Cidades

Segunda-Feira, 18 de Maio de 2020, 19h:29 | Atualizado: 18/05/2020, 19h:48

"ATO FÚNEBRE"

Com caixão, empresários realizam ato e pedem volta de shoppings e restaurantes

Rogério FlorentinoOD

Protesto de empres�rios do com�rcio e restaurantes em frente � Prefeitura de Cuiab�

Um grupo de  empresários e funcionários de diversos  setores como academias, bares, restaurantes e lojas de shoppings centers protestaram na tarde desta segunda (18). Os manifestantes pediam a  flexibilização das medidas contra a disseminação do novo Coronavírus (Covid-19) e a abertura imediata dos seus empreendimentos.

Os participantes realizaram carreata e buzinaço na área central de Cuiabá. Depois, carregaram um caixão e acenderam velas na porta da sede da Prefeitura. No total, cerca de 200 veículos circularam pela cidade.

Veja vídeo

Segundo os manifestantes, o caixão representava a “morte dos CNPJs” causada pelo fechamento do comércio imposto pela Prefeitura. O símbolo foi utilizado dia que Mato Grosso chegou a 30 mortes por Covid-19, sendo três somente na Capital.

A manifestação denominada “’Carreata a favor da vida dos trabalhadores”  iniciou  na Praça 8 de Abril, em frente ao Choppão,  por volta das 15h.  O fim  foi na Praça Alencastro, em frente à Prefeitura,  na tentativa  de sensibilizar o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

  Hoje, os setores que participaram do protesto completam 62 dias fechados.  A suspensão das atividades foi decretada em 23 de março.

Soluções e emprego

Conforme os empresários, a categoria quer soluções para gerar empregos, dignidade aos trabalhadores e empregadores das empresas que foram impedidas de atuar como bares, restaurante, lojas de shoppings e demais setores atingidos pelos decretos.

Além disso, o setor solicita ao governo federal uma extensão da ajuda ao pagamento dos salários, acesso facilitado a crédito, redução de impostos e o direito de fazer a “reabertura consciente” das empresas.

De acordo com a presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrase), em Cuiabá, Lorena Bezerra a principal reivindicação do segmento é para que eles voltem a trabalhar. “Nosso setor está há 60 dias fechado e beirando ao caos,  a ponto de 40% do segmento não conseguir voltar. O restaurante Confrade mesmo foi um dos que fecharam, está há mais de 20 anos no mercado”, lamenta Lorena.

Em relação aos pedidos para a reabertura dos comércios, a Prefeitura de Cuiabá informa que:

- O Município compreende a reivindicação das categorias e tem trabalhado para que garantir que a retomada de cada uma das atividades aconteça da forma mais segura possível para os empresários, colaboradores e clientes.

- Desde o dia 27 de abril, tem colocado em prática um plano estratégico, com o aval técnico e as devidas medidas de biossegurança adotadas.

- Para os setores que ainda não retornaram, o Município continua avaliando o comportamento da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) na Capital, para que a medida seja aplicada no momento certo.

- Durante esse período, a Prefeitura segue mantendo o diálogo aberto com todos os setores e busca de uma solução em conjunto. 

- Destaca que, por ter adotado medias rígidas desde o inicio, Cuiabá tem conquistados resultados positivos, se comparado com o cenário nacional.

- No entanto, tais resultados não significam que a cidade voltou a viver uma situação de normalidade.

- As previsões de especialistas da área destacam que, até o fim de junho, o número de infectados aumente e, diante dessa conjuntura, o Município trabalha para proteger e evitar que a capital mato-grossense entre neste cenário.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • HELO | Terça-Feira, 19 de Maio de 2020, 10h52
    4
    0

    Por que estes empresários não fazem passeata, ao invés de carreata ? Estavam acostumados aos grandes lucros, O funcionário recebendo pelo seu trabalho, o mesmos valor que um empresário e familiares gastavam em um dia.\ hoje a realidade bate a porta de tos os brasileiros. Pobres e ricos tem necessidades enormes e pouco recurso. O pobre sempre esteve sem recursos e já está acostumado a viver com pouco ou mesmo sem nada. É hora dos empresários aprenderem a viver SEM LUXO!!!!!!

  • Amaral antunes | Terça-Feira, 19 de Maio de 2020, 08h06
    8
    0

    A teimosia que contamina e mata.

  • Etiel Regis de Lima | Terça-Feira, 19 de Maio de 2020, 00h56
    0
    11

    Esses políticos estão matando a economia do país. Fazem esse terrorismo para justificar os milhões que estão recebendo da União porque na verdade não terão com o que gastar todo esse dinheiro então ficam fabricando atestados de óbito FALSOS pois nem todos estão morrendo pela COVID19.

  • Josiel Batista | Segunda-Feira, 18 de Maio de 2020, 21h51
    1
    10

    Uma tremenda sacanagem que o E P está fazendo com os empresários e com a sociedade, pois não estamos querendo trabalhar errado mas subsistir estamos passando necessidade também e não temos crédito pra bancar as contas nominais e funcionários sem termos retorno de capital de giro e à prefeitura não está preocupada devido aos quase 200 milhões de reais garantidos pelo governo federal

Opositores ganham força em Barra

adilson gon�alves 400 curtinha   Grupos de oposição estão ganhando "musculatura" em Barra do Garças, numa expectativa otimista de derrotar o candidato apoiado pelo prefeito Beto Farias (MDB), o atual vice Wellington Marcos, que está filiado ao DEM. Wellington é considerado nome "pesado"...

Cuiabá já conta com 10 "prefeitáveis"

paulo grando 400 curtinha novo   Dez partidos já possuem um ou mais pré-candidatos a prefeito de Cuiabá. E a "inflação" de nomes tende a aumentar empurrada pela necessidade de sobrevivência dessas legendas, que, lançando nome à majoritária, ajudam seus candidatos a vereador na busca por...

Apoio de Bolsonaro é aposta de França

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto) segue cheio de esperanças do apoio de Bolsonaro a seu nome como pré-candidato a prefeito de Cuiabá. Entre o sim e o não, preferiu seguir o calendário eleitoral e se afastar da apresentação do seu tradicional programa de TV Resumo do Dia, de...

Adin contra nomeação em Cáceres

angelo audicom 400 curtinha   Presidida por Ângelo Silva de Oliveira (foto), a Audicom-MT, entidade que congrega auditores e controladores internos dos municípios do Estado, ingressou com Adin no Tribunal de Justiça, pleiteando liminar para, assim como ocorreu em Rondonópolis, também derrubar uma lei em vigor...

Viúva de Adriano disputa em Cáceres

anelise silva 400 curtinha   Anelise Silva (foto), viúva do ex-reitor da Unemat e ex-deputado Adriano Silva, lançou pré-candidatura à prefeita de Cáceres pelo DEM do governador Mauro. Ela enfatiza que sofre a dor da perda e que decidiu entrar no páreo para dar continuidade ao projeto de Adriano de...

Vereador tenta barra compra de cestas

diego guimaraes 400 curtinha   O vereador pela Capital, Diego Guimarães (foto), denunciou junto à Ouvidoria do TCE o que definiu como irregular a aquisição, com dispensa de licitação, de cinco mil cestas básicas de alimentos pela secretaria municipal de Assistência Social e Desenvolvimento...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.