva e vulnerável para IFMT

adriano 400 curtinha   O grupo do reitor Willian de Paula deve consolidar como candidato ao comando do Instituto Federal de Mato Grosso o professor Julio Santos, diretor do Campus de Alta Floresta. A eleição acontece em novembro. Mas há um candidato reserva da cúpula situacionista. Trata-se de Adriano Breunig (foto), que...

Prefeito e sobrepreço em álcool gel

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), e sua secretária de Saúde, Manoela Nunes, têm cinco dias para apresentar defesa prévia ao TCE sobre uma denúncia de superfaturamento na compra de materiais de higienização destinados à prevenção do...

Procon decide fazer audiências virtuais

rosamaria 400 curtinha   Por causa da pandemia, que levou à suspensão dos serviços presenciais, a secretária estadual Rosamaria Ferreira (foto), de Assistência Social e Cidadania, e o adjunto de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor, Edmundo da Silva Taques, decidiram que agora o Procon-MT...

Empolgado e já morando em VG

emanuelzinho 400   O deputado federal Emanuelzinho (foto), do PTB, está tão empolgado com a possibilidade de concorrer a prefeito de Várzea Grande que não só transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para o município vizinho, ainda no ano passado, como também alugou um apartamento...

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.