Cidades

Sexta-Feira, 17 de Maio de 2019, 09h:53 | Atualizado: 17/05/2019, 10h:05

SAÚDE

Saúde alerta para vírus que causa dengue letal e de ágil evolução registrado em MT

Reprodução

aedes-aegypti

Mosquito Aedes carrega novo vírus em circulação de alto potencial ofensivo ao ser humano

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio do setor de Vigilância Epidemiológica, emitiu um alerta aos municípios para a identificação do vírus DENV-2, um tipo de dengue que evolui rápido e pode levar a óbito. De acordo com a área técnica, existe um risco de reinfecção e do surgimento de casos mais graves, especialmente em crianças. As redes municipais de saúde estão sendo orientadas a avisar o Governo sobre casos.

“Orientamos aos profissionais de saúde dos municípios que notifiquem todos os casos suspeitos das arboviroses dengue, chikungunya e zika, considerando o cenário epidemiológico dessas doenças. Ao observar os sintomas, é preciso que os profissionais redobrem a atenção”, recomenda a coordenadora da Vigilância Epidemiológica da SES-MT, Alessandra Moraes.

Orientamos aos profissionais de saúde dos municípios que notifiquem todos os casos suspeitos

Trecho de nota da SES

Segundo a pasta, o vírus já circulou no Estado em 2011. Na época, houve o bloqueio epidemiológico que evitou uma epidemia. Os casos considerados suspeitos do novo tipo apresentam febre de duração máxima de sete dias, acompanhada de pelo menos dois dos seguintes sintomas: febre, dor de cabeça, dores musculares, dor nas juntas, dor ao redor dos olhos, cansaço e irritação na pele, além da exposição à área com transmissão de dengue ou com presença de Aedes Aegypti nos últimos quinze dias.

A Vigiância Estadual orientou os municípios de Mato Grosso sobre como deve proceder para enviar amostras para diagnóstico laboratorial dos casos suspeitos deste novo tipo da dengue. O Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso (Lacen-MT) é a referência estadual para esses exames.

Alessandra alerta ainda que, nos casos de dengue grave ou óbitos com suspeitas da doença, a notificação aos serviços da Vigilância Epidemiológica Municipal e Estadual deve ser feita imediatamente. Outra recomendação às redes municipais é para que seja feita e investigação de antecedentes epidemiológicos do paciente.

“É importante enfatizar que, ao ser infectado por um sorotipo do vírus da dengue, a pessoa cria imunidade permanente contra esse sorotipo, entretanto, também cria anticorpos que podem agravar uma infecção caso seja infectado por um sorotipo diferente”, explicou a coordenadora.

O comunicado de alerta da SES-MT ressalta ainda que a notificação de doenças e agravos de saúde pública, além de ser uma obrigação legal do profissional de saúde, tem como objetivo sinalizar a ocorrência da doença e desencadear ações de Vigilância em Saúde (Com Assessoria).

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • geraldo | Sexta-Feira, 17 de Maio de 2019, 12h03
    2
    0

    Tem é que fazer uma operação de limpeza forçada nos terrenos baldios e cobrar a limpeza,tem que entrar nas casas dos moradores principalmente onde os índices são alarmantes,já denunciei sobre terrenos sujos no Araés e ninguém faz nada,na travessa joaquim da costa siqueira quase em frente a igreja seicho no ie e próximo da igreja adventista tem uma casa abandonada com matagal esconderijo de maconheiro e ninguém da administração municipal faz nada.

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

Cáceres, lockdown e frases de alerta

francis maris 400 curtinha   Em Cáceres, o prefeito Francis Maris (foto) decretou lockdown desde a última segunda, dia 29, como forma de forçar os moradores a permanecer em casa para conter o avanço da Covid-19. Mas as medidas restritivas não estão surtindo tanto efeito na prática. Muitos continuam...

4 prefeitos de MT com coronavírus

luiz binotti 400 curtinha   Pelo menos quatro prefeitos em Mato Grosso já foram diagnosticados com Covid-19. O caso mais recente envolve Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Ele aguarda resultado de exames, mas já se encontra em isolamento domiciliar. Com sintomas do novo coronavírus, Binotti decidiu ficar em casa. De um...

Forçando cuiabanos a ficar em casa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Acuado por causa do avanço dos casos de Covid-19, o que tem provocado colapso na rede pública de saúde, principalmente em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu adotar medidas mais restritivas para conter circulação e aglomerações de pessoas,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.