Cidades

Sexta-Feira, 17 de Maio de 2019, 13h:01 | Atualizado: 18/05/2019, 09h:19

Raoni ganha apoio de Macron para cercar o Parque do Xingu com muro de bambu

Reprodução

Raoni Macron

Cacique Raoni foi recebido pelo presidente Emmanuel Macron 

O presidente francês, Emmanuel Macron, recebeu o líder indígena do Xingu Raoni Metuktire e assegurou apoio em sua luta para proteger a biodiversidade e os povos da Amazônia que são vítimas de crescente desmatamento. O encontro ocorreu nessa quinta (16), no Palácio do Eliseu, sede do governo da França, em Paris.   

O encontro com Macron  durou cerca de 45 minutos. Raoni estava acompanhado pelos outros líderes do Xingu - Kailu, Tapy Yawalapiti e Bemoro Metuktire. Ao final da reunião, eles levantaram os braços nos degraus do Eliseu.

Na reunião, Raoni disse que busca 1 milhão de euros para financiar muros verdes feitos de bambu para delinear a reserva do Xingu em Mato Grosso. Segundo o líder indígena, a área tem sofrido com a intrusão permanente de traficantes de madeira e de animais, garimpeiros e caçadores.

Já Macron disse que a França é um país amazônico por causa da Guiana e está comprometida com a luta contra o desmatamento e defende os direitos dos povos indígenas. O chefe de Estado francês afirmou que o país considera os índios  como atores-chave na preservação das florestas e da biodiversidade e, por isso, engajados na luta contra as mudanças climáticas.  

Após o encontro, o governo francês anunciou que apoiará o projeto de Raoni. O compromisso, inclusive financeiro, será anunciado posteriormente.

O objetivo da viagem  de Raoni de três semanas pela Europa é lançar um SOS junto à opinião pública e aos líderes políticos para salvar a grande reserva do Xingu, uma enorme área de biodiversidade de cerca de 180.000 km2. Isso porque o  desmatamento, que havia diminuído drasticamente na Amazônia de 2004 a 2012, voltou a crescer agora em janeiro: +54% em relação ao mesmo período de 2018, segundo a ONG Imazon.

Ainda que o desmatamento tenha, na sequência, caído em fevereiro (-57%) e em março (-77%), 268 km2 de floresta desapareceram no primeiro trimestre. Nos últimos 12 meses, o desmatamento registrou um avanço de 24%.

Por ocasião desta reunião, o governo francês anunciou que a França planeja sediar uma cúpula internacional de povos indígenas do mundo inteiro. A data  provável é  junho de 2020. (Com informações da  France Presse)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

Cáceres, lockdown e frases de alerta

francis maris 400 curtinha   Em Cáceres, o prefeito Francis Maris (foto) decretou lockdown desde a última segunda, dia 29, como forma de forçar os moradores a permanecer em casa para conter o avanço da Covid-19. Mas as medidas restritivas não estão surtindo tanto efeito na prática. Muitos continuam...

4 prefeitos de MT com coronavírus

luiz binotti 400 curtinha   Pelo menos quatro prefeitos em Mato Grosso já foram diagnosticados com Covid-19. O caso mais recente envolve Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Ele aguarda resultado de exames, mas já se encontra em isolamento domiciliar. Com sintomas do novo coronavírus, Binotti decidiu ficar em casa. De um...

Forçando cuiabanos a ficar em casa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Acuado por causa do avanço dos casos de Covid-19, o que tem provocado colapso na rede pública de saúde, principalmente em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu adotar medidas mais restritivas para conter circulação e aglomerações de pessoas,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.