Cidades

Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2021, 16h:52 | Atualizado: 21/01/2021, 07h:28

ATIRADORA CONDENADA

"Deixei escapar um suspiro dolorido", diz mãe de Isabele após internação de menor

Reprodução de vídeo

M�e de Isabele empres�ria Patr�cia Hellen Guimar�es Ramos

Patrícia Guimarães Ramos, mãe de Isabele, avalia que a Justiça foi "assertiva" na decisão

“Deixei escapar um suspiro dolorido que estava me angustiando e ancorando minha vida e do meu filho, um martírio de sofrimento e de muito pranto”, disse nesta quarta (20) Patrícia Helen Guimarães Ramos, mãe da menor Isabele Guimarães, morta em julho de 2020 por uma amiga no condomínio Alphavile 1, em Cuiabá.

Fala veio após decisão da juíza da 2ª Vara Especializada da Infância e da Juventude de Cuiabá, Cristiane Padim, que decidiu pela internação da menor que cometeu o crime. Desde esta terça (19), ela está cumprindo a pena no Complexo Pomeri. Sentença a condenou a reclusão de 3 anos por ato infracional análogo a homicídio doloso e qualificado.

“A Justiça foi assertiva e descreveu perfeitamente o enredo baseado em perícias técnicas e listou de forma clara e objetiva a conduta criminosa, fria, hostil e desumada da menor que assassinou a minha filha cruelmente, não deixando se levar pela farsa que desde o primeiro momento a família da menor infratora insistiu em montar para encobrir a crueldade do assassinato da minha filha”, afirmou.  

Patrícia também citou o nome de Marcelo Cestari, pai da menor condenada, em sua nota. Ela afirmou que família tentou de maneira insistente fazer com que acreditassem que eles eram os inocentes, que foram perseguidos e ameaçados. Ela, no entanto, afirmou que foi Isabele a vítima.

“Talvez ontem ele deve ter olhado para a cama vazia da filha e sentido a falta dela, mas vai ao final poder conviver com ela novamente. Eu não. Meu filho não. A minha família não. Jamais poderemos ter a Bele de volta para podermos amá-la e vê-la crescer. Nosso luto e luta serão eternos”, desabafou.

Culto à arma

Para a mãe, é preciso combater que adolescentes, que não podem ser responsabilizados por seus atos, frequentem escolas de tiros e manuseiem armas letais. Patrícia citou que existem provas da veneração e culto às armas pelas famílias envolvidas no crime e que “tragédia anunciada” poderia ter ocorrido com qualquer um dos jovens.

“Sei que a assassina não apertou o gatilho da arma que ceifou a vida da Bele sozinha. Esse crime começou bem antes, quando a arma rodou pela cidade, nas mãos de outro melhor, que como visto nas mídias sociais costumava sair armado. Pasmem, esse menor levava a arma para a escola, na mochila junto com biscoitos”, disse.

“Lamento muito o fato de nossa sociedade estar convivendo com essa insanidade relapsa que coloca o poder de tirar vidas, com requinte cruel e covarde, nas mãos de menores, demonstrando como está errado o trato e a posse de armas no nosso país”, finalizou.

O crime

Isabele foi morta no dia 12 de julho de 2019 com um tiro na cabeça. Ela estava no banheiro da casa da família da atiradora no mesmo condomínio onde morava. Polícia Civil apurou que jovem estava no cômodo junto com Isabele com uma arma de fogo apontada para a sua cabeça e atirou a curta distância.

Investigadores concluíram que adolescente tinha consciência dos riscos de apontar a arma para a vítima e, por isso, ao menos assumiu o risco de matá-la. Delegado da Delegacia Especializada do Adolescente, Wagner Bassi, afirmou que jovem tinha conhecimento técnico para manusear uma arma por treinar tiro com o pai.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Andre Luiz | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021, 15h24
    2
    3

    Adão Pereira! É serio oque esta dizendo?????destruir outra familia??? ou fazer justiça???? Unica familia destruida nessa história é a da mãe Patricia que teve a filha brutaalmente assassinada por uma rica mimada....afinal daqui 3 anos ela com certeza irá fazer uma temporada de ferias fora do Brasil para esquecerem sua cara e seu caso, e a Bell ainda estara em baixo de sete palmos de terra, não fale besteiras

  • adao pereira | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021, 14h04
    3
    5

    esta mulher não vai descansar enquanto não destruir a outra família

  • Maria jamyli de Sousa Alves | Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021, 06h18
    5
    0

    As mulheres estão vencendo no campo de batalha e aumentando a confiança e a credibilidade e a bênção de Deus

  • Orlandir Cavalcante | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2021, 22h46
    16
    5

    “Lamento muito o fato de nossa sociedade estar convivendo com essa insanidade relapsa que coloca o poder de tirar vidas, com requinte cruel e covarde, nas mãos de menores, demonstrando como está errado o trato e a posse de armas no nosso país”, ME SINTO REPRESENTADO NA FALA DESSA MÃE....

  • Marc | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2021, 20h32
    23
    0

    Tenho três filhos na região dos 12 anos. Fico imaginando a dor desta mãe, que coisa terrível, que tragédia. Deus conforte você mãezinha, Deus te dê forças para continuar. Deus a abençoe!

Efeito-Covid adia vinda de Michelle

michelle bolsonaro A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, e a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, resolveram transferir para abril a agenda de 11 de março que teria como convidada a secretária nacional de Mulheres, do Ministério dos Direitos Humanos, Cristiane Britto e a primeira-dama do Brasil Michelle...

Governador entre a cruz e a espada

mauro mendes curtinha   Às vésperas da pandemia completar 1 ano em MT, o Estado vive o seu pior momento e o governador Mauro Mendes (foto) enfrenta uma verdadeira prova de fogo: liderar ações coordenadas em todo o território mato-grossense para evitar que o Estado viva cenas parecidas com as de Manaus e de Estados...

Câmara volta a realizar 2 sessões

juca 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob a presidência do vereador Juca do Guaraná Filho (foto), volta a realizar duas sessões semanais, nas terças e quintas. Por conta da pandemia, as sessões serão remotas. A resolução foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares que vinham...

Coronel linha dura morre ao 91 anos

Coronel Abid 400   Morreu   em Campo Grande (MS), aos 91 anos,  o coronel da PM aposentado Adib Massad (foto), considerado  um dos principais nomes  da Segurança Pública de Mato Grosso na década de 1970. À época, ainda com a patente de  tenente, foi comandante regional...

Mauro e vitórias na briga de decretos

orlando perri 400 curtinha   A estratégia do governador Mauro Mendes de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro,...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...