Cidades

Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 08h:04 | Atualizado: 23/09/2020, 09h:11

INCÊNDIOS EM MT

Força de Segurança chega hoje em MT para somar no combate ao fogo resistente

Agência Brasil

força nacional

Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) chega hoje (23) em Mato Grosso, para somar no combate ao fogo inclusive no Pantanal, onde a situação é mais drástica, embora tenha amenizado em 52%, com as últimas chuvas, dias 19 e 20. A informação é do tenente coronel Dércio, porta-voz do Corpo de Bombeiros, em Poconé (a 103 km de Cuiabá), porta de entrada do Pantanal de Mato Grosso. Segundo ele, apesar da trégua climática, a seca persiste em diversos pontos, como no sul do Pantanal, por exemplo, onde não choveu.

Da Força de Segurança, desembarcam mais 43 militares, além de 10 viaturas, 2 micro-ônibus e 1 helicóptero, autorizados pela portaria 534/2020, assinada pelo ministro André Mendonça, que, de acordo com a Agência Brasil, atende a pedido feito pelo governador Mauro Mendes (DEM). A portaria foi publicada hoje no Diário Oficial da União.

Tenente coronel Dércio informa que mais de 40 equipes da corporação estão em campo e, no momento, a estrutura de combate ao fogo é "bastante expressiva". "Só no Pantanal são mais de 176 brigadistas e 28 bombeiros". Segundo ele, enfrentam várias dificuldades de ordem climatológica, de acesso, topográficas e outras. "A maior dificuldade do Pantanal são os acessos, que não oferecem condições de combate direto ao fogo, então temos que partir para o combate indireto. Aceiro por máquinas, uso do contrafogo em alguns casos, além dos fatores climatológicos que todos já conhecem, temperatura de 43 graus, a umidade relativa chegando a 8%, ventos fortes chegando a mais de 8 km por hora".

Ele destaca ainda que a principal dificuldade no combate ao fogo é, sobretudo, "o homem", já que está comprovada a causa intencional de maior parte desses incêndios.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • telmo bhaf | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 08h52
    0
    0

    depois que já está quase tudo queimado !! depois de tantos animais mortos ! se tem capacidade , porque não agiram antes !

  • todeolho | Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020, 08h43
    0
    0

    depois que ja queimou quase tudo

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...