Cidades

Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 10h:32 | Atualizado: 11/06/2019, 14h:41

FIM DO CONTRATO

Empresa anúncia demissão em massa e Rondonópolis pode ficar sem transporte

Reprodução

�nibus Cidade de Pedra

Ônibus da empresa Cidade de Pedra, que irá deixar de atender Rondonópolis no fim do mês

Quase 150 funcionários – entre motoristas, manutenção e de todos os demais setores – receberam aviso prévio de demissão da empresa Cidade de Pedra, concessionária do serviço de transporte coletivo em Rondonópolis (a 218km de Cuiabá). Ela é a única que opera no município e tem um contrato em caráter emergencial com a prefeitura. Há a possibilidade de a cidade ficar sem ônibus a partir de 1º de julho, caso não haja intervenção do Poder Público.

Segundo o presidente do Sindicato dos Transportes Terrestres de Rondonópolis, Luiz Gonçalves da Costa, a Cidade de Pedra não consegue mais operar sem receber um subsídio da Prefeitura. A empresa teria pedido, inclusive, para sair por conta dessa dificuldade. A previsão é que seu último dia de funcionamento seja em 30 de junho. Há uma licitação que está sendo preparada para conceder o serviço, mas que pode durar meses.

O sindicalista também se preocupa com os funcionários que ficarão sem o emprego. Luiz lembra que não serão somente os trabalhadores os afetados, mas centenas de famílias. O sindicato acompanha com a empresa as negociações dos direitos trabalhistas.

De acordo com a Prefeitura de Rondonópolis, três processos licitatórios para concessão já foram realizados (uma no final de 2016, e duas na atual gestão). Mas todas "foram desertas". Nenhuma empresa se dispôs a concorrer o certame para obter a concessão do transporte coletivo no município.

"Diante da situação, a prefeitura formou uma Comissão de Transporte que definiu que deveriam ser feitas mudanças no edital da licitação com o objetivo de atrair empresas na próxima licitação", informa em nota enviada ao .

Além disso, o Executivo municipal informa que ainda trabalha na confecção de um novo edital a partir de estudos sobre a realidade atual do transporte público na cidade para lançar uma licitação. Mas ainda não há uma data definida para que isso ocorra.

A reportagem tentou entrar em contato com a empresa Cidade de Pedra, mas não obtivemos retorno até a publicação.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Jão Barra do Garças | Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 18h49
    0
    1

    Uai pque esse sindicato não se habilita na concessão eles sempre tão achando que empresário nada de braçada.

  • Home office+desconto IPTU, UAU... | Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 17h00
    2
    0

    A MELHOR NOTÍCIA DO DIA, OBRIGADA MEU HERÓI:)!

Matéria(s) relacionada(s):

Vereador terá de devolver R$ 106 mil

justino malheiros 400 curtinha   Justino Malheiros (foto), que está licenciado da Câmara de Cuiabá para tratamento de saúde, terá de restituir R$ 106,6 mil aos cofres públicos juntamente com a empresa Votech Tecnologia em Votação Eireli. E o valor deve ser corrigido monetariamente pelo IPCA...

Única suplente com salário no Senado

clerie fabiana curtinha 400   Dos seis suplentes de senadores por Mato Grosso, uma recebe salário pelo Senado. Trata-se de Clérie Fabiana Mendes (foto), segunda-suplente de Selma Arruda. Mas o seu subsídio não é pelo cargo assegurado com a eleição da chapa, mas sim por ter sido nomeada em posto...

Prefeita e R$ 10 mi em obras em Sinop

rosana sinop 400 curtinha   A prefeita de primeiro mandato de Sinop Rosana Martinelli (foto) está fechando o terceiro e penúltimo ano de mandato com uma grande demanda de obras estruturantes. Após licitar, assinou contrato de R$ 10,2 milhões com a construtora e incorporadora Berna, que vai executar o projeto integrado de...

Justiça impede "espetáculo eleitoreiro"

helena 400 curtinha desembargadora   O Judiciário fez justiça ao mandar suspender a eleitoreira CPI contra o prefeito Emanuel. Numa fase já de pré-campanha, em que todos os 25 vereadores cuiabanos e mais uma centena de outros de fora se movimentam pensando na disputa eleitoral e ávidos para criar palanque, nada...

Parlamentar anda cabreiro até na AL

sebastiao rezende 400 curtinha   Sebastião Rezende (foto), que exerce o 5º mandato, anda cabreiro e assustado, até mesmo na hora de circular pelos corredores da Assembleia. E não pode avistar um jornalista que sai correndo. Na terça, após a sessão ordinária, o deputado acelerou os passos quando...

10 anos "adormecida" sobre Energisa

gisela 400 curtinha   Depois de mais de 10 anos atuando no Procon, a advogada e primeira-suplente de deputada federal Gisela Simona (Pros) agora que se acordou para a gravidade sobre a prestação de serviços da Energisa, campeã de reclamações junto ao próprio Procon. Passou todos esses anos sem mover...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.