Cidades

Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 09h:19 | Atualizado: 08/02/2019, 09h:27

Corpo de professora desaparecida há 14 dias é achado e ex-namorado é suspeito

corpo professora

 

Localizado na noite de quinta (7) o corpo de uma mulher. É da professora Rosângela Silva, 32 anos, que estava desaparecida há 14 dias. A confirmação foi feita pela Polícia Civil.

O cadáver foi encontrado em um matagal às margens da MT-249, próximo à Nova Mutum (a 264 km de Cuiabá).  Apesar de estar em estado de decomposição, um relógio e as roupas da vítima foram reconhecidos por familiares que acompanharam os trabalhos de buscas.

O caso deve ser investigado pela Polícia Civil. O corpo foi encaminhado ao IML, para exames de necropsia.

O principal suspeito do crime é Alexandro Lautenschlaiger, 31, que se encontra preso em Foz do Iguaçu no Paraná, e desde que foi detido na região da triplíce fronteira, havia negado ter participação no desaparecimento da ex-namorada.

O delegado Rodrigo Costa Rufato chegou até o corpo mediante denúncia, informando onde estava o corpo, coberto por um lençol. Ele conta que o Alexandro ainda está em processo de recambiamento e vai responder por feminicídio, ocultação de cadáver, invasão domiciliar e descumprimento de medida protetiva. "Não colaborou em nada com as investigações", diz o delegado. Ao ser interrogado, permaneceu sempre em silêncio.

O caso

Na noite do dia 25 de janeiro, Rosângela teria combinado de sair com uma amiga, que se deslocou até a residência dela. Por volta das 22h, ela disse que iria conversar com o ex-namorado e retornava para casa rapidamente. Entretanto, não retornou.

Por volta da meia-noite, a amiga ligou para um colega em comum e teria perguntado quanto ao paradeiro de Rosângela. Esse colega então ligou para Alexandro que atendeu ao telefone e disse que teria deixado a ex-namorada em frente à casa dela. Depois disso, não atendeu mais ligações e também desapareceu.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Luiz verda | Domingo, 10 de Fevereiro de 2019, 08h26
    0
    0

    O maldito matou e ainda e considerado suspeito, só pode ser piada. É réu pena máxima

Matéria(s) relacionada(s):

5 ensaiam em Cáceres pela oposição

tulio fontes curtinha   Enquanto três tucanos da base do prefeito Francis vivem expectativa por candidatura pelo palanque situacionista em Cáceres, grupos de oposição se movimentam para lançar nomes competitivos. O advogado e ex-prefeito por dois mandatos Túlio Fontes (foto), do PV, demonstra certo...

Base de Francis, Júnior e divergências

eliene liberado curtinha   O prefeito de Cáceres Francis Maris, no segundo mandato e, portanto, fora do projeto majoritário de 2020, não esconde mais de ninguém que o nome preferencial para a disputa à sucessão é do seu secretário de Turismo, Júnior Trindade. E isso não tem...

Prefeito é ovacionado em solenidade

emanuel pinheiro curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) foi ovacionado nesta segunda (17), durante a solenidade que marcou entrega das chaves das unidades do Residencial Nico Baracat I,  no Jardim Liberdade, região da Grande Osmar Cabral. No geral, 360 famílias receberam as chaves dos imóveis, programa do Minha...

Governador, Nota MT e provocação

mauro mendes curtinha   Ao lançar a Nota MT, programa que estimula e incentiva o contribuinte a pedir nota em toda compra de mercadoria, o que ajuda na cultura do combate à sonegação fiscal, o governador Mauro Mendes (foto) copia para o Estado a mesma proposta implantada em Cuiabá na época em que foi...

Cândida Farias troca MDB pelo DEM

candida farias curtinha   Aos 68 anos, completados nesta segunda (17), a empresária Cândida Farias (foto), segunda-suplente do senador Jayme Campos, está desembarcando do MDB e vai se filiar ao DEM. Apesar da mudança de legenda, ela não tem pretensões de concorrer a cargo eletivo nas urnas de 2020....

Vander forte pela oposição em Tangará

vander masson curtinha   O nome mais forte hoje da oposição em Tangará da Serra, do ponto de vista da densidade eleitoral, é do empresário Vander Masson (foto), que ficou em terceiro lugar para prefeito em 2016 e, no pleito do ano passado, concorreu e perdeu para deputado federal. Filho do ex-prefeito e...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.