Cidades

Segunda-Feira, 08 de Março de 2021, 07h:24 | Atualizado: 08/03/2021, 07h:25

Dia das mulheres

Com estudo e muita dedicação, mulheres assumem cargos em grandes corporações

Reprodução

 Samantha Cardoso Leite, supervisora de Opera��o, em apresenta��o na empresa

Não se trata de uma disputa sem fim, mas de uma busca constante por igualdade, principalmente no mercado de trabalho. Ter sucesso profissional e uma carreira consolidada é a meta de muitas mulheres, que são tão capazes quanto os homens e disputam as melhores oportunidades. Suas armas são os estudos, muita dedicação, comprometimento e coragem para vencer os obstáculos e, aos poucos, tentam reverter a desigualdade existente no Brasil.

E não há data melhor para provocar essa reflexão do que neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher.

Reprodução

Samantha Cardoso Leite, supervisora de Opera��o

Samantha Cardoso Leite é engenheira eletricista e saiu de Tangará

Um exemplo dessa realidade é Samantha Cardoso Leite. Hoje engenheira eletricista, o primeiro desafio superado para construir a carreira foi convencer os pais de que precisava sair de casa para estudar. De Tangará da Serra (a 241 km de Cuiabá), seu desejo era cursar engenharia de energia, mas não havia este curso na região. Prestou vestibular para engenharia elétrica na Unic e passou em 1° lugar. Essa conquista sensibilizou os pais, que a autorizaram mudar para a Capital.

Ainda durante o curso, começou a estagiar na Energisa, quando se apaixonou pela empresa. Logo depois de se formar, voltou para a empresa, mas desta vez como engenheira de operação. Desde então, concluiu MBA em liderança e gestão empresarial e, atualmente, faz duas pós-graduações, uma em proteção de sistemas elétricos e outra em administração do setor elétrico.

Tanto esforço já a fez subir um degrau na hierarquia da empresa e há exato um ano assumiu o posto de supervisora de operação em Cuiabá, no setor que é o coração da empresa, o Centro de Operação Integrado (COI), de onde saem todos os direcionamentos para atendimentos de clientes e onde o sistema elétrico do Estado é monitorado 24 horas por dia.

Sob o seu comando no COI, Samantha tem 130 colaboradores, entre operadores e assistentes, que conduzem cerca de 300 equipes de campo. Samantha conta que vai continuar estudando, pois pretende crescer mais.

Quem também aproveitou as oportunidades foi Jhordana Vilela Bezerra Capanema Rodrigues, 29 anos, atualmente coordenadora de Qualidade de Energisa, no Departamento de Operação, na Capital. Ingressou na empresa como trainee, em 2015, assim que concluiu a faculdade de engenharia elétrica.

“Fiquei como trainee por 10 meses. É um processo que nos oferece muitas oportunidades de desenvolvimento e liderança. Durante esse período desenvolvi projetos para organizar a logística territorial da Energisa aqui em Mato Grosso. Meu desempenho foi fundamental para a minha contratação”.

Da Assessoria

Jhordana Vilela Bezerra Capanema Rodrigues, coordenadora de Qualidade de Energisa

Jhordana Vilela Bezerra Capanema Rodrigues é hoje coordenadora de Qualidade da Energisa

Seu empenho continuou e, poucos meses depois, foi promovida a supervisora de operação, onde cuidou da gestão estratégica do departamento.

Também foi supervisora do centro de operação, e do núcleo de eficiência operacional, até chegar à coordenação de qualidade de energia, cargo que ocupa há dois anos.

Jhordana fez MBA em finanças, controladoria e auditoria pela FGV. “A Energisa, onde trabalho, mantém um Centro Educativo com vários cursos na modalidade de Educação à Distância (EAD), além dos treinamentos da Academia de Líderes. Tudo isso ajuda no nosso desenvolvimento profissional e podemos aproveitar as oportunidades que surgem na empresa e construir uma carreira”.

Em casa, eu e os meus irmãos sempre fomos incentivados a correr atrás da independência. Infelizmente há uma questão cultural e ainda quem acredite que a mulher é menos qualificada para determinadas funções

Cláudia Bilha, supervisora da Energisa em Rondonópolis

Outro exemplo de ascensão na carreira é Claudia Bilha de Almeida, 24 anos, supervisora de manutenção e transmissão da Energisa em Rondonópolis. Formada em engenharia elétrica, é apaixonada pela profissão e sua dedicação lhe rendeu uma posição de liderança em janeiro. É a 1ª mulher a trabalhar em um cargo de liderança na área de alta tensão.

“Em casa, eu e os meus irmãos sempre fomos incentivados a correr atrás da independência. Infelizmente, há uma questão cultural e ainda quem acredite que a mulher é menos qualificada para determinadas funções. Algumas situações podem mexer com a minha segurança, mas me posiciono sempre que necessário deixando claro minha qualificação e capacidade”, afirma.

Valorização de talentos

Enquanto pesquisas mostram que a diferença entre homens e mulheres no mercado de trabalho persiste, principalmente no quesito salário e ocupação de cargos de liderança, algumas empresas trabalham no sentido contrário. Na Energisa, as contratações ou promoções de colaboradores são realizadas tendo como critérios as competências dos candidatos.

É prática comum das grandes corporações a formação de pessoas para que elas construam carreira na empresa. Para isso, mantêm programas de qualificação e realizam processos seletivos internos para ocupação das vagas que surgem.

A BP de gestão de pessoas, Alina Braz afirma que isso é importante tanto para a empresa quanto para o colaborador, que se torna cada vez mais qualificado e tem a chance de ascender na empresa, que por outro lado mantém um bom profissional por mais tempo. 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...