Cidades

Sábado, 21 de Maio de 2016, 11h:00 | Atualizado: 21/05/2016, 14h:16

Energia

Empresário afirma que Brasil só não teve colapso por causa da recessão

Eliel Tenório

Avalone energia

 Sindicalista Carlos Avalone concede  entrevista para a jornalista Ana Maria Ferreira, do RDTV

O vice-presidente do Sindicato da Construção, Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica e Gás (Sindenergia), Carlos Avalone (PSDB), afirma que a recessão econômica fez com que o país não entrasse num colapso de energia. “Mas se país voltar a crescer, que é O que precisa, vai faltar energia”, ressaltou em visita à sede do Rdnews.

Em Mato Grosso, segundo Avalone, não há crise, uma vez que o Estado exporta energia. Explica que só à época da vinda da Termelétrica Mário Covas, na década de 90, produzia 480 megawatts-hora, o que era suficiente na época. “Então só ela era capaz de abastecer Mato Grosso como um todo, principalmente, porque ela está construída no maior centro de consumo. Cuiabá é o maior centro de consumo do Estado”, salienta.

A partir daí, o vice-presidente do Sindenergia declara que houve programas de incentivos para a construção de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) no Estado. Atualmente são 60 em funcionamento e mais 50 em construção. Uma PCH é capaz de produzir até 30 megawatts-hora. Em geral, elas levam cerca de 10 anos para entrar em funcionamento.

Hoje em dia, a produção de energia no Estado é de 2 mil megawatts-hora e o que se consome é a metade, 1 megawatts-hora. O restante é comercializado para outros Estados. “Elas (PCHs) são interligadas pelas linhas de transmissão, que interliga a linha para vender em São Paulo, Nordeste. É um mercado livre que pode vender, tem preço que sobe muito leilão, bolsa, sistema organizado nesse sentido”, frisa empresário.

Impacto

  Avalone explica que todo tipo de energia causa impacto. Segundo ele, as hidrelétricas são as que causam menos. Entretanto, estudos afirmam que a construção de usinas hidrelétricas pode causar alagamentos, mudanças na paisagem original, deslocamento populacional, destruição de ecossistemas, entre outros impactos.

Além disso, Avalone pontua  que é preciso que a população e o governo federal decidam qual energia se utiliza no país. “Nós somos empreendedores, captamos recursos e aplicamos atividade econômica, no caso, a geração de energia. Pra nós não tem diferença se aplicar energia hidráulica, eólica, solar ou nuclear. Quem define o que quer não somos nós empreendedores,”, explica.

Por isso, o sindicato irá realizar o 7º Seminário de Energia, intitulado “Vocação de Mato Grosso para gerar energia”. Na oportunidade, palestras serão ministradas por técnicos professores de doutorados, PhD em gás, energia solar e eólica para discutir as formas de geração de energia. O encontro será do dia 23 a 25 deste mês.

Alternativas

Para Avalone, a  energia eólica é inviável em Mato Grosso, uma vez que os ventos não são constantes. Segundo o vice-presidente, os únicos lugares que este tipo de energia são viáveis são na região do Nordeste e parte de Santa Catarina.

 Conforme o empresário,  a energia solar é muito cara e tecnologia ainda está em desenvolvimento. Conforme  Avalone, este tipo serve apenas como alternativa, uma vez que não consegue armazenar por muito tempo grandes qualidades. “Além disso, do que alterações climáticas vivem tendo problemas e não realiza produz 24 horas por dia. Então vai produzir de 5 a 6 horas por dia e depois tem que ter bateria para acumular energia para que possa disponibilizar energia à noite, quando precisa”, salienta.

Confira, abaixo, a localização das centrais de geração de energia elétrica em MT:

Arquivo(s) anexado(s)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • diego | Segunda-Feira, 23 de Maio de 2016, 08h27
    2
    0

    seu Avalone. antes de falar da incompetência dos outros fale da sua, ou da "Três Irmãos" que deu calote nos pequenos e grandes comerciantes do interior de mato grosso. Que sofrem com a falta de recebimento dos valores retidos pelo processo de recuperação judicial, sem explicar aos credores.cadê a grana do povo , fala aí.......

  • Angelo | Domingo, 22 de Maio de 2016, 22h18
    2
    2

    Meu Deus, quem é esse senhor na ordem do dia? Mamando ad eternum nas tetas do estado, entra governo, sai governo e suas empresas sempre "se dando bem" ... eu tenho pra mim que ele não é uma pessoa honesta ... nem ética ... e também não é confiável ... e nem decente ...

  • João | Sábado, 21 de Maio de 2016, 12h58
    2
    3

    Parabéns Deputado Carlos Avalone o senhor juntamente com falecido ex governador Dante de Oliveira foram as pessoas que fez transformação do estado na época do Dante como energia.turismo.Mato Grosso a hora de investir e outros programas

Deucimar vence Covid-19 após 20 dias

deucimar silva 400 curtinha   Após 13 dias numa unidade intensiva e mais sete se recuperando no leito de hospital, o empresário e ex-vereador pela Capital, Deucimar Silva (foto), recebeu alta médica nesta terça. Ele está curado da Covid-19. Ex-presidente da Câmara Municipal, Deucimar ficou emocionado, fez...

Estudo sobre 13º a vereadores de VG

jaqueline jacobsen curtinha 400   A conselheira-substituta Jaqueline Jacobsen (foto) estabeleceu prazo de 120 dias, em sessão de julgamento do TCE por videoconferência no último dia 2, para que o presidente da Câmara de Várzea Grande, Fábio Tardin, realize estudo prévio de impacto...

2 deputados empurrados pra oposição

allan kardec 400   Por causa da bandeira que têm carregado de defensores dos servidores públicos, dois deputados do núcleo do governo começam a caminhar para oposição. Um deles é o pedetista Allan Kardec (foto) que, de tanto ser pressionado pelas chamadas bases para reagir contra a PEC da...

Elogios à gestão proba Mauro Mendes

marcelo oliveira 400 curtinha   O secretário de Estado Marcelo de Oliveira (Infraestrutura e Logística), Marcelo de Oliveira (foto), fez questão de destacar nesta quarta, em entrevista ao vivo ao RDTV, tv web do portal Rdnews, que o governador Mauro Mendes tem se empenhado ao máximo para fazer uma boa gestão,...

2 frentes do MDB e apostas em Cuiabá

gustavo padilha 400 curtinha   O MDB vive uma situação curiosa em Cuiabá. Embora no comando da prefeitura, com Emanuel Pinheiro, o partido só conseguiu reconquistar cadeira na Câmara há três meses, com a filiação de Juca do Guaraná, aproveitando a janela partidária. Em 2016,...

Opositores ganham força em Barra

adilson gon�alves 400 curtinha   Grupos de oposição estão ganhando "musculatura" em Barra do Garças, numa expectativa otimista de derrotar o candidato apoiado pelo prefeito Beto Farias (MDB), o atual vice Wellington Marcos, que está filiado ao DEM. Wellington é considerado nome "pesado"...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.