Cidades

Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 16h:51 | Atualizado: 25/06/2019, 16h:55

Mobilização

Policiais civis pedem aposentadoria e pensão com tratamento igual a PMs

Policiais civis realizam protesto em frente à sede da secretaria de Segurança Pública para reivindicar isonomia de tratamento entre os servidores da Segurança Pública com regras semelhantes aos policiais militares. A paralisação geral faz parte de agenda nacional da categoria que protesta contra a Reforma da Previdência. 

Presidente do Sindicato dos Escrivães da PJC, Davi Nogueira especifica que a reivindicação é por uma aposentadoria justa para os policiais civis de todo o país. “Queremos isonomia de tratamento em comparação aos policiais militares. Há duas semanas um grupo de 200 policiais de Mato Grosso fez uma grande manifestação em Brasília. Dia 2 de julho, novamente 200 policiais irão protestar contra a Reforma da Previdência e exigir tratamento isonômico às forças de segurança”, disse em vídeo.

A Federação Interestadual de Policiais Civis das Regiões Centro-Oeste e Norte (Feipol) divulgou relatório que aponta os principais problemas da proposta da Reforma da Previdência que devem ser trabalhados juntos aos parlamentares.

Entre os pontos debatidos está a quebra na correlação entre Previdência e pensão dos servidores policiais e militares e civis. Com a proposta da Reforma, as regras para militares e civis deixarão de ser semelhantes. Hoje, ambas categorias possuem regras baseadas nas peculiaridades das atividades, como risco inerente, desgaste físico e mental, ausência de uma série de direitos trabalhistas como ao de greve, hora extra, adicional noturno, insalubridade e dedicação exclusiva.

Os policiais civis questionam o texto em tramite no Congresso, que mantém apenas os militares e Forças Armadas com tratamento previdenciário por legislação infraconstitucional, o que deverá gerar uma situação de desigualdade com os policiais civis, cuja previdência deverá seguir regra geral aos demais servidores.

Em tese, as medidas que deverão contemplar os policiais civis deverão ser discutidas quando os Estados e municípios forem debater a reforma em suas devidas esferas, já que, por ora, vigora o acordo entre parlamentares e Governo, de que os entes federados permanecerão fora da reforma em tramite no Congresso.

Por outro lado, a indefinição em torno do tema tem gerado preocupação da categoria, já que, se houver a inclusão de emendas que sejam aprovadas, prevendo Estados e municípios na Reforma, as regras que atingem os policiais civis poderão ficar distantes das que serão aplicadas aos militares, razão que tem motivado a reivindicação da categoria. 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Joao carlos | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 16h59
    3
    0

    a11111111. Vão trabalhar cambada de atoa

Prejuízos para Acorizal de R$ 753 mil

clodoaldo monteiro 400 curtinha acorizal   O conselheiro interino Moisés Maciel concedeu medida cautelar proposta pela secretaria de Controle Externo de Contratações Públicas do TCE, suspendendo de imediato um termo de parceria, em vigor desde 2017, entre a prefeitura de Acorizal e a Oscip Iso Brasil. Foi descoberto...

"Eu não devo um centavo para Júlio"

sergio rezende 680   O empresário e ex-vereador de Chapada dos Guimarães, Sergio Rezende (foto), que foi "enquadrado" pelo cacique político do DEM, Júlio Campos, reagiu, mas sem as críticas duas de antes contra o ex-governador. Irritado pelos ataques feitos por Rezende em um grupo de WhatsApp, Julio gravou um...

Ex-vereador do DEM recua da disputa

ivan evangelista 400 curtinha   O pecuarista e ex-vereador Ivan Evangelista (foto) vai mesmo jogar a tolha. Apontado como uma das apostas do DEM na briga por vaga no Legislativo cuiabano, Ivan não se empolgou, notou dificuldades para se obter êxito nas urnas e vai comunicar a direção do partido de sua desistência da...

Gestão Tatá sob várias irregularidades

tata amaral 400 curtinha   A gestão Tatá Amaral (foto), em Poconé, está sendo marcada por uma série de irregularidades. Uma denúncia feita junto ao TCE pelo auditor público interno municipal, Ademar Vivan Júnior, foi confirmada. Descobriu-se, por exemplo, contratação...

Ucamb é multada por irregularidades

edio 400 curtinha   Numa sessão realizada por videoconferência, o TCE puniu o líder comunitário Édio Martins de Souza (foto) por irregularidades num convênio de 2009 com o Estado. Na época, Édio presidia a União Cuiabana de Associações de Moradores de Bairro (Ucamb)....

PSD reforça nome de Flávio em VG

selleman mathias 400 curtinha psd vg   Chamou a atenção a presença do presidente do diretório do PSD, em Várzea Grande, Selleman Mathias (foto), no lançamento da candidatura do empresário Flávio Vargas (PSB) à sucessão da prefeita Lucimar Campos, nesta quarta. Ao que tudo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.