Cidades

Sexta-Feira, 04 de Abril de 2014, 10h:23 | Atualizado: 04/04/2014, 10h:30

Deputados rejeitam imposto

A Câmara federal rejeitou a cobrança de tarifa de 9,6% de PIS/Cofins sobre as exportações de soja em grão. A proposta, incluída por meio de emenda no relatório final da Medida Provisória (MP) 627/2013, que trata da taxação de empresas brasileiras com negócios no exterior, foi retirada ontem (3) à noite, durante apreciação dos destaques à MP, que segue agora para análise no Senado.

Mato Grosso um dos maiores produtores de soja do país. Neste ano, conforme levantamento do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), o Estado pode ultrapassar a produção da safra anterior em 13,6%, chegando a quase 27 milhões de toneladas. “Essa questão da soja foi uma tentativa de taxar a soja e seria um erro muito grande se fosse aprovada. A soja em Mato Grosso contribui com 50% do ICMS. O produto já está taxado e já contribui com a sociedade”, enfatiza o presidente da Famato.

A retirada do texto aconteceu após articulação da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), já que a medida traria consequências negativas para os produtores, criando um ônus adicional nas exportações brasileiras de soja em grão. Hoje, 75% da oleaginosa têm como destino o mercado externo. 

Acontece que hoje a soja brasileira tem um dos maiores custos de produção entre os principais produtores mundiais da oleaginosa, sendo 43% superior ao custo de produção dos agricultores americanos. Os sojicultores nacionais enfrentam, ainda, uma carga tributária de 27% sobre o custo da atividade. 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • ANGELO SILVA DE OLIVEIRA | Sábado, 05 de Abril de 2014, 00h35
    0
    1

    Qual será o efetivo benefício dessa renuncia fiscal para a população? Pouco comemos Soja, a produção é financiada pela sociedade com prazos a perder de vista, a produção mecanizada praticamente não gera empregos, os impactos ambientais são grandes... No minio a riqueza gerada deveria ser destinada para os verdadeiros donos do patrimônio, o Povo brasileiro e não para meia duzias de famílias que concentram terras e a riqueza. Qual a lógica de desonerar? Não precisamos aumentar a produção, precisamos sim agregar valor. Não é o Brasil que precisa exportar, mas sim o mundo que precisa dos produtos produzidos aqui.

  • emidio de souza líder comunitario | Sexta-Feira, 04 de Abril de 2014, 18h51
    0
    0

    nos do PSL Defendemos o Imposto único pra que tanto Imposto PIS/Cofins sobre as exportações Entre outros,a população precisa confiar em quem já trabalha voluntariamente q que não compra o voto,o líder comunitário Emidio de souza sabe o Sofrimento do povo humildes que paga tanto imposto e vive sem segurança sem saudê os bairros em total abandono em MT.

Acerto pra Pivetta se filiar ao Podemos

alvaro dias curtinha   Mais uma demonstração de que o senador Álvaro Dias (foto), líder do Podemos no Congresso, está ignorando a pré-candidatura ao Senado do seu próprio colega de partido, deputado José Medeiros. Álvaro já acertou com Pivetta apoio na disputa à...

Critério para definir candidatura em VG

fabio tardin 400 curtinha   O presidente da Câmara de Várzea Grande e filiado ao DEM, Fabinho Tardin (foto), sonha com a cadeira de prefeito, mas não tem apoio dos Campos para concorrer à sucessão municipal. Como Lucimar Campos não pode buscar o terceiro mandato seguidamente, o grupo liderado pelo senador...

Prefeito de Lacerda, projeto e derrota

alcino curtinha 400 pontes e lacerda   O prefeito de Pontes e Lacerda, Alcino Pereira Barcelos (foto), resolveu dar de ombro para a Câmara Municipal sobre um projeto de grande alcance social e perdeu feio na queda-de-braço. Contrariando a vontade do prefeito, os vereadores aprovaram a proposta, apresentada pelos colegas Pedro Vieira e...

MPE antes e depois de Maluf no TCE

jose antonio borges 400 curtinha   Antes, membros do MPE fizeram esforço para impedir a nomeação de Guilherme Maluf como conselheiro do TCE, sob argumento de que não detinha notório saber jurídico, contábil, econômico e financeiro e ainda carrega vários processos judiciais nos ombros....

Fatura por média e multa à Energisa

thiago 400 ager curtinha   Após fiscalização no 2º semestre do ano passado, a Ager-MT multou em R$ 14,4 milhões a Energisa. Descobriu-se irregularidades na área comercial da concessionária de energia. Thiago Bernardes (foto), coordenador Regulador de Energia da Agência, explica que, no trabalho...

PS-VG e revolta por falta de médicos

marcondes curtinha 400   Principal calcanhar de Aquiles do 2º maior município do Estado, que registra hoje cerca de 200 mil habitantes, o Pronto Socorro de Várzea Grande não está recebendo pacientes ortopédicos e nem ginecológicos em sua porta de entrada. É que a unidade não tem...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.