Cidades

Terça-Feira, 19 de Janeiro de 2010, 18h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

INVESTIGAÇÃO

Comissão faz vistoria no hospital Universitário por desativar setores

Fachada do HUJM   Uma comissão do governo federal vem a Cuiabá ainda esta semana vistoriar as dependências do Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM) e apurar os motivos da desativação do Pronto Atendimento Pediátrico, a UTI Neonatal e a Enfermaria Pediátrica da unidade. Desde 4 de janeiro, a diretoria fechou as portas destes setores sob alegação de falta de recursos para prestar os serviços.

   A comissão do governo federal é formada por representantes do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (Mpog) e pelo Ministério da Educação (MEC). A vistoria foi solicitada pelo presidente da Associação dos Docentes da UFMT, professor Carlinhos Eilert, que foi a Brasília cobrar a reativação dos setores paralisados.

   Em audiência ontem à tarde com o secretário de Recursos Humanos do Mpog, Duvanier Ferreira, e a coordenadora-geral de Residências em Saúde do MEC, Jeanne Liliane, Eilert explicou que o HUJM é o único hospital 100% SUS de Cuiabá e cobrou mais recursos para unidade e a contratação de servidores, via concurso público. “As matérias publicadas na imprensa e a pressão política contra o fechamento dos setores pediátricos do HU motivaram a vinda da comissão”, explica Eilert.

   Também esteve presente na audiência a coordenadora-geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da UFMT (Sintuf), Ana Bernadete, que atua como auxiliar de enfermagem no HU desde 1984, data de fundação do hospital escola. Ele avisa que nesta quarta (20), às 13h30, haverá uma Assembléia Geral dos funcionários do HUJM para repasse de informes à categoria.

   Em 16 de dezembro, a Adufmat e o Sintuf entraram com uma representação no Ministério Público Federal (MPF), pedindo ao órgão que tomasse providências para impedir a desativação dos setores pediátricos do HUJM. O procurador Gustavo Nogami, que está elaborando uma ação civil pública, aguarda informações do hospital e do MEC, requeridas para embasar a ação. Segundo informações da Adufmat, há a sinalização de R$ 300 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para a reestruturação de hospitais universitários.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

Nomes do DEM para vereador de VG

pablo 400 curtinha   O DEM do casal Jayme-Lucimar, senador e prefeita, respectivamente, é dono da maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com sete dos 21 vereadores. Destes, cinco já estão trabalhando projeto de reeleição, sendo eles Gisa Barros, que era do PSB; Valdemir Bernadino, o Nana; Pedro...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.