Cidades

Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 18h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

INVESTIGAÇÃO

Comissão faz vistoria no hospital Universitário por desativar setores

Fachada do HUJM   Uma comissão do governo federal vem a Cuiabá ainda esta semana vistoriar as dependências do Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM) e apurar os motivos da desativação do Pronto Atendimento Pediátrico, a UTI Neonatal e a Enfermaria Pediátrica da unidade. Desde 4 de janeiro, a diretoria fechou as portas destes setores sob alegação de falta de recursos para prestar os serviços.

   A comissão do governo federal é formada por representantes do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (Mpog) e pelo Ministério da Educação (MEC). A vistoria foi solicitada pelo presidente da Associação dos Docentes da UFMT, professor Carlinhos Eilert, que foi a Brasília cobrar a reativação dos setores paralisados.

   Em audiência ontem à tarde com o secretário de Recursos Humanos do Mpog, Duvanier Ferreira, e a coordenadora-geral de Residências em Saúde do MEC, Jeanne Liliane, Eilert explicou que o HUJM é o único hospital 100% SUS de Cuiabá e cobrou mais recursos para unidade e a contratação de servidores, via concurso público. “As matérias publicadas na imprensa e a pressão política contra o fechamento dos setores pediátricos do HU motivaram a vinda da comissão”, explica Eilert.

   Também esteve presente na audiência a coordenadora-geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da UFMT (Sintuf), Ana Bernadete, que atua como auxiliar de enfermagem no HU desde 1984, data de fundação do hospital escola. Ele avisa que nesta quarta (20), às 13h30, haverá uma Assembléia Geral dos funcionários do HUJM para repasse de informes à categoria.

   Em 16 de dezembro, a Adufmat e o Sintuf entraram com uma representação no Ministério Público Federal (MPF), pedindo ao órgão que tomasse providências para impedir a desativação dos setores pediátricos do HUJM. O procurador Gustavo Nogami, que está elaborando uma ação civil pública, aguarda informações do hospital e do MEC, requeridas para embasar a ação. Segundo informações da Adufmat, há a sinalização de R$ 300 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para a reestruturação de hospitais universitários.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Jornalistas lançam 1º Anuário Jurídico

antonielle_curtinhas   O site Ponto na Curva e o Animus Centro Empresarial lançam em maio o primeiro Anuário Jurídico de Mato Grosso. A publicação, que é inédita no Estado, é conduzida pelas jornalistas e advogadas Antonielle Costa (foto) e Débora Pinho. A ideia é dar destaque a...

Ao Senado e com apoio de Bolsonaro

jose medeiros 400 curtinha   Com o apoio garantido por Bolsonaro, José Medeiros dá um passo largo rumo ao Senado, já nesta fase de pré-campanha. Entusiasmado, ele marcou a convenção do Podemos para 12 de março. De um lado, o ex-senador e hoje federal entra no rol dos mais cotados por causa do peso do...

EP, macumba e pedido de desculpa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) admite ter sido infeliz ao usar o termo macumba quando se referiu à atuação e torcida de vereadores da oposição para seu governo não conseguir empréstimo de US$ 115 milhões para fazer investimentos. E citou que um deles teria feito...

Apoio entre opositores é pura falsidade

diego guimaraes 400 curtinha   O tão propagado apoio político recíproco entre os vereadores de oposição em Cuiabá, principalmente em relação ao futuro cassado Abílio Júnior, não é verdadeiro. Todos são concorrentes entre si. Tentam viabilizar suas...

Joaninha se afasta da Câmara de Sinop

joaninha 400 sinop vereador curtinha   O vereador por Sinop Joaninha (MDB), conforme a coluna Curtinhas adiantou, se licenciou do cargo por 60 dias para se recuperar do acidente que sofreu durante manobra na Competição Duelo de Motos, em Atibaia (SP). Enquanto isso, o suplente Mauro Garcia (MDB), ex-secretário de...

Manifestação de apoio deles para ele

elizeu nascimento 400 curtinha   Mesmo com o apoio dos deputados Elizeu Nascimento (foto), Xuxu Dalmolin e Ulysses Moraes que levaram até assessores, em pleno horário de expediente, a manifestação pró-Abílio na Câmara de Cuiabá foi considerada fraca. Investigado por quebra de decoro...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.