Cidades

Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020, 18h:08 | Atualizado: 28/10/2020, 18h:42

Dia Mundial

Psoríase não tem cura, mas pode ser tratada; afeta 5 milhões de brasileiros

Reprodução

M�dica dermatologista Natasha Crepaldi

Médica Natasha Crepaldi destaca a necessidade de se barrar estigmas

29 de outubro é o Dia Mundial da Psoríase, uma doença imunomediada inflamatória da pele que incomoda muita gente, cercada de preconceitos e não tem cura. A data, instituída em 2004, após a Organização Mundial da Saúde (OMS) reconhecer a doença como enfermidade grave, é lembrada em ao menos 59 países, incluindo o Brasil, e atinge mais de cinco milhões de brasileiros em uma curva crescente ano a ano.

Doença crônica, não contagiosa, autoimune e genética, a psoríase é caracterizada pelo aparecimento de manchas e placas róseas ou avermelhadas na pele, associadas a descamação intensa e coceira. No Brasil, estima-se que a doença atinja 1,3% da população jovem e adulta, sem distinção entre homens e mulheres.

Segundo a médica dermatologista Natasha Crepaldi, as lesões podem ocorrer em qualquer região da pele, couro cabeludo e até nas unhas. Além disso, alguns pacientes apresentam a inflamação também nas articulações (artrite psoriática). Nesse caso, se não tratada precocemente, a doença pode se manifestar de forma mais grave.

“A forma mais comum, responsável por 90% dos casos, é a "vulgar ou em placas" em que há placas vermelhas com descamação branco prateada, localizada de forma simétrica nos joelhos, cotovelos, couro cabeludo e região sacral (na base da coluna vertebral)”. A médica pontua que hoje ela é considerada uma doença sistêmica, isto é, em que todo o organismo sofre.

De acordo com estudos, evidenciou-se que a Síndrome metabólica, que é composta por entre outros por obesidade/sobrepeso, alterações do colesterol e pressão alta, é um grande fator inflamatório do corpo também implicado no surgimento da psoríase.  “Existe também um forte impacto psicológico, sendo mais relacionada a quadros depressivos que as artrites e doenças do coração, devido ao estigma e preconceito que pode provocar durante as interações sociais”, acrescenta Natasha.

Diversas celebridades como Kim Kardashian, Cara Delevingne, Cindy Lauper compartilharam seus diagnósticos de psoríase nas redes sociais para incentivar as pessoas a buscarem ajuda médica. Em entrevista ao site The Times, a modelo Cara revelou que odiava seu corpo.

Reprodução

Psoriase - como se apresenta

 

“As pessoas colocavam luvas e não queriam encostar em mim porque elas pensaram que era, tipo, lepra ou algo assim. Não foi um período legal. Eu estava, tipo, lutando e fugindo por meses. Apenas constantemente no limite. E é uma coisa mental também porque se você se odeia, odeia seu corpo e a forma como você é, isso só piora e piora”, explicou.

Não é contagiosa

A dermatologista reforça a importância de se falar sobre a doença e retirar seus estigmas, esclarecendo que não é contagiosa e alertar sobre os vários fatores desencadeantes, como traumas locais, infecções bacterianas ou virais, estresse, tabagismo, alcoolismo, uso de determinadas medicações como antimaláricos, lítio e betabloqueadores.

Assim como as demais doenças crônicas, não existe cura e as lesões sempre podem voltar. Porém, com o tratamento correto, a chance de grandes períodos livre de lesões é bem alto. “É essencial o controle do estilo de vida, já que o controle dos fatores metabólicos reduz fatores inflamatórios circulantes no organismo e melhora a doença, além de parar de fumar. Os protocolos envolvem também medicações tanto em pomadas, cremes, loções e soluções até medicações via oral e mais recentemente as drogas biológicas que foram grandes aliadas nas formas mais graves”.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Emanuel é quem mais realizou obras

emanuel pinheiro 400 curtinha   Um levantamento da empresa Percent Pesquisa & Consultoria, feita em Cuiabá entre os últimos dias 13 e 14, destaca que, na percepção de 49% dos cuiabanos, o prefeito reeleito Emanuel Pinheiro (foto) foi o que mais fez obras e serviços. Em segundo lugar, com 19,8%, é citado...

Emendas ajudam Unemat de ROO

thiago silva 400 curtinha   Em reunião com o reitor da Unemat, Rodrigo Zanin, e com o pró-reitor Alexandre Porto, o deputado estadual Thiago Silva (foto) tratou da emenda de R$ 1 milhão para manter o curso de direito e abertura do de jornalismo em Rondonópolis neste ano. E, juntos, definiram o modelo de...

Presidente da Ucmmat quer reeleição

edcley lopes ucmmat 400   Reeleito para o sexto mandato e com a maior votação em Vila Bela da Santíssima Trindade, o vereador Edcley Lopes Coelho (foto), que obteve 391 votos pelo Solidariedade, luta agora por outro desafio. Quer se reeleger presidente da Ucmmat, entidade que congrega as câmaras municipais com seus 1.404...

Elisângela conduz Secom da Câmara

elisangela tenorio 400 curtinha   A jornalista Elisângela Tenório (foto) está de volta ao comando da Comunicação Social da Câmara de Cuiabá. Ela ocupou o mesmo cargo na gestão Justino Malheiros, mas, na época, não teve à disposição estrutura para desevolver uma...

Logística em MT pra distribuir vacinas

mauro mendes 400 curtinha   O governo estadual já providenciou toda logística para levar as vacinas anti-Covid-19 aos municípios. O governador Mauro Mendes (foto) destaca que, em princípio, adquiriu 3,5 milhões de seringas. Os lotes de vacinas chegam a MT até a próxima quarta. Seguindo o Plano...

Emanuel no PTB e reeleição do filho

emanuelzinho 400   O PTB está sendo preparado para receber a filiação do prefeito Emanuel Pinheiro, que iniciou o segundo mandato em Cuiabá. Sem ambiente para seguir no MDB, onde passou a enfrentar resistência de toda a bancada do partido na Câmara Federal e na Assembleia, Emanuel recebeu convite de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.