Cidades

Quinta-Feira, 07 de Fevereiro de 2019, 19h:19 | Atualizado: 08/02/2019, 09h:06

Equipe de busca encontra corpo de mato-grossense desaparecido em Brumadinho

Reprodução

Jo�o Paulo e Rosilene Ozorio

Rosilene Ozório Mattar era casada com João Paulo Pizzoni, que morou em MT por 22 anos

O corpo de João Paulo Pizzani, 37 anos, foi encontrado por equipes de busca na manhã desta quinta (7), nas redondezas da mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). Ele era um dos desaparecidos após os rompimentos de barragens na cidade mineira.

Assim como Pizzani, outras 156 pessoas morreram na tragédia. Há ainda 182 desaparecidos, conforme números divulgados nesta quinta (7).

Ele era funcionário da Vale, mineradora responsável pelo Córrego do Feijão. A morte do trabalhador foi confirmada ao portal G1 pela irmã do homem, Janaína Pizzani, que está em Brumadinho desde o último fim de semana.

De acordo com o G1, Janaína informou que o sepultamento do irmão será realizado ainda nesta quinta. Ela não divulgou o horário.

Pizzani era casado com Rosilene Ozório Mattar, 48 anos, que era funcionária administrativa da Vale. O corpo dela foi identificado dias antes. Conforme o jornal Estado de Minas, o casal morreu, provavelmente, no mesmo tempo. Rosilene foi enterrada na manhã de terça (5). Mineira, ela conheceu o marido na Vale. Eles não tiveram filhos.

Os dois moravam e trabalhavam em Brumadinho. Na mineradora, atuavam em setores diferentes.

Pizzani nasceu em Belo Horizonte, mas mudou-se com a família para Arenápolis (a 259 quilômetros de Cuiabá), ainda bebê. No município mato-grossense, viveu por cerca de 22 anos e depois retornou para Belo Horizonte.

Conforme a irmã dele, ainda em entrevista ao G1, Pizzani foi aprovado em um processo seletivo da Vale em 2005 e, desde então, começou a trabalhar na mineradora.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Kalil descarta candidatura a prefeito

kalil baracat curtinha   O secretário de Governo Kalil Baracat (foto), do MDB, assegura não ter nenhum projeto para disputa a prefeito de Várzea Grande e nem foi procurado pelo casal Jayme e Lucimar Campos, senador e prefeita, para debater o assunto. Pondera que ainda é cedo e que as discussões eleitorais...

Selma retribui elogio de Sérgio Moro

selma arruda curtinha   A senadora Selma Arruda (foto), que foi elogiada e utilizada como exemplo pelo ministro da Justiça  na CCJ do Senado, fez questão de expressar solidariedade a Sérgio Moro.  O ministro  está na defensiva desde que o site The Intercept começou a publicar supostas conversas com...

Cotia também quer disputar Cáceres

cotia curtinha   Surge mais um pré-candidato a prefeito de Cáceres, além dos três aliados do prefeito Francis Maris e de outros cinco pretendentes pela oposição. Trata-se de Renancildo Soares França, o Cotia (foto), filiado ao PSD. Ex-assessor do ex-federal Pedro Henry, do ex-vice-governador...

5 ensaiam em Cáceres pela oposição

tulio fontes curtinha   Enquanto três tucanos da base do prefeito Francis vivem expectativa por candidatura pelo palanque situacionista em Cáceres, grupos de oposição se movimentam para lançar nomes competitivos. O advogado e ex-prefeito por dois mandatos Túlio Fontes (foto), do PV, demonstra certo...

Base de Francis, Júnior e divergências

eliene liberado curtinha   O prefeito de Cáceres Francis Maris, no segundo mandato e, portanto, fora do projeto majoritário de 2020, não esconde mais de ninguém que o nome preferencial para a disputa à sucessão é do seu secretário de Turismo, Júnior Trindade. E isso não tem...

Prefeito é ovacionado em solenidade

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) foi ovacionado nesta segunda (17), durante a solenidade que marcou entrega das chaves das unidades do Residencial Nico Baracat I,  no Jardim Liberdade, região da Grande Osmar Cabral. No geral, 360 famílias receberam as chaves dos imóveis, programa do Minha...

MAIS LIDAS

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.