Cidades

Sexta-Feira, 02 de Julho de 2010, 21h:02 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

Unemat

Edna diz que Adriano venceu sob peso da máquina e apoio de Taisir


Fachada da Unemat, com sede em Cáceres, que passou por nova eleição e tem Adriano Silva como reitor eleito

   A professora Edna Luzia Almeida Sampaio, segunda colocada na disputa à Reitoria da Universidade do Estado (Unemat), com sede em Cáceres, disse que as eleições não foram realizadas de forma democrática. Afrma que houve pressão da cúpula vinculada ao reitor Taisir Karim para eleger Adriano Silva, diretor do campi de Cáceres. Ele conquistou 51,34% dos votos, enquanto Edna atingiu a 29,21%.

   Segundo ela, Taisir deixará o comando da Unemat com o caixa no vermelho e sucateada. A instituição foi bombardeada por denúncias sobre ingerências e supostas irregularidades. Há processos na Justiça, inclusive por causa de "vazamento" de gabarito das provas daquele que seria o maior concurso público do país realizado pelo governo de Mato Grosso, com mais de 200 mil inscritos para 10,8 mil vagas no serviço público. O concurso foi cancelado e realizado neste ano em duas etapas. A Unemat foi quem, inicialmente, conduziu o processo.

   Edna acusa Taisir de "manipular a imprensa local", ao propagar que os adversários de Adriano defendiam a transferência da sede da Unemat para Cuiabá. Considera que a eleição foi tumultuada, ferindo o processo democrático do exercício do voto. "Aqui não existe democracia. Muitas pessoas foram obrigadas a votar no Adriano. Infelizmente, o poder institucional falou mais alto". Edna diz ainda que Adriano esteve à disposição grande estrutura de campanha. "É impossível concorrer com a máquina, mas estou feliz em saber que a maioria não validou a candidatura dele (Adriano)”, disparou. Edna buscou apoio político e externo, ou seja, fora da Unemat. Teve aval, por exemplo, dos deputados federais Carlos Abicalil (PT e Valtenir Pereira (PSB) e do suplente de deputado estadual Alexandre Cesar (PT). Mesmo assim foi derrotada.
 

Postar um novo comentário

Comentários (23)

  • Diego Nolasco | Quarta-Feira, 15 de Setembro de 2010, 15h11
    0
    0

    Affs as pessoas alias os professores q apoiaram essa turma q ganho são só de malas sera q a unemat vai para frente mais seria melhor se alguém um grande conhecimento e iria colocar para funciona o tri pé da universidade ganhace. mais fazer o que ja queé assim então TOMA

  • Gabriela Martins | Quinta-Feira, 22 de Julho de 2010, 13h17
    0
    0

    É Elisangela, em Sinop vcs continuam perdendo!! Q peninha de vcs, amam falcatruas, estam felizes pelo resultado final mas sabem q em Sinop a injustiça e o mau carater de vcs não predominam e que venham as eleições pra coordenador de campus em Sinop!!!!

  • edson | Domingo, 18 de Julho de 2010, 11h05
    0
    0

    eu conheço luiz carlos, e um cara que faz faculdade na unemat. e ao mesmo tempo trabalha como segurança, acredito que ele tem seu salário e a sua esposa e funcionária da unemat e uma pessoa muito legal. Cáceres pode até ser uma cidadela, mas gosto muito dela, pra mim e uma grande cidade e que tem a unemat como UMA MÃE DE LEITE pra muitos...ou eu devo estar enganado. Em Cáceres nasceu a unemat merecer ter a sede por toda vida.

  • alvino moraes de amorim | Domingo, 11 de Julho de 2010, 09h09
    0
    0

    é só ver por quem a Edna buscou apoio os traidores do PT que sempre legislou em causa própria porque o Alexandre tem o telhado de vidro e o Abicalil também diga me com quem andas e eu direi quem tu és continue pedindo apoio dessa trinca ha ha ha......

  • Osvaldo | Quarta-Feira, 07 de Julho de 2010, 23h22
    0
    0

    Concordo com vc Gabriela Santos, mas aqui entre nós, o povo da adunemat deve estar se romoendo com esse voto paritário tendo emvista que foi de autoria deles no congresso universitário. "que tiro no pé"

  • elisangela | Segunda-Feira, 05 de Julho de 2010, 22h29
    0
    0

    Caro Claudeir Primeiro, o Adriano obteve 50 % dos votos válidos sim, até por que a paridade instituida no conselho universitário torna esse resultado válido... E a Edna só teve essa votação por que infelizmente o Adriano não pode realizar a campanha devidamente, devido a serios problemas de saúde de sua mãe... Além do mais, o único seguimento em que a Edna ganhou foi no dos academicos, que estão fora da universidade, só ficam aqui meio periodo e saem em 4 ou 5 anos. Os professores e técnicos que trabalham diretamente com essas pessoas nunca votariam nelas, pois elas não trabalham. E por último, se houve pressão para vota, foi para a Edna, é a equipe dela que tem histórico de agredir funcionários e alunos quando estes não são do conluio deles... Conheçam mais a UNEMAT e vejam o tipo de pessoas que apoiam a ADUNEMAT e depois me digam por que o prof. Adriano foi eleito...

  • elisangela | Segunda-Feira, 05 de Julho de 2010, 22h14
    0
    0

    Caro Claudeir Primeiro, o Adriano obteve 50 % dos votos válidos sim, até por que a paridade instituida no conselho universitário torna esse resultado válido... E a Edna só teve essa votação por que infelizmente o Adriano não pode realizar a campanha devidamente, devido a serios problemas de saúde de sua mãe... Além do mais, o único seguimento em que a Edna ganhou foi no dos academicos, que estão fora da universidade, só ficam aqui meio periodo e saem em 4 ou 5 anos. Os professores e técnicos que trabalham diretamente com essas pessoas nunca votariam nelas, pois elas não trabalham. E por último, se houve pressão para vota, foi para a Edna, é a equipe dela que tem histórico de agredir funcionários e alunos quando estes não são do conluio deles... Conheçam mais a UNEMAT e vejam o tipo de pessoas que apoiam a ADUNEMAT e depois me digam por que o prof. Adriano foi eleito...

  • suricato | Segunda-Feira, 05 de Julho de 2010, 19h57
    0
    0

    esse site é muito estranho... quando damos uma opinião proveitosa alguem bloqueia e diz que foi sensurado! agora quando tem uma xingação só entre pessoas conhecidas deixam tudo para os leitores... de otimo nivel jornalistico e bem democratico...

  • Claudeir Dias | Segunda-Feira, 05 de Julho de 2010, 13h36
    0
    0

    As informações da noticias estão em desconformidade com a veracidade dos dados, primeiro não teve 51% dos votos valido, sendo que em votos validos ele teve pouco mais de 2800 e a Edna, de 3100, ele teve 50% dos votos no regime paritário, sendo que votos validos (universal) a reitora seria a Edna. Agora a quem assina a notícia, seria de bom grado refaze-la coma as informações corretas.

  • Gabriela Santos | Domingo, 04 de Julho de 2010, 21h21
    0
    0

    De novo esse papo de voto universal? Voto universal é uma injustiça! Onde já se viu colocar a decisão de se eleger a reitoria na mão de 16.000 acadêmicos, que estão de passagem na instituição, sendo que são os 1.500 funcionários, entre professores e técnicos, que terão que 'aguentar' os mandos e desmandos da reitoria? Só defende o voto universal o aluno, que perdeu seu poder de fazer o que bem quisesse com seu voto, e a comunidade externa, que não entende a responsabilidade de se eleger uma reitoria, pois é fácil falar quando se está de fora. Aluno, em sua maioria, só vai prá universidade assistir aula (e olhe lá), ficar de 4 a 5 anos na universidade, e não tem responsabilidade nenhuma com um processo de eleição de reitoria. Geralmente, não passam de massa de manobra, um monte de alienados que, depois de formados, somem da universidade e deixam os que lá trabalham se virarem com as atitudes da reitoria que esses alunos elegeram. Isso é uma vergonha. Voto tem que ser paritário mesmo! Quem tem de decidir por uma reitoria são os professores e os técnicos que lá estão trabalhando para universidade funcionar! É uma demagogia barata esse discursinho vazio de voto universal! VOTO UNIVERSAL NUNCA MAIS!

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.